Loading...
  • A marca nº1 dos Portugueses

  • Categoria: Sem categoria

    20 de Maio, 2024

    6 tipos de descanso que toda a gente precisa

    É habitual falarmos sobre descanso na Molaflex®. Um descanso saudável significa dias com mais energia, uma saúde mais forte, melhor capacidade de memória e concentração.
    Porém, o que a maioria das pessoas não sabe, é que nem sempre descanso é sinónimo de sono. E quem o vem provar é a especialista em medicina interna Dra. Sandra Dalton-Smith, com uma TED Talk onde desmistifica os diferentes tipos de descanso.
    Por exemplo, quando está preso no trânsito, sente um desgaste mental e sensorial. Apesar de não conseguir resolver este desgaste com uma sesta, é igualmente considerado um fator de exaustão e merece um descanso específico.

    Descubra os 6 tipos de descanso que toda a gente precisa abaixo.

     

    Descanso Físico

    Considerado o tipo mais básico de descanso, é também aquele que habitualmente todos estamos familiarizados. Não precisa de ser um atleta para necessitar de descanso físico – um trabalho que envolva estar de pé muitas horas ou, pelo contrário, que o obrigue a estar sentado, requer descanso físico e cuidado com a postura.
    Para garantir que o corpo recupera fisicamente aposte em alongamentos, massagens e uma boa noite de sono reparador.

     

    Descanso mental

    Muitas vezes ignorado em função do ritmo de vida, é essencial para o ajudar a desacelerar e descansar a mente.
    Por exemplo, durante um dia de trabalho, é ideal que de duas em duas horas tire um pequeno momento para alongar as pernas, levantar-se, comer ou olhar por uma janela.

     

    Descanso Sensorial

    Carros a buzinar, notificações no computador, telemóvel a tocar… é-lhe familiar?
    Todos estes estímulos são reconhecidos por sobrecarregarem os sentidos e levarem a situações de stress. A solução passa por se afastar de eletrónicos, pelo menos por algum tempo. Vá à casa de banho sem o telemóvel, cozinhe sem a televisão ligada e conduza sem música de fundo.

     

    Descanso criativo

    Sente que os seus dias faltam criatividade e inspiração? Talvez não tenha energia para atividades que outrora adorava, como pintura e música?
    Dedique um dia à sua criatividade com uma viagem a uma nova cidade, um passeio em espaços verdes ou umas horas na praia. Além de o deixar mais inspirado, vai ajudá-lo a relaxar.

     

    Descanso emocional

    O descanso emocional provém de uma expressão livre de sentimentos, sem julgamentos ou preocupações. É aquele que pode ser trabalhado profissionalmente com terapia ou então em pequenos momentos de leitura e podcasts. De qualquer forma, uma retrospeção emocional deve ser prioridade no final de um dia agitado.

     

    Descanso espiritual

    Segundo a definição da Dra. Dalton-Smith, o descanso espiritual está relacionado com uma capacidade de nos conectarmos além da dimensão física e mental. Se for uma pessoa religiosa este descanso pode passar por encontrar refúgio na sua religião, se não então pode passar por meditações, trabalho com a comunidade e voluntariado.

    16 de Maio, 2024

    Base para colchão: Escolha a ideal para si

    Sommiers com arrumação, sem arrumação, estrados, base de lâminas… Afinal, qual é a diferença de todas estas bases para colchão e como pode escolher a certa para si? Descubra agora, com o nosso guia Molaflex®.

    Sommier Elevatório

    Se é fã de soluções práticas e funcionais, com direito a um grande espaço de arrumação, os Sommiers Elevatórios são para si. Com um sistema mecânico muito fácil de utilizar, maximizam também o armazenamento no quarto e são ainda opções elegantes e resistentes.

    Aproveite já e agarre um preço especial, com MATCH Perfeito (Colchão+Base Molaflex®).

     

    Sommier

    Pensados para ajudar a garantir-lhe conforto máximo, os Sommiers destacam-se por absorverem pressão e distribuírem melhor o peso. Dependendo do seu colchão, esta opção pode tornar o seu descanso ainda mais confortável e firme.
    Descubra mais sobre os nossos Sommiers numa loja ou parceiro Molaflex® perto de si.

     

    Base de Lâminas

    Também habitualmente chamados de estrados, as bases de lâminas prologam o conforto e durabilidade do seu colchão, já que amortecem a pressão e o peso exercido. É também uma opção que se adapta ao seu descanso, já que algumas lâminas podem ser ajustadas para maior rigidez ou flexibilidade.

    Encontre a opção perfeita para si – aqui.

     

    13 de Maio, 2024

    Como é que a temperatura afeta as suas noites de sono?

    Já reparou que não consegue adormecer com calor ou frio extremo? Isso acontece porque a temperatura afeta diretamente a hora de deitar e acordar. Venha descobrir porquê no blog de hoje.

     

    A ciência por detrás do sono e da temperatura

    A temperatura ideal para descansar varia de pessoa para pessoa, mas, geralmente, um quarto fresco ajuda-nos a todos a dormir melhor.
    Isto acontece porque uma temperatura mais fresca indica ao corpo que é hora de dormir, enquanto uma temperatura mais alta indica que é hora de acordar, seguindo o ritmo circadiano. Porém, em condições de temperatura anormal, especialmente no inverno ou verão, o corpo ativa mecanismos de defesa para se manter em estado de alerta, fazendo com que tenha dificuldade em adormecer.

     

    As consequências da temperatura no sono

    Dormir num ambiente demasiado quente tem consequências diretas no sono e na energia que sente pela manhã. Temperaturas corporais mais altas estão ligadas a horas de sono inferiores e problemas com atingir o sono profundo, responsável por criar memórias e reparar músculos. Se o sono profundo não é garantido, na manhã seguinte acorda muito cansado.

     

    Qual é a temperatura certa para dormir?

    Apesar de os especialistas não terem ainda chegado a um consenso exato sobre a temperatura, estima-se que esta esteja algures entre os 15.5ºC e 21ºC.

     

    Atinja a temperatura certa no quarto

    Se não pode controlar livremente a temperatura do seu espaço, tenha atenção à roupa da cama que escolhe, já que existem opções para todas as preferências.
    Descubra os edredões Molaflex®  especialmente pensados para o seu conforto e diga adeus às noites sem descanso.

     

    9 de Maio, 2024

    Jetlag Social: o que é e como está a afetar a sua saúde?

    Perde horas de sono por causa do trabalho ou da vida social? Então pode estar a sofrer de Jetlag Social. Descubra como as suas rotinas de descanso podem prejudicar o seu sono e o seu ritmo circadiano.

     

    O que é o Jetlag Social?

    O Jetlag Social diz respeito ao conflito entre o ritmo natural de sono do nosso corpo e as exigências da nossa vida social, derivadas da rotina.
    Os especialistas defendem uma preferência por deitar e acordar cedo ou deitar e acordar tarde, não provém apenas de gosto, mas sim de uma questão genética. Sendo assim, quando somos socialmente obrigados a acordar a uma certa hora para trabalhar ou estudar, não respeitamos as necessidades de descanso individuais.

     

    Qual é a origem do Jetlag Social?

    O fenómeno é relativamente recente, no que diz respeito à história da humanidade. Com a revolução industrial, começamos a trabalhar em ambientes fechados, sem contacto com a luz natural, o que afetou diretamente os nossos ritmos circadianos. Além disso, a industrialização obrigou-nos a trabalhar em horários padronizados, desrespeitando o relógio biológico natural de cada um.

     

    Consequências do Jetlag Social
    -Dificuldade de concentração e memorização
    -Cansaço acentuado, de dia e de noite
    -Riscos de saúde a longo prazo
    -Maior dificuldade de aprendizagem
    -Pior humor

     

    Como ultrapassar o Jetlag Social? 3 passos simples

    1-Exponha-se à luz solar
    Principalmente durante a manhã, a exposição solar ajuda-o a regular o ritmo circadiano, fazendo com que se sinta desperto e ativo.

    2-Tome atenção ao que consome
    Evite refrigerantes, cafeína, álcool e refeições pesadas perto da hora de dormir.

    3-Seja mais ativo
    Cuide do seu descanso com a prática diária de exercício físico.

    7 de Maio, 2024

    Afinal, porque precisamos de dormir?

    Dormir é uma parte fundamental da rotina de todos os animais e os seres humanos não são exceção. Apesar de muitos não lhe darem a devida atenção, o sono é tão importante para a sobrevivência como comida e água, com 33% das nossas vidas a serem usadas para descanso.

    Além disso, sabia que, além de essencial para o bom funcionamento cerebral, o sono impacta a saúde do coração, pulmões, metabolismo, sistema imunitário e humor? Mas afinal, porque precisamos de dormir? Venha descobrir as teorias.

    Inatividade: Quando os cientistas começaram a estudar o sono em 1920, supôs-se que este teria surgido da necessidade de proteção, já que os humanos estariam em desvantagem em relação a predadores com melhor visão e audição. Sendo assim, usaríamos a noite para nos deitarmos em silêncio, longe do perigo.

    Esta teoria acabou por ser abandonada, visto que, quando dormimos, ficamos ainda mais vulneráveis, sendo quase impossível reagirmos num estado de inconsciência.

    Crescimento: Dormir não é só uma forma de descanso, mas também de regeneração. Os especialistas concluíram que sem descanso, perderíamos quase todas as nossas funções físicas e cognitivas. Além disso, quando dormimos, libertamos hormonas essenciais para o crescimento e para a recuperação de lesões, tornando-o essencial de um ponto de vista evolutivo.

    Conservação de energia: Sabia que o metabolismo humano abranda cerca de 10% quando dormimos? Este facto fez com que cientistas teorizassem que o sono serviria para pouparmos energia, já que primitivamente os humanos teriam que caçar e ser extremamente ativos durante o dia.

    Aprendizagem e consolidação de memórias: Uma das teorias mais recentes, defende que o sono existe para nos ajudar principalmente a nível mental. Ou seja, durante o sono, o cérebro organiza toda a informação recebida, organizando-a e decidindo que memórias manter a longo prazo. Muitos estudos defendem esta ideia, já que é claro que a falta de sono tem um impacto negativo na aprendizagem e memória.

    Já tinha ouvido falar destas teorias? Não é fácil responder à pergunta “porque precisamos de dormir”, mas é fácil perceber como a falta de um sono de qualidade nos afeta. Descubra as melhores soluções a favor do seu descanso na Molaflex®.

    2 de Maio, 2024

    Sono e cafeína: Afinal, aquele cafezinho a meio do dia está a prejudicar o seu sono ou não?

    A maior parte dos portugueses consomem café diariamente, com as estatísticas a sugerirem que 80% dos adultos em Portugal não passam sem, pelo menos, um café ao dia, quer seja porque gostam do sabor do café, dos seus efeitos, ou porque se habituaram a uns minutos de pausa na companhia desta bebida.

    Porém, tenha em atenção que a cafeína também está presente noutras bebidas, como o chá ou bebidas energéticas. E apesar desta substância ser tradicionalmente usada para o manter acordado, pode trazer efeitos indesejáveis para a saúde e sono, como dores de cabeça, ansiedade e dificuldade em adormecer.

     

    A relação negativa entre sono e cafeína

    O consumo de cafeína pode, não só, fazê-lo adormecer mais tarde, como fazê-lo dormir menos horas, de forma menos constante e interferir diretamente no seu ciclo de sono não-REM, essencial para que acorde com energia.

     

    Quando deve tomar o último café do dia?

    Deixe o café de lado até 8 horas antes da hora de deitar habitual.
    Apesar de parecer exagerado, este passo é essencial para se sentir melhor e ter um sono de maior qualidade. Se decidir parar o consumo de cafeína totalmente, opte por reduzir gradualmente para minimizar os efeitos de privação, como ansiedade e dores de cabeça.

     

    Alternativas saudáveis para o manter bem desperto

    Hábitos de sono – Nada substitui uma boa noite de sono, nem mesmo um bom café. Garanta que tem um colchão adequado às suas necessidades, uma boa higiene do sono e que descansa as horas recomendas, para se sentir desperto e ativo durante o dia.
    Exercício físico regular – Uma rotina de exercício completa pode ajudá-lo a manter-se mais alerta ao longo do dia e a dormir melhor durante a noite.
    Apanhar sol pela manhã – Todos nós temos um relógio biológico que reage naturalmente à temperatura e luminosidade. Apanhar sol pela manhã, ao acordar, ajuda o corpo a ficar mais alerta e a mente mais clara.
    Uma boa sesta – Apesar de uma sesta não ser suficiente para repor o descanso noturno, pode ser o shot de energia que precisava a meio do dia.

    29 de Abril, 2024

    Dificuldade em adormecer? Descubra os benefícios de passar mais tempo lá fora

    Já reparou que adormece melhor quando está junto à praia ou a acampar no meio de um lugar pacífico? Adormecer rodeado de natureza garante-lhe um sono reparador por razões muito específicas.
    As investigações, feitas por diferentes especialistas e universidades, chegaram à conclusão universal de que bastam apenas algumas horas por semana ao livre para ir para a cama mais cedo, reparar o relógio biológico e dormir melhor.

     

    Porque é que o tempo ao ar livre afeta o sono?

    O contacto com a luz do sol ajuda a equilibrar o seu relógio biológico naturalmente, favorecendo um sono de qualidade durante a noite. Isto acontece porque os humanos, tal como todos os outros animais, são regidos pelo ritmo circadiano, um ciclo de 24 horas baseado nas variações de luz e temperatura.

     

    Que atividades devo fazer ao ar livre?

    Agora que o tempo começa a melhorar, experimente:

    – Caminhas: Especialmente ao amanhacer, estas são muito benéficas para o corpo e mente

    – Exercício: Porque não se juntar a amigos para praticarem um desporto?

    – Trabalho – Tem um trabalho que pode fazer remotamente? Então escolha uma zona com uma boa exposição solar para o fazer.

    – Jardinagem – É fã de flores? Ou talvez queira ter a sua própria horta? Experimente esta atividade.

    – Refeições – Faça as refeições ao ar livre, quer sob a forma de piquenique no parque ou numa esplanada.

     

    Além de o ajudar a dormir melhor, a exposição à luz solar incentiva a prática de exercício físico, estimula a produção de vitamina C, ajuda a relaxar, melhora a imunidade e estimula a criatividade. Do que está à espera? Agora que leu este artigo vá até lá fora e aproveite os raios de
    sol. Não se esqueça de usar protetor solar, mesmo nos dias nublados, e óculos de sol, se necessário.

    24 de Abril, 2024

    Protetores de Colchão: porque precisa de um

    Vamos aos factos: em média, passamos 1/3 da vida na cama. Por noite, transpiramos cerca de 250 ml. O suor, assim como as células mortas, passam para o lençol e, depois, para o colchão. Como resultado, aparecem manchas e surgem odores desagradáveis.
    Assim, com o passar do tempo, o colchão, que certamente representou um grande investimento financeiro, começa a evidenciar muitos sinais de desgaste e a sua longevidade fica comprometida.
    A solução? É um protetor de colchão, claro. Além do claro benefício que traz para a durabilidade do colchão, inclui muitas outras vantagens que pode conhecer neste artigo.

     

    Mas primeiro: o que é um protetor de colchão? É o mesmo que um sobrecolchão?

    O protetor de colchão é sinónimo de capa de colchão. Trata-se de um tecido fino, que cobre a parte superior ou o colchão na sua totalidade, dependendo do modelo escolhido. A sua função é impedir a passagem de sujidade e de microrganismos. Para prendê-lo ao colchão, é muito simples: basta usar o fecho ou as abas que vêm nas extremidades (mais uma vez, o uso do fecho ou das abas depende do modelo em causa).
    Por sua vez, o sobrecolchão é bem diferente do protetor. Também conhecido por topper, o sobrecolchão consiste numa camada com 4 a 10 cm de altura e coloca-se sobre o colchão principal, de forma a aumentar o conforto. Apesar de também funcionar como uma barreira protetora contra a sujidade, a sua utilidade vai mais além: usa-se, sobretudo, quando sente que o seu colchão é demasiado duro para as suas costas. Nesse caso, um sobrecolchão é uma ótima ideia para resolver o problema, sem precisar de comprar um novo colchão.
    Na Molaflex®️, temos disponíveis toppers hipoalergénicos, em viscoelástica e com tecnologia anti-mofo. Se é mesmo o que procura, escolha aqui o seu sobrecolchão. Mas, se apenas precisa de uma capa que proteja o seu espaço de descanso, continue a ler o artigo e descubra as vantagens de ter um protetor de colchão.

     

    Limpeza mais simples

    Ao contrário do colchão, que é pesado e difícil de limpar todas as semanas, o protetor de colchão pode ser lavado na máquina juntamente com os lençóis.

     

    Alergias controladas

    Ao funcionar como uma barreira, o protetor impede que os micróbios se espalhem no colchão. Com uma higienização correta, é quase certo que os causadores de alergias vão ficar bem longe.

     

    Discrição máxima

    Finos, macios e sem fazer barulho nenhum. Os protetores de colchão cumprem a sua função sem o incomodar durante o sono.

     

    Protetor Saúde: Com tecnologia antibacteriana e impermeabilidade total.
    Protetor Tencel Essential: Produto 100% natural, sedoso e agradável ao toque.
    Protetor Tencel Kids: Ideal para camas de criança, atua de forma natural e apresenta alta capacidade de absorção.
    Protetor Comfort: Suave para o ambiente, delicado para o seu colchão. Ajusta-se na perfeição.

    Não espere mais. Escolha agora o protetor ideal para si e ofereça o melhor cuidado à sua zona de conforto.

     

     

    22 de Abril, 2024

    5 mitos sobre o sono para destruir antes que a noite volte a cair

    Como dormir é algo que experimentamos diariamente, criamos em nós a falsa sensação de que todos temos coisas muito concretas e pretensamente científicas a dizer sobre o sono. Por exemplo, quem não se sente na plenitude das suas capacidades quando dorme apenas 7h, acredita que a métrica é válida para todos. E que, consequentemente, o mais correto é dormir pelo menos 8h seguidas.
    No entanto, e ainda que os profissionais recomendem tetos máximos e mínimos de horas de sono, a verdade é que o momento da vida, a energia despendida diariamente e o estado de saúde têm um grande impacto nas horas de sono de que cada um precisa.
    Desmistificada que está a primeira ideia sobre o sono, vamos a mais algumas? Temos 5 mitos para esclarecer agora mesmo.

     

    O álcool ajuda a dormir melhor

    Adormecer mais rápido e ser difícil acordar não são sinónimos de dormir bem. Sim, o álcool tem um efeito sedativo, mas a verdade é que compromete a qualidade do sono. Além de aumentar o risco de ressonar, também potencia os problemas de apneia. Mas o mais grave mesmo é o facto de diminuir a duração do sono REM: a fase de sono mais profundo e que começa 90 minutos após adormecermos. Esta interferência acaba por dificultar os níveis de concentração no dia seguinte. Por isso, em poucas palavras, a ideia que deve reter é: ao beber álcool, até pode adormecer mais rápido, mas a noite não será tão revigorante.

     

    Os idosos precisam de dormir menos

    Mais uma vez, trata-se de um erro de interpretação: o facto de os idosos não conseguirem dormir tantas horas como um jovem adulto não significa que esse tempo de sono não lhes faça falta. Simplesmente as dores nos ossos, problemas de bexiga e efeitos secundários da medicação tomada levam a que os idosos não consigam estar deitados o mesmo número de horas que antigamente.

     

    Fazer exercício à noite prejudica o sono

    Tudo depende do horário que escolher. Quem pratica desporto até 4h antes de ir para a cama, reporta que dorme melhor, graças ao cansaço que se vai acumulando. O primeiro sono chega até a ser mais profundo. No entanto, quem opta por fazer desporto cerca de 1h antes de ir dormir, aí sim, os estudos indicam que a qualidade do sono piora porque o corpo fica em estado de alerta. Concluindo: se o único horário que tem disponível para fazer desporto é mesmo ao final do dia, pode praticar sem receios. O truque é fazer uma boa gestão horária.

     

    Em caso de insónia, deve ficar na cama

    Não consegue dormir e acredita que será pior caso se levante. Por isso, fica ali às voltas e voltas. Olha para o relógio, faz as contas às horas de sono perdidas e às horas a que tem de acordar. Nisto, aumenta o stress e a ansiedade. Em que medida é que isso pode ser benéfico para si? Os especialistas recomendam que, em caso de insónia, se levante, vá para um ambiente confortável e leia um livro sob uma luz média. Se preferir, escute música relaxante ou use uma aplicação de ruído branco. Concentre-se na sua respiração e tome consciência dos pontos de tensão. Ficar simplesmente na cama com uma atitude de insistência não é a melhor estratégia para resolver o problema.

     

    Nunca se deve acordar um sonâmbulo

    Este é um dos mitos mais comuns. E também um dos mais trágicos: há quem acredite que a pessoa sonâmbula pode ficar gaga ou, pior, sofrer um ataque cardíaco. Enquanto esta última parte relativa às consequências é mentira, a verdade é que assustar um sonâmbulo com o intuito de o acordar não é boa ideia. Ao despertar, a pessoa poderá ficar muito confusa e atrapalhada. O melhor mesmo é simplesmente ajudá-la a encaminhar-se para a cama, de forma a evitar acidentes no percurso.

     

    Conhece outros mitos que gostava de ver esclarecidos? Deixe-nos uma mensagem no nosso Facebook ou Instagram.

    17 de Abril, 2024

    White Noise: o que é e como o pode ajudar a dormir

    A não ser que pertença àquele grupo invejável de pessoas que se gabam de conseguir adormecer mesmo no ambiente mais barulhento, o ruído à noite nunca é boa ideia. Até uma conversa mantida em volume médio é capaz de aumentar a probabilidade de o acordar em 25%! Mas, como em tudo, há uma exceção à regra: o ruído branco ou white noise parece ajudar a adormecer algumas pessoas. Já experimentou?

     

    O que é, afinal, o white noise?

    Em termos físicos, trata-se de um conjunto de sons de baixa frequência, que são tocados ao mesmo tempo e na mesma potência. Está a imaginar o barulho que faz um ar condicionado ligado? Ora aí está um exemplo de ruído branco.

     

    Como funciona o white noise

    Imagine que está numa estação de comboios. Há o barulho das carruagens, os avisos no altifalante, os passos das pessoas, as rodas das malas a deslizar, as conversas. Agora, imagine que coloca uns headphones. Todos os ruídos à sua volta ficam abafados e esse efeito é igual ao do white noise.
    Basicamente, o white noise funciona, então, como uma barreira de som. Isto porque leva a que a nossa capacidade auditiva esteja totalmente concentrada em recebê-lo. Como consequência, os estímulos mais intensos não chegam tão facilmente ao nosso cérebro.
    Assim, em teoria, se estiver a dormir com ruído branco ligado, dificilmente acordará com o som de uma porta a bater, já que o white noise está a neutralizar os sons fortes que existem em seu redor.

     

    O white noise e o sono

    Como o ruído branco impede que o cérebro esteja disponível para outros sons, pode ser mais fácil dormir durante uma noite seguida. E, até mesmo no momento de adormecer, pode revelar-se bem benéfico, já que ajuda a mente a relaxar.
    No entanto, não deve depositar toda a sua fé no ruído branco: manter o quarto silencioso, não comer em demasia antes de ir dormir, estar num ambiente escuro e não usar ecrãs no espaço de descanso continua a ser muito importante.

     

    Onde encontrar white noise

    Estão disponíveis várias apps em que pode escolher o tipo de ruído branco que mais lhe agrada. Uma das mais conhecidas é a SimplyNoise que, segundo a marca, até tem sido utilizada por clínicas. Em alternativa, pode sempre usar o YouTube para reproduzir sons de ondas, chuva, pássaros, baleias e muito mais.
    Descubra o ruído branco que melhor se adapta aos seus gostos e entre num novo universo de descanso.

     

     

    15 de Abril, 2024

    “Dormi mal, e agora?” Descubra truques para não desperdiçar o dia

    Seja porque ficou ligado ao ecrã até muito perto da hora de dormir ou porque foi a uma festa e, quando se deitou, parecia que ainda ouvia a música na sua cabeça. Ou, simplesmente, porque um bebé chorou a noite toda ou tem assuntos pendentes que não o deixaram descansar. Há muitas razões que podem levar a noites mal dormidas e as consequências também são numerosas.
    Desde mal-estar físico e emocional, passando por dificuldades de concentração, respostas mais lentas e, até, uma sensação de sonambulismo, dormir mal afeta de sobremaneira o seu dia a dia.
    Mas, em todo o caso, há alguns truques simples que podem ajudá-lo a minimizar o impacto negativo de uma má noite de sono. Conheça-os agora e não desperdice o seu dia.

    Tente manter a rotina o mais normal possível

    Isso significa não saltar o pequeno-almoço. Opte por ovos, iogurte grego, fruta fresca ou cereais integrais, que são boas fontes de energia. Além disso, não beba mais café do que o costume. Claro que vai ser difícil concentrar-se no trabalho, mas procure que o sono não o domine: controle bem a respiração e faça pausas.

    Faça exercício físico

    Por um lado, as hormonas libertadas ajudam o corpo a acordar e a manter a boa-disposição.
    Por outro, à medida que o dia se vai aproximando da noite, todo o seu sistema se vai preparando para um repouso merecido.

    Beba água

    A hidratação é muito importante para manter todas as células do corpo a funcionar devidamente. De certa forma, até o ajuda mesmo a gerar uma sensação de que está desperto, mesmo que seja por breves momentos.

    Não se deixe dominar pelas preocupações

    OK, dormiu mal. Isso teve consequências negativas no seu dia. Mas amanhã há novas oportunidades à sua espera. Procure manter uma atitude positiva: acredite que é só uma fase e que a próxima noite será melhor. Para isso, muito poderá contribuir escrever um Diário de Tarefas. Ao apontar tudo o que tem de fazer e quando poderá fazê-lo, está a enviar ao cérebro a mensagem de que a noite não é o momento certo para resolver os problemas. E, se não há nada que possa fazer, mais vale dormir descansado.

     

    Então, já conhecia algumas destas estratégias? Comece já a aplicá-las sempre que necessário e tire partido do seu dia, mesmo após as noites mais difíceis. Basta experimentar para sentir a diferença.

    11 de Abril, 2024

    Como é que as fases da lua afetam o sono?

    O misticismo e fascínio em volta dos astros é um fenómeno que vem dos primórdios das civilizações humanas, constantemente captando o interesse de pessoas de todos os locais e idades. O universo intriga-nos e deixa-nos constantemente a questionar a sua influência no nosso dia-a-dia.
    Porém, mais do que qualquer outro corpo celeste no céu, é a lua que capta a nossa atenção. Como é que este pequeno satélite natural da terra tem o poder de alterar os nossos padrões de sono? Vamos descobrir.

     

    O sono e o universo

    O cosmos inspira o melhor em nós, com as suas energias e vibrações a levarem-nos a crescer, e a procurar calma e relaxamento. Contudo, outros fenómenos celestes existem que podem alterar essa consciência.
    No caso da lua são quatro fases distintas, cuja ascendência cria também etapas distintas sobre nós: a fase crescente, cheia, minguante e nova.
    Após investigação, equipas de cientistas conseguiram verificar uma alteração nos padrões de sono em certas populações, com variações mais notáveis nos dias que procediam uma lua cheia. Os investigadores concluíram que o ritmo circadiano natural é sincronizado pelas fases da lua, sendo que a fase mais disruptiva ao sono é a lua cheia (com alterações de sono de 20 até 90 minutos).

     

    Porque é que as fases da lua afetam o nosso sono?

    Os cientistas acreditam que vários componentes de mudanças lunares podem ter efeito em nós, entre eles a existência de luz natural no céu durante a noite, a gravidade e até o eletromagnetismo deste corpo celeste.

     

    Como pode minimizar o efeito das fases lunares na sua noite?

    É sempre recomendado que use o melhor da energia lunar na sua vida. Enquanto seres humanos, passamos por fases, tal como acontece com a lua todos os meses. Por isso, que tal aproveitar a energia espiritual da lua cheia e até da lua nova para ajudá-lo a levar uma vida com mais alma? Aproveite estas alturas para tomar bons banhos relaxantes e cuidar de si ainda mais que o habitual.
    A verdade é que parece mesmo não existir uma forma direta de contornar o efeito que a lua pode ter no seu sono. As recomendações dos especialistas são que continue a seguir a sua rotina saudável de sempre e a manter bons hábitos antes de se deitar.

     

    Os astros inspiram um descanso superior

    Na Molaflex®, os astros movem-nos constantemente para procurar as melhores soluções de descanso para si, independentemente do ciclo lunar em que estejamos. Assim, usamos o nosso melhor conhecimento e especialidade para desenvolver a Aureal Collection , uma coleção pensada para elevar o conforto ao infinito.

    Descubra mais no nosso catálogo digital interativo e durma com um colchão inspirado pelo melhor que o universo tem para lhe dar.

     

     

     

    4 de Abril, 2024

    Poupe ainda mais com o Match Perfeito de colchão + sommier

    O conforto dos colchões Aureal Collection uniu-se ao Sommier Wood 19, para um match ideal de bem-estar e organização.
    Encontre a melhor combinação para o seu quarto com uma solução que lhe permite poupar no espaço e no preço.

     

    Arrumação e poupança extra

    Conhece as vantagens de um Sommier?

    – Arrumação extra – Dê mais espaço ao seu quarto, transformando uma zona normalmente vazia numa divisória discreta e conveniente

    – Prolonga a vida do colchão – Sabia que os sommiers amortecem grande parte do peso e pressão exercidos sobre o colchão? Isto permite-lhes durarem mais tempo.

    – Deixa de perder objetos – Já lhe aconteceu encontrar meias ou moedas perdidas debaixo da cama? Com um sommier, é o fim dessa preocupação.

     

    Descubra a sua combinação ideal

    Pronto para encontrar a combinação que é a sua cara-metade? Escolha o seu colchão de sonho Aureal Collection e o Sommier Wood 19, nas cores Branco ou Natural.

    Não perca esta oportunidade de conforto e organização elevado ao infinito.

    Alergias e sono: Comece a dormir melhor

    Está aberta a época das alergias e temos as melhores dicas para combater os sintomas durante a noite. Venha descobrir como pode assegurar um ambiente saudável e que lhe permita descansar.

     

    Um pesadelo de primavera?

    Apesar da associação das alergias à primavera, qualquer tipo de alergia pode interferir com o sono, em qualquer altura do ano. Isto incluí algumas das mais comuns, como pólen, pó, animais e mofo.
    É durante o sono, quando o corpo está deitado, que muitas pessoas sentem os sintomas a agravarem-se, refletindo-se naturalmente em:
    – Insónia
    – Sono agitado
    – Fadiga
    – Sonolência durante o dia
    – Ressonar

     

    Diga adeus aos alergénios no quarto

    Transportadas por ar, estas partículas tendem a alojar-se na sua roupa de cama, móveis e cortinas. Mantenha o quarto limpo e sem pó, evitando tapetes ou outra decoração desnecessária.

     

    Feche a porta às alergias

    Sim, literalmente. Sempre que possível mantenha as janelas e portas do quarto fechadas, impedindo a entrada de alergénios transportados no ar. Se necessário, opte por um purificador de ar para o ajudar.

     

    Uma nova rotina de lavagem da roupa

    Chegou a casa após um longo dia de trabalho? Comece por tirar as roupas e ponha-as para lavar, usando água quente sempre que possível. Na hora de as secar, evite pendurá-las lá fora.

     

    Limpe as impurezas

    Após ter cuidado da sua roupa, é hora de cuidar de si com um bom duche. O objetivo é limpar a sua pele e cabelo antes de entrar na cama, para garantir um espaço livre de alergias.

     

    Eleve o seu sono

    Escolher uma almofada mais alta pode ajudá-lo com a congestão nasal durante a noite. Opte por uma mais amiga da sua saúde como a Almofada Visco Saúde da Molaflex,com tecnologia HeiQ Viroblock e enchimento em viscoelástica.

    2 de Abril, 2024

    Primavera: É esta a melhor estação para o seu descanso?

    Uma das estações mais esperadas do ano e por boas razões! Sabia que, além do bom tempo, a primavera traz consigo muitos benefícios para a sua saúde? Descubra-os a todos.

     

    Temperatura ideal para o seu descanso

    A temperatura ideal para dormir varia de pessoa para pessoa, mas, no geral, está algures entre os 20ºC e 25ºC.
    Naturalmente, ao final da tarde e à noite, a nossa temperatura começa a diminuir, preparando o corpo para o descanso que se seguirá. Uma temperatura mais baixa avisa o corpo que é hora de dormir, enquanto uma mais elevada indica que é hora de acordar.
    Se dorme num ambiente demasiado quente, saiba que pode estar a impactar o seu descanso, levando-o a dormir menos profundamente e acordar mais frequentemente.
    Porém, o contrário também deve ser evitado. Com as mudanças de temperaturas bruscas na primavera, esteja preparado para o frio durante a noite, deixando um bom cobertor aos pés da cama, se necessário. Dormir com frio pode causar tremores e contrações musculares desagradáveis.

     

    Mais tempo ao ar livre

    A subida de temperaturas na primavera leva a maior parte das pessoas a passar mais tempo lá fora, seja para conviver, fazer exercício ou outras atividades de lazer.
    A exposição ao sol torna-o mais alerta e aumenta a produção de melatonina à noite, fazendo-o dormir melhor. Simultaneamente, a atividade física e o tempo para conviver, farão com melhore o humor e reduza os níveis de stress.

     

    É apaixonado pela primavera? Descubra como trazê-la para o seu espaço de descanso com as nossas 7 dicas de decoração Molaflex®.

    27 de Março, 2024

    Qual é a melhor posição para uma boa noite de sono?

    Dormir na posição errada pode trazer inúmeros problemas, tais como dores musculares, apneia do sono e até pesadelos. Apesar de ser fácil desenvolver hábitos de sono negativos, o importante é focar-se em alterá-los e recuperar as boas noites de sono.

     

    A melhor posição para dormir

    No geral, a melhor posição de descanso varia de pessoa para pessoa. Os especialistas defendem que deve adotar uma postura que mantenha a curvatura da região lombar e que assegure a posição neutra da coluna.
    No entanto, idealmente, todos deveríamos descansar numa posição lateral, deitados sobre o lado esquerdo do corpo. Isto porque dormir deste lado promove a drenagem linfática do sistema nervoso central e impede a obstrução da artéria aorta, responsável por bombear o sangue para o resto do sistema.

     

    E se não conseguir adormecer nessa posição?

    Por diversas razões, muitas pessoas não conseguem adormecer especificamente nessa posição. Algumas posições alternativas a experimentar incluem:

    – Dormir em conchinha:

    O ato de abraçar o seu mais que tudo liberta ocitocina, a chamada hormona do amor. Esta promove o relaxamento e bem-estar, ajudando-o a adormecer mais rapidamente. Apesar de não ser uma opção a considerar durante toda a noite, é uma boa opção para relaxar com o seu parceiro e estreitar os laços de intimidade.

    – Dormir de barriga para cima:

    Dormir nesta posição é perfeito para relaxar as articulações e prevenir dores no dia seguinte. Para garantir que tem um descanso saudável use uma boa almofada, coloque outra debaixo dos joelhos, e mantenha os braços ao lado do corpo, em vez de em cima.

     

    Posso mudar a posição em que durmo?

    É muito raro encontrar alguém que durma na mesma posição toda a noite. A maior parte das pessoas muda de posição entre 10 a 40 vezes por noite, com 50% a 70% das pessoas a regressarem sempre a uma posição de conforto instintiva.

    Talvez tenha tendência a adormecer no seu lado direto ou, pior, de barriga para baixo. Apesar de ser difícil mudar hábitos, nada é impossível. Garanta que tem a almofada e colchão corretos para o seu descanso: por exemplo, pessoas que dormem de costas tendem a preferir um colchão mais firme, enquanto quem dorme de lado prefere um conforto mais suave para aliviar a pressão nos ombros e articulações.

     

    Descubra o seu colchão ideal com a Molaflex®.

     

     

    25 de Março, 2024

    Aureal Collection: Conheça o significado por detrás dos nomes dos colchões

    Uma vez mais, os astros alinham-se para um descanso plenamente superior, levando até si os colchões mais brilhantes do globo: Moon, Argo, Mira, Orion e Hydra. Venha conhecer os nomes que inspiraram estas cinco criações únicas, voltadas para o céu noturno e a sua
    simbologia mística.

    Colchão Moon 

    A lua é o símbolo universal de periocidade, renovação e aperfeiçoamento. Tal como este astro representa crescimento em todas as suas fases, também o colchão Moon representa suavidade em todas as fases do sono.
    Aliando a mola ensacada Pocket Premium® ao acolchoado viscoelástico, o colchão Moon entra em órbita com zonas de descanso independentes e uma adaptabilidade tão milimétrica quanto astronomicamente suave.

     

    Colchão Argo 

    Inspirado pela mitologia grega, Argo é o nome da embarcação construída pela deusa Atena, que leva Jasão e os Argonautas numa aventura sem precedentes. Com destino a um descanso de outra galáxia, o colchão Argos espelha um sono cheio de confiança, pois nem
    um ínfimo detalhe poderia escapar ao cuidado da deusa Atena.
    Neste colchão encontramos a união lendária de enchimento viscoelástico e Mola Contínua Multielástic® de forma a reduzir os pontos de pressão e evitar as interrupções durante o sono.

    Colchão Mira 

    Uma das mais brilhantes no céu, a Estrela Mira é um símbolo de inspiração, beleza e luz. Isso acontece já que é um corpo celeste cujo brilho atravessa o espaço, apesar dos obstáculos e desafios que enfrenta na jornada.
    Assim é também o colchão Mira, conduzindo-o a uma brilhante sensação de conforto, que ultrapassa qualquer adversidade ao bom descanso. Sinónimo de adaptabilidade, devido ao seu sistema Commodo®, e frescura, pelas suas fibras hipoalergénicas, esta é a garantia de
    um sono saudável e despertar radiante.

    Colchão Hydra 

    Hydra, a maior das 88 constelações contemporâneas, é reconhecida pela sua forma singular, numa alusão a uma serpente celestial que se impulsiona em direção às melhores energias.
    É neste verdadeiro movimento de conforto que surge o colchão Hydra, desenvolvido a partir de Bloco HC Plus, garantindo um sono livre de substâncias nocivas para o corpo e para o planeta, e acolchoado Eco-Hipoalergénico, para conforto revigorante.

    Colchão Orion 

    Chamada também de “luz dos céus” ou “luz do paraíso”, Orion é a constelação com algumas das estrelas mais eminentes do céu noturno. Facilmente reconhecida pelo seu clarão, que atravessa distâncias infinitas, Orion representa um novo universo de durabilidade.
    Com uma promessa de paz interior e de qualidade máxima, este colchão oferece-lhe entrada para uma confortável dimensão de acolchoado Eco-hipoalergénico e um sistema de molas encapsuladas.

    20 de Março, 2024

    Dormir na primavera: descubra como a mudança de estação afeta o seu sono

    Mudanças de humor? Falta de energia? Alterações no sono? Talvez já tenha ouvido que a chegada da primavera pode trazer estes sintomas e estamos aqui para lhe revelar exatamente porque acontece. Continue a ler e descubra tudo.

    Clima e sono

    Após um inverno longo e frio, com pouca luz solar e temperaturas baixas, a primavera é recebida de braços bem abertos. No entanto, nem sempre o nosso sono acompanha o nosso entusiasmo com a chegada da nova estação.
    A chamada “fadiga de primavera” refere-se a um conjunto de pequenos sintomas derivados do aumento da temperatura, dias mais longos, condições atmosféricas instáveis e mudança de pressão no ar.
    Sente-o a afetar o seu sono? Saiba que não é o único. Isto acontece devido a um desequilíbrio nos níveis de melatonina e serotonina, que naturalmente baixam no inverno com as condições atmosféricas, e voltam a elevar-se subitamente na nova estação, levando ao aumento da temperatura corporal e diminuição da pressão sanguínea.

     

    As temidas alergias

    O desabrochar das flores pode não ser assim tão idílico para muitas pessoas. Uma parte da população sofre todos os anos com alergias que, além de outros problemas, acabam por afetar a qualidade do sono devido ao desconforto e diminuição de imunidade.

     

    Dicas para um sono mais saudável nesta primavera

    Invista numa boa alimentação

    Aposte agora numa alimentação rica em nutrientes, com especial foco nas leguminosas, frutas e legumes. Se tem dificuldades em garantir todos os nutrientes considere suplementação natural ou vitaminas.

    Mantenha-se hidratado

    Não é fã de água? Opte por chás, sopas de legumes ou infusões à base de fruta fresca. Lembre-se que a ingestão de líquidos ajudará o corpo a recuperar e a sentir-se melhor.

    Evite as alergias

    Se tem alergias evite o uso de carpetes durante esta estação. Além de acumularem pó e sujidade, são mais difíceis de limpar. Adicionalmente, mantenha animais de estimação fora dos quartos, limpe as suas plantas (elas também acumulam pó) e livre-se de qualquer decoração desnecessária.

    Exponha-se à luz solar

    Tente apanhar pelo menos 30-40 minutos de sol por dia. Se a exposição for feita de forma cuidada pode absorver todos os benefícios.

    19 de Março, 2024

    Aureal Collection: Encontre o seu colchão ideal

    Assim como o crepúsculo dá lugar ao amanhecer, um descanso superior dá lugar a um despertar radiante. Num fenómeno brilhante e cheio de energia, os astros alinharam-se na Aureal Collection e em 5 colchões únicos. Pronto para esta aura de bem-estar?
    Descubra o seu colchão de sonho e desfrute do conforto vencedor do Prémio Cinco Estrelas.

     

    Escolha o colchão certo:

    Pronto para mergulhar no conforto Molaflex®? O seu descanso ideal está mais perto do que nunca. Antes de escolher tenha apenas em atenção:

    – Prefere um colchão suave ou firme?
    – Dorme sozinho ou acompanhado?
    – Que tecnologia melhor se alinha consigo?

    Encontre mais informação – aqui.

     

    Entre no universo Aureal Collection

    Moon: suavidade em todas as fases do sono

    Aliando a Mola Ensacada Pocket Spring Premium® ao Acolchoado Viscoelástica, o Moon oferece zonas de descanso independentes e uma adaptabilidade tão milimétrica quanto astronomicamente suave.

     

    Argo: para um descanso de outra galáxia

    O enchimento viscoelástico junta-se à Mola Contínua Multielástic®, de forma a reduzir os pontos de pressão e evitar interrupções durante o sono. O resultado é uma noite que o leva muito além das nuvens.

     

    Mira: uma brilhante sensação de conforto

    Graças ao inovador Sistema Commodo®, o Mira é sinónimo de adaptabilidade, sem esquecer as fibras hipoalergénicas que garantem um sono saudável e fresco. Tudo para um despertar radiante.

     

    Hydra: um movimento de boas energias

    O Bloco HC Plus+ garante um sono livre de substâncias nocivas para o corpo humano e para o planeta. Já o acolchoado Eco-Hippoalergénico dá o toque final, num movimento de conforto revigorante.

     

    Orion: o novo universo da durabilidade

    Com um sistema de molas encapsuladas e acolchoado Eco-Hipoalergénico de alta qualidade, este colchão oferece máxima resistência. São anos e anos a proteger a sua postura e a cuidar da sua paz interior.

     

    A Camada Orbital

    Durma de consciência limpa com a Aureal Collection e a Molaflex®. Aventure-se numa nova experiência de descanso sustentável com a Camada Orbital, uma solução nascida do reaproveitamento do material de produção dos nossos colchões. Esse mesmo material é tratado e reciclado, dando origem a uma camada que reduz ao máximo o impacto ambiental. Descubra já a camada orbital nos colchões Hydra e Orion.

    13 de Março, 2024

    Memória e sono: qual é a relação entre os dois?

    Frequentemente negligenciamos o sono como parte de um estilo de vida saudável e ativo. Entre trabalho, escola, responsabilidades e hobbies, este muitas vezes acaba por ser esquecido.
    Porém, sabia que a capacidade de memorização é largamente afetada pela qualidade do sono? Venha descobrir mais.

    Consolidar as memórias (ou não)

    Uma boa noite de sono ajuda o cérebro a funcionar adequadamente, consolidando memórias que criou durante o dia. Por exemplo, quando aprende alguma informação nova é essencial que o cérebro esteja apto para dar início aos processos metabólicos que transformam a memória de curto prazo em memória de longo prazo.
    Simultaneamente, e sem que os especialistas percebam ainda o fenómeno por inteiro, a ciência defende que, durante o sono, o cérebro sabe que memórias selecionar para a memória a longo prazo e as que devem ser armazenadas, aparentemente esquecidas.

     

    Como a privação de sono afeta a sua memória

    Quando o cérebro não tem as horas de descanso que deveria, a capacidade de processar informação entra em declínio, com a retenção de novas memórias a diminuir até 40%.
    Outros impactos incluem problemas de foco, aprendizagem, tomada de decisões e regulação emocional. Adicionalmente, é importante relembrar que um sono interrompido e fragmentado é tão danoso como a privação de sono.

     

    Pronto para cuidar da sua memória e colocá-la à prova? Temos a certeza que ainda se lembrará das informações deste blog amanhã.

    11 de Março, 2024

    7 dicas de decoração para entrar na primavera em grande

    Começou a contagem decrescente para a estação mais aguardada do ano e na Molaflex® mal podemos esperar para espalhar boas energias e partilhar consigo as nossas dicas de decoração para a estação.

    Conheça os novos tons neutros

    Nos últimos anos, o branco tem dominado as casas: em móveis, paredes, roupas de cama e mais. Porém, parece que esta tendência tem os dias contados. Com a massificação de espaços brancos e desprovidos de personalidade, surge um movimento de decoração que traz de volta as cores quentes, aconchegantes e naturais. Assim, se é fã dos neutros aposte em beges, cremes, marfim e palha, ou castanhos suaves.

     

    Garanta um toque vintage

    Quem disse que uma casa apenas brilha se estiver decorada com coisas novas? Os decoradores sabem que a verdadeira personalidade de um espaço mora em boas peças de mobiliário, heranças de família e um ou outro toque excêntrico. Aproveite para dar uma nova vida às suas peças antigas com uma boa limpeza ou uma simples pintura – vai fazer toda a diferença.

     

    Dê as boas-vindas aos elementos florais

    A primavera não seria a mesma sem a exuberância tradicional de cores na natureza. Desta forma, deixe-se inspirar pelo exterior para tornar o quarto um pouco menos monocromático.
    Sabia que certas plantas ainda podem ter bons efeitos para o seu sono? Descubra mais sobre o tema. 

     

    Experimente materiais mais leves

    Cortinas pesadas, edredões grossos, tapetes espessos… Todos estes essenciais pertencem ao inverno. Na nova estação, opte por cortinas
    mais leves, preferencialmente em materiais delicados e elegantes. Adicionalmente, aproveite para escolher um novo edredão – mais leve, fresco e à base de materiais naturais. Encontre já o seu edredão Molaflex®. 

     

    Um toque de cor

    Apostamos que já teve a oportunidade de ver casas com paredes de cores diferentes, mas já viu quartos com tetos de cor diferente? Esta é a nova dica de decoradores de interiores, que cada vez mais apostam em opções aconchegantes para divisões. Se está com vontade de mudar radicalmente o seu espaço, pinte o teto de uma cor mais escura: dará a ilusão de um espaço mais romântico e confortável.

     

    Dormir debaixo das estrelas

    Descansar com a luz certa assegura um sono de qualidade durante toda a noite. Assim, garantir que o seu quarto está corretamente iluminado ajudá-lo-á a adormecer mais rapidamente. Quer saber mais sobre o assunto? Encontre tudo no nosso blog Iluminação no quarto: Descubra como a luz pode ajudar (ou arruinar) o seu sono.

     

    Bons espaços de arrumação

    Decoração sem funcionalidade perde o seu valor. Ponha as limpezas de primavera em dia e organize os espaços de forma mais conveniente com o uso de Sommiers. Além de elegantes, confortáveis e duradouros, são a solução ideal para divisões reduzidas ou maior necessidade arrumação. Conheça os nossos favoritos Molaflex®.

    8 de Março, 2024

    Aureal Collection – O conforto elevado ao infinito

    Assim como o anoitecer dá lugar aos primeiros raios de luz do dia, também um descanso de qualidade dá lugar a um despertar banhado de conforto com a Aureal Collection.
    Descubra esta coleção única, vencedora do Prémio Cinco Estrelas e criadora da Camada Orbital, para uma perfeita harmonia com o ambiente.
    Envolva-se na aura brilhante dos colchões Moon, Argo, Mira, Hydra e Orion, e descanse à luz de um bem-estar de qualidade. Sinta o conforto elevado ao infinito e aventure-se neste universo – aqui.

    7 de Março, 2024

    A Molaflex® é Marca de Confiança pelo 11º ano consecutivo

    Em 2024 os portugueses votaram e, uma vez mais, elegeram a Molaflex® como a grande vencedora do prémio Marca de Confiança, na categoria “Colchões”.
    São 11 anos a conquistar a confiança dos nossos consumidores, através de um estudo anual da revista Seleções do Reader’s Digest, com voto direto de milhares de assinantes. A nomeação é obtida através uma pergunta de resposta livre e espontânea, de forma a garantir um resultado transparente e aberto.
    Ganhar a confiança dos portugueses pelo 11º ano consecutivo deixa-nos incrivelmente orgulhosos, e continuamente focados na evolução e crescimento das melhores soluções de descanso do mercado.
    Obrigado pela confiança. É ela que nos leva mais longe.

    26 de Fevereiro, 2024

    Sono e Decoração: 4 plantas que deveria ter no seu quarto

    O quarto é uma das divisões mais importantes da casa. Além de servir como um espaço de sono e relaxamento, aqui é também onde muitos trabalham, estudam ou desenvolvem os seus hobbies. É por isso importantíssimo que este oásis de paz esteja completamente voltado para as suas necessidades e personalidade.
    Na busca por conforto e estética de sonho é provável que já tenha pensado em algumas soluções: mudar a roupa de cama, pintar as paredes e até comprar mobiliário novo. Mas já pensou que trazer a natureza para mais perto de si pode ser a resposta para um ambiente mais natural, calmo e amigo do sono?
    Venha descobrir as plantas perfeitas para um quarto mais puro.

     

    Lavanda: Quem não é fã dos clássicos?

    Presente em aromaterapia, chás e produtos corporais, esta planta multifacetada é constantemente um sucesso no que diz respeito a questões do sono. Habitualmente associada a calma e pureza, a lavanda ou alfazema precisa apenas de bastante luz solar. A sua cor tão emblemática dará um toque sublime à divisão.

     

    Hera: Perfeita para se aventurar.

    Esta planta é ideal para principiantes no mundo das plantas, já que cresce facilmente e sem necessidade de cuidados especiais. Aproveite o seu aspeto único e pendure-a num local alto, onde as suas longas folhas caídas podem criar uma decoração surpreendente. Adicionalmente, sabia que a hera é um purificador de ar natural, eficaz contra o mofo? Experimente.

     

    Jasmim: Aromaterapia em casa.

    Reconhecida pelo seu aroma único, o jasmim é uma planta perfeita para o deixar perfeitamente confortável na hora de dormir. A fragrância calmante e as flores encantadoras servirão como complemento perfeito ao seu templo de relaxamento. Não se esqueça de manter o vaso num local bastante iluminado e quente.

     

    Espada de São Jorge: Purificadora de ar natural.

    É daqueles que deixa todas as plantas murchar? Não se preocupe, a Espada de São Jorge é praticamente indestrutível! O seu aspeto único torna-a ideal para colocar numa prateleira ou mesa alta, onde possa apreciar a estética enquanto desfruta da sua ação purificante.
    Pronto para transformar o seu quarto? Tenha em atenção que algumas destas plantas podem ser tóxicas para animais de estimação, portanto, na hora de fazer a sua escolha, informe-se sobre aquelas que poderão ser desadequadas aos patudos.

    22 de Fevereiro, 2024

    A ciência por trás dos sonhos: compreenda a sua mente durante a noite

    O mundo dos sonhos intriga-nos desde o início dos tempos e, no entanto, a sua natureza misteriosa continua um segredo – afinal, porque sonhamos?

    O mundo do onírico na ciência

    Sabia que na antiguidade, os sonhos, especialmente os da família real, podiam ser vistos como premonições e eram tomados em consideração em decisões políticas e económicas?
    Ao longo do tempo, os sonhos perderam esta relevância fundamental no mundo ocidental, mas, em 1900, Freud revoluciona o campo de investigação com o lançamento do famoso (e polémico) livro “A Interpretação dos Sonhos”. Nele, o psiquiatra avalia mais de 200 sonhos, determinando que todos provêm de desejos escondidos no inconsciente. Curiosamente, anos mais tarde, o próprio psiquiatra acaba por refutar a sua própria opinião, admitindo que sonhos, especialmente os repetitivos, podem representar traumas e não apenas vontades reprimidas.
    Atualmente, com a popularização e desenvolvimento do ramo da neurociência, cientistas teorizam que os sonhos refletem também soluções de problemas emocionais e intelectuais, aprendizagem, adaptação e neutralização do stress.

     

    Sonhar acordado

    É dos que já teve um sonho lúcido? As pessoas que “sonham acordadas” são aquelas que durante o sono REM conseguem controlar o sonho, manobrando os acontecimentos à sua vontade e com memória de tudo quando acordam.
    Não se sabe ao certo porque é que algumas pessoas possuem esta habilidade naturalmente enquanto outras não, mas um estudo teoriza que indivíduos com sonhos lúcidos possuem maior volume de massa cinzenta.
    Surpreendentemente qualquer pessoa pode aprender esta habilidade e controlar os seus sonhos e pesadelos, com um pouco de prática.

     

    Sonhos e pensamento criativo

    Parece existir uma conexão entre sonhos e criatividade. A prova está na inúmera quantidade de criadores que, ao longo das décadas, se inspiraram no onírico para compor, escrever e até fazer descobertas científicas.
    Por exemplo, sabia que “Let it Be”, de Paul McCartney foi composto após o músico ter sonhado com a falecida mãe? Da mesma forma foi escrito o fenómeno
    “Crepúsculo” de Stephanie Meyer e desenvolvida a tabela periódica, por Dmitri Mendeleiev.
    Ainda não temos uma resposta para todos os mistérios do mundo dos sonhos, mas temos uma resposta para o seu descanso, todas as noites. Venha explorar o universo de descanso Molaflex® – aqui.

    20 de Fevereiro, 2024

    Iluminação no quarto: Descubra como a luz pode ajudar o seu sono

    Criar um bom ambiente de descanso é mais do que focar-se apenas em aromoterapia, velas e lençóis confortáveis. No que diz respeito a decoração e saúde, a iluminação tem um papel de destaque no quarto.
    Apesar de não estarmos muitas vezes conscientes da influência da luz, basta pensarmos em como nos sentimos num dia de sol versus num dia nublado.
    Biologicamente a luz pode estimular ou desencorajar o sono, seja natural ou aquela que colocamos no quarto todos os dias, ao acordar e adormecer.
    Neste blog, iremos ajudá-lo a evitar iluminação que possa prejudicar o seu descanso, assim como ensiná-lo a conseguir um sono melhor.

     

    A iluminação é assim tão importante para o sono?

    Já ouviu falar do chamado ritmo circadiano? Este é o nome dado ao ciclo de sono natural do corpo humano, que nos deixa energizados na hora de começar o dia ou nos relaxa quando chega a noite.
    Este é, em grande parte, influenciado pela quantidade de luz azul naturalmente presente nos raios solares durante o dia, comunicando diretamente com o nosso sistema hormonal, e assegurando que estamos alerta e produtivos para o dia.
    Porém, quando este sistema natural é perturbado pela luz azul dos nossos telemóveis, equipamentos eletrónicos ou iluminação em casa, pode impactar negativamente o nosso sono, causando insónia.

     

    Cuide do seu descanso e evite:

    Iluminação Extrema – Iluminação excessiva ou insuficiente pode causar-lhe cansaço visual, com sintomas como ardor, vermelhidão e incómodo nos olhos.
    Poluição luminosa – Costuma dormir com as janelas abertas? Se vive no meio da cidade a poluição luminosa de carros ou outras casas pode interferir com o seu descanso a meio da noite. Adicionalmente, verifique se as luzes de stand by dos seus aparelhos não o incomodam.
    Luz azul antes de se deitar – Deixe a iluminação branca e azulada para a casa de banho ou cozinha. Adicionalmente, afaste-se do seu telemóvel e tablet antes de dormir, ou ative o modo que filtra a luz azul do ecrã.

     

    Encontre o descanso ideal com:

    Luzes quentes – Sabia que os tons quentes são ideais para criar uma atmosfera confortável e perfeita para descansar? Opte por luzes amareladas ou alaranjada, ou até avermelhadas, para um toque mais arrojado.
    Iluminação difusa – Ainda é dos que usa o candeeiro de teto para iluminar o seu quarto? Crie um ambiente mais acolhedor, estético e amigo do sono com candeeiros de mesa, candeeiros de pé ou grinaldas de luzes.
    Lâmpadas criativas – Nem tudo tem de ser tradicional. Gosta de variar no tom ou intensidade da luz? Agora existem lâmpadas inteligentes, controladas pelo seu telemóvel através de WiFi, que o deixam alternar entre os seus tons favoritos.

    15 de Fevereiro, 2024

    A importância de uma boa almofada para um descanso de qualidade

    Imagine o cenário: está deitado na cama, no fim de um dia agitado, pronto para relaxar. Tem o cobertor perfeito, o seu colchão é confortável… mas algo o incomoda. A sua almofada, outrora perfeitamente normal, é neste momento uma bola sem forma que lhe vai dar dores de pescoço no dia a seguir.
    Porquê sujeitar-se a esta tortura quando existem opções melhores? Venha descobrir tudo, com a Molaflex®.

     

    Afinal, o quão importante é uma boa almofada?

    Quando dorme, está a contar com o apoio de bons suportes para o seu pescoço e coluna. No caso destes falharem, começará a sentir os efeitos no seu conforto, na saúde e sono.
    Adicionalmente, a almofada é o local onde deposita a cabeça e rosto todos os dias. Assim, lembre-se que mantê-la limpa e higiénica é essencial, especialmente se tiver tendência a alergias, asma ou acne.

     

    Diga-nos a sua posição, dir-lhe-emos que almofada escolher

    De lado:

    É dos que gosta de se enroscar de lado? Opte então por uma almofada média-alta, que protege o pescoço e costas. Além disso, se tiver tendência a ressonar, esta é a altura perfeita para o ajudar.

    De costas:

    Opte por uma almofada baixa ou média-baixa, que apoie o pescoço e mantenha uma linha equilibrada quando se deita. Lembre-se, a cabeça não deve estar muito acima ou muito abaixo do resto do tronco.

    De bruços:

    Dormir de barriga para baixo é extremamente prejudicial para o pescoço e coluna, já que estes não ficam numa posição neutra e saudável. Ao sobrecarregar os músculos desta forma pode também causar dores. Idealmente, deveria tentar alterar a posição de sono, porém, caso seja difícil habituar-se, durma com uma almofada baixa.

     

    Os melhores materiais para um sono de qualidade

    Naturais ou não, os materiais mais confortáveis e de confiança estão na Molaflex®. Descubra os mais adequados para si:

    Penas – Sabia que este material é perfeito para o inverno e para o verão, devido às suas características naturais? Encontre a Almofada Pluma Molaflex®, a opção mais leve e moldável.

    Látex – É fã de opções respiráveis e antibacterianas? Então vai adorar o conforto do látex, com grande adaptabilidade e circulação de ar. Descubra o conforto da Almofada Brasília Molaflex®.

    Viscoelástica – E se lhe dissermos que este material, agora tão comum, foi outrora inventado pelo NASA? Experimente a ergonomia, conforto e relaxamento, como nunca antes, com a Almofada Visco Prata Molaflex®.

    Fibra – Resistente à pressão e hipoalergénica, a Fibra Oca Siliconada oferece um toque suave, circulação de ar e capacidade de recuperação da forma. Explore esta opção mais económica com a Almofada Ecofiber Molaflex®.

    9 de Fevereiro, 2024

    Meditação e Sono: Conheça o melhor aliado para um bom descanso

    Nos últimos anos, temos visto práticas como a meditação ganharem popularidade no ocidente, devido aos seus inúmeros benefícios para a saúde física e mental. Com o crescimento de uma sociedade stressada e constantemente sem tempo, surge também uma necessidade da existência destes métodos naturais, acessíveis e sem medicação, que nos ajudam a acalmar inquietações, ansiedades e melhorar o sono.

    De que forma a meditação o ajuda a dormir?

    A meditação leva o corpo e mente num processo contemplativo, cujo objetivo é o relaxamento total. Este é conseguido através do controlo da respiração, uma técnica milenar aparentemente simples, que descontraí os músculos, controla os níveis de adrenalina e dopamina libertados, e liberta as inquietações.
    Apesar de existirem vários tipos de meditação, é a meditação Mindfulness (atenção plena) que mais tem a capacidade de o ajudar na hora de descanso, contribuindo para diminuir a fadiga e melhorar o sono.

     

    Essenciais para uma sessão de meditação

    – Um local tranquilo, onde possa ficar a sós;
    – Uma superfície confortável, como uma cadeira ou almofada;
    – Uma app de meditação, se optar por uma meditação guiada.

     

    Venha meditar connosco, passo a passo

    1- Primeiramente, coloque-se à vontade, seja numa cadeira ou no chão, com as costas direitas. Evite locais barulhentos ou com distrações.

    2- De seguida feche os olhos e concentre-se em inspirar profundamente pelo nariz e expirar pela boca. Sinta o espaço em seu redor: a textura da superfície em que os seus dedos tocam, o sabor na sua boca, o que consegue ouvir e que tipos de cheiros distingue.

    3- Analise o seu corpo. Concentre-se no rosto e relaxe qualquer músculo que tenha contraído. Suavize a testa, liberte a tensão no maxilar…. Continue este processo pelo corpo todo até chegar aos dedos dos pés.

    4- Inspire pelo nariz enquanto conta 1, e expire pela boca enquanto conta 2. Continue até chegar ao número 10 e depois repita. É normal que os seus pensamentos comecem a divagar, mas force-se suavemente a concentrar-se outra vez.

    5- Lentamente comece a tomar consciência de onde está sentado e abra os olhos. Ao acordar, tire partido deste estado de calma para cuidar de si com uma chávena de chá ou com um duche quente.

     

    Conheça outros tipos de meditação

    Sente que este ritual não é o mais adequado para si? Experimente outros tipos de meditação que podem ajudar o seu sono, tais como:

    Meditação guiada, onde segue as instruções de alguém, através de áudio.
    Meditação religiosa, onde pode combinar as suas crenças e orações com um estado de relaxamento total.
    Meditação em movimento, com práticas milenares tais como o yoga, qi gong e tai chi.

    8 de Fevereiro, 2024

    Dormir a dois: o que a posição do casal diz sobre a relação?

    Neste Dia dos Namorados, descubra todas as mensagens que está a enviar na hora de dormir, mesmo sem se aperceber.

    De costas, mas com contacto físico

    Cada um respeita o espaço do outro, sem que isso signifique negligência. É sinal de uma relação saudável e estável.

    De costas, sem contacto físico

    Será que discutiram? Pelo bem da relação, o melhor é terem uma boa conversa antes de adormecerem. Esclareçam tudo e recordem as razões pelas quais estão juntos.

    Entrelaçados

    Os especialistas não chegam a um consenso: tanto pode ser sinal de controlo excessivo e ciúme, como uma bonita manifestação de paixão e desejo. Pare para pensar no ponto em que está a sua relação e tire as suas conclusões.

    Conchinha

    É sinónimo de harmonia. Quem abraça, protege o companheiro. Quem é abraçado, está confortável com essa dinâmica, sentindo-se bem nos braços do parceiro.

    Abraçados

    Há quanto tempo não dorme assim? Esta posição é mais comum no início de uma relação e, na verdade, também no início da noite. É que, na verdade, apesar de ser uma profunda demonstração de carinho, é difícil adormecer desta forma.

    Espaço dividido de forma desigual

    Quando um dos elementos ocupa muito mais espaço na cama do que o outro, isso talvez demonstre uma necessidade de afirmação e domínio. Talvez o casal esteja com problemas. Ou talvez simplesmente a cama não seja grande o suficiente para que os dois durmam confortavelmente e esteja na altura de investir numa nova.
    Algum destes casos se aplica a si?

     

    Pernas entrelaçadas

    Se cada um dos membros do casal está a dormir na sua posição mais confortável e um deles procura os pés do outro, quer dizer que está em busca de alguma conexão – o que pode ser muito comum depois de uma discussão. Por outro lado, se ambos estão de pernas entrelaçadas em harmonia, a posição revela estabilidade e amor.
    Basicamente, gostam de estar um com o outro, mas sabem que isso não significa terem de prescindir de uma boa noite de sono, causada por desconforto.

     

    Então, como vai dormir neste Dia dos Namorados?

    Para noites descansadas em casal, recorde ainda que deve optar por colchõesde molas ensacadas. Esta tecnologia oferece zonas independentes de descanso e, assim, quando um parceiro se vira durante a noite, o outro não acorda com a vibração das molas.

     

    Descubra os modelos de mola ensacada Molaflex® e durma melhor com a sua cara-metade.

    6 de Fevereiro, 2024

    Como escolher o colchão ideal para si

    Passamos grande parte da nossa vida a dormir, seja nos bancos do carro quando somos pequenos, em cima da secretária quando somos estudantes ou no sofá, quando acabamos o trabalho e inevitavelmente cedemos ao sono durante a nossa série favorita.
    Porém, como deve saber, todos estes hábitos são extremamente danosos para a saúde do sono e do corpo, devido à falta de uma superfície adequada para descansar. Aprenda a escolher o colchão ideal para si e sinta-se nas nuvens todas as noites.

     

    Primeiramente, encontre a firmeza ideal

    Duro como uma pedra, tão suave que se afunda… Afinal qual é a firmeza certa para um colchão? Para começar, evite a todo o custo estas opções extremas. Um colchão demasiado suave não dará apoio à coluna, enquanto um colchão muito rijo não permitirá que o corpo
    relaxe.
    Assim, se possível, teste o colchão por si mesmo, deitando-se como normalmente faria em casa. A firmeza ideal deverá suportar e acompanhar os contornos do corpo, mantendo a coluna alinhada.

     

    Considere o tamanho

    Dorme sozinho ou acompanhado? Tem um quarto amplo disponível ou necessita de uma solução mais conveniente? As medidas de um colchão são imprescindíveis na hora de compra, sendo que deve ter espaço para estar confortável e se virar livremente durante a noite.

     

    Qual é a tecnologia que se alinha consigo?

    O conforto é subjetivo, mas as melhores tecnologias não. Na Molaflex® são usadas para levar o descanso ideal a cada tipo de pessoa.

    Mola Contínua Multielástic®: Molas que se cruzam interiormente, alterando a firmeza e o suporte, consoante a pressão recebida.

    Mola Ensacada: Molas ensacadas individualemnte, tornando o colchão ideal para dormir a dois.

    Airvex®: Combinação de viscoelástica com partículas de gel, que se molda perfeitamente aos contornos do corpo.

    Espuma HR: Espuma flexível e macia, a mais popular do mercado.

     

    Existem preocupações extra?

    Talvez gostasse de um colchão amigo do ambiente, ou talvez preferisse um colchão hipoalergénico que não fosse prejudicar as alergias dos lá de casa. Considere todos os pequenos detalhes que podem interferir com o sono e procure um colchão que satisfaça o maior número de requisitos possíveis.
    E pronto! Tem todas as ferramentas que precisa para encontrar um colchão que se adapte perfeitamente ao seu sono e conforto. Se quiser levar o bem-estar ainda mais longe pondere acrescentar alguns acessórios. Uma cama de sonho não está completa sem uma boa almofada  e um edredão confortável.

    1 de Fevereiro, 2024

    Sobrecolchões: como saber se preciso de um?

    Se o debate à volta da escolha de um bom colchão já está consolidado, a verdade é que ainda pouco se ouve falar em sobrecolchões ou toppers. E, por causa disso, os consumidores incorrem em despesas desnecessárias, ao comprarem novos colchões, quando o atual não apresenta sinais de desgaste. Mas como saber se um sobrecolchão é a solução para os seus problemas?
    Leia o artigo para descobrir em que situações os sobrecolchões são úteis e conheça os modelos disponíveis na Molaflex®️

    Mas primeiro: o que é um sobrecolchão?

    Também conhecido por topper, o sobrecolchão é uma camada fina e removível, que se coloca em cima do colchão.
    Com uma espessura de até 10 cm, pode ser feito de espuma viscoelástica, microfibras, penas ou látex e é muito fácil de aplicar. Basta pousar sobre o seu colchão, caso o modelo escolhido venha com fundo antiderrapante. Ou, se trouxer abas elásticas, só precisa de as prender nos cantos do colchão.
    Para uma proteção extra, pode ainda usar uma capa, que abrace o colchão e o topper, garantindo que estes ficam sempre alinhados.
    Mas quais os motivos para precisar de um sobrecolchão?

     

    Motivo 1: Não acertou na firmeza do seu novo colchão

    Comprou um colchão há pouco tempo e até é de uma gama bastante boa mas, ainda assim, não se adaptou bem? A solução não tem de ser comprar já um novo colchão. Os sobrecolchões conseguem adicionar um grau de firmeza ou, por outro lado, praticamente transformar um colchão de molas ensacadas numa sensação de colchão viscoelástico, mais macio.
    Além disso, se não chega a acordo com o seu parceiro sobre o grau de firmeza do colchão, pode usar um topper, simulando a existência de duas camas distintas numa só. Assim, cada um tem a sua própria zona de conforto, sem comprometer o descanso.

     

    Motivo 2: Comprou um colchão de gama baixa e agora está arrependido

    Quis poupar na compra do colchão, mas agora o seu corpo afunda no material? Ou a sua postura até está correta, mas falta-lhe ali qualquer coisa para um descanso total?
    Os toppers dão um plus de qualidade a um colchão de gama padrão. Feitos com materiais macios, são capazes de proporcionar um toque extra de conforto, que faz toda a diferença.

    Motivo 3: Sofre de alergias ou tem sensibilidade cutânea

    Os sobrecolchões têm uma importante função higiénica. Absorvem a transpiração, o pó, os óleos e as escamas de pele, impedindo que estes entrem no colchão.
    A par disto, como são facilmente removidos e laváveis, tornam-se num grande aliado para quem sofre de alergia a ácaros ou quem tem a pele mais sensível.

     

    Motivo 4: Quer dar às visitas uma noite mais confortável

    Quando tem visitas a dormir lá em casa, usar um sobrecolchão em cima de um sofá-cama pode ser uma boa solução. Assim, não precisa de gastar dinheiro em colchões de ar e garante que os convidados têm um grau de adaptabilidade e firmeza suficiente para uma boa noite de repouso.

     

    Motivo 5: Quer prolongar a vida do seu novo colchão

    Se o seu colchão está visivelmente deformado, o topper vai vincar essas deformações e, assim, o seu problema não fica resolvido. Terá mesmo de trocar de colchão.
    Mas, se o seu colchão ainda está no início de vida e o seu objetivo é fazer render o investimento, o topper é uma ferramenta essencial: funciona como barreira adicional entre a roupa de cama e o colchão, além de suportar o seu peso.

     

    Que sobrecolchão usar?

    Os sobrecolchões estão disponíveis em diferentes densidades e materiais. Estas são as nossas escolhas:
    Topper – com fibras hipoalergénicas, para os mais sensíveis e com tendência a alergias.
    Topper Duo – com fibras hipoalergénicas numa face e espuma viscoelástica na outra, para maior conforto.
    Topper Visco – com duas faces viscoelásticas, reduz os movimentos do colchão e adapta-se aos contornos do corpo.
    Topper Visco Anticarbon – igualmente ergonómico graças à viscoelástica e com carbono ativo para um efeito anti-odor, antimofo
    e anti-humidade.
    Escolha agora o seu topper Molaflex® e aumente o seu conforto, da forma mais simples.

     

     

    30 de Janeiro, 2024

    Crianças, sono e alimentação: o que jantar para dormir melhor

    O sono do seu filho é fundamental para organizar as informações aprendidas durante o dia.
    Além disso, é o repouso que permite que o processo de crescimento aconteça de forma adequada. Mas, por vezes, na hora de ir para a cama, a criança ainda está com muita energia. Ou, pelo contrário, acorda ainda cansada, por ter despertado muito durante a noite.
    Então, que alimentos incluir e que alimentos evitar no jantar da criança? Saiba tudo neste artigo.

     

    Alimentos que favorecem um sono reparador

    Os alimentos que contêm triptofano são bem-vindos. Este aminoácido estimula a hormona do sono (melatonina), estando presente em:
    Laticínios
    – Frango
    – Ovos
    – Feijão
    – Lentilhas

    Os carboidratos complexos também não são de descartar, pois ajudam a libertar insulina. E é precisamente a insulina que vai remover do organismo as substâncias que iriam inibir o triptofano. Como vê, está tudo ligado.
    Encontra carboidratos complexos em:
    – Quinoa
    – Aveia
    – Batata-doce

    Alimentos ricos em Vitamina B também são uma boa ideia por igualmente estimularem a produção de melatonina. Pode incluir na refeição do seu filho:
    – Abacate
    – Cogumelos
    – Verduras escuras

     

    O que evitar no jantar da criança

    Nada de refrigerantes: estes podem ter cafeína equivalente a três cafés! Chocolates e outros alimentos açucarados também são para eliminar.
    Evite os alimentos processados, pois têm muito sal e açúcar. Nuggets não equivalem a carne branca saudável e pudim de ovo não equivale a comer ovos.
    Carnes vermelhas, sumo de laranja e arroz branco ficam reservados para o almoço, em doses controladas.
    Caso contrário, a ingestão desses alimentos pode ter impacto no ciclo circadiano e fazer com que o corpo envie os esforços para o sistema digestivo, em vez de estar concentrado em descansar.

     

    Uma boa rotina de jantar

    O jantar do seu filho deve realizar-se cerca de 2h30 antes de ir para a cama e ter porções menores do que as do almoço. Isto porque, ao comer, a temperatura e a taxa metabólica aumentam. E, à noite, o que se deseja é precisamente o contrário.
    Se o seu filho comer em demasia, pode ficar bastante ativo e, por não descansar bem, entra numa espiral nada saudável: é que, quando não descansamos bem, o corpo pede-nos alimentos mais intensos, mais estimulantes – o que frequentemente é sinónimo de açúcar.
    Por isso, já sabe: refeições leves e equilibradas são a melhor opção para uma noite de sono profundo na infância.

    25 de Janeiro, 2024

    Acorda muito de noite? Combata os despertares noturnos com estas dicas

    O despertador toca mas, na verdade, já se sentia acordado há minutos ou horas. E fica irritado porque perdeu momentos preciosos de descanso. Ou, então, acorda na hora certa, mas sente que não dormiu seguido nem entrou num sono profundo. E o corpo ressente-se. Cansaço durante o dia, dificuldade de concentração, tensão alta… a lista de consequências continua.

    Os despertares noturnos são uma realidade para muitas pessoas. Mas, felizmente, há pequenos truques que permitem tanto evitá-los como amenizar os seus efeitos. Conheça-os agora.

     

    Acorda com refluxo ou boca seca?

    Evite comidas pesadas ao jantar. Idealmente, opte por uma refeição leve, no máximo 2h antes de ir dormir. Nessa refeição, exclua a cafeína e o álcool.

     

    Acorda principalmente para ir à casa de banho?

    É comum as mulheres sofrerem de noctúria: a doença da bexiga hiperativa. Já no caso dos homens, é a hiperplasia benigna da próstata que os faz levantarem-se de noite para irem à casa de banho. Portanto, aqui o truque não tem muito que se lhe diga, a não ser evitar ingerir líquidos perto da hora de dormir, incluindo deixar de beber chás para adormecer.
    Para ambos os casos, há, ainda, tratamentos médicos disponíveis. Consulte o seu médico para saber se necessita desse acompanhamento especial.

     

    Acorda com o barulho de ressonar?

    O causador do ruído – você ou o seu companheiro – deve evitar dormir de barriga para cima. A esta dica soma-se outra já mencionada: não beber álcool em excesso.
    Para minimizar este e outros ruídos, é também boa ideia usar protetores de ouvidos, feitos de material macio.

     

    Acorda por causa do calor ou do frio?

    A temperatura do seu quarto não deve passar dos 23 graus centígrados. Tenha também em atenção a composição dos seus lençóis e pijama, bem como a respirabilidade do seu colchão.
    Todos estes elementos devem concorrer para que se sinta confortável.

     

    O que fazer quando acorda de noite?

    Se possível, não acenda as luzes, de forma a não dar informações contraditórias ao seu cérebro. E, sobretudo, faça um esforço para não olhar para as horas. Ver os números ou os ponteiros a passar só aumentará o stress ainda mais.
    Depois de ultrapassar estes obstáculos, faça exercícios de respiração. Concentre-se no som e nos movimentos ao inspirar e expirar. E vai ver que é mais fácil adormecer.

     

    Muito importante: se os despertares noturnos estão a afetar seriamente o seu dia a dia, fale com um médico especialista do sono. Podem existir causas psicológicas, físicas, maus hábitos ou distúrbios do sono que só um profissional poderá ajudar a identificar e a combater da maneira mais saudável.

    22 de Janeiro, 2024

    Dores nas costas? Escolha o melhor colchão para a sua coluna

    Muito tempo na mesma posição, tensões musculares, stress… no final do dia, o seu corpo só pede descanso. E, para isso, precisa de um colchão que ofereça o suporte mais adequado. Só assim poderá fazer uma recuperação eficaz. Caso contrário, podem surgir ou agravarem-se as dores nas costas: um flagelo que, segundo as estatísticas, afeta 80% de todas as pessoas, na zona superior, média ou inferior das costas, pelo menos uma vez na vida. A boa notícia é que escolher o colchão certo para as suas características físicas pode aliviar esse sofrimento. Venha, então, descobrir o modelo feito para si.

     

    Os colchões mais firmes são mesmo os melhores para a coluna?

    Por muito que seja essa a crença do senso comum, nenhum estudo científico comprova a teoria. Antes pelo contrário.
    Em 2003, a revista médica “The Lancet” publicou uma investigação feita com 313 adultos, que se queixavam de dor lombar. Os participantes avaliaram, aleatoriamente, colchões com diferentes níveis de firmeza e, ao fim de 90 dias, reportaram o que sentiam.
    O resultado? Os participantes a quem tinham sido atribuídos colchões de firmeza média tinham menos dor lombar ao levantar, menos dor deitados e menos dor durante o dia, quando comparados com os pacientes que usaram colchões mais rijos.
    Ainda assim, nem todos preferiram os colchões de firmeza média. Como explicá-lo?

    Na verdade, há sempre um quê de gosto pessoal envolvido na escolha do colchão. Mas a melhor superfície será sempre, mas sempre, aquela que lhe permita dormir sem sentir pontos de pressão.
    Dito de outra forma, o melhor colchão para a sua coluna é aquele que suporta bem o seu peso, adaptando-se de forma natural à sua morfologia e permitindo que recupere bem durante a noite.

     

    O material ideal para proteger a sua coluna

    Em 2008, outro estudo convidou pacientes com dores crónicas lombares a dormir em colchões de água, em colchões de espuma viscoelástica e, ainda, em colchões considerados mais firmes.
    No final, os colchões de espuma viscoelástica, a par dos de água, revelaram ter efeitos positivos na evolução da dor e na qualidade do sono, em oposição aos modelos mais firmes.
    Os colchões de espuma viscoelástica são, aliás, frequentemente recomendados pelos especialistas, já que se adaptam aos contornos do corpo, oferecendo suporte e conforto.
    Mas, mais uma vez, a subjetividade joga aqui o seu papel: se costuma mexer-se muito durante a noite, os modelos de mola ensacada podem ser a melhor alternativa para si.

     

    Experimente, experimente e experimente

    Quando o assunto é escolher um novo colchão para a sua coluna, não há nada como experimentar. Vá mesmo à loja Molaflex ® ou revendedor oficial mais perto de si e experimente vários modelos, em diferentes posições de descanso.
    Ao deitar-se de costas, mesmo que não seja essa a sua posição de sono, tente passar a mão entre a região lombar e o colchão. Se houver muito espaço vazio, descarte o modelo em causa, pois é firme demais para o seu físico. Por outro lado, se tiver dificuldade em passar a mão, significa que o colchão é pouco firme e o seu corpo está afundado no material, em vez de estar confortavelmente envolvido.

    O objetivo de todas estas tentativas-erro é encontrar o colchão que lhe garanta a melhor postura. Mas desengane-se se pensa que “melhor postura” é sinónimo de coluna absolutamente reta: a boa postura é, antes, o alinhamento mais confortável para o seu corpo. Por isso, se a posição fetal é aquela em que se sente mais repousado, é nessa posição que tem de garantir uma boa adaptação ao colchão.

     

    Colchões Molaflex® para as costas: as nossas escolhas

    Pronto para levar todas estas dicas para a prática?
    Se o mais indicado para o seu caso é um colchão com espuma viscoelástica, descubra os modelos Airvex®️. Feitos com uma tecnologia exclusiva Molaflex ®️, moldam-se perfeitamente aos contornos do corpo, voltando à forma original com facilidade. Saiba mais sobre estes modelos:

    Molaflex®️ Vital Airvex com 50% de desconto: o núcleo reforçado oferece uma sensação de suavidade nas suas costas.
    Molaflex®️ Vital Articulado com 50% de desconto: permite levantar a cabeceira ou levantar as pernas para que encontre a posição lombar mais confortável.
    Molaflex®️ Levity Airvex: uma opção de gama superior, de grande elasticidade e concebida para o ajudar a recuperar do stress do dia a dia.

    Se, por outro lado, chegar à conclusão de que o que as suas costas precisam mesmo é de um colchão de mola ensacada, não deixe de conhecer estes colchões Molaflex®️ :

    Molaflex®️ Vital Pocket com 50% de desconto: com tecnologia hipoalergénica e Sistema Commodo, que evita pontos de pressão.
    Molaflex®️ Infinity Pocket com 60% de desconto: com lã para uma posição mais orgânica, mantendo o corpo a uma temperatura constante.
    Molaflex®️ Eternity Pocket com 60% de desconto: com um efeito acolchoado, que potencia conforto máximo.

     

    Depois de escolher o seu colchão Molaflex ® , lembre-se: nem o melhor colchão do mundo poderá aliviar a sua dor de costas, se a almofada estiver a boicotar a recuperação. Garanta que o seu pescoço não fica dobrado ou torcido para trás. O ideal é que o pescoço forme uma linha reta, para que durma relaxado e acorde sem dores.
    Para um conforto completo, não deixe, então, de passar por molaflex.com e conhecer as nossas almofadas.

    19 de Janeiro, 2024

    Sono reparador: 6 indispensáveis para acordar fresco e de energias renovadas

    Desperta de manhã ainda mais cansado do que quando se deitou? Acredite, não está sozinho. Vários especialistas do sono têm observado tendências crescentes no que diz respeito à falta de descanso de qualidade, especialmente na população jovem e adulta.
    Talvez não esteja a dormir o suficiente (lembre-se que um adulto precisa, em média, de 7 a 9 horas de sono por dia) ou talvez durma muito, porém com pouca qualidade. Venha aprender 6 dicas imprescindíveis para acordar com mais energia e totalmente recuperado.

     

    Abrande o ritmo e cuide de si

    Um dos fatores que mais propicia a falta de sono reparador atualmente é, sem dúvida, o stress. Quer seja stress provocado pelo trabalho, trânsito ou qualquer outro fator, é importante que priorize resolvê-lo.

    – Primeiramente, modere/elimine dos seus dias  álcoolcafeína e nicotina;
    Gira o tempo de forma eficaz para evitar stress situacional;
    – No caso de stress recorrente, pondere consultar um especialista.

     

    Mime-se neste inverno

    Entre rotinas agitadas, nem sempre é fácil pensarmos em nós mesmos. Se dá por si a cuidar de todos à sua volta, mas não de si mesmo, lembre-se que mais tarde ou mais cedo o seu sono e saúde pagarão o preço.

    – Em vez do chuveiro rápido, tome um banho de imersão quente. Até pode experimentar usar esse momento para meditar;
    Cuide da sua pele, especialmente no inverno, com atenção redobrada a mãos e pés;
    – Deixe de lado os jogos do telemóvel. Ouça, em vez disso, um podcast ou leia um bom livro.

     

    Apanhe 30 minutos de sol diariamente

    Pense em si mesmo como uma planta viçosa. Além de água e alimento, o que mais é necessário? Sol, claro! Apanhe pelo menos 30 minutos de sol por dia para produzir vitamina D, ajudar o coração, fortalecer o sistema imunitário e melhorar o humor.

     

    Durma na posição correta

    Tem tendência a dormir de barriga para baixo? Ou então, é daqueles que se enrola em posição fetal? Apesar de habituais, estas formas de descanso são muito prejudiciais para o sono. Mesmo que inicialmente desafiante, habitue-se a dormir de barriga para cima. Esta posição é a melhor para apoiar a coluna e evitar o refluxo gástrico. Se ressona ou sofre de apneia do sono, durma de lado.
    Tem curiosidade de saber o que a sua posição de sono diz sobre a sua personalidade? Leia mais sobre isso – aqui.

     

    Sono sob controlo

    Se não está a ter um sono reparador, pode dever-se a fatores externos ou internos. Nem sempre é fácil descobrir as causas, mas agora existem apps que o podem ajudar. Ao colocar o smartphone perto do seu travesseiro, enquanto dorme, permite à app registar todo o seu sono através dos ruídos que faz. Pela manhã, pode consultar todos os barulhos e as horas a que foram emitidos. Estes tipos de apps assinalam roncos, movimento, choro, bruxismo e até fala durante sonhos.

     

    Feche a porta, apague a luz

    É daquelas pessoas que afirmam não conseguir dormir sem a televisão ligada ou uma luz de presença? Este hábito aparentemente inofensivo pode ser muito danoso para a sua rotina de sono. O ideal para o descanso é dormir um ambiente o mais escuro possível, com portas e persianas fechadas, e luzes apagadas.

     

    Ainda à procura de um sono reparador? Encontre o conforto único Astral Collection, vencedor do prémio Cinco Estrelas, na categoria colchões.

    15 de Janeiro, 2024

    O que a sua posição favorita para dormir revela da sua personalidade

    Para conhecedores, é extremamente fácil avaliar a personalidade de alguém baseado nas suas ações e hábitos durante o dia. Têm uma postura reta ou mais curvada? Andam depressa ou devagar? Gostam de ler ou preferem usar o smartphone?
    Dessa mesma forma, não é de surpreender que até a maneira como dormimos possa indicar muito sobre a nossa personalidade. Descubra o que a sua posição favorita diz sobre si:

    Se dorme de costas

    Esta é a posição geralmente recomendada para dormir, já que lhe permite alinhar o pescoço, coluna e ancas. As pessoas que dormem assim são normalmente abertas e sem medos, prontas a aceitar novas aventuras e desafios. Esta posição também pode revelar que é uma pessoa cautelosa, visto que estará facilmente pronto caso ouça um ruído ou movimento inesperado.

    Note que… Apesar desta posição ser a mais saudável para o corpo, é sempre recomendado que use uma boa almofada para o pescoço, de firmeza média ou alta.

     

    Se dorme de lado

    As pessoas que dormem assim são habitualmente as mais equilibradas e confiantes. Ao dormir de lado, revela que não está demasiado aberto nem totalmente fechado, ajudando também a sua respiração. Esta é uma das posições mais populares e por boas razões!

    Note que… Nesta posição, é fundamental que durma com uma almofada  alta debaixo do pescoço e com outra entre as pernas, para ajustar o posicionamento da coluna.

     

    Se dorme de bruços

    Quem dorme de barriga para baixo normalmente é mais tímido e precisa de se sentir mais protegido à noite. Esta posição é comum em pessoas mais fechadas e discretas, que preferem observar a participar.

    Note que… Esta posição é desaconselhada, visto não haver um bom apoio para as costas e coluna. Se possível, tente evitar dormir de bruços.

     

    Se dorme em posição fetal

    Gosta de descansar todo enroladinho sobre si mesmo? Esta é a posição mais vulnerável de todas, visto indicar que se pode sentir inseguro e com necessidade de dar conforto a si mesmo.

    Note que… Se dormir em posição fetal todos os dias pode magoar o pescoço e coluna, devido à curvatura extrema. Neste caso, e se gosta de se sentir abraçado na cama, escolha um colchão que se adapte perfeitamente a si e um edredão extra aconchegante.

     

    Se está sempre a mudar de posição

    Pessoas que estão constantemente a mudar de posição durante a noite são especialmente irrequietas e isso traduz-se no seu sono. Quer seja porque estão agitadas a nível mental ou porque têm demasiados sonhos, estes indivíduos têm dificuldade em conseguir um sono de qualidade.

    Note que… Dormir de forma irrequieta vai deixá-lo exausto, a longo prazo. Opte por técnicas calmantes antes de adormecer ou por experimentar um colchão mais confortável, pensado especificamente para si.

    11 de Janeiro, 2024

    A Molaflex® é a vencedora do prémio Cinco Estrelas pelo nono ano consecutivo

    As estrelas alinharam-se uma vez mais e a Molaflex® foi a grande vencedora do Prémio Cinco Estrelas 2024, na categoria Colchões. Enquanto marca mais premiada pelos portugueses, foram nove anos focados em levar-lhe os melhores equipamentos de descanso, com inovação sem fim e muita confiança.
    Este ano, o conforto elevado ao infinito pertence à Aureal Collection, uma coleção inspirada por um bem-estar fora deste mundo, com cinco colchões pensados para lhe oferecer as noites de sonho que merece.
    O Prémio Cinco Estrelas é cuidadosamente atribuído todos os anos, através de uma metodologia completa e rigorosa, de forma a determinar o grau de satisfação dos consumidores perante uma marca.
    Enquanto líder de mercado, e símbolo de qualidade e confiança ao longo de mais de 70 anos, a Molaflex® faz um compromisso: continuar a oferecer descanso de elevada qualidade, empenhar-se continuamente em soluções amigas do ambiente e evoluir incessantemente. 

     

    Descubra mais sobre a gama vencedora Aureal Collection – aqui.

    9 de Janeiro, 2024

    Aproveite esta oportunidade de 60% e dê-se ao luxo de um conforto superior

    Descansar com o conforto premium da gama Supreme Sense, nunca custou tão pouco. Entre neste mundo sublime com três colchões distintos, cuidadosamente pensados para todas as suas necessidades de repouso.

     

    Colchão Eternity Multi – 60% de desconto

    A tranquilidade começa aqui. Deixe-se mergulhar num colchão que envolve e abraça os contornos do seu corpo, com o objetivo de lhe oferecer a melhor noite de sono da sua vida. Sinta o bem-estar único da tecnologia Micropocket, da Manta Conforto e da Mola Contínua Multielástic®.

     

    Colchão Eternity Pocket – 60% de desconto

    Refugie-se da agitação do dia-a-dia e viva a serenidade, todas as noites. Encontre o aconchego supremo das Molas Ensacadas, mais adaptáveis e silenciosas, da Micropocket, e do Sistema DSS – Soft Sense, acolchoado que potencia conforto máximo.

     

    Colchão Infinity Pocket F.S. – 60% de desconto

    Descubra o conforto superior deste colchão hipoalergénico e à base de lã, material natural e regulador de temperatura. Adormeça com plenitude, com o auxílio do Comfort System®, material de alta densidade para robustez e estabilidade, e da Mola Ensacada, para máxima adaptabilidade.

     

    Já escolheu o seu? Não deixe passar esta oportunidade única de poupança em descanso de luxo!

    Descubra mais no site ou loja Molaflex®, ou através de um revendedor oficial perto de si. Promoção válida de 02/01/2024 a 31/03/2024. Limitado ao stock existente. Consulte condições

     

    4 de Janeiro, 2024

    Sono e Imunidade: sabe como o descanso o ajuda a evitar gripes e constipações?

    Uma boa noite de sono é essencial em todas as áreas da vida: ajuda-o a focar-se, auxilia na regulação de peso, e é imprescindível para o bom humor. Até certo ponto, todos sabemos que o sono é fundamental para a saúde, mas será que nos apercebemos da relação entre sono e imunidade de forma tão clara? Vamos encontrar as respostas.

     

    A falta de sono prejudica o sistema imunitário?

    Cada vez mais, os especialistas apercebem-se que existe uma desatenção geral do público, no que toca à preocupação com a qualidade de sono. Se cada vez mais está na moda cuidarmos da alimentação e fazermos exercício físico, são muito poucas as pessoas que dão ao descanso a atenção que deveria ter.
    Porém, os especialistas estão de acordo: dormir constantemente menos de 6h danifica as nossas defesas.

     

    Qual é a relação entre ambos?

    O sono é um processo natural, que todas as noites nos ajuda a recuperar, regular e proteger o corpo. Quando não dormimos e pomos o nosso corpo numa situação de stress, este acaba por ter menos recursos para se defender.
    Pesquisa conclui que o sono nos protege contra o desenvolvimento de inflamação de baixo grau. Ou seja, várias células do sistema imunitário são menos eficazes ao combate dos vírus quando dorme mal.
    Adicionalmente, teorias recentes afirmam que o sono pode contribuir para a otimização das células T. Estas células, semelhantes a glóbulos brancos, são essenciais para o sistema imunitário e, assim sendo, se uma pessoa não dorme, as células T têm dificuldade de se conectar às células infetadas por vírus, consequentemente, não conseguindo proceder à sua destruição.

     

    Nesta época de constipações, como usar o sono a seu favor?

    O sistema imunitário é a melhor arma contra constipações e gripes. Sabia que se dormir, no mínimo, 8 horas por noite, já está a reduzir as possibilidades de apanhar uma constipação? Cuide de si, com alguns cuidados simples:

    – Siga um horário constante para deitar e levantar;
    Evite consumir comidas salgadas, picantes ou demasiado gordurosas, especialmente ao jantar;
    – Opte por chás sem cafeína e bebidas à base de leite, em vez de café e álcool;
    – Faça exercício físico regularmente, mesmo que seja em casa. Procure um vídeo no YouTube e siga as instruções para uma aula de pilates ou yoga;
    – Antes de ir para a cama, deixe de lado o telemóvel. Escolha, alternativamente, ler um livro ou uma sessão de meditação.

     

    À procura do descanso mais higiénico para si? Aproveite e descubra o conforto do Colchão Care Multisense com 50% de desconto, construído à base de tecido Strech com tecnologia HeiQ Viroblock®, para um descanso saudável e noites limpas.

    2 de Janeiro, 2024

    Como construir os melhores hábitos de sono em 2024

    Pronto para começar o novo ano em grande? Aproveite o espírito de motivação de 2024 para implementar melhores hábitos e rotinas de sono no seu dia-a-dia.

    Ao despertar:

    – Após o alarme tocar, evite ficar na cama a mexer no telemóvel;

    – Se for possível, apanhe ar fresco pela manhã, com uma pequena caminhada ou um curto passeio;

    – Em vez de começar o dia com café, opte por um chá com baixa cafeína ou um sumo de fruta natural.

     

    Durante o dia:

    – Aposte em refeições e snacks ricos em melatonina como: kiwi, nozes, bananas, ovos e aveia;
    – Após a hora de almoço evite a cafeína;
    – Opte por não tirar sestas a meio da tarde, especialmente se tiverem mais de 30 minutos;
    – Junte-se a um ginásio e faça exercícios leves como yoga e pilates;
    – Evite refeições pesadas perto da hora de jantar.

     

    Ao deitar:

    – Tente ir para a cama sempre à mesma hora, mesmo aos fins-de-semana;
    – Abstenha-se do uso de ecrãs pelo menos 30 minutos antes de dormir, escolhendo alternativamente leitura, música ou tempo com um animal de estimação;
    – Durma num quarto escuro e silencioso.

     

    Todos sabemos que uma noite bem dormida é essencial para um novo ano cheio de vitalidade e energia. Além de o fazer sentir bem, o descanso é essencial para muitas outras áreas da sua vida. Aprenda mais sobre os benefícios do sono em 2024 – aqui.

     

     

     

    28 de Dezembro, 2023

    Ano Novo em casa? Inspire-se nestas ideias de decoração e atividades para a passagem de ano

    A alma da festa

    Sem ideias para atividades de Ano Novo? Deixe de lado o karaoke e venha explorar estas sugestões.

    Brincadeiras em família

    Siga o caminho tradicional e tire do armário os jogos de tabuleiro, cartas e videojogos, que ficaram guardados durante o ano. Esta é a altura em que podem ser apreciados por toda a família, antes da meia-noite.

    Sessão de fotos

    Crie memórias que durarão para sempre: numa parede básica, decore e cole enfeites coloridos, máscaras e balões, de forma a conceber um espaço onde todos podem tirar fotos divertidas.

    Sacos Surpresa

    Quer dar um miminho extra a todos os convidados? Porque não encher pequenos sacos, para um 2024 em grande? Recheie os saquinhos de doces, confettis ou câmaras descartáveis.

    Cocktails deliciosos

    Sejam à base de álcool ou não, é sempre entusiasmante explorar novos cocktails em casa. Use copos coloridos e muita decoração para contribuir para o espírito da celebração.

    Playlist única

    Compile as suas músicas favoritas e dance como se não houvesse amanhã! Vai ser ainda mais divertido se estas estiverem relacionadas com o Ano Novo.

     

    Encha a noite de brilho

    Apaixonado por decoração? Deixe a casa pronta para a festa com as nossas ideias.

    Árvore de Ano Novo

    Apostamos que ainda tem a árvore de Natal montada em casa, portanto porque não lhe dar um novo ar para o dia 1 de Janeiro? Siga esta popular tradição russa criada em 1600, e adorne a árvore com grinaldas, confettis e balões.

    Mude a disposição do cómodo

    Quer tornar o seu espaço mais confortável para os convidados, sem necessidade de mudanças radicais? Aproveite esta ocasião rara para trocar os móveis de sítio, tornando o espaço mais amplo e pronto para a festa.

    Escolha uma cor

    Apesar do Ano Novo ser uma celebração cheia de cor e alegria, a verdade é que não é fácil decorar um espaço tão confuso. Assim, cinja-se ao uso de uma cor, escolhendo balões, grinaldas, pratos e confettis à volta desse tom.

    Diverta-se com DIY’s

    Tem jeito para trabalhos manuais? Utilize o seu talento (ou o dos mais novos) para criar decoração mais económica, personalizada e especial. Por exemplo, em vez de comprar confetti pode fazer o seu, cortando folhas douradas e prateadas, e enchendo pequenos tubos de vidro, que poderá usar todos os anos. Na altura da contagem final, cada convidado poderá ter um tubo e festejar

    Vestidos a rigor

    É já tradição estrear uma roupa nova nesta celebração, mas, e se em vez de simplesmente uma nova roupa, pudesse pedir aos convidados para seguirem um tema? Passe o ano vestido a rigor, com uma celebração black tie glamorosa ou até mascarado (por exemplo, celebrar os anos 20 com vestimentas típicas de 1920).

     

     

    26 de Dezembro, 2023

    Ano Novo: Coloque o sono no topo da lista de resoluções para 2024

    O novo ano é a ocasião perfeita para organizar objetivos e contemplar o seu crescimento ao longo de 2023. Conseguiu atingir todas as suas resoluções no ano que passou? Quais são aquelas que gostaria de trabalhar novamente?
    Muitas pessoas focam-se, habitualmente, em objetivos físicos, como perder peso e começar a ir ao ginásio, ou então objetivos intelectuais como aprender uma nova língua, ler mais e dedicar mais tempo aos hobbies.
    Porém, já parou para pensar em adicionar o sono aos seus objetivos de 2024? Descubra porque um bom descanso deveria ser uma prioridade para o novo ano.

     

    Ajuda-o a regular o peso

    Uma das ligações mais claras entre peso e sono, começa com o controlo do apetite. A falta de sono afeta a capacidade de regulação dos neurotransmissores, aumentando a vontade de comer e diminuindo a sensação de saciedade. Adicionalmente, pesquisa indica que pessoas privadas de um bom descanso tendem a preferir comidas com calorias elevadas ou à base de carboidratos.

     

    Torna-o mais produtivo no trabalho

    Sono e produtividade andam de mão dada. É naqueles momentos em que descansa a cabeça na almofada, ao fim de um longo dia, que o corpo tem a oportunidade de acalmar, reparar os tecidos e criar hormonas que ajudarão a fortalecer o sistema imunitário.
    Além dos benefícios físicos, um sono reparador fará com que acorde com mais energia, pronto a criar novas ligações mentais, essenciais para estimular a memória e a capacidade de resolução de problemas.

     

    Melhora a saúde mental

    Intuitivamente percebemos que o sono interfere com o humor e a capacidade de nos sentirmos bem durante o dia. Mas sabia que o sono tem uma relação direta com a saúde mental? Por exemplo, é provável que a falta de descanso contribua ou aumente os sintomas de ansiedade, stress e défice de atenção. Pelo contrário, um bom sono deixa-o enérgico, positivo e concentrado.

     

    Estimula a aprendizagem

    Já diziam os nossos avós, “o saber não ocupa lugar”. A aprendizagem é vital ao longo da vida, mesmo quando saímos da escola. Se este ano planeou aventurar-se numa língua nova ou num workshop interessante, saiba que o sono poderá ser o seu melhor amigo. Uma boa noite aumenta a sua capacidade de reter novo conhecimento em até 40%, fortalecendo a criação de memórias e ligação entre informações.

     

    Entusiasmado com as resoluções de Ano Novo? Encontre todos os equipamentos Molaflex® que o vão ajudar a atingir os seus objetivos de descanso – aqui.

    21 de Dezembro, 2023

    Dificuldade em manter a rotina dos mais novos durante o Natal? Descubra as melhores atividades

    As férias de Natal chegaram, para grande entusiasmo dos mais novos e para aflição dos mais velhos. Afinal, o que fazer com as crianças durante este período natalício? É muito importante que, mesmo durante esta época de festa, os mais pequenos tenham tarefas para cumprir e ritmos a seguir. Incluindo na hora de dormir!

    Além do descanso ser fundamental para o bom desenvolvimento de crianças e adolescentes, também afeta enormemente o seu humor, desenvolvimento da memória e atenção. Assim, é imperativo evitar alterar os horários de sono radicalmente durante as férias, evitar sestas prolongadas durante a tarde e manter os mais jovens em constante movimento mental e físico.

     

    Descubra algumas atividades para fazer em família nestas férias de Natal:

    Patinagem no gelo

    Todos os anos, pode encontrar pistas de patinagem espalhadas um pouco por todo o país, dando aos miúdos (e graúdos) uma oportunidade de se moverem e divertirem juntos.

     

    Iluminação de Natal

    Existe algo de muito mágico na luz, de tal forma que cativa os mais pequenos, onde quer que estejam! Aproveite a quadra natalícia para apresentar os mais novos às iluminações de Natal nas ruas.

     

    Espírito Solidário

    Ensine mais sobre amor e solidariedade nesta época do ano, incentivando os seus filhos a doarem roupas e brinquedos que não precisam mais.

     

    Sessão de cinema em casa

    Com vontade de passar um dia a aproveitar o melhor do cinema de Natal? Compilamos os nossos 10 filmes natalícios favoritos, ideais para a época. Descubra-os no nosso blog – aqui.

     

    Incentivar à leitura

    O Natal está recheado de histórias belas, focadas no amor, alegria e espírito da época, perfeitas para serem lidas sob a forma de livros. Incentive os mais novos a conhecerem estes contos, ou então, aproveite para lhes ler um pouco antes da hora de deitar.

     

    Sobremesas de Natal

    O que seria desta época sem comida deliciosa e preparada especialmente para a ocasião? Divirtam-se juntos na cozinha com bolachas em forma de estrelas, queques com homens de neve e bolos em forma de pinheirinhos.

    19 de Dezembro, 2023

    Presentes de Natal: 8 ideias para quem adora dormir

    Vá lá, admita que quando leu o título deste blog, pensou automaticamente em alguém na sua família ou grupo de amigos que é muito dorminhoco, ou então que, pelo contrário, beneficiaria de umas boas horas de descanso a mais. Deixe-se inspirar pelas nossas sugestões e escolha o mimo ideal para oferecer este Natal!

     

    Sais de banho relaxantes

    A sensação de um banho de imersão, quente e cheio de bolhas, não se compara a um mero duche. Se conhece alguém com problemas de descanso, experimente oferecer sais de banho, um cuidado que ajuda a relaxar os músculos, regular a temperatura corporal, reduzir o stress e induzir o sono.

     

    Almofada aconchegante

    Um bom sono começa numa boa cama, e a almofada é uma parte essencial deste conjunto. Com diferentes alturas e materiais, existe uma almofada feita especialmente para a necessidade de conforto de cada um. Explore o bem-estar das almofadas Molaflex® – aqui.

     

    Diário para os sonhadores

    Tem um amigo que adora mindfulness e o mundo maravilhoso da mente humana? Ajude-o a explorar o seu inconsciente com um diário de sonhos. Especialistas afirmam que apontar os sonhos, todas as noites, traz benefícios enormes, como: maior criatividade, maior reconhecimento e processamento de emoções, e menos pesadelos.

     

    Edredão fofinho

    Sabia que, especialistas defendem que dormir com um edredão bem aconchegante, ajuda a reduzir o stress e ansiedade? Isto porque o conforto do edredão se assemelha a uma massagem ou abraço, estimulando a serotonina e promovendo o relaxamento. Encontre as nossas sugestões para os melhores edredões Molaflex®.

     

    App da meditação guiada

    Com popularidade crescente, as apps destinadas à melhoria do sono são uma ajuda valiosa para muitas pessoas. Quer escolha uma app com meditação guiada ou sons da natureza, uma subscrição paga deste tipo de serviços, poderia ser ideal para aquela pessoa especial na sua vida.

     

    Bons sonhos com aromaterapia

    Os cheiros que nos rodeiam na hora de dormir, são extremamente relevantes para a qualidade do descanso. Quase de certeza que já ouviu falar nos benefícios da aromaterapia, quer sob a forma de velas ou humidificadores. Devido aos invernos húmidos, caracteristicamente portugueses, a nossa sugestão é apostar num spray para a almofada de lavanda, camomila ou laranja.

     

    Sinta o conforto dos sobre-colchões

    Quer dar mais conforto neste Natal? Porque não escolher então um sobre-colchão, uma alternativa económica para maior adaptabilidade e ergonomia na hora de descanso? Feitos em fibra hipoalergénica ou espuma viscoelástica, são várias as opções Molaflex® à sua disposição.

     

    Escolha uma caixa de chás ou kit de chocolate quente

    Temos a certeza que já ouviu falar das inúmeras vantagens de beber uma chávena de chá, sem cafeína, antes de se deitar. Porém sabia que também o chocolate quente pode auxiliar o sono? Esta bebida quentinha e deliciosa ajuda-o a relaxar, criando triptofano, que produz melatonina, e serotonina que o deixa mais feliz e o faz adormecer rapidamente.

    15 de Dezembro, 2023

    Os 10 melhores filmes de Natal para ver com a família

    O Natal está mesmo aí e se está com muita vontade de juntar a família para uma tarde de cinema, nós ajudamos. Descubra os 10 melhores filmes para esta quadra natalícia, cheios de magia e emoção.

     

    Polar Express (2004)

    Na véspera de Natal, um menino que não acredita no Pai Natal, é acordado por um comboio que o leva numa viagem fantástica ao Pólo Norte. Um filme perfeito para os que gostam de uma história comovente sobre amizade, magia e o espírito de época.

    Grinch (2000)

    Com vontade de partilhar algumas gargalhadas com crianças um pouco mais crescidas? Grinch é uma criaturazinha verde e maldisposta que decide arruinar o Natal de todos os seus vizinhos. Porém, tudo muda quando conhece uma menina que lhe mostra o lado mais bonito da estação.

    Sozinho em Casa (1990)

    É impossível não conhecer este clássico de Natal, que passa todos os anos na televisão. Se não tiver tempo para preparar toda uma sessão de cinema, esta é a opção segura que sabe que pode ver com a família, enquanto embrulham presentes e preparam os doces para a consoada.

    Um conto de Natal (2009)

    Inspirado no clássico literário de Charles Dickens, a versão da Disney apresenta-lhe Ebenezer Scrooge, uma personagem mesquinha, obrigada a alterar a sua forma de vida quando conhece os fantasmas do Presente, do Passado e do Futuro. Uma narrativa intemporal, que merece toda a atenção.

     

    O Quebra-Nozes e os Quatro Reinos (2018)

    Quem nunca ouviu falar do famoso bailado do Quebra-Nozes? Esta bela e mágica história deu origem a mais uma adaptação, desta vez com direto a muita aventura e fantasia. Ideal para ver com os jovens da família, esta versão vai maravilhar todos.

     

    Elf – O falso duende (2003)

    O que aconteceria se uma criança fosse acidentalmente levada para o Pólo Norte e criada entre os elfos do Pai Natal? Esta é a premissa do hilariante Elf, uma comédia caótica que já se tornou de visualização obrigatória entre todos os amantes de uma boa gargalhada no Natal.

     

    As Mulherzinhas (2019)

    Este livro de 1868, retrata, de forma intemporal, o crescimento de quatro jovens irmãs, num caminho para construírem amizades, ultrapassarem dificuldades e aprenderem com os erros. Deparadas com a ausência do pai no Natal, toda a história de desenrola de forma motivadora e realista.

     

    Mickey – Um Natal mágico (1998)

    Leve os mais pequenos numa viagem ao passado, com as aventuras de Mickey e dos seus amigos. Será impossível não se perder com as suas próprias memórias das tão queridas personagens e partilhar bons sorrisos em família.

    As Crónicas de Nárnia: O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa (2005)

    Escrita originalmente pelo irlandês C. S. Lewis, esta saga tão memorável é inspirada pela dedicação do autor ao cristianismo. Caso a sua família se foque no lado mais religioso da época, opte por este filme natalício, focado na vida encantada de quatro irmãos.

    O Estranho Mundo de Jack (1993)

    Termine o Natal em grande com um toque de Tim Burton. A história de Jack, Rei das Abóboras, que se cansa do Dia das Bruxas e decide explorar o Natal, é um clássico, com um toque assustador. Desfrute deste filme com crianças e jovens mais velhos, que não terão pesadelos à noite.

    13 de Dezembro, 2023

    Diga adeus à insónia: 5 soluções naturais e caseiras para dormir melhor

    Muitas pessoas sofrem brevemente de insónia, em diferentes momentos da vida. Esta dificuldade em dormir é comum em indivíduos de todas as idades e nem sempre implica a necessidade de medicação. Venha descobrir os métodos caseiros e naturais para dormir melhor esta noite.

     

    Mãos à obra para uma boa massagem

    Os especialistas estão de acordo: uma massagem é ideal para ajudar a relaxar, melhorar a circulação e aliviar os sintomas do stress. Mesmo que não tenha ajuda profissional para uma, pode sempre fazê-la a si mesmo. Com o auxílio de um utensílio, ou apenas com os seus próprios dedos, massaje o rosto, pescoço, pernas e plantas dos pés.

    Dormimos como comemos

    Todos sabemos que refeições desequilibradas podem ser muito disruptivas para o sono. É comum ouvirmos que devemos evitar comidas picantes e salgadas ao jantar. Porém, o mesmo princípio aplica-se ao reverso da medalha: saber usar a alimentação a seu favor, traz benefícios enormes para o seu descanso. Em vez de um jantar pesado durante a semana, porque não apostar em alternativas leves, com ingredientes amigos do sono? Experimente:
    Salmão – Rico em ómega-3 e gorduras saudáveis;
    – Papas de aveia com nozes – Fonte natural de triptofano e ómega-3;
    Pistácios e cajus – Cheios de melatonina e magnésio;
    Ovos escalfados com espinafre – Refeição completa rica em magnésio, vitamina B6 e triptofano.

     

    Um brinde ao melhor sono

    Deixe de lado o álcool, o café e os chás com cafeína se quer dizer adeus à insónia. Em vez disso escolha bebidas que promovam ativamente o sono, tais como:
    Chá de Camomila – Para relaxar e dormir melhor;
    Chá de Valeriana – Para adormecer mais rapidamente;
    Leite quente – Rico em triptofano, amigo de um bom descanso.

     

    Suplementos ao seu dispor

    Se precisa de uma mãozinha extra para descansar melhor, aposte em descobrir o sem número de suplementos naturais à sua disposição. Não se esqueça de escolher cuidadosamente e sempre com a ajuda de um especialista, visto que poderão ter efeitos secundários.
    Magnésio – Este mineral natural promove o relaxamento muscular, diminuição de stress e um sono reparador;
    Melatonina – Esta hormona ajuda-o a adormecer mais rapidamente e ter um descanso com mais qualidade.

     

    Os benefícios da lavanda

    Associa inconscientemente esta planta ao sono? É normal. Esta escolha natural, quer sob a forma de cápsulas, chá ou aromaterapia, é uma solução tradicional e eficaz para a insónia.

     

    A não esquecer: Se tiver problemas de insónia graves, procure sempre atenção médica e encontre a solução ideal para si.

     

    7 de Dezembro, 2023

    Ano novo, quarto novo? Descubra as melhores tendências de decoração para 2024

    Entre os verdadeiros fãs do ano novo, contam-se aqueles que adoram aproveitar este espírito de mudança para alterarem os seus hábitos, as suas rotinas e, até mesmo, a decoração da casa.
    Tal como todos os anos, 2024 chega até nós com muitas tendências e ideias criativas para darmos uma lufada de ar fresco ao ambiente que nos rodeia – com foco especial no quarto, a nossa zona de descanso favorita.
    Pronto para entrar neste mundo de conforto e estilo?

     

    Adeus minimalismo, olá maximalismo

    Os últimos anos têm sido marcados por grandes tendências minimalistas, com linhas simples, uso constante de tons brancos e cinza, e muita luz. Porém, neste novo ano, voltamos às raízes, com quartos cheios de cor, mobília eclética e tapetes arrojados. Se não está preparado para alterar todo o seu quarto, porque não dar um toque intrépido ao espaço com uma manta colorida ou uma pintura abstrata?

    Materiais naturais nunca são demais

    Sente que o seu quarto não é o espaço repousante que gostaria? Talvez precise de apostar em materiais naturais. Além de esteticamente apelativos, o uso de móveis em bamboo, lençóis de linho e cestas de vime, oferece um conforto mais orgânico e puro a qualquer divisão. Alternativamente, o uso de pequenas plantas pode também tornar o ambiente mais verde e limpo.

    Quem não adora multifuncionalidade?

    Uma das tendências mais notáveis para este novo ano, é a preferência pela organização e funcionalidade, acima da decoração. Também dá por si a desejar ter mais espaço no quarto? Os sommiers elevatórios oferecem a solução ideal para este problema, visto que além de um local para dormir, a cama se transforma numa solução de arrumação, perfeita para todas as necessidades. Descubra os Sommiers Elevatórios Molaflex® – aqui.

     

    Em iluminação, menos é mais

    O futuro da decoração de quartos está muito focado no uso correto da luz. A forma como ilumina o seu espaço pode facilmente transformá-lo num oásis de conforto e relaxamento. Em vez de usar o candeeiro superior, opte por luzes ambientes, difusas e com tons quentes. Por exemplo, escolha pequenos candeeiros para iluminar a mesinha de cabeceira, um candeeiro de pé para ficar junto aos livros, ou grinaldas de luzes, para uma atmosfera mágica.

    Já ouviu falar de Feng Shui?

    Esta prática chinesa milenar não é, com certeza, novidade para os amantes de decoração. No entanto, é inegável que está a atrair muita atenção para o novo ano. Feng Shui caracteriza a ideia de que a disposição da mobília e objetos pode alterar a disposição e energia do ambiente. Alguns conselhos são:
    – Deixar a cama acessível dos dois lados, de forma a balançar o yin e o yang;
    – Usar uma cabeceira de cama, para garantir estabilidade e força no descanso;
    – Evitar ter arte pendurada acima da cama, em vez disso colocando-a num local onde a possa contemplar mal acorde.

     

    Entusiasmado por experimentar todas estas tendências em 2024? Lembre-se que o importante é escolher as que verdadeiramente aprecia, sempre com um foco num descanso saudável e num espaço que o inspire.

    5 de Dezembro, 2023

    Conforto em época festiva: 4 dicas para dormir melhor no Natal e Ano Novo

    O Natal e o Ano Novo estão mesmo aí à porta e todos sabemos o que isso quer dizer: aproveitar ao máximo para celebrar esta época especial. Porém, algures entre celebrações, álcool e comida deliciosa, acabamos por esquecer que o nosso sono é muito prejudicado, afetando-nos até quando temos que regressar à escola ou ao trabalho.
    Será mesmo impossível desfrutar da quadra e ter um sono de qualidade? Claro que não! Junte-se a nós e venha descobrir como garantir um bom descanso, mesmo nesta época.

     

    Comer bem, mas com moderação

    Todos sabemos que fazemos grandes infrações a nível alimentar durante o Natal e Ano Novo. Como resistir a mais uma colherada daquele jantar delicioso ou aos doces em cima da mesa? Por exemplo, alimentos como massas, arroz e batatas, devem ser consumidos cuidadosamente, pois provocam indisposição. Além disso, tome cuidado com a pimenta, visto que afeta a temperatura corporal, alimentos ácidos, que podem causar refluxo, e alimentos gordurosos, difíceis de serem digeridos.

    Se beber, mantenha-se hidratado

    É muito normal que beba um pouco mais do que o habitual nas festas de fim de ano. Uma forma simples de aliviar os sintomas de ressaca e de desidratação associados a espumante, cerveja e vinho, é bebendo bastante água. Além disso, sabia que o álcool aumenta a probabilidade de ressonar? Conserve o seu sono (e o dos outros) intercalando a bebida com um copo de água.

    Stress sob controlo

    Crianças a correr entusiasmadas com a chegada do Pai Natal, refeições a preparar para toda a família, a ansiedade de ter tudo pronto a tempo… conhece estas sensações? A agitação é a maior inimiga do sono e resolvê-la é essencial. Por exemplo, porque não afastar-se da confusão com uma pequena caminhada? Mesmo 15 minutos são o suficiente para o acalmar.

     

    Recuperar o sono perdido

    Quem nunca pensou “hoje passo a noite em branco, mas no fim-de-semana durmo para compensar”? Habitual em pessoas de todas as idades, esta ideia é errada, sendo que é impossível recuperar o sono perdido. A curto prazo, a falta de descanso pode causar problemas de humor, problemas cognitivos e stress. A longo prazo, aumenta o risco de doenças, como a obesidade, diabetes e hipertensão.
    Como vê, não é necessário eliminar toda a diversão nesta época festiva. Se mantiver uma postura moderada e que respeite os limites do seu corpo, é possível aproveitar e sentir-se bem por dentro e por fora!

    30 de Novembro, 2023

    Especial Black Friday: Como escolher o colchão ideal para si

    Confuso com tantas oportunidades únicas? Entenda como escolher o melhor colchão Molaflex® para si.

    Está na altura de se aconchegar com boas noites de sonho!
    A Black Friday é a altura perfeita para escolher um novo colchão e ter o sono que sempre quis. Mas sabe qual é o ideal para si? Tenha em atenção alguns fatores.
    Tamanho: Anote a sua altura e largura de ombros, e some 20 cm a cada uma das medidas. O resultado é o tamanho da zona de conforto ideal para si.
    Dormir acompanhado ou sozinho: Se partilhar a cama com alguém, escolha um colchão de molas ensacadas, ideal para casais.
    Firmeza: Um colchão mais duro ou adaptável é totalmente baseado em gosto pessoal, mas não se esqueça de tentar encontrar equilíbrio entre ambos.

    Mola Contínua Multielástic® – Melhor resistência e durabilidade

    Esta tecnologia exclusiva Molaflex® altera a firmeza do colchão consoante a pressão recebida e oferece o melhor desempenho em termos de resistência, durabilidade e respirabilidade.

    Bons sonhos são muito mais que um desejo: Eternity Multi

    Aproveite o sonho que o leva às nuvens, com 60% de desconto nesta Black Friday. Encontre adaptabilidade máxima com a Manta Conforto e a Mola Contínua Multielástic® 3G, a 3ª geração deste exclusivo Molaflex®.

    A noite de sono mais harmoniosa e tranquila: Mystic Multi

    Descubra o prazer do ViscoGel e da Mola Contínua Multielástic®, agora com 60% de desconto. Durma de forma tranquila com este colchão elástico e flexível, desenhado para um equilíbrio de postura perfeito.

    A postura perfeita de dia e de noite: Vital Multi

    Explore a inovação que ganhou o prémio Produto do Ano 2023, com 60% de desconto. O Tratamento Silver Pro combina características anti-stress e antibacterianas à base de iões de prata que ajudam a repelir bactérias, favorecer a circulação e regular a temperatura corporal.

    O primeiro colchão do mercado feito a partir de materiais reciclados: Seaqual Multi

    Consiga o descanso mais sustentável com 65% de desconto! Ajudar o planeta e o seu sono nunca custou tão pouco, com um colchão cheio de conforto, durabilidade e firmeza.

    Mola Ensacada: Ideal para dormir a dois

    Experimente o bem-estar das molas ensacadas individualmente, onde a pressão numa mola não interfere com as restantes.

    Um refúgio para a agitação do mundo: Eternity Pocket

    Encontre o conforto supremo para as suas noites com 65% desconto. Desfrute de um aconchego máximo com o Sistema DSS Soft Sense, a tecnologia de Mola Ensacada e o Micropocket, para sustentação elástica acolhedora.

    Tão confortável como dormir numa nuvem: Infinity Pocket

    E se o bem-estar de sonho se aliasse ao melhor preço? Aproveite este 60% desconto e deixe-se envolver pela suavidade e temperatura da lã, enquanto desfruta de máxima adaptabilidade, mais conforto e estabilidade.

    A pausa que lhe permite desfrutar da vida: Gravity Pocket

    Dê mais conforto às suas noites com o melhor descanso e 60% de desconto. Deslize para um sono com adaptação progressiva e total com o Sistema Commodo® e Mola Ensacada.

    Para um conforto completo: Vital Pocket

    Descubra conforto e inovação com 60% de desconto, com a tecnologia que venceu o prémio de Produto do Ano 2023. O Tratamento Silver Pro, que combina alta tecnologia com um acabamento inovador anti-stress e antibacteriano, que lhe oferece um descanso saudável e hipoalergénico.

    Airvex® – Conforto de sonho

    Explore este exclusivo Molaflex®, reconhecido por aliar na sua composição as qualidades viscoelásticas às partículas de gel. Este material molda-se perfeitamente aos contornos do corpo e volta à sua forma original com facilidade.

    Criado para evitar alergias: Vital Airvex

    Descanse com saúde e muita poupança com o conforto Airvex e Silver Pro. São 60% de desconto nesta inovação vencedora do Produto do Ano 2023, responsável por oferecer um descanso higiénico e saudável.

    27 de Novembro, 2023

    Afinal, o exercício físico auxilia ou prejudica o seu sono?

    No mundo onde vivemos somos constantemente bombardeados com informação relativa à nossa saúde e bem-estar. É normal que tenha ouvido na televisão que o exercício o ajuda imenso na hora de dormir, enquanto os seus colegas afirmam que ir ao ginásio tarde lhe faz mal.
    Mas afinal, quem está correto?

    Os Pros

    A prática de exercício físico é, geralmente, muito recomendada para todos. De acordo com a Organização Mundial de Saúde, 30 minutos diários, cinco dias por semana, são o suficiente para cuidar da sua saúde e dormir melhor. No entanto, os especialistas ainda não chegaram a um consenso sobre a razão pela qual o exercício lhe dá um melhor sono, existindo assim várias teorias:

    • Alguns cientistas defendem que exercitar-se durante o dia leva à libertação de melatonina mais cedo à noite.
    • Já outros entendidos dizem que como o exercício melhora os sintomas de depressão, ansiedade e stress, torna-se mais fácil adormecer.
    • Existe ainda a crença que a variação da temperatura corporal ao longo do dia, quando nos exercitamos, ajuda muitos a dormirem melhor.

    Os Contras

    Se por um lado o exercício físico tem imenso benefícios para o corpo, também a sua prática de forma descuidada pode ser prejudicial. Por exemplo, deve evitar fazer exercício muito próximo da hora de descanso, visto que o movimento liberta endorfinas, criando um estado de alerta que não o deixará dormir.
    Além disso, evite exercícios pesados a partir do entardecer, como a musculação.

    Que exercícios o ajudarão a dormir melhor?

    • Yoga e Pilates;
    • Natação e hidroginástica;
    • Caminhadas ou corridas muito leves;
    • Artes marciais.

    Ou seja, atividades que têm em comum um foco na respiração, frequência cardíaca e que lhe darão uma sensação de relaxamento após terminado o treino.
    Este tipo de exercício leves podem ser realizados pela manhã, hora de almoço ou final da tarde, desde que os acabe umas boas horas antes da sua rotina de sono.

     

    23 de Novembro, 2023

    Black Friday: Conhece as origens desta data tão famosa?

    A Black Friday, também apelidada de Sexta-Feira Negra em português, é uma das datas comerciais mais facilmente reconhecíveis na europa atualmente, pelos seus descontos imperdíveis e preços únicos.
    A celebração que começou nos Estados Unidos é feita a seguir ao Dia de Ação de Graças, comemorando a inauguração da época das tão famosas compras de Natal.
    É normal que tenha ouvido o termo Black Friday imensas vezes, visto que a sua popularidade tem crescido exponencialmente todos os anos. Mas, na verdade, ninguém conhece verdadeiramente a origem deste nome. Algumas teorias dizem que poderá ter nascido na Filadélfia, nos anos 50, quando nesta sexta-feira uma grande multidão chegou à cidade para fazer compras, criando trânsito e poluição.

    Sabia que…?

    • A Black Friday é a segunda época mais movimentada do ano para compras, apenas superada pelo domingo que antecede o Natal.
    • A data exata da Black Friday altera-se todos os anos, visto acompanhar o Dia de Ação de Graças.
    • Com o surgimento da Black Friday rapidamente outras datas semelhantes apareceram, como foi o caso da Cyber Monday.

    Black Friday Molaflex®

    Aproveite esta data para cuidar do seu conforto, com preços irresistíveis. É a sua oportunidade para ter um descanso de outro nível, enquanto poupa como nunca imaginou. Encontre o seu colchão de sonho ou aparelho de descanso Molaflex® – aqui.

     

    Descubra mais numa loja Molaflex® ou através de um revendedor oficial perto de si. Promoção válida de 3/11/2023 a 18/12/2023. Limitado ao stock existente. Consulte condições.

    21 de Novembro, 2023

    Dorme mais no inverno, mas continua cansado? Nós explicamos-lhe porquê!

    É normal que sinta mais sono no inverno e, apesar do que lhe possam dizer, não se trata de preguiça. Existem muitas razões que o levam a este estado de espírito durante os meses frios, especialmente se for daquelas pessoas mais sensíveis à mudança das estações. Junte-se à Molaflex®️ e venha descobrir as razões e as soluções por detrás deste problema.

    O que o deixa mais sonolento?

    Durante os meses mais frios existe uma diminuição da temperatura corporal e da exposição à luz solar, que impacta o relógio biológico. A explicação reside essencialmente na melatonina, uma hormona muito importante que induz o sono, produzida em maior quantidade com a escuridão.
    Adicionalmente, é normal que procuremos o conforto dos nossos cobertores com o frio e, especialmente pela manhã, seja difícil levantarmo-nos e enfrentarmos mais um dia de trabalho ou escola. Se gostava de aprender mais sobre este tópico explore o nosso blog de Dias de inverno: 9 dicas para acordar cedo mais facilmente.

     

    Não tem energia nos meses frios?

    Apesar de associarmos o número de horas de sono ao descanso, na realidade a qualidade deste sono é muito mais importante que o tempo. É normal que muitas pessoas durmam mais nesta estação e, no entanto, se sintam ainda mais cansadas que o habitual.

    Como pode então contrariar estes efeitos?

    • Durante o inverno o corpo produz mais calor, precisando de muita energia para o fazer. Assim, é normal que as pessoas acabem a ingerir comidas pesadas para cuidar dessa necessidade. Porém, este tipo de refeições vai deixá-lo ainda mais sonolento e com uma sensação de enfartamento. Para o contradizer, aposte em refeições leves e evite comer pelo menos três horas antes de ir dormir.
    • Se se levanta com a sensação que não dormiu o suficiente tente tirar uma sesta durante o dia, especificamente antes das 16h.
    • Controle com cuidado a temperatura do quarto, uma divisão mais quente será melhor para o seu descanso.
    • Exponha-se à luz natural sempre que possível.
    • Faça exercício durante o dia, especialmente atividades ao ar livre.

    16 de Novembro, 2023

    Especial Black Friday Molaflex®: É o blackout total de preços!

    Não perca esta oportunidade única de levar para casa o descanso mais premiado dos portugueses, aos melhores preços de sempre. Só até 18 de dezembro, aproveite e encontre o seu colchão de sonho.

    Eternity Pocket: para os que procuram um conforto supremo.

    Encontre um refúgio longe da agitação do dia-a-dia, com um colchão pensado para bem-estar máximo. Descubra a tecnologia Micropocket, para uma sensação de sustentação elástica e a Mola Ensacada para adaptabilidade completa.
    Encontre-o já com 65% de desconto.

     

    Infinity Pocket: para os apaixonados por um sono natural.

    Deslize para um sono orgânico e especialmente pensado para si. Explore a suavidade da lã, regulador natural de temperatura, e do Confort System, para estabilidade e robustez extra.
    Deixe-se envolver neste bem-estar com 60% de desconto.

     

    Eternity Multi: Para o que adoram sentir-se aconchegados.

    Adormeça num colchão que o envolve e respeita os contornos do seu corpo. Descubra o poder acolhedor da tecnologia Micropocket e a adaptabilidade total da Manta Conforto.
    São 60% de desconto, não perca!

     

    Gravity Pocket: para os que precisam de uma boa pausa.

    Sinta a estabilidade da Mola Ensacada e a alta densidade do Sistema Commodo em todas as fases do sono, para uma noite de repouso total.
    Descubra-o agora com 60% de desconto.

     

    Mystic Multi: para os que procuram sempre o equilíbrio.

    Combinamos a necessidade de uma boa postura na hora de descanso com um sono harmonioso para lhe dar a melhor noite da sua vida. Descubra a flexibilidade do ViscoGel e o conforto da Mola Contínua Multielástic®️.
    Encontre a sua postura perfeita, com 60% de desconto.

     

    VITAL Pocket: para os que têm alergias.

    Desenvolvido para evitar alergias e manter o corpo a uma temperatura constante, este colchão destaca-se pelo seu Enchimento Hipoalergénico e tecnologia de Mola Ensacada.
    São 60% de desconto em prol da sua saúde.

     

    VITAL Multi: para os que levam a saúde muito a sério.

    Cuide da sua saúde, mesmo quando dorme. Encontre o cuidado do Enchimento Hipoalergénico e da tecnologia Mola Contínua Multielástic®️, um exclusivo Molaflex®, com zonas de firmeza diferenciadas e independentes.
    Cuidar da sua saúde nunca custou tão pouco, com estes 60% de desconto.

     

    VITAL Airvex: para os que precisam de um descanso saudável.

    O cuidado hipoalergénico VITAL alia-se ao Bloco Airvex, num núcleo reforçado que combina densidade com suavidade e elasticidade. Perfeito para evitar alergias e manter uma temperatura constante.
    Aproveite os 60% de desconto que temos para si e explore o conforto que faz bem à saúde.

     

    Já escolheu o seu colchão? Passe por uma loja Molaflex® ou um revendedor oficial perto de si. Não vai mesmo poder perder este blackout total de preços! Aproveite já, só nesta Black Friday!

     

    13 de Novembro, 2023

    Dias de inverno: 9 dicas para acordar cedo mais facilmente

    Todos nós conhecemos a sensação: uma cama quentinha, um quarto escuro e um despertador que começa a tocar, ameaçando destruir aquele momento de conforto absoluto e mandar-nos para mais um dia na escola ou trabalho. Nesse momento a grande tentação é desligar o despertador e esconder a cabeça nos cobertores, mas será mesmo essa a melhor decisão? Além de prejudicar a forma como desperta, este método pode acabar por lhe tirar o tempo que tinha para se preparar de manhã, tornando a rotina matinal ainda mais complicada.

    Pronto para descobrir como descomplicar as suas manhãs nos meses frios?

    1. A água é a sua melhor amiga

    Durante os meses mais frios durma com uma garrafa de água na mesa de cabeceira. Beber água mal acorda ajuda a estimular o corpo e a mantê-lo acordado. Por outro lado, evite tomar café tão cedo, visto que de manhã produzimos naturalmente uma hormona que nos ajuda a despertar: o cortisol.

     

    2. Siga a Regra dos 5 Segundos

    O famoso método, criado pela apresentadora e advogada americana Mel Robbins, surgiu da sua necessidade de sair da cama durante um inverno especialmente difícil. Mel simplesmente contou de 5 até 1 e saltou da cama. Este método mostra que é mais fácil agir quando dá um prazo a si mesmo, em vez de ficar a adiar o necessário.

     

    3. Não fique na cama se acordar antes do despertador

    Se por acaso acordar antes do despertador e faltarem apenas uns minutos para a sua hora habitual de se levantar, opte por aproveitar esses minutinhos extras para ser produtivo ou cuidar de si com mais calma.

     

    4. Quarto quente e pronto para si

    Uma das maiores dificuldades que temos ao levantarmo-nos durante o inverno é enfrentar o frio que faz fora da cama. Porém, se conseguir assegurar uma temperatura amena no quarto ou em casa, através de um aquecedor, isso tornará a manhã muito mais agradável.

     

    5. Preparado para um duche?

    Salte diretamente do quentinho para o quentinho, com um bom duche que o vai acordar e ativar melhor a circulação sanguínea.

     

    6. Deixe entrar a luz

    Se for possível, abra imediatamente as cortinas do quarto ao acordar. A luz solar deixá-lo-á com mais energia e pronto para o dia. Porém, se tiver que acordar muito cedo e ainda estiver escuro lá fora, opte por manter uma atmosfera bem iluminada em casa com iluminação artificial. Dica: se realmente sentir falta do sol, existem agora candeeiros que replicam o seu efeito, ajudando-o a acordar naturalmente e gradualmente.

     

    7. Planeie todos os detalhes antecipadamente

    Torne a manhã mais fácil deixando as tarefas prontas no dia anterior. É muito mais simples levantar-se se souber que não tem que arrumar nada, preparar o almoço para levar para o trabalho ou perder tempo em frente ao roupeiro a escolher roupa.

     

    8. Siga uma rotina que o deixe entusiasmado

    Pode ser porque vai ao ginásio de manhã, porque gosta de caminhar um pouco ou porque quer brincar com o seu animal de estimação – o importante é ter algum elemento na rotina matinal que o deixe entusiasmado

     

    9. Alguém disse proteína?

    Prepare-se para o dia com um pequeno-almoço rico em proteína. Esta vai mantê-lo satisfeito durante mais tempo e dar-lhe energia para fazer todas as tarefas necessárias. Precisa de ideias? Que tal umas panquecas proteicas de banana ou uns muffins de ovo?

     

    Siga estas dicas e transforme completamente as suas manhãs nos meses frios. Também gostava de aprender a preparar uma cama de sonho para a estação? Descubra mais – aqui.

    9 de Novembro, 2023

    4 dicas para um quarto sempre arrumado

    Ter um quarto sempre bem arrumado pode ser um desafio, especialmente naquelas ocasiões em que está mais ocupado e sem tempo. Porém, temos algumas sugestões simples para que manter o quarto organizado seja muito fácil! Venha descobrir tudo.

    Aposte numa cama com espaço de arrumação

    Já ouviu falar de Sommiers Elevatórios? Estas estruturas altamente resistentes permitem que utilize todo o espaço debaixo da sua cama para arrumação. Desta forma, pode facilmente levantar o colchão e encontrar tudo o que precisa.
    Aproveite já para organizar o seu quarto neste Black Friday, com 60% de desconto nos Sommiers Wood 25 Natural  e Wood 19 Branco.

     

    Use a mesinha de cabeceira apenas para os essenciais

    Uma mesinha de cabeceira organizada dá automaticamente um ar mais fresco ao quarto. Assim, evite decorá-la com artigos que não sejam imprescindíveis. Por exemplo, porque não manter apenas o candeeiro, uma garrafa de água de vidro e um livro ao seu lado? Qualquer desarrumação que faça, limpe logo pela manhã, de forma a não deixar coisas a acumularem-se.

     

    Utilize a parte de trás da porta

    Muitas vezes nos esquecemos que a parte de trás da porta é muito útil para organizar o quarto. Desde colocar um espelho de corpo inteiro ou caixas de arrumação, imenso pode ser feito para criar mais espaço ou utilidade.

     

    Faça a cama todas as manhãs

    Era o conselho que ouvia todos os dias da mãe? Ela não estava errada. Uma cama limpa é essencial para dar ao quarto uma nova energia. Se não tem tempo para coisas elaboradas de manhã, escolha roupa de cama fácil de arrumar e esqueça as almofadas e mantas decorativas.

    6 de Novembro, 2023

    Black Friday SEAQUAL™: Proteger o planeta custa menos

    Na Molaflex® trabalhamos todos os dias para lhe assegurar conforto máximo, inovação e sustentabilidade. Neste sentido, desenvolvemos o bem-estar único do Colchão SEAQUAL™ Multi, o primeiro do mercado feito a partir de materiais reciclados.

     

    Durma de consciência limpa

    Limpar os oceanos e assegurar um planeta mais saudável é fundamental. Por cada Colchão SEAQUAL™ Multi retiramos cerca de 65 garrafas de plástico dos oceanos. Estas garrafas são depois tratadas e convertidas em fibras sustentáveis de qualidade superior, prontas a dar-lhe um sono muito amigo do ambiente.

     

    Proteja o planeta de olhos fechados

    De forma a cuidarmos do seu descanso, o nosso colchão único conta com um sistema de Mola Contínua Multielástic® – um exclusivo Molaflex®, que torna o seu aparelho de descanso extra resistente. Adicionalmente, o SEAQUAL™ Multi tem um enchimento hipoalergénico que o protege contra ácaros e um comportamento termorregulador que equilibra as condições de temperatura e humidade do corpo.

     

    Cuidar dos oceanos nunca custou tão pouco

    Aproveite já e descubra o Colchão Molaflex® SEAQUAL™ Multi neste Black Friday, agora com um preço muito especial. Saiba tudo aqui.

    Campanha válida de 3/11/2023 a 18/12/2023. Consulte os modelos em desconto junto da sua loja mais próxima ou em molaflex.com

    2 de Novembro, 2023

    Como preparar uma cama de sonho para os meses frios?

    Escolha um bom Sobre-Colchão

    O primeiro passo para uma cama cheia de conforto é uma base adequada. Um bom sobre-colchão é essencial para aumentar a durabilidade do colchão, dar-lhe bemestar e adaptabilidade, e atuar como uma camada adicional para o proteger contra o frio. Conheça o mais adequado a si – aqui.

    Opte por usar um Protetor de Colchão

    Apesar de nem sempre nos apercebermos, o que colocamos numa cama debaixo de nós é tão, ou mais, importante que os complementos que colocamos por cima. Escolha posicionar um Protetor de Colchão debaixo dos seus lençóis favoritos e desfrute de proteção total. Conheça o mais adequado a si, com a ajuda da Molaflex®.

    Um bom edredão é imperdível

    Troque o edredão de verão por uma versão mais pesada, quente e protetora, tal como exigido pelos meses frios. Além de calor, terá aquele aconchego muito próprio que até o ajudará a dormir melhor. Descubra o seu favorito! 

    Dê um toque especial à cama com uma mantinha

    Construa um bom mood no quarto através da decoração. Porque não adicionar à cama uma pequena manta, na zona dos pés? Pode escolher combinar as cores e materiais ao design do seu quarto, neste pequeno elemento decorativo.

    30 de Outubro, 2023

    Halloween: As melhores ideias para uma noite de arrepiar

    O 31 de outubro está a chegar e é normal que se queira deixar contagiar pelo espírito desta ocasião mágica. Venha descobrir as nossas dicas Molaflex® para um Halloween cheio de diversão com a família, amigos e muitos doces.

    Conhece a origem do Halloween?

    Esculpir abóboras, sair à rua para o Doce ou Travessura e mascararmo-nos com trajes assustadores são algumas das tradições mais clássicas da noite de Halloween, também chamada de Dia das Bruxas em Portugal.
    A data, que remonta ao festival céltico Samhain, foi originalmente uma celebração pagã para dar as boas-vindas à época das colheitas. No século XVIII, o Papa Gregório III designou o dia 1 de novembro como Dia de Todos os Santos, incorporando algumas tradições da celebração original. Em inglês, a noite anterior ao Dia de Todos os Santos foi apelidada de “All Hallows Eve”, que acabou a encurtar-se para Halloween.

    Já tem planos para a noite de Dia das Bruxas?

    Apesar da celebração não ser tradicionalmente portuguesa, existem já muitas famílias no nosso país que adotaram o costume de festejar com festas, decorações ou noites em casa cheias de doces. Precisa de ideias para o que fazer este ano?
    Se é dos que adora ficar em casa e nada o pode convencer a sair à rua com o tempo frio porque não fazer uma playlist com as suas músicas favoritas de Halloween e preparar doces aterradores para oferecer às crianças? Desde brigadeiros com perninhas de aranha, bolachas com desenhos fantasmagóricos ou queques decorados com olhos de goma, será muito fácil impressionar os mais pequenos, enquanto se diverte na cozinha. Se preferir uma noite mais calma, aposte numa maratona de filmes de terror, com uma tigela de pipocas deliciosas.
    Pelo contrário, se esperou o ano todo para esta noite e quer imenso sair de casa, existem imensas atividades à sua espera. Por exemplo, pode facilmente juntar-se a uma excursão por locais assombrados ou assustadores na sua cidade. Será a oportunidade perfeita para descobrir mais sobre a sua região! É também habitual, em grandes cidades, a realização de um cinema ao ar livre com filmes de terror.
    Se o tempo estiver frio, porque não experimentar uma Escape Room com os seus amigos ou família? Viverá um verdadeiro desafio e poderá desvendar muitos mistérios.

    Como divertir as crianças no Halloween?

    Seja porque se podem mascarar ou porque têm direito a muitos doces, a verdade é que as crianças adoram a noite de Halloween! Se tiver crianças demasiado pequenas para uma saída de Doce ou Travessura, ou simplesmente se o tempo não estiver a seu favor, experimente:

    1. Decorar uma abóbora em conjunto: Esta tarefa tão simples deixa qualquer criança entusiasmada! Ajude-a com o desenho da cara e com o uso de facas, e juntos criem uma lanterna que pode ser colocada lá fora, com uma vela, ou dentro de casa, com luzes LED.
    2. Criar refeições aterrorizantes: As opções são infinitas! Dê asas à imaginação e faça uma quiche assustadora, cortando uma cara ameaçadora na massa superior, folhados de dedos, desenhando uma unha na ponta da salsicha, e cupcakes de vampiros, com corante vermelho.
    3. Preparar filmes de Halloween: Além dos tradicionais filmes de terror, existem muitas opções que vão divertir miúdos e graúdos nesta data. Alguns deles são:
      • Kiki, a Aprendiz de Feiticeira (1989)
      • A Noiva Cadáver (2005)
      • Coraline e a Porta Secreta (2009)
      • Família Addams (1991)

    Para um ambiente ainda mais acolhedor, juntem os edredões e almofadas e façam um forte. Descubra todo o conforto digno de noites em família com a Molaflex® – aqui.

    26 de Outubro, 2023

    Mudança da Hora: Aprenda a proteger a sua saúde neste período

    Muitos de nós esperam ansiosamente por esta altura do ano, uns com felicidade e outros com ansiedade. A mudança da hora é reconhecida como um período de alteração de rotinas e hábitos, mas sabia que também pode afetar negativamente a sua saúde?

    Venha descobrir mais sobre estes malefícios e como os pode ultrapassar facilmente, para dias cheios de saúde e energia!

    Afinal, como é que a mudança de hora afeta o corpo humano?

    No último domingo de outubro iremos coletivamente atrasar o relógio em 60 minutos. Porém, apesar desta alteração parecer pequena, o nosso ritmo circadiano acaba impactado, podendo criar dores de cabeça, alterações de humor e até insónias.
    O ritmo circadiano é o que leva o nosso organismo a regular-se entre o dia e a noite e vários fatores o influenciam, como a falta de luz solar ao acordar e o número de horas dormidas.
    Mas pode estar a perguntar-se: considerando que vamos ficar com uma hora a mais para dormir, não deveria o nosso sono melhorar?
    Sim e não. Apesar de existir um mito de que dormimos mais com esta horinha adicional, a verdade é que poucas são as pessoas que dormem nesta ocasião, aproveitando o tempo extra para pôr as séries em dia e passar mais tempo no telemóvel.

    O que fazer para combater os efeitos da mudança da hora?

    Com os devidos cuidados é muito simples contornar estas dificuldades e assegurar a saúde do seu sono. De forma a ajustar-se ao novo horário de forma natural, deve expor-se à luz solar o mais cedo possível, após acordar. Isto pode ser feito de inúmeras formas, incluindo passeios matinais ou com um pequeno-almoço ao ar livre. A luz solar é uma supressora natural de melatonina, ajudando-o a despertar e a repor o relógio biológico.
    Adicionalmente, na semana anterior, é recomendado que as crianças se deitem meia hora mais tarde para que no dia da mudança entrem naturalmente no horário de inverno. É importante que tanto os mais velhos como os mais novos evitem tirar sestas neste período, especialmente ao fim da tarde.
    Por último, assegure o bem-estar total e transforme o seu quarto num lugar de calma e tranquilidade especialmente durante estes dias, evitando o uso de aparelhos eletrónicos à noite, recorrendo a roupa de cama suave e confortável, e escolhendo um colchão que lhe dê um descanso de qualidade.

    Aproveite e descubra mais sobre o conforto Molaflex®, o conforto mais premiado pelos portugueses, aqui.

    23 de Outubro, 2023

    Camada Orbital: Descubra o conforto mais amigo do ambiente com a Astral Collection

    Unimos as preocupações ambientais da Molaflex® ao conforto incomparável da gama Astral Collection, para noites de conforto sustentáveis escritas nas estrelas.

    Desta vontade de inovar, de lhe levar um descanso de sonho e de contribuir para um planeta saudável, surgiu a Camada Orbital, uma experiência avançada de conforto e ecologia.
    A Camada Orbital é uma parte fundamental de alguns colchões Molaflex®, nascida do reaproveitamento do material de produção dos nossos colchões. Esse mesmo material é tratado e reciclado, dando origem a uma camada que reduz ao máximo o impacto ambiental.

    Este processo de economia circular dá o melhor ao planeta, sem nunca perder a identidade Molaflex® de qualidade, inovação e descanso de excelência.
    Venha descobrir bem-estar e sustentabilidade com os colchões Orion e Hydra da Astral Collection, para uma sensação de consciência limpa em cada momento de descanso.

    19 de Outubro, 2023

    Partilhar a cama é bom ou mau para o descanso?

    Socialmente, é-nos dito que, para uma relação forte, verdadeira e duradoura, os casais devem dormir na mesma cama. Porém, existem cada vez mais pessoas a optar pelo chamado “divórcio do sono” cuja denominação incomum simplesmente significa que o casal decide dormir em quartos ou camas separadas.
    Já sentiu vontade de seguir este tipo de “divórcio”? Talvez tenha acabado de entrar numa relação e ainda não está habituado a dormir com a pessoa, ou então sente que o seu parceiro de longa data tem um sono demasiado irrequieto, que o começa a prejudicar. Qualquer que seja a razão, partilhar uma cama pode ser um desafio que o leva a acordar ainda mais cansado do que adormeceu. Vamos explorar as causas e possíveis soluções.

     

    Dormir com alguém pode ser um verdadeiro desafio

    Trata-se realmente de um debate, mesmo entre especialistas. Se por um lado dormir com o companheiro pode melhorar o seu sono (visto que os sentimentos de intimidade, segurança e relaxamento aumentam), pode ser também um problema.
    Por exemplo, partilhar a cama é um momento muito íntimo. Tão íntimo que se existirem problemas e discussões na relação, pode até ser difícil adormecer junto a essa pessoa.

    Outras causas comuns de perda de qualidade do sono incluem:

    • Ressonar
    • Movimento constante e sono irrequieto
    • Horas de despertar distintas
    • Horas de descanso diferentes
    • Temperatura igual desigual

    Dormir bem é fundamental para a sua saúde e bom humor. Sem a noite de descanso que merece, é provável que acorde frustrado, sem energia e irritadiço para o resto do dia.

     

    Como pode descansar melhor partilhando a cama?

    Encontre um colchão com zonas de descanso independentes

    Ao contrário de um colchão normal, os colchões com zonas de descanso independentes permitem que tenha melhores noites enquanto casal. Esta tecnologia possibilita o movimento livre durante o sono, sem que tal afete a outra zona do colchão. O colchão Moon da Molaflex® oferece-lhe adaptabilidade total, suavidade e um descanso ideal para casais.

     

    Escolha um colchão maior

    É essencial que a cama de um casal seja grande o suficiente para ter duas pessoas a dormirem à vontade. Apesar de ser agradável adormecer juntinho ao parceiro, ao longo da noite é normal que se afastem na cama e se posicionem mais confortavelmente. Para tal é necessário que haja espaço. Conheça os colchões Molaflex®  especialmente pensados para todos os tamanhos que pode precisar.

     

    Siga o seu próprio horário

    Apesar de ser fantástico adormecer ao mesmo tempo que a cara-metade, o melhor para o sono é respeitar o seu horário e ritmo circadiano natural. Além de poderem ter horários de trabalho diferentes, existem ainda pessoas que preferem acordar cedo e outras que naturalmente se deitam tarde.
    Siga o seu próprio ritmo e se tiver que sair ou entrar na cama enquanto o seu parceiro dorme, tenha sempre cuidado para não o acordar.

    Cuide do ressonar

    Ressonar é uma enorme fonte de desconforto durante a noite, para todos os que têm de adormecer a ouvi-lo. Em casos extremos tente tampões de ouvido ou máquinas de barulho branco. Se o problema for seu, resolva o ressonar dormindo de lado, com tiras nasais ou com tratamentos específicos para o problema.

    O quarto é um santuário

    Lembre-se que o quarto de um casal deve ser um espaço protegido e especial para ambos. Desta forma, torne-o confortável, adequado aos dois, e evite a presença de outras pessoas sempre que possível, incluindo dos mais pequenos.
    Considere alterar as luzes, para tornar o espaço mais acolhedor, assim como mudar a roupa de cama escolhida, visto que duas pessoas gerarão mais calor debaixo de lençóis do que apenas uma. Adicionalmente, pode ser uma boa opção considerar o uso de edredões distintos para cada pessoa (o chamado método sueco), que impedirá o seu parceiro de o “roubar” a meio da noite, e também ajudará com diferenças de temperatura favoritas. Descubra o material e nível de conforto ideal com os edredões Molaflex®

     

    16 de Outubro, 2023

    Sono de Beleza: Como os hábitos de sono afetam a sua pele

    O sono de beleza é um dos seus melhores amigos no que diz respeito às áreas da saúde física, mental, beleza e descanso. Uma boa noite de sono pode ajudá-lo a sentir-se muito melhor, visto que além de lhe dar uma oportunidade de repouso é também quando acontece a renovação celular, evitando envelhecimento precoce e o surgimento de rugas.
    Por outro lado, a falta de um sono de qualidade causará problemas a todos os níveis, com o surgimento de olheiras, manchas e a alteração dos níveis de cortisol, a hormona responsável pelo stress.
    A Molaflex® dá-lhe as melhores dicas sobre como reconhecer e evitar estes problemas. Venha descobrir!

     

    A posição em que dorme pode dar-lhe rugas

    Costuma dormir de barriga para baixo ou de lado? Nesse caso, está muito sujeito a desenvolver mais rugas e de forma precoce. As chamadas “rugas do sono” surgem da pressão da face contra a almofada e são inicialmente temporárias. Porém, o hábito de dormir de lado ou de bruços, leva a pressão constante a tornar estas marcas permanentes.
    O problema tem tendência a agravar-se após os 30 anos, com a diminuição da produção de colagénio pelo nosso corpo. Sem a produção de colagénio as marcas finas na pele agravam-se, especialmente em regiões faciais como olhos, testa e pescoço.

     

    Como o pode resolver?

    Apesar de ser extremamente difícil habituar-se a uma nova posição de sono, dormir de barriga para cima é a recomendação de especialistas. Além de ajudar a evitar o envelhecimento precoce, ajuda igualmente na sua postura, diminuindo a probabilidade de dor de costas e pescoço por desalinhamentos desadequados.
    Assim, faça um esforço para dormir de barriga para cima, idealmente numa almofada baixa que deixe o seu pescoço e coluna alinhados.

    Conheça as almofadas Molaflex® e descubra a mais indicada para si.

     

    Como é que a falta do sono de beleza afeta a sua pele?

    A falta de sono é extremamente danosa para a saúde da sua pele. Uma noite mal dormida dará origem a olheiras, machas, acne e inflamação, que a ritmo constante levarão a um envelhecimento acelerado da pele.

     

    Que hábitos adotar para cuidar da pele?

    Claramente, a solução a longo prazo passa por dormir melhor e descobrir o que causa as suas privações de sono, para que as possa superar. No entanto, se a privação ocorrer apenas um dia e gostasse de esconder os sinais de sono experimente descontrair com uma máscara facial, um bom creme hidratante e seguir com uma massagem facial, para ajudar a desinflamar o rosto.

    11 de Outubro, 2023

    Rotina Noturna: Descubra hábitos para ajudar a dormir melhor

    As rotinas são partes essenciais do nosso dia, que nos ajudam a assegurar estabilidade, calma e ritmo, nos nossos dias frenéticos e cheios de trabalho. Todos nós temos tendência a seguir rotinas naturalmente, quando adotamos hábitos e padrões no dia-a-dia. Mas sabe quais são os bons hábitos que precisa para dormir bem?

    Organize-se através de listas
    As preocupações com o dia que se segue são, muitas vezes, o que nos impede de dormir bem. Quem nunca foi para a cama para dormir e acabou a escrever listas mentais de tudo que tinha para fazer no dia seguinte? Se é esta pessoa então adquira o hábito de fazer uma lista, no telemóvel ou num bloco de notas, de forma a garantir que tudo que é importante fica apontado e não se esquece de nada. Assim, vai poder concentrar-se no que realmente importa: o seu sono.

    Descontraia com alguma música relaxante
    O som tem um papel enorme no nosso estado de espírito e relaxamento. Quando começa a sua rotina noturna, desligue-se da televisão ou dos vídeos e podcasts no telemóvel. Opte, em vez disso, por música calma, ruído branco ou sons da natureza, como chuva a cair.

    Descubra novos hobbies que o acalmem
    Temos a perspetiva de que os hobbies têm de ser coisas divertidas, que ocupem a nossa mente e mãos, e por isso acabamos a reservá-los para o fim-de-semana ou para as férias. Porém, encontrar este tempo consigotodos os dias acaba por ser muito mais valioso e calmante. Em vez de escolher atividades que gastem muita energia experimente algo mais calmo, como ler um bom livro, desenhar, pintar ou fazer um puzzle.

    Explore a sua veia literária e meditativa
    Escrever é uma das atividades que o ajuda a encontrar paz consigo próprio. Muitos autores, políticos, CEO’s
    e figuras históricas de grande importância usaram os diários como forma de se manterem focados e prontos
    a seguirem os seus objetivos. Além disso, pode sempre testar o formato que mais gosta. Os fãs de tecnologia podem guardar os seus pensamentos numa app enquanto os mais tradicionais podem usar um pequeno caderno para escrever as suas memórias.

    Evite o exercício pesado à noite
    Apesar do exercício ser saudável, na hora de descanso é sem dúvida algo a evitar. Pelo menos quando falamos de exercício pesado, que interrompe os padrões naturais de sono das pessoas. Isto incluí corrida, pesos e a prática de desportos de alta intensidade. De forma a não abdicar de um estilo de vida ativo e saudável, nem do seu sono, escolha ir numa pequena caminhada, fazer yoga ou pilates.

    Experimente bebidas que o ajudam a dormir bem
    Além dos típicos chás que propiciam uma boa noite de sono (como o de camomila, valeriana e passiflora) existem ainda outras bebidas que o ajudam, que talvez ainda não conheça. Uma delas é o chamado “leitedourado” que pode ser bebido por si só ou misturado no chá. Esta receita tradicional indiana mistura leite, canela, gengibre e curcuma, que o relaxa e aconchega. Tenha a atenção de usar o tipo de leite ou bebida vegetal mais indicado para si, visto que o leite de vaca causa indisposição a algumas pessoas.

    Cuide da sua higiene
    Uma boa higiene não passa apenas por um duche e lavar os dentes. Esta hora tão íntima e especial pode ser também um momento de relaxamento, onde se reconecta consigo mesmo, na tranquilidade do lar. Faça da sua rotina de noite um momento sem igual com um banho de imersão, sais de banho e uma máscara facial. Não esqueça, claro, a higiene dental.

    Prepare uma cama cheia de conforto
    Um conforto maravilhoso é o segredo para uma noite maravilhosa. Além do colchão, todos os complementos de uma cama devem proporcionar-lhe um descanso saudável. Descubra os complementos de sonho Molaflex, com almofadas, edredões, sobre colchões e proteções especialmente pensados para si.

    15 de Setembro, 2023

    Como saber se o corpo precisa de exercício ou de descanso?

    Os dedicados a um estilo de vida saudável conhecem o sentimento: adormecemos com a mala preparada e tudo pronto para irmos até ao ginásio no dia seguinte. Porém, pela manhã, apercebemo-nos que não dormimos o suficiente e estamos divididos entre voltar a adormecer ou saltar da cama? O que escolher? O descanso extra ou a energia do ginásio? A Molaflex® ajuda-o a descobrir.

     

    Exercício e sono andam de mão dada

    Tal como outros agentes, exercício e sono, são essenciais não interpermutáveis, ou seja, que não deveriam ser escolhidos em benefício de outros. Em combinação com uma dieta saudável e consumo de água, estes fatores levam-no a um estilo de vida mais saudável.

    Existe a certeza científica de que exercício regular melhora a qualidade do sono, principalmente do sono profundo, responsável por reparar o corpo durante a noite. Ou seja, muitas das pessoas com problemas de sono, beneficiariam de exercício regular. Porém, é sempre assim?

     

    O que acontece se não dormir o suficiente?

    Uma noite mal dormida não impactaria o seu corpo, ou a forma como se move no ginásio. O problema surge com a privação de sono constante, que transforma o cansaço em exaustão profunda, que por sua vez torna impossível que o corpo recupere do dano e stress a que expõe os músculos durante o dia.

    Ou seja, enquanto exercício é essencial, também é essencial que cuide do seu descanso. Se não o fizer é provável que encontre os mais variados problemas, tais como:

     

    • Menos energia para completar os treinos
    • Menos precisão e coordenação motora
    • Dificuldades de recuperação muscular
    • Mais dores musculares
    • Maior probabilidade de lesões

     

    Devo ou não fazer exercício se não tiver dormido bem?

    A conclusão dos especialistas é unânime: se estiver realmente cansado (e não apenas a sentir-se preguiçoso para mover-se até ao ginásio) o melhor é descansar por mais uma hora, ou tirar uma sesta. Se realmente decidir ir até ao ginásio, evite atividades intensas e extenuantes.

     

    Que tipos de exercícios deve escolher?

    Opte por um treino mais calmo e focado, com a ajuda de yoga e pilates. Se preferir, pode também eleger uma caminhada, desde que não se exceda na velocidade ou distância.

     

    12 de Setembro, 2023

    Não deixe que estudar na cama prejudique o seu sono

    Entre aulas, atividades curriculares, uma vida social e hobbies, torna-se muito difícil para os alunos gerirem os horários frenéticos e encontrarem tempo para acabar trabalhos, estudar o suficiente e ainda dormirem com qualidade. É provável que já tenha acabado a estudar numa cama, como forma de tentar contornar este problema e arranjar, efetivamente, tempo para tudo. No entanto, sabemos que este não é o melhor lugar de estudo, mas conhece verdadeiramente a razão? Junte-se à Molaflex® e venha descobrir.

     

    Estude com toda a conveniência

    O único ponto positivo que advém de estudar na cama está relacionado com o conforto temporário e com a conveniência. Estudar na cama significa estudar num local muito aconchegante e quente, que principalmente nos meses mais frios, nos seduz para uma boa sesta ou noite de descanso.

     

    Evite associar a cama a trabalho

    Apesar de ser muito fácil levar trabalho para fazer na cama ou material para estudar, a sua cama deveria ser um lugar sagrado, onde tarefas que exigem concentração e produtividade não entram. Mais tarde, poderá ter problemas em adormecer, visto que a sua mente começará a associar a cama como o lugar onde precisa de manter o foco para tarefas importantes, em vez de descansar.

     

    Poupe o seu corpo

    Estudar na cama implica que não tem a postura perfeitamente ergonómica de uma cadeira com secretária. O colchão é mole, o encosto não é ideal e a falta de local para apoiar os livros ou portátil faz com que tenha que se curvar excessivamente, magoando as costas e pescoço com a má postura.

     

    Problemas de concentração

    Quem nunca sentiu cansaço, imediatamente após deitar-se numa cama, mesmo que antes estivesse sem sono? Existe algo no nosso lugar de descanso que nos leva a pensar em sestas, noites bem dormidas e muito bem-estar. Ora, estes sentimentos são conflituosos quando se trata de estudar e fazer trabalhos, visto que a tentação de dormir é maior que o normal.

     

    Inconveniente para trabalhos de casa

    Enquanto uma simples leitura num tablet, portátil ou livro é possível, escrever na cama nem sempre é fácil. Por exemplo, torna-se desafiante levar um teclado, rato e outros periféricos para a cama. Adicionalmente, existe uma dificuldade maior em escrever manualmente com uma caneta, na posição que nos encontraríamos.

     

    Mas e se precisar mesmo de estudar na cama?

    Escolha lentes ou filtros de ecrã que bloqueiem a luz azul – A luz das tecnologias pode ser extremamente nociva para os olhos, principalmente na hora de dormir. Se não puder mesmo evitar o uso de portátil na cama, seja por que razões, então escolha pelo menos proteger-se dos efeitos da luz azul.

    Aposte numa almofada de leitura – Um dos grandes problemas de estudar na cama é a falta de ergonomia. Se, no entanto, realmente precisa ou gostaria de estudar entre cobertores, opte por uma almofada especialmente pensada para manter as suas costas direitas e cotovelos bem apoiados.

    Utilize um tabuleiro de cama – Não, os tabuleiros de cama não são apenas para levar o pequeno-almoço. Com o auxílio deste pequeno acessório ou de uma mesinha portátil facilita a sua hora de estudo, tornando o espaço mais organizado e dando-lhe maior conforto por períodos de tempo mais longos.

    Faça pausas frequentes – De forma a evitar sonolência e também a não cansar os músculos, faça pausas a cada 25 minutos para sair da cama, esticar as pernas e beber água.

    Não se esqueça de uma boa fonte de luz – O ambiente do quarto, confortável e acolhedor, pode-lhe dar a tentação de estudar apenas com um pequeno candeeiro ao seu lado e a luz emitida pelo portátil. Porém, a falta de luminosidade é a responsável número um pela sonolência. Escolha acender a luz principal do quarto e ainda candeeiros que tenha perto de si.

     

    9 de Setembro, 2023

    Que alimentação escolher para boas noites de sono?

    Problemas em adormecer? Ou talvez dificuldade em manter um sono constante durante a noite? Não está sozinho. A Organização Mundial de Saúde afirma que cerca de 40% da população mundial sofre de problemas de sono. Mas sabia que as escolhas que toma, referentes à sua dieta, afetam bastante a forma como descansa?

    Apesar de ser óbvio que aquele cafezinho que tomou ao jantar pode interferir com o seu sono, por vezes não é tão fácil compreender que a comida picante e gordurosa que adora também o afeta. Junte-se a nós e descubra como cuidar da sua alimentação e do seu sono!

     

    Já ouvir falar de triptofano?

    Desconhece este importante aminoácido? Apesar de muitas vezes passar despercebido, o triptofano é essencial para a formação e manutenção de músculo, e produção de serotonina e melatonina. A serotonina influência o seu sono e humor, enquanto a melatonina ajuda ao bom funcionamento do seu ciclo circadiano. Este aminoácido essencial não é produzido pelo corpo e, portanto, deve ser obtido através da dieta.

     

    Que alimentos o ajudam a dormir melhor?

    Alimentos ricos em triptofano: Devido à importância deste aminoácido no seu sono e humor, escolha uma dieta com salmão, nozes, banana, chocolate negro e ovos.

    Alimentos ricos em magnésio: Este mineral reconhecido por auxiliar o metabolismo pode ser consumido naturalmente no arroz integral, alho, kiwi e espinafres.

    Alimentos ricos em vitamina C: Tire todo o proveito da ação imunológica desta vitamina através de fruta como laranjas, abacaxis e tangerinas.

     

    Que alimentos evitar para uma boa noite de sono?

    Todos sabemos que o segredo de uma vida saudável está, em grande parte, numa alimentação saudável. Evite o consumo regular de alimentos muito processados, gorduras saturadas, pratos picantes, carnes vermelhas e fritos. Uma dieta particularmente restritiva e pobre em fibras pode também diminuir a qualidade de sono. No geral, o consenso dos especialistas, é apostar numa alimentação saudável e variada, e evitar ir para a cama com fome ou demasiado cheio.

     

    Como as bebidas interferem no seu sono?

    E já que abordamos o tema da alimentação, não podemos deixar de referir bebidas. Claro que sabemos que o café tem um impacto negativo no sono, mas sabia que também os refrigerantes devem ser evitados, assim como o álcool? Em vez disso escolha água, leite (que pode ser tomado quente e com mel, tal como as nossas avós nos ensinavam) ou chás, como camomila, lavanda, valeriana, cidreira e passiflora.

     

    O equilíbrio é essencial

    Apesar de todas as recomendações diatéticas dadas por especialistas, um estilo de vida equilibrado é essencial. Além da alimentação correta, não se esqueça de fazer exercício, assim como manter uma boa higiene de sono sem equipamentos eletrónicos, barulho, e com a escolha de um colchão pensado para o seu conforto.

    Combine boas práticas de sono e uma boa alimentação para uma noite cheia de bem-estar e repouso.

    8 de Setembro, 2023

    Regresso às aulas: 6 dicas para os pais e crianças

    A época mais esperada do ano aproxima-se de pais e filhos de todo o país, sucedendo a um verão cheio de diversão e descanso. Os pais enfrentaram o regresso ao trabalho com sucesso e agora, é a vez dos mais pequenos.

    Se, por um lado, para certas crianças voltar à escola é um momento entusiasmante em que podem ver os amigos e ter uma rotina nova, para outras é um pesadelo, com muita ansiedade e nervosismo.

    Descubra como planear um regresso às aulas sem stress para si e para os seus mais pequenos. Conheça as nossas dicas!

     

    Altere os hábitos de verão, o mais cedo possível

    A mudança dos hábitos adquiridos durante o verão não acontece da noite para o dia. Assim, é importante que gradualmente vá alterando o horário das crianças. Por exemplo, nas últimas semanas de férias de verão levante-a 10 minutos mais cedo que o habitual e faça-a adormecer 10 minutos mais cedo também. Se for progressivamente aumentando estes minutos, a criança chegará ao regresso às aulas pronta para o novo horário.

     

    Envolva a criança na compra do material escolar

    Uma das partes mais memoráveis do regresso às aulas é, sem dúvida, a compra de material escolar. Quem não se lembra do cheiro a livros novos e da sensação de escolher os cadernos mais divertidos? Comunique com o seu filho, façam juntos uma lista do material escolar essencial e aproveite para lhe mostrar que o regresso às aulas não tem de ser um momento de stress, mas sim de diversão.

     

    Encoraje o uso de calendários

    Para ajudar a criança a estar mais bem preparada para o regresso às aulas pendure um calendário no seu quarto e deixe-a marcar a passagem dos dias até voltar à escola, com uma caneta colorida. Elas estarão mais calmas se tiverem uma representação visual do que acontecerá. Adicionalmente, os calendários são uma excelente forma para as crianças mais velhas apontarem testes, trabalhos e datas importantes.

     

    Prepare tudo no dia anterior

    Ensine bons hábitos de organização planeando e preparando em conjunto a mochila, roupas e lanches na noite anterior. Nada como deixar tudo feito de véspera para evitar atrasos e confusões na manhã seguinte.

     

    Opte por lanches saudáveis

    Os bons hábitos alimentares são essenciais para um crescimento saudável, assim como para a concentração e desempenho escolar. Invista em lanches coloridos e divertidos, com alimentos saudáveis como frutas, iogurtes, frutos secos e vegetais (se o pequeno tiver dificuldades em comer frutas e vegetais porque não experimentar mini cenourinhas ou tomates cherry? Os tamanhos divertidos atraem sua a atenção).

     

    Estimule a independência e autonomia

    As crianças que têm um papel ativo no regresso às aulas ficam mais entusiasmadas e menos nervosas com o grande dia. Se o pequeno tiver idade suficiente pode ainda preparar o seu próprio almoço e mochila. Estas pequenas atividades diárias deixam-no explorar as suas habilidades e oferecem-lhe um boost de confiança.

     

    Voltar à escola não tem de ser um bicho de sete cabeças. Tanto para pais como para filhos, o importante é que haja um foco na comunicação e no lado positivo desta nova rotina. Ainda de férias e a preparar-se para o regresso ao escritório? Conheça as nossas dicas para voltar à rotina de trabalho da melhor forma!

    24 de Agosto, 2023

    As férias terminaram? 10 dicas para voltar à rotina da melhor forma!

    Acabaram as férias e já começa a sentir as primeiras picadas de preocupação com o regresso ao trabalho e à rotina? Voltar ao ritmo pode ser desafiante, especialmente se feito de forma abrupta e stressante.

    Porém, a sua primeira semana de trabalho não tem de ser um pesadelo. Garanta que se organiza da melhor forma, para regressar com muita energia!

    Planeie o seu tempo

    Uma das causas mais comuns de stress é a falta de organização. Quer no trabalho ou em casa, tudo se torna mais simples quando seleciona as tarefas mais importantes, que devem ser feitas primeiro. Além de ser impossível tentar resolver tudo ao mesmo tempo, só lhe causará preocupação e destruirá o seu mood de férias. Se for mais tradicional, experimente o uso de uma agenda; se preferir algo mais atual, experimente o imbatível Google Calendar.

     

    Cuide do seu corpo e mente

    Quando voltamos à rotina, desligamo-nos, muitas vezes, do cuidado pessoal que priorizamos durante as férias. Quer seja por falta de tempo ou energia, o cuidado pessoal acaba esquecido. De forma a integrar pequenos momentos de harmonia na sua rotina, experimente passeios a pé ao fim do dia, aulas de yoga ou pilates, uma dieta saudável e mais atenção ao seu hobby (talvez adorasse ler um livro novo ou experimentar aquela receita que viu online). O importante é sentir que se ama e merece cuidar-se como tal.

     

    Adie mudanças drásticas

    Durante as férias é comum entrar num ambiente cheio de mudança, com viagens longas, alterações de horário significativas, comidas diferentes e atividades distintas. Porém, todas estas irregularidades provocam stress no corpo. Neste período pós-férias, não se sobrecarregue ainda mais e evite mudanças bruscas de exercício, alimentação e horas de deitar.

     

    Cuide da higiene do sono

    A privação de sono é um pesadelo para a maior parte das pessoas, especialmente na altura do regresso ao trabalho. Com os seus horários a sofrerem das alterações durante o período de férias, é prioritário que estabeleça padrões de sono regulares, para sintonizar o relógio biológico. Assim, durma todos os dias à mesma hora, evite sestas durante o dia, opte por refeições leves e elimine, ou reduza, o consumo de cafeína e álcool.

     

    Durma as horas necessárias

    Um adulto deve dormir, em média, 7 a 8 horas por noite. Apesar das variações que existem de pessoa para pessoa, escolha um bom número de horas que o deixe repousado. Não se preocupe se o seu número for mais ou menos elevado que os adultos à sua volta, é completamente normal. Um sono longo e repousado irá ajudar a ter melhor humor e a começar o dia com mais energia.

     

    Deixe tempo para tudo

    Na véspera de recomeçar o trabalho, prepare as roupas para o dia seguinte, deite-se cedo e tome um pequeno-almoço saudável de forma calma. Saia de casa com tempo suficiente para navegar o trânsito tranquilamente ou apanhar o seu transporte público sem contratempos.

     

    Comunique com os colegas de trabalho

    Seja através de um café partilhado à chegada ao trabalho ou na hora de almoço, reajuste-se ao ritmo de trabalho com a ajuda dos colegas. Além de tirar a pressão do regresso à rotina e descontrair com a companhia, é também a oportunidade ideal para perceber o que aconteceu na sua ausência, delegar possíveis tarefas e encontrar soluções para trabalho conjunto.

     

    Não agende reuniões para o primeiro dia

    Se possível, evite marcar reuniões ou acontecimentos importantes, para o primeiro dia ou primeira manhã de trabalho. A sua prioridade neste dia deve passar por organizar o tempo, ler e responder a emails, e fazer um plano para resolver os assuntos pendentes.

     

    Evite o jejum por mais de três horas

    Longos períodos sem comida levam a uma descida dos níveis de açúcar no sangue, causando ou agravando a fadiga e irritabilidade. Se tiver um trabalho que lhe permita comer, opte por pequenos snacks constantes, a meio da manhã e da tarde, além das principais refeições. Os especialistas aconselham o consumo de alimentos como fruta, frutos secos, queijinhos e outras opções saudáveis. Evite bolachas, chocolates e alimentos altamente processados.

     

    Faça pausas ao longo do dia

    Mesmo que apenas por um ou dois minutos, faça pausas durante o trabalho para se levantar, esticar as pernas, descontrair o pescoço e músculos, e relaxar os olhos, no caso de trabalhar à frente de um ecrã.

     

    16 de Agosto, 2023

    Como escolher os melhores complementos para as suas noites de verão?

    Ao contrário do que muitas vezes idealizamos, as noites de verão agradáveis e cheias de diversão nem sempre são uma realidade. O verão chega até nós de forma, por vezes, impiedosa, e os nossos sonhos são rapidamente substituídos por edredões empurrados para o fim da cama, uma almofada que reviramos constantemente e um desejo de instalar ar condicionado em casa.

    Contudo, ter um local de descanso adequado às necessidades de conforto ajuda-o a conseguir um sono calmo, mesmo durante esta estação.

    O que pode fazer para refrescar a cama nos meses mais quentes?

    A forma mais simples e rápida de tornar o seu espaço de descanso mais fresco é fazendo a cama. Arrume os lençóis que usou e traga novos, acabadinhos de lavar, ainda com cheiro a detergente. Escolha roupa de cama que se adeque à estação, mas mantenha sempre um edredão leve ou uma pequena manta, que o possa aquecer em situações inesperadas.

    No que diz respeito a roupa de cama de verão, menos é mais?

    É normal que já tenhamos conhecido alguém que se recusa a dormir destapado, independentemente da estação. Dormir assim traz um maior aconchego, mas nem todos temos ar condicionado e, frequentemente, uma ventoinha não é o suficiente para nos refrescar debaixo de um lençol. Nesse caso, o que fazer?

    Troque o seu edredão comum por um cobertor ou manta mais leve, feito de um material natural que não retenha o calor, como o algodão, fino e fresco. No caso de preferir outro material, aposte no linho.

    Como fazer a cama para o verão?

    Durante o verão, procure fazer a cama a pensar essencialmente em ter um espaço confortável e fresco para dormir. Siga os passos:

    • Com a cama livre de roupa, comece por preparar a proteção de colchão. A TENCEL Essential da Molaflex® oferece a base perfeita para as suas noites, caracterizando-se por ser muito respirável, suave e amiga do sono. Este produto não acolchoado é feito de 100% Tencel® e poliuterano.
    • De seguida coloque os seus lençóis de verão. Dê preferência a materiais naturais e leves.
    • Dormir simplesmente com o lençol superior será o suficiente para muitos, porém, no caso de gostar do aconchego específico de um edredão, ou se dormir de ar condicionado e ficar ligeiramente mais frio durante a noite, opte por um edredão leve como o Eco Comfort , da Molaflex®, com um enchimento de fibra oca siliconada reciclada, para conforto e suavidade indescritíveis.
    • Por último, não se esqueça de escolher a almofada cuidadosamente. Diferentes materiais proporcionam diferentes sensações, com o látex a ser um dos favoritos para combater o calor. Com a almofada Molaflex® Brasília consegue elevada circulação de ar, evitando mudanças de temperaturas durante a noite.

    12 de Agosto, 2023

    Chuva de Estrelas: A oportunidade perfeita para dormir ao ar livre

    O melhor descanso está ligado ao universo, aos astros e à sensação de paz que conquista ao alinhar a sua energia com o mundo que o rodeia. É já nos próximos dias 12 e 13 de agosto que vai ter a oportunidade ideal para o fazer.

    A chuva de meteoros Perseidas, o fenómeno natural mais espetacular deste verão, vai permitir-lhe observar a olho nu cerca de 100 meteoros. A união deste espetáculo estelar com as temperaturas amenas de agosto, torna-o no momento perfeito para recuperar a paixão pelo campismo e tirar férias ao ar livre.

    A chuva de meteoros que o vai permitir olhar infinitamente para o céu, remete ao cometa 109P Swift Tuttle, descoberto em 1862. Ainda hoje, quando a Terra atravessa a antiga órbita deste cometa, passa pelo seu rasto, e quando estas poeiras atingem a atmosfera, entram em combustão, tornando-se nas famosas estrelas cadentes.

    Caso a opção de dormir ao relento não se adeque a si, escolha dormir no conforto de casa, em perfeita harmonia com os astros, através do seu colchão. Embarque numa aventura pelo universo do bem-estar, com o alinhamento da chuva de meteoros Perseidas e a Astral Collection.  São cinco colchões que fazem a paz interior e o conforto sentir-se de forma astronomicamente suave, para um sono de outra galáxia.

    9 de Agosto, 2023

    Como transformar o seu quarto para o verão?

    Abra as janelas e espreite lá para fora – o verão realmente está aí! Aproveite esta estação para dar um novo ar ao seu quarto e o transformar num verdadeiro oásis de descontração e relaxamento. A decoração de um espaço, muitas vezes ignorada, tem um efeito surpreendente no seu estado de espírito e bem-estar. Venha conhecer as nossas dicas!

    Mude as cores do quarto

    Alterar as cores do seu quarto é uma das melhores formas de alterar também o ambiente. E a melhor parte é que não é preciso ser radical e mudar a cor das paredes ou dos móveis, para o conseguir. Que tal, em vez disso, alterar os tons escolhidos para a colcha, cortinados ou pequenos itens de decoração? As melhores cores para o verão são os tons terra, os divertidos framboesa, ou azul e branco, para trazer o encanto de Santorini até si.

    Opte por materiais de origem natural

    Não há nada que diga verão mais do que o uso de materiais naturais na decoração: cestas de vime, colchas em linho, pequenas decorações em barro. O uso destes materiais nos quartos leva à construção de um ambiente mais autêntico, natural e com aconchego. Além disso, a sua utilização não precisa de ser puramente decorativa, sendo que, por exemplo, cestas em vime são excelentes soluções de arrumação.

    Não esconda a decoração na gaveta

    Muitos de nós optamos por guardar fotos, pinturas e outras decorações únicas que possuímos, nas gavetas, e escolher exibir, em vez disso, objetos comprados. Apesar da decoração se querer cuidada, arte e fotografia feita por nós oferece um toque muito único e original aos espaços. Além disso, e porque é verão, porque não relembrar o melhor das férias pendurando as suas fotos da estação e pequenos objetos que trouxe de aventuras?

    Escolha o cheiro do seu verão

    Um novo cheiro é uma forma simples e garantida de dar uma nova personalidade ao mesmo espaço de sempre. Enquanto as estações mais frias pedem cheiros ricos e quentes, o oposto é essencial para o verão. Os cheiros mais frescos, com toques de citrinos, ou que relembrem a praia serão os seus favoritos durante estes meses. Para quem não aprecia velas, existem ainda opções como óleos, difusores e incenso.

    Traga a natureza para dentro do quarto

    Nada apoia mais uma transformação de verão, do que o uso de plantas e flores no interior de casa. Existem imensas soluções para as suas preferências e condições, com algumas plantas a destacarem-se mais em vasos, ramos, climas e condições de luz específicas. Se optar por ter plantas no quarto escolha as que sejam de fácil manutenção e que não prejudiquem a saúde dos seus animais de estimação.

    Idealmente, para o verão, o truque é transformar o seu espaço num local leve, claro, onde reine a paz e o conforto total. Entrar no quarto, com cortinas brancas e finas a esvoaçar, enquanto a sua cama branca e fofa o espera, soa como o paraíso para nós.

    5 de Agosto, 2023

    Como derrotar o jetlag e recuperar de viagens longas?

    As férias são sinónimo de viagens, em qualquer altura do ano. É com muito entusiasmo que nos preparamos para uma ida a destinos paradísicos, visitas a família em outros países ou explorações a novas cidades. Porém viagens longas, especialmente de avião, deixam-nos sempre exaustos e muitas vezes com o temido jet lag.

    O jet lag é a expressão utilizada para descrever a descompensação horária que acontece quando trocamos de fuso horário, levando a dificuldades em adormecer e acordar, cansaço, exaustão e má qualidade de sono. Bons cuidados antes, durante e após o voo são essenciais para o evitar ou melhorar os sintomas.

    Antes da Viagem

    Mesmo antes de sair de casa em direção ao aeroporto, já se pode começar a preparar e proteger dos futuros efeitos da viagem. Uma solução simples é beber bastante água e manter-se bem hidratado. Evite café, apostando em vez disso numa opção com menos cafeína como o chá verde. Adicionalmente, evite o consumo de refeições extremamente doces ou salgadas, visto que o desconforto no estômago pode ser prejudicial para o seu sono.

    Durante a Viagem

    Uma vez a bordo não se deixe cair no aborrecimento, visto que a falta de estímulos mentais num espaço tão pequeno durante horas, tem um efeito de fadiga. Se não conseguir dormir no avião aposte em atividades como podcasts, livros, audiolivros ou até puzzles e palavras cruzadas.

    Não se permita ficar sentado toda a viagem de avião investindo, alternativamente, em momentos de exercício leve, como levar o joelho ao peito enquanto se equilibra ou numa simples caminhada pelo corredor do avião.

    Mesmo com todas as opções que lhe oferecem a bordo na hora das refeições, evite álcool, cafeína e refrigerantes.

    Após a Viagem

    O verdadeiro cuidado com o jet lag começará logo após ter aterrado no seu destino. É provável que olhe pela janela e veja um sol radiante, mesmo com o seu corpo a indicar-lhe que é hora de dormir e vice-versa. Ao instalar-se no hotel opte por um longo duche ou banho de imersão e coma uma boa refeição cheia de alimentos saudáveis.

    É provável que numa viagem queira explorar todos os novos lugares mas é importante que durma quando anoitecer, evitando sestas durante o dia ou longas noitadas. Aproveite, em vez disso, para usar os horários diurnos para explorar a cidade, caminhar pela praia, respirar o ar fresco.

    A combinação de luz natural e exercício físico são o seu maior aliado, tire proveito deles. Se sentir os músculos demasiado doridos para desfrutar do ginásio do hotel, escolha um exercício leve ou até uma massagem.

    Ao voltar a casa

    Reserve o último dia de férias para simplesmente regressar a casa e descansar. Mesmo que as férias tenham sido um oásis de descontração e relaxamento, não deixa de ser importante usar o último dia para arrumar o conteúdo das malas em casa, acalmar um pouco e reconectar-se com o espaço.

    25 de Julho, 2023

    Como dormir melhor nas férias de verão: dicas para adormecer em qualquer lugar

    Durante o verão acabamos frequentemente por dormir em locais muito distintos do habitual. A nossa cama fofa e confortável é substituída por assentos de aviões, comboios e carros ou então por alguns dias em camas de rede, tendas e espreguiçadeiras. Mas é impossível levarmos o conforto connosco onde quer que estejamos a dormir? Vamos descobrir.

    Dormir em aviões

    Temos de admitir: dormir num avião não é, de todo, uma tarefa simples, especialmente quando as viagens são de longas horas. Os barulhos, os cheiros, a falta de espaço e, muitas vezes, o nervosismo, levam-nos a ter um experiência de sono de má qualidade que se reflete nas férias quando aterramos no aeroporto.

    • Uma boa preparação começa antes do voo. Quando comprar o seu bilhete, escolha um lugar junto à janela para ter mais espaço e um encosto para dormir, ou um lugar no corredor para se levantar livremente e ir à casa de banho. De qualquer forma, o importante é evitar o lugar do meio, a não ser que viaje entre conhecidos.
    • Leve um casaco ou manta. A temperatura nos aviões tende a ser inferior à do exterior, por isso aposte em agasalhos que possa remover facilmente, mas que lhe ofereçam o aconchego necessário.
    • Retire os sapatos. Troque os sapatos por umas meias grossas e confortáveis, enquanto dorme. Aquecer os pés ajuda-o a adormecer rapidamente.
    • Leve uma máscara para os olhos. A luz na cabine, quer seja do exterior ou de dispositivos a serem usados por outros passageiros, é algo que constrange o sono. Adicionalmente, se o som típico do avião o incomodar, escolha uns tampões de ouvidos ou fones que reduzam o ruído.

    Muitas companhias aéreas dão-lhe um pequeno kit com todas estes acessórios, incluindo uma almofada e cobertor, mas, antes de embarcar, confirme e prepare-se para todas as eventualidades.

    Dormir em tendas

    Descansar ao relento pode ser das melhores experiências de sono que virá a ter, visto que estará conectado com a natureza e a própria experiência do campismo o deixa mais cansado. Porém, como conseguir assegurar conforto básico mesmo fora de um quarto?

    • Encontre uma superfície plana. Dormir no chão pode ser complicado se não tiver uma base perfeitamente plana e desimpedida de pedras ou raízes. Antes de montar a tenda garanta que escolhe o lugar ideal.
    • Mantenha a sua segurança. Uma localização desconhecida pode deixá-lo nervoso e impedir uma boa noite de descanso. Dessa forma, assegure que o local que escolheu para dormir é seguro.
    • Traga uma almofada. Com a preocupação de acampar de forma leve, muitos campistas acabam por ignorar a importância de trazer uma almofada. O suporte que dá ao seu pescoço e ombros é fundamental.
    • Garanta que a tenda está protegida. Quer da chuva, quer da humidade ou orvalho matinal o importante é que esteja preparado para várias condições atmosféricas, protegendo a sua zona de sono e pertences importantes.

    Dormir na praia

    Dormir na praia pode ser uma solução temporária para pequenas sestas ao longo de uma tarde de banhos de sol, ou então uma opção aventureira para quem quer explorar um novo local. Contudo, escolher passar a noite nesta localização pode trazer os seus desafios.

    • Tenha cuidado com a temperatura. As praias são conhecidas pelas suas mudanças de temperaturas abruptas, especialmente entre o dia e a noite. O mesmo acontece com dias de sol extremo ou vento forte. Antes de escolher uma praia, tenha atenção à meteorologia.
    • Planeie com antecedência. Ao contrário de parques de campismo que estão concebidos para receber pessoas a pernoitar, as praias não possuem as mesmas condições. Escolha uma localização que permita aceder a água limpa, casas de banho, e onde seja legal passar a noite.

    Dormir num cruzeiro

    A água e o seu movimento podem ser os melhores amigos ou inimigos do sono. No caso de viajar num cruzeiro ou barco, saiba como conservar um bom descanso.

    • Escolha o quarto correto. Se tem tendência a ficar enjoado com o movimento é recomendado um quarto com varanda, para que possa simplesmente apanhar ar e ver o horizonte. Quartos com vigias são uma opção menos aconselhada, visto que apesar da vista são impossíveis de abrir.
    • Faça atividades durante o dia. Um cruzeiro é o sítio de sonho para relaxar mas não descuide de embarcar em atividades saudáveis durante o dia, que ajudem o seu corpo e mente. Estas incluem yoga, pilates, uma visita ao spa ou meditações.

    Dormir fora de casa nem sempre é ideal, mas existem sempre soluções para o auxiliar. No caso de precisar de trazer um pouco de casa até si, onde quer que esteja, leve consigo a sua almofada favorita ou escolha a ajuda da aromaterapia. Tudo para um sono mais profundo, em qualquer lugar.

    22 de Julho, 2023

    Entre no universo Astral Collection

    Paz. Harmonia. Conforto. Quantas vezes nos sentimos desconectados destas sensações durante o dia? A azáfama do trabalho e o stress dificultam a tarefa de trazermos à nossa vida os momentos de reflexão, consciência e crescimento necessários. Para manter o foco nos nossos sonhos e no que existe de mais astral no nosso âmago, um bom descanso é essencial.

    A pensar nesta necessidade a Molaflex® pensou e fez surgir a Astral Collection, para levar até si tudo o que precisa: conforto fora deste mundo, adaptabilidade astronomicamente suave e um toque que o levará além das nuvens.

    A Astral Collection leva-o a conquistar conforto nos mais pequenos momentos do seu dia, em todos os ínfimos detalhes normalmente esquecidos. Tudo para que o seu sono se mantenha conectado à energia das estrelas.

    A inovação Astral Collection

    Cada um de nós é um ser único, cheio de luz própria e vibrações que nos aproximam do mundo que nos rodeia. Cada um de nós necessita de um dia à medida e um descanso à medida. A Molaflex® levou estes fatores em consideração quando criou um descanso adequado a todos.

    Suavidade em todas as fases do sono – Colchão Moon

    Desenhado para lhe dar o máximo conforto, o colchão Moon alia a Mola Ensacada Pocket Premium® ao Acolchoado Viscoelástico para um descanso para lá das nuvens. O colchão Moon oferece zonas de descanso independentes, ideal para dormir a dois sem interrupções, e uma adaptabilidade tão milimétrica quanto astronomicamente suave.

    Descanso de outra galáxia – Colchão Argo

    É ainda mais simples e intuitivo dormir em paz com o universo, com a ajuda do colchão Argo e do seu enchimento viscoelástico e espuma de alta densidade. Estes materiais de qualidade, que se destacam pela respirabilidade e durabilidade, são ideais para reduzir os pontos de pressão e evitar interrupções durante o sono.

    Brilhante sensação de conforto – Colchão Mira

    A inspiração astral chega naturalmente com o conforto do colchão Mira e o seu inovador Sistema Commodo®. O Mira faz-nos viajar até um mundo de respirabilidade e cuidado hipoalergénico sem igual, para uma garantia de um sono saudável.

    Espiral de boas energias – Colchão Hydra

    As energias com o planeta são essenciais e o colchão Hydra, com o seu Bloco HC Plus+ que ajuda a distribuir melhor o peso, garante um sono livre de substâncias nocivas para o corpo humano e para o planeta.

    Novo universo de durabilidade – Colchão Orion

    Com um sistema de molas encapsuladas e tecido stretch de alta qualidade, o colchão Orion oferece máxima resistência. Tudo resultado da investigação e cuidado Molaflex®, destinado a proteger a sua postura e a cuidar da sua paz interior.

    Encontrar uma solução de descanso que cuide de si e do seu bem-estar já não tem de ser uma decisão complexa. Deixe-se guiar pelas estrelas até à opção mais adequada a si e ao seu estilo de vida sem igual.

    10 de Julho, 2023

    Como dormir durante as vagas de calor no verão?

    Dormir durante os meses de maior calor nunca é fácil, porém torna-se especialmente desafiante durante uma vaga de calor, quando as temperaturas são praticamente impossíveis de se enfrentar. Uma boa noite de sono depende bastante deste fator, sobretudo nas fases iniciais e, se não conseguir descansar, a falta de reparação no organismo é clara pela manhã.

    Sabe como o calor extremo afeta o seu corpo?

    Desidratação – De forma a evitar a perda de hidratação natural durante o verão, beba muita água e mantenha-se fresco com o consumo de frutas e vegetais.

    Cansaço extremo – Quando perdemos demasiada água, o nosso corpo começa a enviar sinais que se podem traduzir em desmaios, dores nos músculos e sensações de fraqueza.

    Insolação – Se o corpo atingir uma temperatura superior a 40ºC facilmente pode ser perdida a consciência.

    5 dicas para dormir melhor durante uma vaga de calor

    Opte por dormir no chão

    Tal como os nossos vizinhos do oriente reconhecem, dormir no chão traz muitos benefícios para a saúde e especialmente para a hora do sono. Levar o seu colchão para o chão, ou escolher colocar um mais fino para os dias de calor nessa superfície, pode ajudar com a regulação da temperatura.

    Evite o stress

    Apesar de ser praticamente impossível evitar o stress nos dias de hoje, as férias de verão deveriam trazer um período de calma que o pudesse ajudar. Evite levar as ansiedades para a cama, visto que prejudicam imenso a qualidade do sono. Experimente meditar ou alguma atividade que o relaxe antes de ir para a cama.

    Escolha uma decoração minimalista

    Remova do seu quarto tudo o que estiver a mais, em termos de decoração. Prefira cores claras, materiais naturais e remova tapetes e cortinas pesadas. Se gostar da estética mais tropical experimente com esta popular influência a nível de estilo, materiais, uso de madeira e de plantas naturais.

    Invista no colchão e almofadas certas

    Um colchão ventilado é a base essencial para uma noite de qualidade durante as vagas de calor e meses mais quentes. Um bom colchão que se destaque pela frescura, higiene e resistência é fundamental. O colchão Orion, da gama Astral, destaca-se pelo sistema de molas encapsuladas e acolchoado Eco-Hipoalergénico de alta qualidade. Para combinar, uma almofada com um alto grau de ventilação e circulação de ar como a almofada Brasília é ideal.

    Evite exercício físico perto da hora de descanso

    Atividade física durante o dia é sempre extremamente saudável para o sono, mas, à medida que vai anoitecendo, fazer exercício eleva a sua temperatura corporal demasiado, fazendo com que sinta mais calor e dando-lhe energia indesejada.

    7 de Julho, 2023

    Uma promoção à sua medida

    Sabia que pode dar o melhor descanso ao seu corpo e mente, com a ajuda de uma noite de sono reparadora e um bom colchão? A Molaflex® é especialista em oferecer-lhe bem-estar aos melhores preços. Descubra agora as promoções de até 60% nas gamas Supreme Sense, Wellness, Sensation e VITAL.

    Uma oferta que não vai querer largar

    Aproveite o mundo de conforto à sua espera com ofertas ainda mais especiais. Agora, na compra de um colchão do Catálogo Geral, exceto Molinhas, leve uma, ou até duas (se optar por colchão de cama de casal) Almofadas Molaflex ® consigo para casa.

    Dê uma nova vida ao seu quarto

    Aproveite a estação mais quente do ano para remodelar o seu quarto, ou para apostar no conforto e renovar a sua cama. Explore esta promoção e oferta especial, e comece já a priorizar o seu bem-estar na hora de descanso.

    4 de Julho, 2023

    Como entreter as crianças nas férias de verão?

    A época de sol e calor chegou, mas outra dúvida se levanta: como posso entreter os mais pequenos, agora que as aulas terminaram? Se não lhe restam mesmo ideias nenhumas leia as nossas sugestões Molaflex® para um verão inesquecível com os mais pequenos.

    Parta à aventura com um livro – Desde cedo que as crianças podem ser apresentadas ao mundo literário, de forma a desenvolverem criatividade e espírito critico, mas também apenas por diversão. Escolha livros apropriados à idade e veja os mais novos aumentarem o vocabulário, fortalecer a curiosidade e melhorar a escrita.

    Aposte em brincadeiras didáticas – Todas as brincadeiras são importantes para as crianças, porém com as férias a proporcionarem mais tempo pode investir em pequenos momentos de diversão educativa. As opções variam desde pequenas brincadeiras feitas em casa, a jogos como sopas de letras, puzzles e xadrez.

    Leve a diversão para a cozinha – Cozinhar é tipicamente um momento reservado aos adultos, mas onde muito facilmente pode envolver os mais novos. Porque não fazerem muffins e decorarem-nos juntos? Talvez amassar e preparar uma pizza? Ou então deixá-los descobrir a magia de ver pipocas rebentarem? Se a diversão na cozinha for vigiada por um adulto as opções são ilimitadas.

    Descubra a animação de passeios culturais – Nunca é demasiado cedo para levar crianças a museus, teatros ou espaços culturais. Existem programações especificas às mais diversas idades, um pouco por todo o país. Se achar que os seus filhos não se dariam bem num espaço fechado porque não apostar em diversão ao ar livre, como castelos e outros locais históricos?

    Seja um explorador em casa – As crianças adoram brincar ao faz de conta e construir os seus próprios mundos de aventura em casa. Com a ajuda de alguns lençóis, consegue facilmente construir uma tenda no meio do quarto, onde eles vão adorar brincar, ler livros, ver filmes, ou simplesmente dar asas à imaginação.

    Desta forma, manter as crianças ocupadas não tem de ser uma complicação. Além dos momentos de diversão que lhes dá, está a criar memórias com toda a família. Não se esqueça de tirar muitas fotos de todas estas ocasiões e guardar as memórias do verão para sempre.

    28 de Junho, 2023

    Cuide do seu sono durante as férias de verão

    Estava à espera de que as férias de verão chegassem para poder tirar o descanso que tanto precisou durante os meses de trabalho? O problema é que, muitas vezes, mesmo com esta enorme vontade de descanso, existe algo que nos impede de adormecer e relaxar durante o período de férias de verão. É o seu caso? Vamos descobrir como contornar este problema, quer esteja a passar férias dentro ou fora de casa.

    Como dormir melhor em casa, durante as férias de verão?

    Mantenha os horários de sono habitual – Seja na hora de despertar ou dormir, é importante que não mude radicalmente os seus horários, e que priorize uma boa noite de sono, seguida de um despertar pela manhã.

    Afaste-se de iluminação LED – Escolha uma luz calma e suave, que não seja agressiva para os olhos. O ideal são lâmpadas ou candeeiros inteligentes, nos quais consegue ajustar a intensidade da luz, de acordo com as suas necessidades.

    Durma num quarto escuro – Descanse na escuridão, cobrindo qualquer lugar que possa introduzir luz no quarto, incluindo janelas e portas.

    Durma em silêncio total – O silêncio costuma ser o melhor amigo do sono porém, no caso de sentir que esta opção não o deixa relaxado, prefira usar sons de fundo como ruído branco, ruídos da natureza ou até mesmo sessões de ASMR.

    Arrefeça o quarto e o seu corpo – Adormecemos e descansamos melhor quando as temperaturas estão mais baixas. Assim, evite usar demasiada roupa de cama ou pijamas quentes nesta estação.

    Acorde sem o despertador – Se possível adapte-se (visto que nesta altura não existe necessidade de cumprir horários rígidos) a usar o sol para despertar. No caso de não conseguir mesmo passar sem despertador, existem algumas opções mais agradáveis como candeeiros de luz natural, que vão lentamente acendendo para o despertar, ou apps para o telemóvel, que tocam o despertador de forma suave e gradual.

    Como dormir bem durante as férias de verão, mesmo fora de casa?

    Use os acessórios corretos – Devido ao barulho ou simplesmente pela necessidade de criar um ambiente mais confortável, não se esqueça dos seus auriculares favoritos para desfrutar de música e podcasts, ou então uns tampões de ouvidos que bloqueiem sons totalmente.

    Coma bem e siga os horários de sempre – Quando estamos fora de casa é normal que tenhamos tendência a sair dos nossos hábitos alimentares. Tenha cuidado com as horas das refeições e opte por alimentos aliados do sono, tal como: cerejas, bananas, queijo, nozes, peixe e grãos integrais.

    Adapte o local de descanso a si – No caso de passar a noite num hotel diminua a temperatura do quarto, de forma a adormecer melhor. Se estiver numa aventura ao ar livre ou festival de verão, escolha uma tenda um pouco maior que o que seria necessário, um colchão resistente e um excelente saco-cama.

    18 de Junho, 2023

    O verão chegou!

    Para imensas pessoas, a chegada do Verão é uma das melhores ocasiões do ano. Esta estação tão solarenga está recheada de momentos maravilhosos de praia, férias e momentos ao ar livre. Contudo, a chegada do verão pode também trazer os seus desafios, especialmente na hora de descansar e obter um sono de qualidade com mudanças de rotinas, temperaturas e hábitos. Vamos descobrir mais sobre os típicos desafios ao sono no verão e as formas de os conseguir ultrapassar.

    Mosquitos

    Muitas pessoas estão de acordo: uma das piores partes do verão são os mosquitos. Desde as picadas incomodativas ao som, sabemos que os mosquitos são um entrave a uma noite calma.

    Infelizmente estes pequenos insetos têm mais probabilidade de morder à noite, visto que os seus ritmos circadianos os levam a estar mais ativos durante a madrugada. De forma a conseguir combater os mosquitos, opte por uma rede mosquiteira, que envolve a cama, ou até o uso de uma ventoinha perto de si durante a noite, visto ajudar a afastá-los.

    Jet lag

    Está ansioso por ir de férias para o destino que tanto sonhou? Se atravessar a europa, ou até escolher uma viagem intercontinental, esteja atento ao tão falado Jet Lag que o leva a viver “de horas trocadas”. Assim, é importante que se habitue a esta diferença horária mesmo antes de embarcar na viagem. Por exemplo, cerca de uma semana antes da partida pode começar a alterar ligeiramente a hora de dormir, para um pouco mais cedo ou mais tarde, dependendo da região do globo para onde viaja. Se realmente tiver imensos problemas de sono o melhor será apostar numa melatonina sintética, que consiga eficazmente ajudar o seu ritmo circadiano.

    Dormir em movimento

    A partida para as férias pode implicar que tenha de dormir num local que habitualmente não escolheria, como um avião, barco ou comboio. É normal que descansar nestes espaços não seja uma tarefa fácil por variadas razões. Além dos barulhos e desconforto, existem ainda sentimentos normais de nervosismo por parte de certas pessoas.

    Se fizer uma viagem longa, onde seja necessário passar muitas horas fora, pode optar por trazer a sua própria almofada portátil para o pescoço e um pequeno cobertor ou casaco que o possa deixar quente e aconchegado, especialmente se viajar de avião, onde as temperaturas são baixas no interior.

    Roupa de Cama Quente

    Quem nunca sentiu o terrível problema de ter os ambos os lados da almofada quentes? Ou então quem nunca se sente incapaz de dormir sem algo a cobrir o corpo, mas, ao mesmo tempo, um edredão tradicional é demasiado quente?

    Troque o seu edredão por um mais adequado a esta época do ano, com um peso e material apropriados. Certifique-se de que a sua roupa de cama é feita de materiais respiráveis, para se manter fresco e sem suor. Explore mais opções de roupa de cama e complementos Molaflex® para o seu verão. Adicionalmente, preste atenção ao material do seu pijama, visto que pijamas de tecidos sintéticos não mantêm uma temperatura constante devido à incapacidade de remoção do excesso de transpiração.

    Escaldões na pele

    Torna-se muito difícil adormecer quando regressamos de um dia na praia e temos a pele marcada por queimaduras solares. Além de extremamente prejudicial para a saúde, é algo que também impede o nosso sono por várias noites, pela dor, desconforto e temperatura irradiada do local queimado.

    Além da solução preventiva com o uso do protetor solar, acalme o escaldão com compressas frias no local (sem nunca deixar gelo tocar na queimadura), aproveite duches frios ou à temperatura ambiente, use aloé vera para tranquilizar o ardor, mantenha a pele hidratada e escolha peças de roupas largas, feitas de materiais naturais como o linho e o algodão.

    Rotinas dos pais e crianças

    É importante que tentemos manter rotinas constantes para que as crianças compreendam que mesmo durante as férias de verão existe uma ordem e ritmo a serem levados. Mesmo que esteja fora de casa tente levar os mais pequenos para a cama a horas semelhantes e, se possível, traga elementos de casa consigo, como as suas almofadas ou peluches favoritos. Mantenha também a rotina no que diz respeito às horas das refeições e horário de sestas.

    Maior consumo de comida e álcool

    O bom tempo convida às celebrações populares, gelados na praia e churrascos com os amigos ao ar livre. Desta forma, é comum que épocas de celebração tragam um consumo mais exagerado de comida e álcool, que normalmente não aconteceria noutras ocasiões do ano. Uma dieta rica em gorduras e açúcar leva normalmente a um sono menos repousante e possibilidade de acordar frequentemente durante a noite. E apesar do álcool lhe poder dar uma sensação de sonolência, também o torna mais propenso a acordar a meio da noite.

    Opte por refeições leves e saudáveis na maior parte do tempo e reduza as refeições mais pesadas e álcool a ocasiões especiais.

    15 de Junho, 2023

    Toppers e sobre-colchões: o que são e para que servem?

    Todos nós compreendemos que um bom colchão é fundamental para uma boa noite de sonho. Porém, muitas vezes ignorados, são os complementos que podem proporcionar ainda mais conforto e a durabilidade ao nosso local de descanso.

    Um destes elementos essenciais é o sobre-colchão, também habitualmente apelidado de topper, que garante suporte, firmeza e uma camada de proteção pensada para maior comodidade e suavidade. Possui ainda características distintivas como o apoio da regulação da temperatura corporal, suporte à coluna e proteção contra sujidade e desgaste.

    Como escolher o seu?

    Quando eleger um sobre-colchão preste atenção ao seu material, visto que diferentes opções podem ser mais ou menos adequadas a fatores como postura, necessidade de conforto, preferência pessoal e até existência de alergias.

    O material mais reconhecido pelos seus benefícios é a visco elástica, porque se adapta a todos os contornos do corpo, é sensível à temperatura e reduz a pressão na coluna. Adicionalmente, no caso de partilhar a sua cama, ajuda a reduzir o impacto dos movimentos de outra pessoa ao lado, para uma melhor noite de sono. Pode optar pela opção mais clássica, como um Sobre-Colchão Topper Visco, ou por uma versão focada na durabilidade e suavidade, como o Sobre-Colchão Topper Visco Acticarbon da Molaflex®.

    Para casos mais sensíveis e com possibilidade de alergias, a Molaflex® disponibiliza sobre-colchões com fibras hipoalergénicas, reconhecidas como absorventes naturais de humidade e com constante circulação de ar. Para esta preferência o Sobre-Colchão Topper garante o melhor da fibra hipoalergénica, e o Sobre-Colchão Topper Duo alia fibra a viscoelástica, com duas faces distintas concebidas a pensar em si.

    Proteção e comodidade

    Apesar dos Sobre-Colchões terem também uma função de resguardo sobre o colchão, na possibilidade de precisar de proteção completa, a melhor escolha seria um protetor de colchão. Estão disponíveis escolhas impermeáveis e ajustáveis, como o Tencel Essential, opções de conforto máximo e amigas do ambiente, como o Protetor de Colchão Comfort e um Protetor de Colchão Saúde, pensado para o seu bem-estar, com enchimento de penas e toque suave.

    O ideal é criar uma cama de sonho com todos os complementos que achar necessários, para conforto e higiene máxima.

    4 de Junho, 2023

    Quer renovar o quarto? Conheça as nossas dicas

    O processo e vontade de renovar a decoração do nosso quarto não é algo novo. Quantas vezes damos por nós a alterar a disposição dos móveis, ou simplesmente a querer comprar elementos de decoração para alterar o ambiente do nosso lugar de descanso?

    A verdade é que modernizar o quarto acaba por ser dos processos menos stressantes, no que diz respeito à área de renovações. Ao contrário de atualizar uma cozinha ou casa de banho, num quarto não existem preocupações com canos ou grandes eletrodomésticos para instalar, tendo simplesmente de se focar em questões relacionadas com decoração.

    Alterar o quarto pode ser uma mudança positiva muito significativa para o nosso estado de espírito, visto que é um espaço onde é esperado que nos sintamos seguros e aconchegados.

    Opte por uma boa iluminação

    A iluminação de um espaço é uma das partes mais importantes da decoração que muitas vezes acaba esquecida. Responsável por uma função utilitária, mas também estética, é então importante que além de eleger apenas um candeeiro com um aspeto agradável, observe também a composição da própria luz. Por exemplo, escolheu um candeeiro com luz forte ou suave? Com luz branca ou amarela? Prefere ter as luzes dos candeeiros acesas ou a luz do teto? Todos estes fatores influenciam o tipo de candeeiro que viria a necessitar.

    Para dar um novo ar ao seu quarto, pode optar por luzes com sistema regulador, de forma a conseguir alterar a sua intensidade. Outra opção tecnológica pode passar por investir numa lâmpada inteligente, controlada pelo smartphone, na qual pode facilmente alterar as cores da própria luz. Se preferir uma opção mais rotineira, opte apenas por alterar o abajur do seu candeeiro.

    Use espelhos a seu favor

    Especialmente em divisões pequenas, os espelhos ajudam-no a expandir o espaço, fazendo-o parecer muito maior do que realmente é. Pode apostar em espelhos de corpo inteiro para roupeiros, por exemplo, ou simplesmente escolher pendurar pequenos espelhos nas paredes que aumentem a sensação de espaço do quarto.

    Não se esqueça, contudo, que os mestres de Feng Shui, a arte chinesa ancestral de criar paz e harmonia através da organização de espaços, recomendam que evite espelhos onde consiga ver a sua imagem refletida enquanto dorme, de forma a não prejudicar o sono.

    Mantenha uma boa arrumação

    Otimize o seu quarto através da dica mais primária e eficaz: arrume corretamente o espaço. Ter coisas de fora, sem o seu lugar, é a forma certa de fazer os itens parecerem desorganizados. O mais importante é preferir guardar tudo no seu próprio espaço designado, longe da vista. Neste caso, uma das melhores opções são os sommiers, cuja função é mesmo dar-lhe o melhor espaço com a melhor organização debaixo da cama.

    A Molaflex® mostra-lhe que não é complicado unir conforto total a uma boa organização com os packs colchão e sommier Firm, Essential Comfort e Essential Adapt.

    Dê uma nova vida ao chão

    Claro que alterar o esquema de cores do nosso quarto, através da pintura de paredes ou alteração dos tons da decoração, é uma ferramenta importantíssima na hora de dar um novo ar ao nosso lar. Porém, um detalhe que passa muitas vezes ao lado, é o próprio chão do espaço. O tipo de soalho que escolhemos é extraordinariamente marcante para o quarto a nível estético, de temperatura e de durabilidade. O chão eleito para o quarto deve ser sempre suave para os pés, com sensações de aconchego, proteção e calor. No caso de não ter a opção de alterar o seu soalho, jogue com tapetes de padrões, cores e tamanhos diferentes, que podem complementar as opções de decoração já escolhidas e elevá-las.

    Tire partido das janelas

    As janelas são uma parte marcante de um quarto, principalmente porque abrem o espaço e trazem luz para a divisão. Escolha a disposição da sua cama e outros móveis pensando nesta janela, visto que a harmonia que dá ao quarto definirá completamente o tom da decoração. Adicionalmente, repare nos cortinados escolhidos. Se o espaço for pequeno tenha especial cuidado, visto que cortinas longas e de materiais rígidos farão o espaço parecer ainda mais estreito e pesado.

    28 de Maio, 2023

    Combine conforto e bem-estar, numa oportunidade a favor da sua Saúde

    Todos nós sabemos que a saúde está sempre em primeiro lugar. E, dessa forma, a Molaflex® focou-se no objetivo de criar uma gama pensada especialmente para si e para o seu bem-estar. Assim foi desenvolvida a coleção especial Saúde, focada essencialmente em auxiliar não só a sua postura, mas também a sua saúde interior.

    O que torna esta gama tão especial?

    A gama Saúde é constituída por almofadas suaves e adaptáveis, um colchão que combina conforto e higiene, e um suave protetor de colchão. Todos estes elementos são protegidos com a avançada tecnologia HeiQ Viroblock, pensada para o defender de micróbios e germes.

    O Colchão Care Multisense

    Graças a esta tecnologia inovadora o colchão Molaflex® Care Multisense destaca-se por ser uma junção entre higiene otimizada e adaptação progressiva ao corpo.  O seu sistema de Mola Contínua Multielástic® de alta qualidade proporciona-lhe o melhor em termos de resistência, durabilidade e respirabilidade. Simultaneamente o seu acolchoado em fibra hipoalergénica garante o máximo bem-estar. A melhor escolha para higiene completa e um repouso saudável.

    Um desconto que faz bem à saúde

    Aproveite a melhor oportunidade a favor da sua saúde com todos os benefícios do colchão Care Multisense. Agora, com uma grande vantagem para o seu orçamento: são menos 60% em prol da sua saúde.

    13 de Maio, 2023

    50% de desconto na Wellness e Sensation, na Molaflex

    O descanso que as suas noites merecem

    As gamas Wellness e Sensation da Molaflex® foram especialmente pensadas para o deixar desfrutar de boas noites de sono com toda a plenitude que necessita após dias atarefados e stressantes. Recupere a vitalidade e volte à rotina com todo o conforto. Agora, de forma ainda melhor: aproveite os 50% de desconto nestas coleções e comece já a ter as noites mais relaxantes da sua vida.

    O retiro de conforto para o desgaste diário

    Cuide do seu corpo da melhor forma, relaxe e retempere as forças para estar preparado para os desafios do dia-a-dia. Descubra a dimensão física da gama Wellness e recupere todo o seu bem-estar, com um preço reduzido. Os colchões desta gama destacam-se pela sua adaptabilidade máxima, envolvência sem igual e pelas suas capacidades termorreguladoras.

    A noite de sono que mais necessita

    Sem pesos e sem preocupações: é assim a gama Sensation focada essencialmente em dar-lhe o conforto necessário para organizar a mente, respirar fundo, limpar as ideias e mergulhar na sua dimensão cognitiva interior. Acorde para o melhor que esta gama tem para lhe oferecer e para uma promoção sensacional.

    Descubra todo o conforto a metade do preço

    Escolha as opções mais adequadas ao seu descanso e necessidades de sono e aproveite ainda o desconto que temos para lhe oferecer. Agora pode ter os melhores colchões Wellness e Sensation por metade do preço. Não perca os 50% de desconto e comece já a ter as noites mais relaxantes da sua vida.

    3 de Maio, 2023

    Dia da Mãe: Opções para as mães que gostam de dormir

    O Dia da Mãe é um dos dias mais importantes do ano para celebrarmos e retribuirmos o carinho das mulheres mais especiais na nossa vida. A verdade é que, estatisticamente, as mulheres têm um sono com menos qualidade do que homens na mesma faixa etária. Isso acontece devido a fatores biológicos e até mesmo sociais, com as mães a serem das que mais lidam com problemas de descanso interrompido, proveniente de preocupações constantes pelos seus lares e famílias.

    Exatamente por essa razão, mulheres e mães precisam de manter um olhar ainda mais cuidadoso sobre a sua saúde na hora de descanso e bem-estar. Veja as nossas sugestões para dar à sua mãe um grande obrigado, com o nosso guia de presentes para as mães que mais gostam de dormir.

    Aromoterapia

    Um dos desafios de uma noite de qualidade passa pelo ambiente, na hora de adormecer. A decoração do seu quarto, os barulhos que ouve ou não pela janela… E, muito importante, é também o aroma do seu ambiente. Certos cheiros, como a lavanda, lúcia-lima e bergamota, promovem um sono mais descansado e sem sobressaltos. Assim, recomendamos o uso de uma vela aromática no quarto ou outras formas de aromaterapia à escolha. Pode optar por oferecer um difusor para a mesinha de cabeceira, óleos essenciais para colocar junto às almofadas ou até mesmo incenso. Se a sua mãe adorar banhos de imersão antes de dormir, sais de banho aromatizados podem ser também uma excelente opção.

    Almofada

    Uma almofada de qualidade é essencial para apoiar o seu pescoço, cabeça e coluna de forma correta e saudável. Desde opções mais em conta a pequenos luxos, o importante é escolher uma almofada que lhe consiga dar o melhor conforto sem comprometer a saúde do seu corpo. A Molaflex® possui as melhores opções, desde almofadas em materiais naturais, com propriedades antimicrobianas ou almofadas em látex, perfeitas para adaptabilidade superior.

    Smartwatch

    Para aquelas mães que são fãs de tecnologia, ou simplesmente as que beneficiariam de controlar a sua saúde um pouco mais, um smartwatch é uma escolha fácil de usar e muito intuitiva para o dia-a-dia. Desde os modelos mais recentes e intrincados até aos mais simples e minimalistas, o ideal é que escolha corretamente um modelo com características adequadas às idade e objetivo de uso. Um smartwatch pode verificar a duração e qualidade do seu descanso enquanto dorme, controlar os seus passos e exercício, e ainda saber outros dados de saúde relevantes.

    Colchão Moon da Molaflex®

    Dormir num excelente colchão é a melhor forma de garantir noites mais confortáveis e dias mais energéticos. Ao oferecer um colchão de qualidade a quem mais gosta está não só a assegurar-lhes um bom sono, como também a cuidar da sua saúde e bem-estar. O colchão Moon, da Astral Collection, alia as tecnologias de Mola Ensacada Pocket Premium® ao Acolchoado Viscoelástico com zonas de descanso independentes e uma adaptabilidade milimétrica e astronomicamente suave. Um presente perfeito para uma mãe perfeita.

    Produtos em Seda

    Existe uma razão para a seda ser dos materiais mais reconhecidos pelas suas qualidades ao longo de séculos. Este tecido natural está repleto de benefícios que fazem dele um pequeno luxo, com propriedades que nos ajudam no dia-a-dia. Algumas das vantagens deste tecido incluem menos fricção na pele e cabelo, uma superfície mais limpa e menos seca para a pele, e frescura no verão. Dependendo dos seus gostos pode encontrar várias opções em seda como elásticos e lenços para o cabelo, robes e pijamas, e máscaras para os olhos.

    Edredão Molaflex®

    Mime a sua mãe com o conforto total de um edredão Molaflex®, que fará da cama dela um pequeno oásis de descanso e paz. É essencial optar por um bom edredão, em materiais de qualidade, para que todos os momentos de descanso se tornem um presente. Quer escolha uma opção anti ácaros, recomendada para pessoas com alergias, ou um edredão extra suave, a Molaflex® tem a escolha certa para si e para a sua mãe.

    Conjunto de chás

    O chá é uma das bebidas mais antigas e mais tradicionais do mundo. A bebida é universalmente conhecida pelos seus efeitos calmantes, especialmente na hora de dormir, fazendo de um destes conjuntos uma prenda encantadora. Escolha um conjunto de chás sem cafeína, para garantir um sono calmo e repousado à sua mãe. Alguns dos melhores chás para uma boa noite de descanso são os de Camomila, que induz o sono e tem propriedades contra o stress, Valeriana e Cidreira.

    Mime a sua mãe, ou figura maternal, com todo o carinho e conforto que ela merece, neste dia especial e em todos os outros dias do ano.

    1 de Maio, 2023

    Molaflex é eleita Marca de Confiança por 10 anos consecutivos

    O melhor prémio é a confiança dos portugueses.

    Ao longo de 10 anos sucessivos a Molaflex® continua a ser reconhecida como a marca mais confiada pelos portugueses e, mais uma vez, vencedora do Prémio Marca de Confiança na categoria “Colchões”.

    A distinção, que tem como objetivo identificar a marca que os portugueses mais confiam, é resultado do estudo anual da revista Seleções do Reader’s Digest, através do voto direto de milhares de consumidores.

    Esta escolha, conduzida num processo de pergunta aberta de resposta livre e espontânea, pretende compreender a preferência dos participantes de uma forma completamente transparente, credível e atual.

    Uma década de confiança deixa-nos incrivelmente agradecidos e incessantemente focados nos nossos compromissos de responsabilidade e excelência. Assim, continuaremos a evoluir e trabalhar nesta direção, mantendo a nossa posição de referência e qualidade no mercado e oferecendo as melhores soluções de descanso e inovação.

    A confiança e apoio dos portugueses será continuamente o nosso foco. Muito obrigada.

    30 de Abril, 2023

    Como dormir melhor, mesmo quando está calor?

    Existe algo mais frustrante do que não conseguir adormecer quando está imenso calor lá fora? Todos nós conhecemos a aflição: a fronha da almofada quente em ambos os lados, os lençóis que parecem demasiado pesados, o não conseguirmos encontrar uma posição confortável…

    Quando as temperaturas começam a subir e nem janelas abertas, nem menos roupa de cama nos ajuda, existem mesmo assim, alguns truques que podemos utilizar.

    Mas afinal porque é que nos custa dormir com o calor?

    Sob as condições certas, a nossa temperatura corporal começa a cair cerca de uma hora antes de dormirmos e tal continua quando adormecemos. Este efeito interno de regulação de temperatura ajuda-nos a atingir um estado de sono profundo e regenerativo, extremamente importante para o nosso corpo.

    Isso faz com que quando as temperaturas lá fora sobem, assim como as do interior das casas, o nosso corpo não consiga arrefecer facilmente e auxiliar o sono, ou alternativamente fazendo com que acordemos várias vezes durante a noite.

    Os especialistas calculam que esta propensão a perda de sono devido às temperaturas continuará a ser um problema que nos afeta a todos, tendo tendência a ficar pior com as condições ambientais naturais. Idealmente, adultos deveriam dormir entre 7 e 9 horas, mas basta que o tempo atinga temperaturas acima dos 25º C para que as probabilidades de dormir menos de 7 horas por noite aumentem.

    Apesar de existirem diversos momentos da nossa vida em que nos habituamos à falta de sono (quando somos jovens e passamos noites em claro a estudar, quando temos tarefas para fazer ou alguma celebração para participar) no geral, esta privação constante que surge nos meses mais quentes provoca os piores problemas de concentração e é prejudicial para a nossa saúde física.

    Que comportamentos devemos evitar?

    De forma a adormecer mais rapidamente e a ter uma noite descansada alguns comportamentos em específicos deverão ser evitados.

    Comer a horas tardias: Além da típica sensação de enfartamento, o problema de comer perto da hora de dormir é que o nosso corpo aumenta a sua temperatura para levar a cabo a digestão. Assim, o melhor seria afastar-se de refeições tardias.

    Fazer exercício há noite: O exercício físico é essencial para a nossa saúde e bem-estar. Porém, quando feito de noite eleva a temperatura do corpo, o que torna o sono mais difícil. No caso de ser um fã de exercício escolha fazê-lo de manhã para dar um impulso no metabolismo e deixar o corpo descansar nas horas certas.

    Tirar sestas durante o dia: Apesar do tempo quente naturalmente deixar-nos muito mais cansados devido a gastarmos mais energia durante o dia, recorrer a sestas nem sempre é a melhor opção visto que estas podem perturbar o nosso sono mais tarde.

    Passar o dia com as janelas abertas: Mesmo que muitas vezes associemos janelas abertas a ar fresco no tempo quente não é bem a mesma situação. Janelas abertas sem que existam brisas ou ventos não baixarão a temperatura. Aliás, bem pelo contrário. O ideal é deixar as janelas e cortinas fechadas durante o dia para que tenha um ambiente mais fresco à noite.

    Nesse caso, como podemos dormir melhor, mesmo com calor?

    Os especialistas dão algumas dicas que o podem ajudar nestas temperaturas mais quentes. Primeiramente, e uma das escolhas mais óbvias que todos pensamos, a opção seria tomar um duche de água fria. Contudo esta alternativa tem de ser feita com cuidado, visto que um duche frio a horas tardias pode ter um efeito estimulante que nos tirará o sono. Se tal for o caso, um duche à temperatura ambiente pode ter o mesmo resultado refrescante sem perturbar os nossos horários.

    Outra dica para o ajudar a refrescar com uma opção mais prática seria colocar um pano húmido no frigorifico ou então cubos de gelo num saco, para usar no seu pescoço e pulsos. No caso de ser aquele tipo de pessoa que realmente tem muitos problemas com as temperaturas pode sempre colocar os lençóis e fronha de cama no frigorifico. Apesar de soar radical apenas 10 minutos são suficientes para ajudar.

    Na verdade, estar refrescado na hora de dormir passa já até pelo colchão que escolhemos e os materiais da cama. O ideal é optar por edredões de materiais respiráveis, tal como o Edredão Eco Comfort da Molaflex® que é feito com enchimento de fibra oca siliconada reciclada para suavidade extra. Apesar de parecer que o mais conveniente seria dormir sem roupa de cama ou pijama os especialistas discordam. A importância de roupa de cama leve é reforçada e, adicionalmente, a escolha de almofada torna-se também muito importante. Uma almofada em algodão que deixa o ar circular e mantem-se fresca, limpa e sem humidade, como a Almofada Fibra seria perfeita para as temperaturas mais quentes. Da mesma forma, também a Almofada Brasília pensada para ser ventilada e permitir a circulação de ar, sem comprometer adaptabilidade à sua anatomia, seria ideal.

    Se for impossível baixar a temperatura do quarto (com uma ventoinha ou ar condicionado) o nosso corpo tratará de o fazer interiormente, através do suor. Por isso, é importante manter sempre água junto à sua cama durante os dias de temperaturas mais quentes, pois é importante repor a água que está a perder.

    28 de Abril, 2023

    Como prevenir as alergias durante o sono?

    É natural que, a certas alturas do ano, as nossas alergias piorem bastante e se torne complicado lidar com os mesmos sintomas incómodos de sempre: congestionamento, inflamação, espirros, comichão nos olhos… Porém, algumas pessoas notam que, especialmente durante a noite e no momento de dormir, estes episódios tornam-se ainda mais acentuados. Tais sintomas podem levar a insónias e problemas de respiração durante o sono. Mas afinal porque é que tal acontece? E como podemos prevenir que as alergias nos afetem tanto durante a noite?

    O que causa as alergias?

    Existem diferentes fatores que causam alergias, em diversas pessoas. Porém, nos quartos, encontramos regularmente alguns dos inimigos mais constantes, como por exemplo ácaro nas almofadas e colchões, pó em móveis e tapetes, ou até mesmo humidade que possa existir nas paredes. É importante que esta divisão se mantenha limpa, aspirada e, se o caso for mais complexo, que aposte num bom purificador de ar.

    Qual é a razão para as alergias piorarem durante a noite?

    Apesar de sentirmos bastante as alergias quando andamos cá fora durante o dia e temos de lidar com o pólen, pó, ou outros agentes que comumente provocam alergias, a verdade é que à noite o mesmo acontece, mesmo que aparentemente não existam tantos causadores para tal. Uma das razões deve-se a que, durante a noite, nos encontramos numa posição deitada, que dificulta a passagem do ar e eliminação do muco. A gravidade é inimiga das alergias, provocando maior dificuldade em respirar, mais tosse e espirros.

    Por exemplo, nestes casos, contrário é que é geralmente recomendado, pode usar mais que uma almofada para dormir, para ter mais apoio e ficar mais alto durante a noite.

    Adicionalmente, durante o dia é habitual estar distraído e ter de se ocupar com outras tarefas. Porém, à noite, especialmente na hora de dormir, em que se encontra em calma e silêncio, pode existir uma tendência a focar-se de novo nas alergias e nos seus sintomas.

    O que pode fazer para evitar ou melhorar as suas alergias noturnas?

    Mantenha uma boa circulação do ar

    É muito importante manter o quarto bem ventilado e com uma circulação de ar saudável. Se abrir uma janela não for a solução correta, devido a alergénicos entrarem no seu espaço, então é essencial apostar em purificadores de ar ou desumidificadores para combater a humidade e bolor.

    Preserve a limpeza

    A limpeza do quarto é extremamente importante no que diz respeito a alergias: limpar o pó, mudar lençóis semanalmente, aspirar… Porém, também é fundamental lembrarmo-nos da nossa própria higiene. Quando chegar a casa, ou antes de dormir, tome um bom duche para se livrar de qualquer pólen ou resíduos que possam ter ficado presos na sua pele, cabelo e roupa.

    Aposte em decoração simples

    Ser minimalista, neste caso, é a melhor solução que pode adotar. Com móveis e tapetes a acumularem pó muito facilmente o ideal é manter o quarto decorado com apenas o básico ou apostar em materiais naturais para as cortinas e outros elementos.

    Escolha um bom colchão

    O colchão é provavelmente o item mais marcante para um bom sono e, no caso de ter alergias, este torna-se ainda mais relevante. Opte por um colchão especificamente pensado para pessoas com sensibilidade a alergias, que junte conforto e adaptabilidade, a uma higiene máxima, como é o caso do colchão Care Multisense da coleção Saúde Molaflex®.

    Conserve o bom estado do seu colchão

    Além da escolha de um bom colchão opte também por cuidar dele como deveria. Isso pode implicar, dependendo do seu material, que o aspire, que use certos produtos de limpeza específicos ou que prefira protegê-lo com um Protetor de Colchão Saúde em 100% algodão orgânico com tecnologia HeiQ Viroblock, para uma proteção suave e impermeável.

    Mantenha os animais fora do quarto

    Apesar de todos adorarmos os nossos amigos de quatro patas, manter animais consigo na cama durante a noite pode não ser a melhor sugestão se for alérgico ou tiver tendência a alergias. Para estes casos, opte por fechar a porta e limpar bem o pelo dos locais onde o seu animal tradicionalmente dorme.

    Escolha roupa de cama de qualidade

    Apesar das tendências que vão e vêm relativamente a cores e materiais de cama, nada se compara a apostar em materiais naturais como o linho, algodão ou seda. Estes são os materiais que conservarão a sua saúde e ficarão, mesmo assim, muito estéticos no seu quarto.

    No que toca a almofadas seja particularmente cuidadoso a escolher (por exemplo, pessoas com alergia a latex devem evitar as que o tenham na sua composição). Tenha  ainda em atenção uma opção respirável, em viscoelástica e que se adapte ao seu sono, como a Almofada Visco Saúde ou então uma opção em fibra natural que deixe o ar circular e não permita o acumular de humidade, como a Almofada Fibra.

    23 de Abril, 2023

    Com quantas almofadas precisa de dormir?

    Existem dois tipos de pessoas: aquelas que dormem apenas com uma simples almofada e aquelas que não conseguem adormecer sem uma pequena montanha por baixo da cabeça. Mas afinal, quem está correto e com quantas almofadas precisa mesmo de dormir?

    A resposta dos especialistas é unânime: para cuidar da sua saúde deveria apenas dormir com uma única almofada. Porém, a verdade é que as pessoas acabam por colocar o seu conforto e gosto pessoal como prioridades. Mas é impossível conciliar conforto com saúde? Vamos descobrir.

    As recomendações dos especialistas

    A razão para os especialistas aconselharem apenas uma almofada na hora de descanso está ligada ao suporte oferecido por cada almofada. Apesar de muitas almofadas parecerem oferecer mais suporte, a verdade é que o pescoço fica incorretamente posicionado na hora de dormir, causando problemas com o alinhamento natural da sua coluna. Desta forma, existem dois fatores principais que deve procurar na hora de encontrar uma almofada.

    Suporte para o pescoço

    A sua coluna beneficia de um posicionamento neutro durante a noite. E mesmo que um bom colchão tenha um papel fundamental nessa tarefa, também é igualmente importante escolher a almofada correta, que lhe permita manter o pescoço numa posição que não vá provocar dores pela manhã.

    Firmeza

    Dependendo da posição em que dorme pode precisar de almofadas mais ou menos firmes. Pessoas que dormem de barriga para baixo beneficiam de almofadas muito gentis enquanto quem prefere dormir de lado ou de barriga para cima beneficiaria de uma almofada suave e firme. Os materiais são imensos, desde bloco viscoelástico  a microfibra. O importante é encontrar algo com que se sinta confortável sem perder uma boa postura.

    No fundo, toda a gente é diferente por isso pode estar neste momento a perguntar-se, exatamente, quantas almofadas deveria selecionar. Se a escolha recair numa almofada Molaflex® então apenas uma será o bastante para uma noite de sonho saudável e descansada.

    Posição de Sono

    Como este é um dos fatores que mais influencia a escolha de almofadas deve prestar atenção à posição em que mais comumente dorme. Contudo, tenha em atenção que os especialistas alertam para os perigos de dormir numa posição de barriga para baixo, sendo mais recomendado que se habitue a estar de lado ou barriga para cima. Para uma posição correta existem diferentes opções.

    Firmeza Média Baixa

    As almofadas de firmeza média baixa são perfeitas para uma sensação de cabeça a afundar-se nas nuvens que o vai fazer contar as horas para adormecer todas as noites. O ideal seria adotar uma almofada com efeito pluma, extremamente suave e com enchimento de penas.

    Firmeza Média

    Para as pessoas que dormem de barriga para cima e necessitam de mais firmeza o ideal é escolher uma única almofada que lhe dê o suporte preciso. O material pode variar conforme a sua preferência: com efeito pluma e toque gel ou com poliéster de fibra oca siliconada, o importante é que adormeça e acorde totalmente descansado.

    Firmeza Média Alta

    Se prefere uma almofada um pouco mais firme pode optar por uma firmeza média alta indicada para posições de sono de barriga para cima, de lado ou para aquelas pessoas que alternam entre ambas durante a noite.

    Firmeza Alta

    Uma almofada de firmeza alta elimina a necessidade de empilhar várias almofadas debaixo da sua cabeça. Estas são as mais aconselhadas a quem quer dormir de lado, para conservar a posição neutra da coluna e obter o suporte perfeito do pescoço e nuca.

    Ou seja, no final não é realmente a quantidade de almofadas que importa, mas sim a sua qualidade e adaptabilidade ao seu sono. Uma almofada é boa, duas já são demais.

    20 de Abril, 2023

    Como é o seu sono, de acordo com o seu signo

    Os astros guiam os nossos dias e, principalmente, as nossas noites. Dormir em paz e harmonia com o universo é fundamental para recarregarmos as nossas energias para o dia que se segue. E, apesar do sono ser essencial, nem sempre é fácil deslizarmos confortavelmente para esse universo de bem-estar. Num mundo que constantemente exige mais, tire alguma atenção para si e para a sua tranquilidade, de acordo com os seus astros.

    Carneiro

    Como um signo de fogo, que adora a luz do dia e projetos ambiciosos e apaixonantes, acalmar e relaxar ao fim de um dia pode trazer alguns desafios. O ritmo de vida que leva pede-lhe que descanse bastante e pode sentir que precisa de tirar várias sestas durante o dia, para recuperar a energia que perdeu.

    Recomendação: É importante que controle o tempo das suas sestas visto que estas podem prejudicar o seu sono à noite. Adicionalmente, de forma a garantir um sono contínuo, escolha um colchão que reduza os pontos de pressão e evite interrupções do sono durante a noite, como o colchão Argo.

    Touro

    Este signo necessita e desfruta imenso dos seus instantes de conforto. O Touro adora descontrair e ter bons momentos enquanto continua a ser um dos signos mais confiáveis no zodíaco. Como um signo de terra, um sono seguro é a base essencial para o Touro assegurar um bom dia. Quando cumpre a sua necessidade de conforto total o Touro cresce e floresce.

    Recomendação: Com uma necessidade tão fundamental de um bom suporte para a alma e para o corpo é obrigatório verificar a condição do seu colchão, que deve ser trocado periodicamente para garantir um sono de qualidade. Escolha um colchão como o colchão Orion, onde encontra uma resistência superior e um bom suporte para a sua postura, tão confiável como o seu signo.

    Gémeos

    Mesmo o mais comunicativo de nós precisa de um momento de descanso total, longe de distrações. Os Gémeos adoram passar o tempo livre a ler ou ver um filme e o sono muitas vezes acaba esquecido. Como são pessoas que apreciam estar com os outros é normal que durmam acompanhados – pelo parceiro ou pelo animal de estimação.

    Recomendação: De forma a partilhar o seu colchão e mesmo assim dormir em conforto total escolha uma opção como o colchão Moon, que oferece zonas de descanso independentes e leve a sua consciência até ao mundo dos sonhos.

    Caranguejo

    Sempre apaixonados por uma boa conversa os Caranguejos têm tendência a continuarem assim durante a noite, com um sono que pode ser extremamente inquieto e barulhento. As suas preocupações do dia levam-nos a terem um sono onde podem ressonar ou falar.

    Recomendação: Como signo de água um método ideal para se acalmar seria um banho e imersão relaxante. Escolha tomá-lo com sais ou espuma e deixe-se levar numa onda de calma. De seguida, escolha adormecer num colchão Mira, com uma adaptabilidade que lhe permitirá aprimorar as suas vibrações lunares e ficar em paz com o universo.

    Leão

    Os Leões dominam o dia com as suas características aventureiras e criativas. Durante a noite aproveitam todos os segundos de sono como os mais preciosos e não dispensam do famoso “sono de beleza”. Têm tendência a ter sonhos tão vibrantes e vividos como os seus dias.

    Recomendações:  Acalme depois de um dia cheio de energia, afastando-se de influências do exterior. Por exemplo, é importante que desligue o seu telemóvel meia hora antes de dormir e aposte antes num livro, visto que a luz dos ecrãs o pode prejudicar.  O colchão Argo, com viscoelástica, é também a escolha ideal para lhe dar um descanso digno de um rei.

    Virgem

    Amante da organização e de observar todos os detalhes, é essencial garantir que na hora de dormir se deixa embalar por uma energia mais livre e espontânea. Antes de dormirem os Virgens adoram verificar se as luzes da casa ficaram apagadas, se não existem janelas abertas, se tudo está pronto… Tanto cuidado com detalhes pode contudo transformar-se em ansiedade.

    Recomendação: Como este signo está muito atento ao seu ambiente é essencial que o seu quarto esteja já pensado para conforto máximo, muito antes da hora de dormir. Ter o quarto decorado em tons relaxantes, com um bom e suave aroma, aliado a um colchão que proporcione um sono livre de substâncias nocivas para o corpo e planeta, como o Hydra.

    Balança

    Como em todos os momentos da sua vida, um Balança procura sempre um equilíbrio, até nas horas de descanso. O sono deste signo reflete as suas características. Não dormem demais ou de menos, não têm um sono excelente, mas também não dormem mal. Para Balança o problema está em unir o corpo e mente e as diferentes partes de si.

    Recomendações: Um sono balançado é tudo o que precisa. Explore um colchão com zonas independentes de descanso e suavidade total, como o colchão Moon, mantenha um calendário lunar para regular o seu sono e coloque aromas suaves na sua almofada antes de adormecer.

    Escorpião

    Sendo um signo altamente sensível e intuitivo, é normal que as suas energias não acalmem automaticamente quando se deita à noite. Com imensas ideias a levitarem é comum que o seu sono seja irrequieto e com tendência a muita energia e sonhos.

    Recomendações: Meditar antes de ir para a cama e manter a sua espiritualidade aberta ajuda-o. Treine a sua respiração e ganhe consciência do ritmo do seu próprio corpo. Pode fazer esta meditação sentado ou deitado num colchão adaptável e fresco, para um despertar inspirado e radiante, tal como o colchão Mira.

    Sagitário

    De espírito aventureiro e com enorme vontade de viajar, o Sagitário é talvez o pior signo do zodíaco a manter bons horários de sonos e padrões de descanso. Este signo não precisa de dormir muito para se sentir bem. Porém, tal como todos nós, as horas de sono em que repousa necessitam de ser totalmente repousadas, para no dia a seguir estar pronto para mais uma aventura.

    Recomendações: Como os sagitarianos têm tendência a não possuir padrões de sono, é importante apostar numa rotina constante, com horas de sono mais rígidas para deitar e acordar, de forma a construir um hábito saudável. Como amantes do planeta um colchão Hydra, livre de substâncias nocivas para o corpo e para o ambiente, é a escolha de repouso ideal.

    Capricórnio

    O Capricórnio é o signo que leva tudo a sério, inclusive o sono. É uma pessoa que trabalha imenso e beneficiaria de mais tempo para passar com amigos, divertir-se e principalmente descansar mais e com mais qualidade.

    Recomendações: Antes de adormecer tente alguns exercícios específicos, concentrados na sua respiração. O ideal seria fazê-lo deitado na sua cama, num colchão Orion, que cuida especialmente de si com um acolchoado Eco-Hipoalergénico. De manhã, antes de saltar automaticamente para o telemóvel para ver as suas notificações, leia um pouco ou faça uma lista de razões para estar agradecido. O objetivo é abrandar e desfrutar dos seus momentos de repouso.

    Aquário

    Sendo um dos signos do zodíaco mais atentos, os aquarianos caracterizam-se pelos pensamentos muito acelerados que podem prejudicar o sono. É normal deitarem-se e ficarem a pensar no dia ou no dia que se seguirá. Preocupados com tudo, até na hora de deitar, é importante que tenham mais consideração pelos seus horários.

    Recomendações: Injete uma nova energia no seu mundo com um pouco de yoga. Até simples alongamentos podem ajudá-lo com o seu coração, corpo e espírito. Expanda a sua mente a um nível mais profundo e durma confortavelmente num colchão Moon que acompanha a sua necessidade de adaptabilidade suprema.

    Peixes

    Dormir imenso faz parte da natureza de Peixes, sendo que o descanso fortalece o seu inconsciente e ligação ao universo. É a dormir que este signo revigora a alma para os desafios do dia-a-dia, sendo fundamental fazê-lo corretamente durante a noite.

    Recomendação: Comece um ritual noturno para se preparar para uma boa noite de sono. Para isso, desligue todos os seus dispositivos eletrónicos pelo menos 30 minutos antes de dormir. Escolha uma almofada adequada à sua posição de sono e um colchão Mira, que garante um sono saudável e fresco, com as suas fibras hipoalergénicas e adaptabilidade máxima.

    16 de Abril, 2023

    Colchão SEAQUAL MULTI: A melhor forma de dormir de consciência tranquila

    Com o passar do tempo a tecnologia desenvolve-se, novas formas e estilos de vida surgem e o ser humano vai evoluindo assim como tudo o que o rodeia. Mas, mesmo com esta metamorfose constante, há algo que continua exatamente igual desde os primórdios da vida. A água ainda é o bem mais precioso que qualquer ser vivo pode ter, fazendo deste um dos recursos essenciais à vida e com o qual ainda temos o privilégio de usufruir em abundância.

    E para celebrar da melhor forma a importância deste valioso recurso, nada melhor do que lhe apresentarmos o nosso colchão SEAQUAL. Pensado totalmente na prevenção ambiental e na sua saúde, construímos o SEAQUAL MULTI com recurso a materiais reciclados diretamente retirados do oceano, de forma a prevenir a sua degradação e proteger centenas de milhares de espécies marinhas.

    O SEAQUAL MULTI apresenta-se como o primeiro colchão do mercado a ser feito a partir de materiais reciclados e já conquistou o Prémio 5 Estrelas por dois anos consecutivos (2022/2023). No seu processo de fabrico, equipas especializadas recolhem os plásticos do mar que são transformados em fibras sustentáveis de máxima qualidade, 100% recicladas e que posteriormente são utilizadas na produção do colchão que além de sustentável, oferece o melhor desempenho em termos de resistência, durabilidade e respirabilidade graças à sua Mola Contínua Multielastic® exclusiva Molaflex®. Com este novo modelo, tanto o seu descanso como o ambiente ficam a ganhar.

    13 de Abril, 2023

    Horário de verão: as implicações de dormir menos uma hora

    Anualmente o mês de março presenteia-nos com a célebre mudança de horário, onde os dias mais curtos hibernam e a presença do sol nos abraça ao longo dos próximos meses.

    Embora esta mudança seja do agrado de uma vasta parte da população – não fosse Portugal um país à beira-mar plantado – uma outra sofre com algumas perturbações devido a esta alteração horária. O relógio é adiantado uma hora relativamente ao horário padrão e nessa noite todos perdemos uma hora de sono.

    À primeira vista esta pequena variação não faz prever consequências graves, mas tem sido registada a ocorrência de alguns problemas de saúde neste período de transição, sobretudo em março.

    De forma a combater as contrariedades causadas pela mudança de hora, disponibilizamos-lhe uma lista com 5 dicas para que se possa prevenir destes possíveis efeitos.

    Passeie durante o dia

    Sendo a luz natural essencial para o bom funcionamento do nosso corpo, é aconselhável dar longos passeios, praticar desporto ao ar livre ou fazer qualquer outra atividade que implique estar em contacto com o sol. Desta forma, o nosso corpo será capaz de amenizar a sensação de cansaço. Além disso, inibe a produção de melatonina, a hormona simpática e responsável por nos dar aquela sensação (muitas vezes boa) de sonolência, mas que durante a tarde, pode não ser muito útil.

    Evite tomar café antes de se deitar

    Se tomar café poucas horas antes de se deitar, o ciclo de sono pode ser interrompido e a qualidade do mesmo acaba por ser sacrificada. Trata-se de um adepto de cafeína? Então, é aconselhável que a ingira durante o período da manhã ou tarde, de forma a preservar futuras noites tranquilas.

    Aproveite os benefícios das sestas

    Caso se sinta num ciclo constante de cansaço, aproveite para tirar partido de sestas periódicas. Este é um método que pode resultar e atuar de forma positiva no seu corpo, mas é preciso ter em conta que estas devem ser controladas e nunca excederem um período superior a 30 minutos. Mas atenção, as pessoas que sofrem de insónias não devem criar este hábito.

    Deitar cedo e cedo erguer

    Já diz o ditado que se tiver uma rotina de sono consistente o seu corpo só vai ter a agradecer. Além disso, manter um horário de descanso fixo (incluindo o fim de semana), pode ser essencial para evitar que a mudança de horário o afete.

    Todos estes hábitos são essenciais para uma melhor prática do sono, mas também é essencial que o colchão se adeque às suas necessidades. Pode consultar o nosso catálogo e encontrar a solução ideal.

    8 de Abril, 2023

    Regresso da primavera: Saiba como reinventar a decoração do seu quarto

    A chegada dos dias mais longos, acompanhados quase em permanência por um sol radiante que só o território português conhece, traz consigo várias oportunidades de renovação espiritual, e claro, de estilo.

    Esta é a altura ideal para começar a esboçar novas formas de dar vida ao seu quarto, transformando-o num espaço mais alegre e colorido, ou até minimalista. Fique com 5 orientações que prometem fazer a diferença e inveja a muitos amigos, mas da saudável, claro.

    O azul não se fica pelo céu:

    As decorações pinceladas de azul são uma das mais badaladas da primavera. Além de carregarem em si a continuidade cromática do céu que nos espreita lá de fora, têm a capacidade quase mágica de tornar um quarto de pequenas dimensões, ligeiramente mais amplo. E sabendo que ter espaço nos dias de hoje é um tanto complicado, além de adornar o espaço, pode aceder ao nosso catálogo de Sommieres que apresenta uma larga variedade de soluções práticas e cheias de estilo.

    Cinza-pálido para os mais discretos:

    Para vários especialistas, os tons mais neutros são o patinho feio do panorama atual da moda. No entanto, as várias nuances de cinzento estão cá para discordar e dizem-se capazes de se adequar de forma camaleónica aos vários tipos de decoração, e sim, mesmo a primavera está incluída nesse lote. Para a designer de interiores norte-americana Margaret Ash, esta palete de cores traz uma expansão diferenciada ao espaço, ao mesmo tempo que entrega uma sensação de paz.

    Hora de trocar de lençóis e edredões:

    Muitas vezes, as respostas para questões que parecem complicadas estão mesmo debaixo do nosso nariz. Com a simples mudança dos lençóis ou edredões, a vida que paira no nosso quarto pode tornar-se substancialmente maior e mais agradável. Quem nunca viu os seus pais ou tios a fazer esta mudança de forma quase religiosa a cada troca de estação?

    Uma dica de poupança de espaço em sua casa é usar um sommier, assim consegue organizar o espaço debaixo da sua cama e guardar lá os complementos das estações passadas.

    Porque não trazer a natureza para dentro de casa?

    Com a vinda da primavera estão implícitas as árvores robustas de folhas, o cantarolar dos pássaros e, infelizmente, o regresso das alergias. Mas isso não interessa quando de uma forma bastante simples é possível decorar o quarto e outras áreas da casa com um simples vaso de flores. Além de um ar fresh e totalmente renovado, estar na presença de natureza é sinónimo de boa energia.

    Deixe a luz entrar:

    Numa época em que a luz elétrica está a preços elevadíssimos e a natural, por sua vez, é tao abundante, o melhor é mesmo maximizar as entradas de luz solar que tenha disponíveis em casa. Além de mais barato, traz mais qualidade de vida.

    5 de Abril, 2023

    Acordou a meio da noite e não consegue voltar a dormir? Conheça as razões e as possíveis soluções

    Acordar a meio da noite pode ser algo recorrente e na maioria dos casos é com relativa facilidade que se consegue voltar a adormecer. No entanto, as circunstâncias nem sempre são lineares e por vezes o sono demora horas a voltar a aparecer.

    Seja porque acordou com um pesadelo, barulhos externos ou simplesmente para ir à casa de banho, conheça algumas das formas de evitar passar uma noite em branco e consiga ter um dia mais produtivo.

    Esqueça o relógio:

    Normalmente quando não se consegue dormir o relógio torna-se uma presença assídua na vida da pessoa. Porém, o hábito constante de estar a ver as horas acaba por tornar a noite ainda mais stressante, e com isso, manifestações de ansiedade tornam-se naturais.

    Faça atividades relaxantes:

    Substituir o telemóvel ou a televisão por atividades como a leitura ou a escrita quando não se consegue adormecer pode parecer algo terrível, mas é extremamente eficaz em melhorar o sono.

    Deixe os pensamentos para amanhã:

    Nem todos os dias correm como é esperado e levar os problemas para a almofada só vai piorar a situação. Se sentir que os pensamentos negativos lhe podem estar a atraiçoar o sono, tenha em conta a possibilidade de ser a parte reativa e emocional do cérebro a funcionar, deixando a racional em segundo plano. Quando é feito um relaxamento adequado, o corpo recupera energias de forma muito mais fácil e eficaz.

    Manter rotinas saudáveis:

    A prática de exercício físico, uma alimentação saudável e rigorosa assim como disciplina na hora de dormir, são fundamentais para uma melhor regulação hormonal e consequente melhor qualidade do sono. Assim como uma rotina regrada no que diz respeito ao seu repouso, é essencial entender a posição corporal que adota quando está a dormir. Na Molaflex tem disponível uma vasta gama de almofadas que o pode ajudar a relaxar da forma mais adequada.

    Levante-se e aproveite para fazer outras atividades:

    Se insistir em adormecer não estiver a resultar, aproveite para se levantar da cama e fazer alguma atividade que tenha deixado pendente ou simplesmente para beber um chá. O facto de não conseguir adormecer pode influenciar a sua perceção relativamente ao espaço. Mais tarde, quando o sono voltar, é a altura perfeita para aproveitar e repor energias.

    24 de Março, 2023

    Ler antes de dormir: porquê adotar já este hábito?

    Cenário: chega a hora de dormir e liga o despertador no telemóvel. E, já que está de smartphone na mão, o melhor é ver se não escapou nenhuma notificação. Quando dá por si, ficou a fazer scroll nas redes sociais, minutos e minutos seguidos. Tudo, enquanto a luz azul do ecrã inibia a hormona do sono. Segue-se uma natural dificuldade para adormecer e, muito possivelmente, uma noite de sono não relaxada.

    Agora imagine que, assim que ativava o despertador, trocava o gadget por um livro. Em apenas seis minutos, o seu stress reduzia em 68%, abrandava o ritmo cardíaco e o corpo preparava-se para adormecer muito mais facilmente. Pelo menos é o que indicam investigadores da Universidade de Sussex. E as vantagens de ler antes de dormir não ficam por aqui.

    Ajuda a criar e a manter boas rotinas de sono

    Os especialistas do sono defendem que o segredo para uma noite reparadora é deitar e levantar todos os dias à mesma hora. Portanto, se abrir um livro todas as noites no mesmo horário, o seu corpo associa aquele momento a um passo que antecede o relaxamento.

    Dito por outras palavras, se criar o hábito de ler antes de dormir, está a dar sinal ao cérebro de que são horas de descansar.

    Como consequência, até pode já nem acompanhar bem o que está a ler na última página. Mas o que perde da história ganha em qualidade de sono.

    Traz bem-estar mental e físico

    Desde que não escolha thrillers intensos, livros de terror nem outras histórias que mexam consigo de uma forma negativa, ler antes de dormir contribui para diminuir o stress e controlar a ansiedade. Além disso, ao criarmos empatia com uma personagem, os livros têm a capacidade de atenuar eventuais sentimentos de solidão.

    Por último, está provado que essa rotina tem efeitos surpreendentes no mood de pessoas com dor crónica: na Universidade de Liverpool, testaram-se clubes de leitura como uma intervenção para esses pacientes e, dois dias depois, ainda era reportada uma melhoria no seu bem-estar.

    Faz ginástica cerebral

    Lembra-se quando, na noite antes de um teste, o aconselhavam a ir para a cama mais cedo, com a promessa de memorizar a matéria durante o sono? O princípio mantém-se: quando lê antes de ir dormir e aprende palavras novas, esse vocabulário tende a fixar-se melhor na sua memória.

    Ler antes de dormir significa, ainda, distanciar-se dos problemas reais e entrar no mundo da imaginação, o que estimula a criatividade e estabelece novas conexões neurológicas.

    Em resumo, se ainda não tem o hábito de ler antes de dormir, está na hora de experimentar. O facto de uma boa leitura ser capaz de o distrair da rotina stressante não é coisa pouca: é, antes, fundamental para o ajudar a descansar bem e acordar melhor. Pense nisso e leve para a sua vida todos os benefícios que lhe apresentámos aqui.

    17 de Março, 2023

    Dia Mundial do Sono: como dormir em harmonia com o universo

    Há 14 mil milhões de anos, o Big Bang despertou toda a energia do universo. Tantas voltas ao sol depois, se aprendemos algo, é que a nossa forma de estar na vida depende do modo como canalizamos a energia que flui. De facto, é certo e sabido que, a cada segundo que passa, as forças do universo nos envolvem, dando oxigénio às nossas células e acordando novas ideias.

    Ora, saber aproveitar cada uma dessas oportunidades energéticas é central para nos sentirmos bem. E, no círculo vicioso a que somos levados nesta dinâmica, dormir convenientemente é imprescindível. Ou seja, apenas com um sono relaxado e revigorante, conseguimos passar o dia despertos para cada nova oportunidade.

    No caso da Molaflex®, estes fluxos de energia originaram, recentemente, uma gama de colchões que promete um descanso superior. A Astral Collection cuida, assim, do seu sono e da respetiva reposição de energia durante a noite. Tudo para que, durante o dia, a vida flua com alto-astral.

    Por isso, no Dia Mundial do Sono, o nosso destaque não podia ser outro. Hoje, os astros alinharam-se para que conheça, em detalhe, a nova gama Astral Collection.

    Moon: suavidade em todas as fases do sono

    De firmeza alta, este colchão destaca-se pela sua capacidade de adaptação às formas corporais. Aliando a Mola Ensacada Pocket Spring ao Acolchoado ViscoFiber, o Moon oferece zonas de descanso independentes e uma adaptabilidade tão milimétrica quanto astronomicamente suave.

    Argo: para um descanso de outra galáxia

    Além da boa circulação de ar oferecida, o enchimento viscoelástico junta-se à espuma de alta densidade, de forma a reduzir os pontos de pressão e evitar interrupções durante o sono. O resultado é uma noite que o leva muito além das nuvens.

    Mira: uma brilhante sensação de conforto

    Graças ao inovador Sistema Commodo®, o Mira é sinónimo de respirabilidade, sem esquecer as fibras hipoalergénicas que garantem um sono saudável. Tudo, para um despertar radiante e na temperatura certa.

    Orion: o novo universo da durabilidade

    A maior respirabilidade, frescura e firmeza possíveis. Com um sistema de molas encapsuladas e tecido stretch de alta qualidade, este colchão oferece máxima resistência. São anos e anos a proteger a sua postura e a cuidar da sua paz interior.

    Hydra: uma espiral de boas energias

    De adaptabilidade q.b. e grande firmeza. O Bloco HC Plus+ garante um sono livre de substâncias nocivas para o corpo humano e para o planeta. Já o acolchoado Fibersoft dá o toque final, num movimento de conforto revigorante.

    Novidades somadas, são 5 novos colchões, com a qualidade superior da marca n.º 1 dos portugueses e prontos para levá-lo a dormir em harmonia com o universo.

    E, se aproveitar agora esta oportunidade dos astros, ainda poupa 50% com o preço especial de lançamento. Não deixe escapar e celebre o Dia Mundial do Sono com o alinhamento certo de energias.

    13 de Março, 2023

    Como dormir bem e acordar com energia? As dicas mais simples dos especialistas.

    E aquele colega do trabalho que, às 9h, já foi ao ginásio, passeou o cão, preparou o almoço e passou três camisas a ferro? Parece-lhe sempre humanamente impossível, não é? A realidade custa ainda mais a entranhar, se o seu cronotipo for noturno. Sim, é que a genética tem mesmo algo a dizer sobre os seus picos de cansaço e de energia ao longo do dia. Por isso, existem pessoas que “funcionam melhor de manhã”, outras que “funcionam melhor depois do meio-dia” e outras, ainda, que só conseguem estudar, trabalhar ou ter as melhores ideias à luz da lua.

    Mas, cronotipos à parte, há algumas estratégias que pode experimentar para tentar ter mais energia de manhã e dormir melhor à noite. Vamos a isso?

    Minimize as preocupações: adiante tarefas

    Para quem gosta de papas de aveia, panquecas ou ovos mexidos, é muito fácil deixar o pequeno-almoço pronto na noite anterior. E, se preferir leite com cereais ou pão, sempre pode deixar esses alimentos o mais preparados possíveis (com as porções já divididas, por exemplo). Desta forma, pela manhã, não acorda com o stress de pensar se ainda tem tempo de fazer um bom pequeno-almoço.

    O mesmo se aplica ao almoço: se puder deixá-lo preparado na noite anterior, tanto melhor. Assim, reduz as tarefas matinais e começa o dia mais relaxado.

    Além disso, deixar a roupa do dia seguinte já escolhida e à vista é meio caminho andado para não desperdiçar, com indecisões, preciosos minutos matinais. Experimente.

    Abra caminho para a energia matinal, ainda na noite anterior

    Sem uma boa noite de sono, é muito difícil ter uma boa manhã. Por isso, se possível, vá para a cama sempre à mesma hora, contando que, até aos 60 anos, o ideal é dormir sete ou mais horas seguidas.

    Tenha também em conta que o seu espaço de sono deve estar livre da entrada de luz, nem que para isso seja necessário colocar um blackout na janela.

    Por último, gadgets ligados com luz azul (smartphone, computador, tablet, televisão) estão proibidos no quarto, assim como beber cafeína ou praticar exercício perto da hora de dormir.

    O que é que estes elementos têm em comum? Todos eles despertam o corpo, em vez de o ajudarem a relaxar.

    Beba um copo de água assim que acordar

    Durante a respiração profunda do sono e devido à transpiração noturna, perdemos alguma quantidade de água. Ora, para se sentir com energia, é muito importante estar hidratado. Portanto, beber um copo de água assim que acorda vai ajudá-lo a ficar alerta.

    Como se esta vantagem não bastasse, a pequena ação traz consigo outros grandes benefícios: fortalece o sistema imunitário, ajuda a eliminar toxinas, ajuda a prevenir problemas nos rins e acelera o metabolismo (sobretudo se for fria, o corpo vai gastar energia a tentar recuperar a temperatura normal).

    Faça exercício pela manhã

    Fazer exercício pela manhã é benéfico, desde que isso não implique dormir menos do que o necessário.

    Mesmo quando moderado, o exercício físico desperta o corpo e a mente, auxiliando o estado de alerta e a concentração. E, se o incluir na sua rotina pela manhã, o corpo vai habituar-se à prática, aprender que há uma hora de desgaste intenso de energia e, como consequência, estimulá-lo a saltar da cama.

    Não gosta de ginásios? Siga aulas do YouTube, caminhe, faça ioga ou alongamentos. O importante é que seja algo que lhe dê prazer, para que seja mais simples manter a consistência.

    Apanhe luz do sol

    O hábito tem 50 vezes mais eficácia se o contacto for direto e não através da janela. Ver a luz do sol, cerca de 30 a 60 minutos depois de acordar, aumenta os níveis de cortisol, epinefrina e dopamina, a um ponto saudável e essencial para o bom humor.

    Quer juntar o útil ao agradável? Faça com que o seu exercício matinal seja uma caminhada ao ar livre e, assim, segue dois conselhos de uma só vez.

    Dica extra

    Encontre uma motivação lúdica para sair da cama: com o tempo bem organizado, ainda dá para ler, jogar, ver notícias, assistir a um episódio da sua série favorita ou participar num passatempo dos programas de rádio. Assim, sente que já está a aproveitar o dia, ainda antes de começar a trabalhar.

    10 de Março, 2023

    Sonhos vívidos: porque é que nos lembramos tão bem de alguns sonhos?

    Sonhamos todas as noites. Não acredita nisto porque nunca se lembra dos seus sonhos? Mas é mesmo verdade. Tal como é verdade ser normal tanto lembrar-se, como nunca se lembrar daquilo que sonha. Como é, então, feita a seleção entre o que é esquecido e o que é recordado?

    Há certos sonhos que nos impressionam pela intensidade das imagens ou pelas emoções associadas. E, tal como na nossa vida diária, os momentos que mais mexem connosco têm propensão a ficar gravados na memória.

    Esses sonhos de que nos recordamos claramente são, então, chamados “sonhos vívidos” e conseguimos, até, descrevê-los ao pormenor, horas depois de acordarmos. O mais curioso é que, apesar de ainda não conhecermos decididamente as razões pelas quais sonhamos, a ciência explica a existência deste tipo específico de sonhos.

    Normalmente, os sonhos vívidos são um efeito colateral da toma de medicamentos cardiovasculares ou antidepressivos. Stress pós-traumático e dificuldade em recuperar o sono devido ao consumo excessivo de álcool também estão entre as causas principais.

    Ter constantemente sonhos vívidos pode, assim, ser causa e consequência de mal-estar, já que os sonhos reais conseguem perturbar o sono, dificultando um despertar revigorado.

    Mas como é que as imagens desses sonhos nos enganam tão bem, ao ponto de acreditarmos que são reais?

    Os sonhos vívidos tendem a acontecer na fase REM do sono. Ora, esta fase caracteriza-se por ondas cerebrais e batimentos cardíacos próximos aos da vigília. A amígdala e o hipocampo – que controlam a memória e as emoções – estão mesmo mais ativos neste período do sono. E isso faz com que as emoções vividas pareçam tanto reais quanto são memoráveis.

    Como evitar que os sonhos vívidos perturbem o seu sono?

    Fazer um relaxamento guiado antes de dormir é uma boa opção.

    Se acordar de um pesadelo e tiver dificuldade em adormecer, tente fixar os objetos à sua volta e tome consciência de que está num lugar seguro e verdadeiramente real.

    Contudo, nenhum destes conselhos dispensa o parecer de um especialista. Caso os sonhos vívidos estejam a afetar a sua vida, fale com o seu médico.

    28 de Fevereiro, 2023

    Firme ou fofa. Qual é o melhor tipo de almofada para si?

    Em poucas palavras, a melhor almofada para si é aquela com que se sente bem. O truque está em saber que o facto de se sentir bem depende das suas preferências pessoais, de eventuais problemas de saúde (como alergias) e da posição em que dorme. Mas, hoje, centramo-nos apenas neste último ponto.

    Quais são, então, os prós e contras de almofadas firmes e fofas? E qual é a firmeza mais adequada para cada posição de sono? Fique connosco para descobrir.

    Prós e contras das almofadas mais firmes

    As almofadas mais firmes são aquelas que não cedem quando as pressiona com a mão. Como vantagens, oferecem um suporte mais consistente e estável, melhorando o alinhamento da coluna vertebral e, ainda, prevenindo a rigidez do pescoço e ombros. No entanto, não são indicadas para aliviar a pressão e não permitem que se mova muito durante o sono.

    Prós e contras das almofadas mais fofas

    A principal característica destas almofadas é serem moldáveis. O facto de se adaptarem facilmente ao formato da cabeça e pescoço pode ser uma grande vantagem para quem gosta de sentir esse aconchego. No entanto, este tipo de almofadas tende a perder a forma e a ficar irregular com o passar do tempo.

    As almofadas firmes são para quem…

    Dorme de lado. Dessa forma, a nuca fica bem apoiada e evitam-se desníveis entre a cabeça e o pescoço, que podem tornar-se dolorosos.

    As almofadas fofas são para quem…

    Dorme de costas ou de barriga para baixo. Estas pessoas não precisam de apoio para o pescoço, mas sim algo fino sob o rosto que lhes garanta um bom alinhamento.

    E para quem varia muito de posição durante o sono?

    Para essas pessoas, existem almofadas de firmeza média, que se adaptam mais facilmente às mudanças de posição.

    Por último, sabia que dormir de bruços está entre as principais razões para a dor crónica no pescoço? Aprender a dormir de lado ou de costas é o ideal para contornar o problema. E, para o ajudar a criar esse hábito, pode contar com uma almofada de firmeza média.

    Afinal de contas, um sono reparador também passa pela almofada mais adequada. Qual é a sua? Descubra-a no site da Molaflex.

    25 de Fevereiro, 2023

    Porque é que dormir ajuda quando estamos doentes?

    Já todos passámos por lá: estamos doentes, falta-nos energia e só queremos dormir, dormir, dormir. Depois, a dada altura, o corpo desperta-nos automaticamente e parece que o sono se esgotou. Tudo isto pode ser resumido na frase “o seu corpo sabe o que faz”. Mas o que é que acontece, então, enquanto dormimos doentes? Basicamente o sono funciona como um remédio para o sistema imunológico e esta é a forma como tudo se processa:

    Descanso, precisa-se

    O tempo em que estamos a dormir é a única altura do dia em que o corpo repousa verdadeiramente, até recuperarmos energia. Assim, quando estamos doentes e dormimos, o corpo encontra ali uma oportunidade para se concentrar em combater a febre ou restabelecer-se do ataque de um vírus. Por isso, mesmo quando achamos que o sono foi unicamente causado por termos passado a noite em claro a tossir, a verdade é que a esse fator se soma o facto de o corpo nos estar a obrigar a desacelerar. E, para que tal aconteça, há proteínas e células a entrar em ação.

    Libertação de citocina

    Durante o sono, libertamos uma proteína chamada citocina. Ora, essa proteína ajuda a eliminar os patógenos, que são os agentes causadores das doenças. Acontece que algumas citocinas promovem sono deliberadamente, criando assim um círculo vicioso que ajuda a acelerar a recuperação. E é precisamente por isto que a falta de horas dormidas tanto pode levar a algumas doenças, como dificultar uma recuperação.

    Célula T a trabalhar

    As células T são um tipo de glóbulo branco que adere às células infetadas, destruindo-as. Na fase de sono profundo, ocorrem alterações hormonais que potenciam o envio dessas células para os gânglios linfáticos e, logo, a ligação às células infetadas é mais propensa a acontecer. Para entender totalmente esta fase do processo, importa ainda referir que os gânglios são pequenas glândulas espalhadas por todo o corpo, preparadas para combater infeções e destruir germes.

    Agora que sabe as maravilhas de que o seu corpo é capaz durante o sono, não se esqueça de seguir estas dicas para dormir bem, quando estiver doente:

    1. Alimente-se. Algumas doenças tiram-nos o apetite, mas a fome repentina pode vir a interromper o seu sono. Por isso, tente comer pelo menos um pouquinho de algo nutritivo, como vegetais, frutas, proteínas magras ou sopas.
    2. Tome vitamina D, se aconselhado pelo seu médico. Os suplementos de vitamina D promovem um sono reparador.
    3. Mantenha-se hidratado. Existe uma ligação entre fraca hidratação e ciclos de sono mais curtos. É por essa razão que, em ambientes secos, se recomenda ligar um humidificador na hora de dormir.

    Tendo tudo isto em conta, lembre-se: não deve resistir à vontade de dormir quando está doente. Esse é o sinal de que o seu corpo está dedicado a combater uma doença. Por isso, deixe-o fazer o que tem a fazer. O resultado será uma recuperação mais rápida e muito desejada.

    21 de Fevereiro, 2023

    Porque é que deve respirar pelo nariz quando dorme?

    Já lhe aconteceu dormir oito horas seguidas num bom colchão, com uma boa almofada e, ainda assim, acordar cansado, de garganta rouca e boca seca? A causa para esse desfecho pode bem ser o facto de respirar pela boca enquanto dorme. Tudo porque, apesar de o natural ser inspirarmos pelo nariz, esse movimento automático nem sempre é fácil para algumas pessoas. Descubra, neste artigo, porque é que respirar pelo nariz enquanto dorme é mesmo o mais correto e as possíveis origens de não conseguir fazê-lo.

    As funções do nariz na respiração

    Respirar pelo nariz envolve muito mais do que a entrada de ar. Os pequenos pelos filtram partículas de ar, oferecendo proteção contra insetos, por exemplo. O muco, por outro lado, retém poeiras e outras partículas mais finas. Além disso, algumas glândulas presentes no nariz humedecem o ar, enquanto um tecido que faz parte desse órgão aquece o ar inalado.

    Ora, toda esta transformação é fulcral para o normal funcionamento do sistema respiratório e, quando respiramos pela boca, passamos à frente essas etapas importantes. Por isso, dormir de boca aberta implica consequências negativas para a sua saúde.

    As consequências de respirar pela boca

    Quando dorme de boca aberta, a língua, o palato mole e os músculos do pescoço relaxam. Depois, o ar reverbera nesses espaços e começa o barulho de ressonar. Modificações na aparência da face também são comuns, já que há dentes que ficam mais à frente do que o normal, noite fora.

    Somado a estes pontos, encontramos mau hálito, aumento da pressão arterial, pouca resistência a fazer desporto, possibilidade de apneia do sono (a respiração é interrompida) e, claro, infeções respiratórias causadas pela deficiente filtração de partículas.

    Porque é que muitas pessoas respiram pela boca?

    Problemas pontuais, como gripes e constipações, ou doenças crónicas, como rinite alérgica, sinusite ou desvio do septo nasal, são algumas das razões que podem levar alguém a dormir de boca aberta.

    Língua grande e flácida, excesso de peso, dentes grandes e pólipos nasais (que são formações de tecido anormais no interior do nariz) também podem dificultar o fechamento da boca.

    Como evitar respirar pela boca enquanto dorme?

    Em caso de doença crónica, aconselhe-se com o seu otorrinolaringologista. Em certas situações, a cirurgia é mesmo necessária. Mas, de qualquer das formas, há alguns truques que pode ir seguindo no seu quotidiano:

    – Durante o dia, esteja atento à forma como respira e concentre-se para que o ar entre pelo nariz.

    – Faça desportos que trabalhem a respiração em particular (natação e ioga são bons exemplos).

    – Evite fumar e beber álcool (o tabaco obstrói o nariz e o álcool relaxa os músculos).

    – Lave o nariz com soro fisiológico 0,9%.

    – À noite, eleve a almofada ou use um modelo mais alto (posturas mais elevadas ajudam a manter os orifícios nasais mais abertos).

    Mas nunca, nunca, use aquelas fitas do sono que se tornaram um sucesso de mercado, ao taparem os lábios! Essas técnicas são prejudiciais para a saúde, podendo levar até a derrames internos em quem sofre de apneia.

    Por tudo isto, vale a pena relembrar que o fundamental é conhecer a causa que o leva a dormir de boca aberta e, para isso, pode ser preciso contactar um profissional. Os truques que indicámos acima são apenas rotinas básicas que o ajudam a ter um sono mais saudável. Não dispensam, em nenhum caso, o parecer de um especialista.

    17 de Fevereiro, 2023

    Dormir de meias no inverno. Sim ou não?

    Quanto mais pesquisar sobre este tópico na Internet, mais confuso se torna. Tanto há artigos a mostrar que a ciência provou que nunca deve dormir de meias como o contrário. Então, no que ficamos? Fácil: deixe as meias de lado se sentir muito calor; mantenha as meias calçadas se estiver confortável e o tecido for respirável. Ou seja, meias de inverno que bloqueiam o ar não são bem-vindas. Afinal de contas, a decisão de dormir ou não de meias está unicamente relacionada com a sua temperatura corporal.

    Fique connosco até ao final e perceba este fenómeno em detalhe.

    Primeiro, entenda como é que o corpo se prepara para dormir

    Longe da luz do sol, começamos a produzir mais melatonina: a hormona do sono. Do processo também fazem parte a diminuição da temperatura interna e o aumento da temperatura nas extremidades. E é precisamente este calor dos pés e das mãos, onde os vasos sanguíneos se dilatam, que vai levar a uma baixa de temperatura no resto do corpo, indicando ao cérebro que é hora de relaxar.

    Ora, as meias certas promovem esse aquecimento dos pés que é necessário, ajudando à dilatação dos vasos sanguíneos que, por sua vez, é fulcral para adormecermos.

    Dados científicos sobre dormir de meias

    Segundo a National Sleep Foundation dos Estados Unidos, dormir de meias pode fazer com que adormeça mais rápido e passe mais tempo na fase de sono profundo, sem sonhos. Ou seja, verdadeiramente descansado.

    Por outro lado, um novo estudo apresentado por Mayumi Kikuchi, especialista da Panasonic (empresa de aparelhos de ar condicionado), revela que, quando as meias bloqueiam a saída de calor, surgem problemas de insónias. Por isso, optar por perneiras e não tomar banho quente muito próximo da hora de dormir podem ser truques a seguir.

    Ainda na onda daqueles que recusam as meias, o especialista em sono Alexandre Aranda aconselha-nos a dormir com os pés fora da cama como os bebés. Na visão deste especialista, as meias devem ser tiradas até 90 minutos antes de ir para a cama.

    Mas de que tipo de meias estamos a falar e para quem é válido o conselho?

    Meias que não sejam de fibras naturais (algodão, lã de merino e caxemira) e pessoas mais calorentas podem preferir não dormir de meias. Para todas as outras, as meias não estão proibidas. Antes pelo contrário: participantes em estudos relataram acordar menos vezes durante o sono, após escolherem dormir de meias.

    Conclusão

    O uso de meias feitas de fibras naturais potencia a dilatação dos vasos sanguíneos. Se não tem problemas de circulação e se sente bem de meias calçadas, não há nada que o impeça de o fazer. A escolha de dormir de meias está, até, relacionada com melhores noites de sono. Por isso, descubra como se sente melhor e, se as meias ajudarem, falta só escolher o padrão de desenhos mais divertidos ou relaxantes para as suas noites.

    14 de Fevereiro, 2023

    O que a posição como dormem diz sobre o casal?

    Se já teve diferentes relacionamentos e fizer um exercício de memória, vai perceber que certamente a posição de sono não era a mesma em cada um deles. Por outro lado, se está ou já esteve num relacionamento longo, a conclusão mais comum é que a forma como dormem ou dormiam em casal sofreu variações com o passar dos anos. Tipicamente, a alteração inclui uma diminuição do contacto, mas o facto não é proporcional à felicidade do casal. Significa simplesmente que cada um dos membros está em busca de melhores noites de sono – o que é mais difícil ao partilhar a cama. Mas, independentemente deste facto, a forma como dorme a dois passa, isso sim, sinais de independência, intimidade ou conforto. Prepare-se, então, para descobrir o que a posição como dorme diz sobre a sua relação.

    Conchinha

    É uma das posições para dormir a dois mais faladas, mas, quando olhamos para os números, as estatísticas não comprovam a sua prática. Segundo um estudo conduzido sob a alçada da Dreams, especialista em camas e colchões, apenas 18% dos casais britânicos a elegem para as suas noites. Dormir em conchinha pode revelar, ainda assim, duas conclusões: conforto na intimidade e proteção de um parceiro relativamente ao outro.

    Cabeça no peito

    Depois de beijos apaixonados à chuva, esta é a maior visão romântica que Hollywood nos trouxe. O mesmo estudo citado no ponto anterior revela que 4% dos casais adormecem com a cabeça de um dos parceiros encostada ao peito do outro e com as pernas entrelaçadas. E, sim, Hollywood está certo: a posição remete para um amor vibrante e apaixonado.

    Pernas entrelaçadas

    Se cada um dos membros do casal está a dormir na sua posição mais confortável e um deles procura os pés do outro, quer dizer que está em busca de alguma conexão – o que pode ser muito comum depois de uma discussão. Por outro lado, se ambos estão de pernas entrelaçadas em harmonia, a posição releva estabilidade e amor. Basicamente, gostam de estar um com o outro, mas sabem que isso não significa terem de prescindir de uma boa noite de sono, causada por desconforto.

    Completamente entrelaçados

    As caras estão viradas uma para a outra e tocam-se. Os braços rodeiam o parceiro. As pernas entrelaçam-se e a ponta de um pé roça no pé do companheiro. Durante os primeiros seis meses, a posição demonstra uma paixão exacerbada, em que é impossível imaginarem-se um sem o outro. Depois desse período, talvez aponte para uma codependência nada saudável.

    Desentrelaçados com o passar da noite

    Adormecem agarrados, mas ao longo da noite cada um procura o seu espaço. É o melhor de dois mundos: intimidade e independência. Metaforicamente, mostra também o desenrolar natural da relação, sendo algo típico em casais que partilham a cama há algum tempo.

    Costas com costas, em contacto

    Apesar de adormecerem de costas voltadas um para o outro, os parceiros têm contacto toda a noite através da zona das costas. Quer isto dizer que está cada um para seu lado a sentir o peso da presença do companheiro? Nada disso. É apenas sinal de que os membros do casal estão confortáveis na presença um do outro.

    Costas com costas, sem contacto

    Os especialistas dão bons prognósticos: esta é uma posição tipicamente adotada por casais estáveis. Há independência na relação. E é uma independência baseada em confiança, o que se materializa na liberdade dada ao outro. Quem diria?!

    Um empurra o outro

    Um dos membros do casal assume uma posição tão à-vontade, que invade a maior parte da cama. Esta é uma atitude egoísta, que pode dar sinais de que há um elemento dominador e outro dominado.

    Barrigas para baixo

    Nesta posição, os companheiros protegem a parte da frente do corpo, o que se associa a sinais de ansiedade e, até, vulnerabilidade. Intimidade nem vê-la! Ou será que simplesmente já dormiam assim a solo e não querem que nada mude ao dormirem a dois?

    Então, o que é que a posição como dorme diz sobre a sua relação? Gostou da resposta ou vai ter de investir numa conversa a dois?

    Para noites descansadas em casal, recorde ainda que deve optar por colchões de molas ensacadas. Esta tecnologia oferece zonas independentes de descanso e, assim, quando um parceiro se vira durante a noite, o outro não acorda com a vibração das molas.

    Descubra os modelos de mola ensacada Molaflex e durma melhor com a sua cara-metade.

    12 de Fevereiro, 2023

    Prendas diferentes no Dia dos Namorados: 3 ideias para quem gosta de dormir bem

    É noite de São Valentim e tem um jantar romântico programado. Mas, à última hora, a sua cara-metade cancela os planos porque surgiu um imprevisto. Ficar triste é normal. Mas, se o episódio não é recorrente e fica a falar sobre o acontecimento sem parar, irado e com uma frustração que parece não ter fim, há alguma probabilidade de a sua raiva ter crescido exponencialmente devido à falta de horas dormidas. Por isso, quando dá e recebe prendas que ajudam a dormir melhor, está não só a investir na qualidade do sono, como também na saúde da sua relação. Para ajudá-lo a cumprir esse propósito, estas são as nossas sugestões de prendas para o Dia dos Namorados.

    Óleos essenciais para dormir melhor

    Oferecer um spray de óleos essenciais talvez não seja a prenda mais elegante do mundo. Mas, com criatividade, há sempre uma caixa que se pode reaproveitar, juntando-lhe algumas flores secas para dar o toque final.

    O spray deve ser depois usado para pulverizar os quatro cantos do quarto. Ou, se preferir, a sua cara-metade pode aplicá-lo num pano e pousá-lo na mesa-de-cabeceira durante a noite. Em alternativa, opte por frascos de lavanda, cuja função é depois deitar algumas gotas do óleo sobre a almofada.

    Et voilà: aqui está uma prenda que substitui os típicos perfumes e que protege características de personalidade essenciais, ao potenciar um sono reparador.

    Despertador que imita o nascer do sol

    Por um lado, é uma subtil homenagem a todas as noites que passaram a conversar até que o sol nascesse. Por outro, é uma prenda muito útil, pelo que a sua cara-metade vai perceber que não lhe está a dar um objeto só porque a data e os media assim o pedem.

    Este tipo de despertadores combina o som do alarme a uma luz que mimetiza o nascer do sol, ainda antes da hora de acordar. Ou seja, antes do alarme soar, já o relógio está a iluminar o quarto. Assim, ao abrir os olhos, a luz do sol chama pela sua cara-metade e pela energia que o escuro da noite escondeu.

    Além disso, se o seu namorado ou namorada usa o despertador do telemóvel, esta é uma excelente estratégia para ele ou ela evitar luzes azuis – que inibem da hormona do sono – imediatamente antes de dormir.

    Almofada com espuma de memória

    A sua cara-metade cumpre todas as boas práticas para dormir bem mas, ainda assim, queixa-se de acordar várias vezes durante a noite? E será que a queixa vem acompanhada por dores de pescoço? Se respondeu afirmativamente a estas questões, o próximo São Valentim está mesmo a pedir uma almofada com espuma de memória.

    Perfeita para apoiar o pescoço, adequada a diferentes tipos de pele e com tecnologia que inibe vírus, a almofada Visco Saúde da Molaflex pode muito bem vir a tornar-se numa prenda memorável.

    Ao oferecer esta prenda no Dia dos Namorados, mostra, então, que tem andado atento às frustrações da sua cara-metade e que quer ajudar a resolver o problema.

    Conclusão

    Precisamos de energia para sermos um bom namorado ou namorada e focarmo-nos nas qualidades da nossa cara-metade. E, tal como nos transformamos quando temos fome, a falta de horas dormidas também afeta o nosso bem-estar no relacionamento com os outros. Por isso, uma boa estratégia para manter a paixão acesa passa também por dormirmos bem e ajudarmos a nossa cara-metade a dormir melhor.

    Neste São Valentim, ofereça as prendas mais surpreendentes que aqui lhe deixámos. Com elas, será mais fácil ter uma relação de sonho.

    7 de Fevereiro, 2023

    Ruído rosa: o que é e como ajuda a dormir melhor

    Vamos a um exercício de imaginação. É verão e está estendido na toalha de praia. Bom, não é? Tão bom que acaba por adormecer em menos de nada. E não, o facto de ceder ao João Pestana em plena luz do dia não é totalmente explicado pelo facto de estar relaxado, de férias e sem preocupações. A verdade é que o som repetitivo das ondas do mar pode ajudá-lo a adormecer mais rapidamente e com qualidade. Tudo, porque os sons com uma frequência consistente desaceleram as suas ondas cerebrais para que durma melhor. Trata-se de um espetro sonoro a que a ciência chama “ruído rosa”.

    Ao contrário do ruído branco, que mistura frequências altas e baixas (ex.: televisão com formigueiro), o ruído rosa apresenta menos frequências altas. Por isso, soa também mais baixo do que o ruído branco.

    Onde pode encontrar o ruído rosa?

    • Pequenos segmentos do canto de pássaros;
    • Chuva a cair;
    • Vento a ressoar em folhas;
    • Ondas do mar;
    • Apps e sites gratuitos, como o My Noise, que permitem reproduzir um som antes de dormir e se desligam automaticamente, sem que tenha de voltar a olhar para o ecrã.

    Está a pensar que dorme melhor sem barulho nenhum? Também é válido. Cada um é que deve identificar o que é melhor para si na hora de adormecer. Mas, se tem tido algumas dificuldades, o ruído rosa pode ser um bom truque, já que o ajuda a entrar nas fases mais profundas do sono.

    Além disso, se a estratégia realmente funcionar para si e passar a usá-la repetidamente, o seu corpo vai associar o ruído rosa a um estado de relaxamento. E, sempre que reproduzir os sons, está a dar sinal ao seu corpo de que são horas de descansar.

    Mas, claro, o ruído rosa não é a salvação para todos os males. Deitar e acordar sempre à mesma hora, não abusar na cafeína, evitar ecrãs de luz azul no quarto e não comer perto da hora de dormir continuam a ser fundamentais para uma noite descansada.

    Por isso, o melhor mesmo é ir percebendo quais as condições mais propícias a adormecer e dormir bem. Para que não lhe escape nenhum detalhe, pode sempre contar com um diário de sono. Neste artigo, explicamos-lhe tudo sobre como criar o seu.

    4 de Fevereiro, 2023

    Colchões Vital: aproveite 50% de desconto no Produto do Ano 2023

    Chegou, inovou e venceu! Graças à sua tecnologia antibacteriana e anti-stress, a nova linha de colchões Vital foi eleita Produto do Ano 2023. E, para festejar este importante prémio com quem merece as melhores noites de descanso, agora pode ter o seu colchão Vital por metade do preço. Não perca 50% de desconto em todos os modelos e comece já a ter as noites mais relaxantes da sua vida.

    Ainda não sabe que colchão Vital escolher? Encontre o modelo mais adequado para si, através de 3 perguntas simples.

    Dorme acompanhado?

    Com zonas independentes de descanso e uma firmeza alta, o Vital Multi é ideal para dormir a dois, enquanto mantém uma postura reta durante o sono.

    Prefere colchões de espuma?

    Então, prefira dormir sobre essa tecnologia no colchão do ano 2023. O Vital Airvex foi desenhado para evitar alergias e proporcionar um descanso suave.

    Ainda acorda durante a noite por causa do som das molas ao virar-se?

    Escolha a estabilidade silenciosa do sistema de molas ensacadas Pocket Spring e durma sem pontos de pressão na pele, com a ajuda do Vital Pocket.

    Independentemente da sua escolha, vai poder contar ainda com o Tratamento Silver Pro em todos os colchões: uma inovação à base de iões de prata, aplicada ao tecido para repelir micróbios, regular a temperatura, evitar odores e favorecer a circulação.

    Agarre já todos estes benefícios no seu colchão Vital. Agora, com uma grande vantagem para o seu orçamento: são menos 50% em toda a gama. Não deixe escapar esta oportunidade.

    29 de Janeiro, 2023

    Como ter a cama perfeita em 4 passos

    Há qualquer coisa de aconchegante em deitarmo-nos sobre lençóis lavados. Até podemos estar totalmente tapados da cabeça aos pés, prontos para dormir de carapuço e meias, o que limita o contacto direto com os lençóis. E, ainda assim, o nosso cérebro sente que estamos num ambiente imaculado. É que, quando fazemos a cama de lavado, tendemos a dedicar mais tempo a esticar os lençóis e cobertores, deixando-os bem presos ao colchão.

    Para ter uma cama perfeita, essa é mesmo a dica mais básica: não descure o ato de fazer a cama. Mesmo que a deixe a arejar durante o dia, meta a roupa toda no devido lugar e bem esticadinha, antes de ir dormir.

    Contudo, na procura pelo ambiente de descanso perfeito, há mais truques para lá dos lençóis e nós estamos aqui para revelá-los a todos. Vamos a isso?

    Não se esqueça da Base

    As bases ou sommiers amortecem o peso e a pressão do corpo. Por isso, são essenciais para garantir a durabilidade do colchão, protegendo-o do natural desgaste causado pelo uso. Na Molaflex®, tem até disponíveis sommiers que oferecem uma área de arrumação debaixo da cama. Assim, ter uma boa base de colchão é também estratégico para garantir um sentido de organização no quarto – facto que ganha um novo relevo quando sabemos que quartos desarrumados desencadeiam stress.

    Use um Protetor de Colchão

    Este acessório pode tanto tapar apenas uma parte do colchão, como abraçá-lo totalmente. A grande vantagem é que os protetores evitam que ácaros, manchas ou respingos que vão diretamente para o colchão. Além disso, são muito mais fáceis de lavar do que o próprio colchão, já que podem ir à máquina de lavar. Como consequência, é simples manter aquela sensação de limpeza na hora de deitar, enquanto garante a maior durabilidade do colchão.

    Tome atenção ao tecido dos Lençóis e Edredões

    O melhor mesmo é fixar esta regra: lençóis frescos no verão, quentes no inverno e de linho nas outras estações. Por outro lado, os lençóis devem, ainda, ajustar-se ao tamanho do seu colchão. O objetivo é que não acorde com os pés de fora nem durma com as pernas mais elevadas, devido a lençóis embrulhados em camadas, numa tentativa de ter o tecido todo escondido debaixo do colchão.

    Quanto ao edredão, um bom modelo pode evitar o uso de cobertores, já que essa peça permite uma ótima regulação da temperatura. Na Molaflex®, encontra edredões com a vantagem extra de terem tecnologia anti-ácaros e, ainda, uma opção especialmente desenhada para crianças.

    Escolha a Almofada certa para si

    Depois do colchão, a almofada é, sem dúvida, o elemento mais importante na criação do melhor conforto. Das mais frescas às mais quentes, passando por opções que se moldam à nuca, há uma almofada certa para cada pessoa. Neste artigo, ajudamo-lo a escolher a sua, tendo em conta a posição em que dorme.

    Em 4, 3, 2, 1… são horas de ter a cama perfeita. Siga estes 4 passos e durma melhor.

    26 de Janeiro, 2023

    Dormir no inverno: o que muda?

    Em duas palavras, dormimos mais. Provavelmente até já tinha chegado a esta conclusão. Mas porque é que é assim? Porque é que o despertador toca e nos deixamos ficar no calor dos lençóis? Sim, é porque está frio lá fora. Certo. E também porque há menos sol. Acima de tudo, dormir no inverno é diferente do que dormir no verão por essas duas razões: temperatura e raios de luz. Vamos, então, à explicação mais detalhada e, ainda, a algumas dicas para dormir melhor no inverno.

    Mas, atenção, se estiver a fazer ronha na cama, de telemóvel na mão, leia este artigo apenas mais tarde. Nós esperamos por si. É que a luz azul do ecrã interfere com a qualidade do seu sono e não o deixa descansar bem, independentemente da altura do ano. Por outro lado, se já estiver fora da sua zona de descanso, continue connosco.

    Mudança 1: Baixa de temperatura

    Sabia que a sua temperatura corporal baixa automaticamente dois ou três graus para adormecer mais facilmente? Como no inverno o ambiente está mais frio à sua volta, também o seu corpo arrefece mais depressa e, como resultado, adormece mais rápido. Deixamos, ainda, outro dado relevante sobre este tópico: os estudos indicam que uma temperatura de 18,3 graus Celsius é a ideal para adormecer. Por isso, evite aumentar em demasia a temperatura do quarto, com recurso a aquecedores ou ar condicionado.

    Mudança 2: Menos raios solares

    Como explicámos aqui, a hormona que nos traz o sono é produzida fora das horas de luz. Assim, perante dias mais curtos e com menos sol, produzimos mais dessa hormona – a melatonina. Sem raios de sol a estimularem o nosso corpo para estar alerta, também nos custa mais fazer exercício físico e, muitas vezes, até as simples caminhadas diárias ficam postas de lado, devido ao mau tempo. A consequência é tornarmo-nos mais sedentários, o que pode refletir-se em insónias e distúrbios do sono.

    3 dicas para contornar estas mudanças e dormir melhor no inverno

    1. Mantenha-se ativo. Adivinhou esta, não foi? Mas, lá no fundo, ainda desejou que não fosse verdade… Pois é, o conselho é mesmo “faça exercício, nem que seja durante 20 minutos por dia”. Mas nunca até 4 horas antes de ir dormir.
    2. Deite-se e acorde em horários consistentes. Dizem que acordar todos os dias à mesma hora é o segredo para uma vida feliz. Uma coisa é certa: deitar-se e acordar sempre no mesmo horário promove boas noites de sono e bem-estar durante o dia.
    3. Fique atento à SAD (depressão sazonal). Há quem sofra de depressão nos meses com menos luz. Se notar dificuldades de concentração e sinais de apatia, consulte um médico ou profissional de saúde mental. Não está sozinho.

    23 de Janeiro, 2023

    SEAQUAL™ ganha prémio Cinco Estrelas pelo 2.º ano consecutivo

    Quem escolhe o colchão SEAQUAL™, escolhe proteger o seu sono e a vida do planeta. E, nesta dinâmica, todos saem a ganhar. A provar isto mesmo está o facto de que o SEAQUAL™ Multi soma mais um Prémio Cinco Estrelas, após a vitória clara que conquistou na edição anterior. Este ano, os portugueses voltaram, então, a avaliar muito mais do que positivamente este colchão, que reflete tanto a inovação como o compromisso ambiental da Molaflex®.

    A distinção é o resultado de focus group, testes cegos de experimentação em showroom e um estudo de mercado que, compilados, deram ao SEAQUAL™ 83% de satisfação junto dos consumidores. E isso é Cinco Estrelas!

    Para celebrar esta vitória, o colchão SEAQUAL™ Multi está agora disponível com 50% de desconto. Agarre esta promoção e tenha noites livres de substâncias nocivas para a pele, enquanto ajuda os oceanos a libertarem-se dos plásticos que são nocivos para a vida de todos nós. Só até 30 de abril.

    Quer saber mais sobre o SEAQUAL™?

    Este foi o primeiro colchão do mercado a ser feito a partir de materiais reciclados. Aliando o conforto à sustentabilidade, por cada colchão SEAQUAL™ produzido, são retiradas 65 garrafas de plástico do oceano.

    Esse plástico é depois convertido em fibras sustentáveis de qualidade superior, de forma a garantir as noites de sono mais confortáveis. E, assim, fazemos a nossa pequena parte para combater o enorme flagelo que é termos 100 mil mamíferos marinhos e 1 milhão de aves a morrerem por causa de lixo nos oceanos, todos os anos.

    Ora, nesta preocupação com o planeta, nunca negligenciamos as suas necessidades. Antes pelo contrário: os colchões SEAQUAL™ Multi contam com um sistema de Mola Contínua Multielástic® – um exclusivo Molaflex®, em que as molas se cruzam interiormente para tornar o seu colchão extra resistente.

    Além do mais, os SEAQUAL™ Multi têm um enchimento hipoalergénico que o protege contra ácaros e, ainda, um comportamento termorregulador que equilibra as condições de temperatura e humidade do corpo.

    Resumindo, são tudo boas razões para ter o Colchão Cinco Estrelas 2023 no seu quarto! Aproveite já a grande promoção em vigor.

    21 de Janeiro, 2023

    Como é que a dieta impacta o sono? Toda a verdade sobre a relação comer – dormir

    Beber um copo de leite à noite faz parte das suas memórias de infância? E, depois daquele copo morninho, era garantido que dormia bem melhor, não era? Fique descansado que não lhe vamos revelar que se tratava de efeito placebo nem de uma mentira piedosa contada por quem tomava conta de si. A verdade é que o leite é uma boa fonte de triptofano, um aminoácido que ajuda a hormona do sono – chamada melatonina – a agir.

    Mas, se não quer voltar ao hábito de beber leite antes de ir dormir, sempre pode apostar em peixes, soja, sementes ou lentilhas ao jantar. Todos estes alimentos têm triptofano e o composto demora cerca de uma hora até chegar ao cérebro. Por isso, tendo em conta que não deve ingerir alimentos até duas horas antes de se deitar, a estratégia de ter um jantar que liberte a hormona do sono algum tempo depois da refeição tem tudo para dar certo.

    O que compromete a produção de melatonina?

    Agora, estará a questionar-se sobre a estranheza do nome “triptofano” e a recordar-se que já viu, isso sim, artigos que estabeleciam uma relação entre vitamina B ou magnésio e uma noite bem dormida? Está certo. O curioso é que a vitamina B e o magnésio são relevantes para a equação, no sentido em que promovem a disponibilidade de triptofano no corpo. Ou seja, se faltar vitamina B ou magnésio, a produção da hormona do sono fica comprometida.

    Tendo este aspeto em conta, torna-se fácil de perceber, então, porque é que dietas restritivas ou problemas nutricionais têm impacto na qualidade do sono.

    Parece que a regra já foi dita demasiadas vezes e começa a perder a sua força, mas o segredo de um sono saudável, como em tudo o resto, está mesmo no… equilíbrio, claro. Equilíbrio alimentar, neste caso.

    E o contrário? Como é que o sono tem impacto na alimentação?

    Neste binómio comer – dormir, vale ainda a pena destacar que más noites de sono também se refletem invariavelmente em dietas ricas em gorduras e carboidratos, o que não é saudável. Isso acontece porque, quando estamos cansados, o corpo procura alimentos que lhe forneçam mais energia e, sobretudo, uma maior recompensa química para o cérebro.

    Com mais açúcares e menos fibras no corpo, a predisposição para relaxar é menor, sendo difícil entrar nas fases mais profundas do sono. E, no dia seguinte, o ciclo recomeça.

    Conclusão

    A qualidade da nossa alimentação e do sono estão intimamente ligadas, nas duas direções de interação. Assim, ter hábitos saudáveis em ambos os domínios é fulcral para vivermos melhor, com mais energia e mais felizes. E, caso queira melhorar o seu sono por via da alimentação, já sabe que tem uma série de alimentos em que deve apostar. O importante é manter sempre o equilíbrio, comendo apenas o que precisa e sem excessos.

    E, sempre que tiver dúvidas, pode voltar a este artigo. Guarde-o nos marcadores do seu telemóvel, tablet ou computador. Nós estaremos por aqui para ajudar.

    18 de Janeiro, 2023

    As pessoas mais velhas dormem menos?

    Sim. Basta olharmos para os nossos avós, casos à nossa volta ou até para nós próprios (se já estivermos na fase mais relaxada da nossa vida). Aí, o normal é acordar-se mais cedo do que o costume. Mais concretamente, os dados dizem que, depois dos 70 anos, dormimos, em média, menos uma hora e meia do que quando andamos pela casa dos 20.

    Seja devido a problemas de sono ou à menor produção da melatonina (a hormona que nos instiga a descansar), tendemos a reduzir o número de horas que dormimos, à medida que a idade avança. Quanto a isso, ninguém tem dúvidas. Mas a questão para um milhão de euros é: as pessoas mais velhas precisam de dormir menos?

    Em vez de lhe darmos já diretamente a resposta, vamos relembrar juntos duas situações concretas do nosso dia a dia: os idosos não estão quase sempre bem mais cansados do que as restantes faixas etárias? Quem é que nunca, sentindo-se cansado, ouviu a expressão “pareces um velhinho”?

    Juntando estas pontas soltas, a resposta começa a formar-se vividamente: dormir menos do que aquilo que o corpo precisa traduz-se em cansaço ao longo do dia, independentemente da nossa faixa etária. Portanto, vale a pena reforçar que sim, os idosos dormem menos horas, mas isso não é saudável.

    Normalmente, dores de artrite, vontade frequente de ir à casa de banho, apneia do sono, síndrome das pernas inquietas e efeitos secundários da medicação estão entre as principais causas referidas para se dormir menos na terceira idade. Mas, a par destes problemas mais graves, há um dado mais natural que ajuda a explicar o fenómeno: enquanto envelhecemos, vamos perdendo os neurónios responsáveis por regular o padrão do sono.

    Como consequência, os idosos não só despertam mais durante a noite, acordados por sons ou luzes, como também adormecem mais lentamente. De facto, depois dos 65 anos, cerca de 13% dos homens e 36% das mulheres demoram mais de meia hora a adormecer, o que demonstra uma verdadeira dificuldade em cair nos braços de Morfeu.

    O que se pode fazer, então, para contrariar a tendência?

    Os conselhos são os mesmos que se aplicam às outras fases da vida: fazer o exercício físico indicado pelo médico, não ter dispositivos com luz azul no quarto, evitar o consumo excessivo de álcool e cafeína e, sobretudo, criar uma rotina do sono (isto é, deitar e levantar todos os dias à mesma hora). Se não cair no sono em 15 minutos, levante-se, saia do quarto e espere que o sono venha para depois, sim, ter o descanso que precisa e acordar com uma nova energia.

    14 de Janeiro, 2023

    Livros sobre dormir: as nossas sugestões

    Já cometeu o erro de ler um thriller na hora de dormir, com a esperança de que o sono chegasse, mas tudo o que recebeu de volta foi um entusiasmo desmedido? Pois é, é verdade que ler até pode estimular o sono, mas nem todos os livros causam o efeito desejado. Por isso, se está numa demanda por dormir melhor, sugerimos que junte o útil ao agradável: leia livros sobre dormir. Assim, enquanto aprende truques para dormir melhor, o facto de estar a ler sobre o sono induz a um relaxamento do corpo e da mente. Conheça, agora, as nossas 3 sugestões literárias que prometem este efeito.

    Para os mais curiosos: “Bom sono, boa vida”, de Teresa Paiva

    A maior especialista portuguesa em Medicina do Sono mostra, neste livro, que é possível dormir melhor. Tudo, acompanhado por uma explicação sobre as consequências que as noites em branco trazem consigo. Entre nesta viagem pelas doenças mais comuns e pelas síndromes que nem sabia que existiam, antes de entrar na sua própria viagem noturna.

    Para quem procura dicas: “A arte de dormir”, de Rob Hobson

    “Técnicas e dicas de relaxamento para um dia tranquilo, feliz e produtivo.” O subtítulo desta obra já se vende por si só, concorda? Ainda por cima, quando lhe dizemos que os truques apresentados são o resultado dos anos e anos que o autor passou a lutar contra insónias, a aura de credibilidade torna este livro numa leitura obrigatória. Descubra-o numa livraria perto de si.

    Para os que estão a mudar o estilo de vida: “Comer, Mexer-se, Dormir”, de Tom Rath

    A promessa é de sonho: ao ler este livro, “as suas escolhas melhorarão a cada garfada, mexer-se-á muito mais do que acontece agora e dormirá como já não fazia há anos”. A obra reúne os ensinamentos que o autor foi acumulando enquanto lidava com uma doença grave. Agora, esses ensinamentos são expostos num estilo de conversação que não requer uma concentração absoluta. Ou seja, é ideal para libertar a mente antes de dormir.

    Então, já escolheu o seu novo livro para a mesa de cabeceira? Boas leituras, boas aprendizagens e muitas noites de sono tranquilo!

    11 de Janeiro, 2023

    5 dicas para ter uma noite relaxante

    Já todos ouvimos histórias de gente que, assim que chega à cama, rende-se logo ao João Pestana. E, sim, essas pessoas existem mesmo, não são mito! Mas, para nós, comuns mortais com dificuldade em adormecer, é mesmo muito difícil acreditar em tal conto de fadas. Por outro lado, quando acreditamos, é inevitável aparecerem doses generosas de inveja. A boa notícia é que há algumas estratégias que podemos seguir para adormecer mais rápido, ter uma noite relaxante e dispensarmos a inveja. Vamos a isso?

    Beba um chá com ervas relaxantes.

    Cidreira, lavanda ou camomila, mas nunca chá verde porque tem cafeína. Escolha o seu sabor favorito e comece a entrar no mood do vale dos lençóis. No entanto, se beber cafeína depois das 17h, os efeitos podem não ser tão imediatos. Por isso, não beber cafeína nessa faixa horária é tão importante quanto beber algo que deixe o seu corpo e mente descansados.

    Crie o cenário ideal.

    E o cenário ideal significa que o quarto é exclusivamente o espaço de repouso. Sem a luz azul da TV nem a secretária do teletrabalho ou do estudo (caso seja possível). Além disso, o espaço ideal é também sinónimo do colchão e almofada mais adequados às suas necessidades, claro. Sabia que existem almofadas certas para cada posição de sono? Pense nos seus hábitos de sono e escolha a sua. Nós explicamos como fazê-lo, neste artigo.

    Acenda velas aromáticas.

    Se não ficar tranquilo com o facto de ter velas acesas no quarto, sempre pode optar pela aromaterapia. Para isso, basta deitar algumas gotas de lavanda na almofada ou usar um difusor. O dado central desta técnica é que o odor a lavanda aumenta a produção de melatonina, predispondo o corpo para relaxar e adormecer.

    Ponha uma música relaxante.

    Sons da natureza (como a chuva) ou música de meditação são sempre uma boa ideia. A dica a reter é que a música não deve ter grandes variações entre altos e baixos e os auscultadores devem ser evitados, de forma a não prejudicarem o canal auditivo durante o sono. De preferência, coloque a música a tocar num dispositivo que permita ser programado para desligar daí a 20 minutos. É o suficiente para adormecer.

    Faça uma automassagem.

    Enquanto a música toca, o chá atua e os odores a lavanda se sentem, deite-se no conforto do colchão e almofada Molaflex® ideais. Depois, faça movimentos circulares com as mãos nos ombros, pescoço, orelhas e restante face. Quando os músculos estiverem a ficar entorpecidos, pode descansar e concentrar-se apenas na respiração. Inspire e expire profundamente, concentrando-se no ar que se vai acumulando no seu diafragma para depois ser libertado.

    E pronto. Está criado o contexto ideal para ter uma noite relaxante. Mas, se não quiser seguir todas estas 5 dicas, não há problema nenhum. Escolha aquela ou aquelas que acha que funcionam melhor para si. Ouça o seu corpo e veja como se sente melhor. O resultado só deve ser um: relaxar para adormecer mais rápido e dormir melhor. Bons sonhos!

    7 de Janeiro, 2023

    Janeiro: porque é o pior mês para o sono?

    O despertador toca, os raios de sol não espreitam e fica na cama mais um bom bocado. Depois, sente-se culpado por não aproveitar a manhã. Ou, pelo menos, fica preocupado com a falta de energia. Esta situação é-lhe familiar? Descanse. Não está sozinho: são apenas sinais dos tempos. Janeiro é mesmo o pior mês para o sono. Explicamos já porquê.

    Melatonina a mais

    Em primeiro lugar, há semanas e semanas que o sol nasce mais tarde e se põe mais cedo. Ora, a melatonina, a hormona que regula o sono, é produzida fora das horas de luz. Portanto, nestes dias de inverno, o seu corpo está bem servido de melatonina, o que causa sonolência.

    Vitamina D a menos

    Por outro lado, o sol é também uma importante fonte de vitamina D. E desengane-se quem pensa que esta vitamina está apenas associada a ossos fortes. Na verdade, a vitamina D é boa para a pressão arterial, para o correto funcionamento imunológico, para os músculos e, claro, para o seu sono. Por isso, a falta de vitamina D aumenta o risco de distúrbios na hora de dormir.

    Açúcar, açúcar e carboidratos

    Como o frio nos deixa desconfortáveis, tentamos compensar com a ingestão de alimentos que nos saibam bem. Não necessariamente aqueles que nos saciam, mas sim o que nos dão alguma satisfação emocional, como doces ou comidas mais gordurosas. O problema é que os açúcares dificultam a entrada nas fases mais profundas do sono e as gorduras requerem uma digestão mais lenta. Assim, na hora de dormir, o nosso corpo ainda está em alvoroço, cumprindo as suas funções digestivas, o que faz com que seja mais difícil relaxar.

    Festas noite fora

    Natal, passagem de ano, aniversários, período de férias. Todos estes eventos levam a que, tipicamente, se agrave a situação descrita no ponto anterior. Tudo, claro, somado ao facto de ir para a cama mais tarde um dia, dois dias… muitos dias. E o sono fica desregulado. Como consequência, quando chega a meio de janeiro, custa-lhe dormir a certas horas que o seu corpo começou a associar a períodos de vigília.

    Como minimizar, então, as consequências de janeiro ser o pior mês para o sono?

    1. Aproveite a luz.

    Abrir as cortinas logo de manhã e dar caminhadas, mesmo com o céu nublado, faz maravilhas pela produção de vitamina D.

    1. Hidrate-se.

    No inverno, passamos mais tempo fechados em ambientes quentes. Beber pouca água, nesta situação, causa fadiga.

    1. Atenção às horas a que come.

    O ideal é comer até 3h antes de ir dormir. Além disso, as refeições fartas têm impacto na tensão arterial e promovem o estado de alerta.

    Tendo tudo isto em conta, a conclusão é simples: sim, é normal andar sonolento por estes dias, mas há alguns truques para se sentir melhor. Siga as dicas Molaflex® e comece o ano com um pouco mais de energia!

    4 de Janeiro, 2023

    Diário de sono: as vantagens de começar o seu já este ano

    No último artigo do blog Molaflex®, explicámos porque é que dormir bem deve estar presente nas suas resoluções de Ano Novo. Hoje, deixamos-lhe uma dica valiosa, que o vai ajudar a cumprir esse objetivo: criar um diário de sono. Já tinha ouvido falar neste auxiliar de memória?

    Os diários de sono são objetos físicos (como um caderno) ou digitais (como uma página de Excel), onde regista dados sobre a forma como dorme. No fundo, é uma maneira de monitorizar os seus hábitos, para que depois identifique o que funciona melhor para si e o que ainda é preciso melhorar.

    Então, o que merece ser registado no seu diário de sono?

    1. Tempo total de horas dormidas.
    2. A que horas dorme.
    3. A qualidade do sono (acorda com energia ou cansado).
    4. Detalhes que afetaram o sono (crianças doentes, vizinhos barulhentos, stress).

    O que pode revelar o seu diário de sono?

    1. Pode, por exemplo, perceber que há uma faixa horária associada às noites em que dorme melhor. Portanto, é uma boa ideia começar a deitar-se a essa hora.
    2. Há alguma relação entre as horas de sono e a energia com que acorda? Será que nos dias em que dorme mais horas se sente mais cansado?
    3. Praticar desporto ao final do dia leva a que adormeça mais rápido? E quanto ao banho? Se ainda sentir o corpo muito quente perto da hora de deitar, dorme melhor ou pior?
    4. Jantar fora de horas ou comer demasiado açúcar tem algum impacto na qualidade do seu sono? O seu diário de sono vai revelar.

    Agora que conhece as vantagens, vamos à prática.

    Como criar um diário de sono?

    1. Pegue numa folha e caneta ou, se preferir, no seu telemóvel, tablet ou computador.
    2. Escreva o nome do mês no topo da página.
    3. Faça, na lateral esquerda, uma coluna com todos os dias do mês.
    4. Crie uma coluna, numerada de 1 a 10, de modo a estar correspondida com os dias do mês. Essa coluna diz respeito às horas dormidas.
    5. Seguindo a mesma lógica de correspondência, crie uma coluna para o horário em que dormiu, outra para 5 estrelas (relativas à qualidade do sono) e, finalmente, uma para notas.
    6. Pode, ainda, acrescentar colunas para outros tópicos que considere relevantes.

    Fácil, não é? Ao manter um registo constante no seu diário de sono, vai começar a detetar padrões. E, com esses padrões, vai conseguir agir sobre os seus próprios hábitos. Afinal de contas, só é possível melhorar o que conhecemos. E, agora, já conhece uma ótima forma de melhorar as suas noites.

    28 de Dezembro, 2022

    Resoluções de Ano Novo: o sono deve ser uma prioridade

    Começar a fazer desporto, comer legumes ou reduzir o açúcar. Estas são algumas das resoluções de Ano Novo mais comuns, quando pensamos no objetivo geral de levar uma vida mais saudável. E talvez estas resoluções estejam mesmo no topo da sua lista. Mas, antes que toquem as 12 badaladas, o melhor é juntar-lhes uma outra resolução, que é capaz de fazer muito por si: dormir melhor. Afinal de contas, tal como indica Jennifer Mundt, professora assistente na Escola de Medicina de Feinberg, “dormir o suficiente é uma das melhores coisas que podemos fazer pela nossa saúde”.

    Quando dormimos bem e em quantidade suficiente, o nosso humor melhora, a pressão sanguínea baixa e ajudamos o coração a manter-se saudável. Além disso, ao mantermos bons hábitos de sono, reduzimos as probabilidades de desenvolver problemas de saúde mental, como a depressão.

    Perante vantagens tão importantes, já sabe qual é o próximo passo, não é? Dar ao sono lugar de destaque nas resoluções de Ano Novo, claro! Mas, depois de firmar esse compromisso, como é que consegue cumpri-lo? Aqui ficam os truques.

    Não adie o despertador, cada vez que toca.

    Os 5 ou 10 minutos que dorme a mais, só para voltar a acordar com o toque do despertador, não compensam. Na verdade, está apenas a confundir o seu corpo, ao entrar e sair constantemente do ciclo de sono.

    Coma, no máximo, até 2h antes de ir para a cama.

    Com demasiada energia ainda por gastar e a digestão no seu auge, é mais difícil que o corpo relaxe. Ainda neste tema, saiba que alimentos como arroz integral, quinoa ou batata-doce são uma boa aposta ao jantar, já que têm serotonina, capaz de promover um sono reparador.

    Mantenha o quarto arrumado e fresco.

    Está provado que quartos desarrumados desencadeiam stress. Por outro lado, quartos demasiado quentes dificultam o sono, pois o nosso próprio corpo também arrefece ao final do dia, para nos ajudar a dormir melhor.

    E esta já sabe: evite ter gadgets no quarto. A luz azul tem efeitos na melatonina, interrompendo os ritmos circadianos. Ainda assim, precisa de um auxiliar para dormir? Ler um livro ou revista é uma boa opção.

    Agora que já conhece estes truques simples, tem tudo para começar o ano em grande forma. Siga as nossas dicas e, ao dobrar dos sinos, vai ser “Ano Novo… sono renovado”.

    22 de Dezembro, 2022

    Como dormir melhor no Natal: 5 dicas simples

    Ah, o Natal! Ficar acordado até tarde para abrir os presentes e acordar cedo para preparar o almoço… Os nossos hábitos natalícios levam-nos a dormir menos horas do que o costume. E, mesmo ainda antes de chegar a grande noite, já tudo se começa a descoordenar, seja por estarmos a pensar na lista de presentes até altas horas ou por ficarmos agarrados ao telemóvel para não perder as melhores oportunidades dos saldos. No entanto, há formas de reverter as consequências desta altura atípica para os nossos hábitos de sono. E este artigo está aqui para o comprovar, dando alguns truques que o vão ajudar a dormir melhor no Natal. Vamos a isso.

    Não chegue ao Natal com falta de horas dormidas.

    Se tem horas de sono por recuperar, vá para a cama 1h mais cedo na semana do Natal ou, se puder, faça uma sesta de 30 minutos entre as 12h e as 16h.

    Evite luzes fortes no quarto.

    Além disso, para uma noite descansada, o melhor mesmo é evitar a exposição à luz de gadgets, até pelo menos meia hora antes de dormir.

    Pratique desporto ou dê simplesmente caminhadas.

    Ao manter-se ativo, liberta hormonas que o ajudam a ter energia durante as maratonas natalícias.

    Aqueça-se antes de dormir.

    Tomar um duche quente e vestir um pijama de inverno dilata os vasos sanguíneos. Como consequência, o corpo acelera a perda de calor e fica dado o sinal para adormecer.

    Respire lenta e profundamente.

    Esta dica é para o ano inteiro. Quando se reduz o ritmo da respiração, o corpo e os batimentos cardíacos acalmam, acorda menos durante a noite e, logo, acorda revigorado.

    O que acha destas sugestões? Já seguia alguma? Comece a praticar os conselhos Molaflex® já hoje e viva o Natal ao máximo!

    19 de Dezembro, 2022

    Livros a oferecer este Natal: as melhores histórias para adormecer

    Quando os nossos filhos entram na adolescência, tudo o que nos pedem são mais cinco minutos na cama pela manhã. Mas, enquanto lá não chegam, o mais comum é que nos implorem por mais meia hora acordados à noite. Para ajudar a enfrentar esse obstáculo da hora de adormecer, reunimos três livros a oferecer este Natal e que são perfeitos para levar os pequenotes a ceder ao João Pestana. Ora veja.

    ABZZZZZ, de Isabel Minhós Martins

    Difícil, difícil, vai ser chegar ao fim do livro. Nesta obra, a autora Isabel Minhós Martins cria um abecedário do sono, que desafia o leitor com perguntas e experiências, até à criança não ter mais energia para tanta atividade mental. Com ilustrações de Yara Kono, os tons negros, amarelos e laranjas predominam numa edição que se pode definir como “álbum ilustrado”.

    Sono Soninho, de José Jorge Letria

    Um dos mais importantes autores infantojuvenis portugueses traz-nos dezenas de páginas com rimas simples e melodiosas. O objetivo é que pais e crianças partilhem um momento poético, com a literatura a servir de ponte para uma verdadeira troca de afetos. Tudo, claro, enquanto a lua brilha lá fora e as pálpebras se vão fechando dentro do quarto.

    Como Deitar o Leão Sonolento, de Jane Clarke

    “O pequeno Leão está cansado, mas não quer ir dormir…” Soa-lhe familiar? Da Inglaterra chega-nos uma obra que explica, de forma simples e divertida, a importância do sono e os benefícios que dormir traz à saúde. A promessa é esta: depois de o seu filho ter de convencer o Leão a ir dormir, também se vai convencer a ele próprio.

    Então, já descobriu o melhor livro para pôr os pequenotes a dormir? Esperamos ter ajudado com estas sugestões e que, depois deste Natal, a hora de adormecer só tenha finais felizes.

    Manifesto Nova Gama Essential: O Descanso é Essencial para Todos

    Para os que poupam no orçamento, mas nunca no conforto.

    Para os que pedem a melhor relação qualidade/preço.

    Para os que escolhem ter molas exclusivas da Molaflex®, por apenas 299€.

    Para os que elegem a adaptabilidade de um bloco de espuma, só por 369€.

    Para os que apostam em molas ensacadas, com independência de movimentos, por 399€.

    Para os que não abdicam de tecnologias antialérgicas e anti-ácaros.

    Para os que dormem melhor com um sistema que regula a temperatura corporal.

    Para os que investem em ergonomia e durabilidade.

    Para os que preferem os produtos de fabrico nacional.

    Para os que apoiam o desperdício zero e o compromisso com o futuro do planeta.

    Para os que confiam na marca mais premiada pelos portugueses.

    E sobretudo para si. Para a sua família.

    Na Molaflex®, defendemos que o descanso é essencial para todos.

    E, sabendo que temos o dever de dar vida a esta visão, lançámos a gama Essential. Agora, tem ao seu dispor 3 colchões Molaflex® low-cost. Todos, com a qualidade que o mercado reconhece com os mais importantes prémios do setor.

    Escolha entre o colchão Essential Firm, Adapt ou Comfort e tenha o descanso que é seu por direito.

    16 de Dezembro, 2022

    4 dicas para ter uma casa aconchegante este inverno

    Com o inverno a chegar e menos horas de sol por dia, é natural que sinta a sua casa mais fria e menos confortável. Mas, apesar de este ser um sentimento comum, devemos evitá-lo. Afinal de contas, a sua casa é o seu refúgio, o lugar onde se deve sentir completamente bem. E o melhor de tudo é que conseguir esse conforto pode mesmo passar por truques simples. Veja as nossas dicas e tenha uma casa aconchegante este inverno.

    Distribua mantas pelas diferentes divisões da casa

    Ao fazê-lo, dê preferência a mantas de cores escuras. Estes tons transmitem uma sensação de calor que faz toda a diferença. Além disso, se colocar uma manta em cima do edredão, na zona dos pés, ganha um conforto extra.

    Use cortinados de linho

    Os tecidos mais encorpados ajudam a manter o calor no interior da divisão. Mas, sempre que o sol aparecer, o melhor mesmo é abrir as cortinas e deixar os raios de calor entrarem diretamente em casa. Neste caso, ao contrário do que acontece com as mantas, não precisa de escolher tons escuros. O mais importante é que os cortinados sejam lisos, sem padrões.

    Espalhe tapetes em todos os tipos de piso

    Até o chão de madeira pode ser ainda mais quente, com o auxílio de um tapete. No inverno, para uma casa aconchegante, aposte em tapetes de fios altos ou de pelo sintético. Assim, dá um toque à decoração do espaço e faz muito pelo seu conforto.

    Troque a roupa da cama

    O inverno pede lençóis mais quentes e, ainda, um edredão nórdico. Veja como se sente melhor, tendo em conta que as opções de algodão são, por norma, as que oferecem mais conforto. E, acima de tudo, lembre-se que ter uma casa aconchegante é um direito, não um luxo.

    14 de Dezembro, 2022

    Guia de prendas de Natal: o pack ideal para o amigo friorento

    Por estes dias, há três palavras que não nos saem da cabeça: “prendas de Natal”. Todos juntos, estes termos podem dar origem a ideias super criativas ou, por outro lado, resultar na angústia de não saber o que oferecer. Pois bem, esta é uma época que se quer tranquila. Por isso mesmo, reunimos um pack de prendas de Natal para surpreender o amigo mais friorento. Fica a garantia: com estas sugestões, vai deixar um quentinho no coração e muito aconchego nos dias mais frios.

    Prenda de Natal 1: Roupão Turco

    Já todos passámos pelo mesmo: tomar banho com água quentinha no inverno sabe muito bem… até ao momento em que tem de deixar a banheira. Ora, com um roupão turco, o processo torna-se mais fácil, já que oferece conforto térmico no preciso momento em que só pede um pouco mais de calor. É uma boa prenda para começar, não é?

    Prenda de Natal 2: Pijama de Flanela

    Pronto, o presenteado já saiu da banheira, secou-se com o roupão turco e agora chega a altura de vestir o pijama. Quem está há largos minutos a viver uma experiência de conforto térmico, não pode abdicar desse luxo de um segundo para o outro. Assim, a prenda seguinte torna-se óbvia: ofereça um pijama de flanela, que mantém a temperatura do corpo e tem um toque suave.

    Prenda de Natal 3: Aquecedor de Pés

    Já com o tronco, braços e pernas bem quentinhos, o seu amigo vai ver a série favorita para o sofá. De cobertor já não precisa. Resta aquecer os pés. Então, que tal oferecer-lhe um aquecedor de pés, que substitui pares infinitos de meias e a preocupação de reabastecer a botija de água quente? Há modelos muito interessantes no mercado, em que basta colocar os pés no interior no dispositivo e ligá-lo.

    O que lhe parece este trio? Para subir ainda mais a parada, descubra os edredões Molaflex®. E ofereça as prendas mais quentinhas de sempre!

    8 de Dezembro, 2022

    Última Oportunidade na Bodhi Collection: agarre estes preços, antes que a Black Friday termine!

    Até dia 11 de dezembro, a gama mais premiada de sempre está a preços que nunca viu! É mesmo a última oportunidade para ter um descanso de outro nível e, ainda assim, poupar como nunca imaginou. Não deixe escapar a Black Friday Bodhi Collection e decida hoje mesmo que modelo escolher!

    Yin Multi: para quem se preocupa com a postura.

    O sistema de Molas Multielástic encapsuladas oferece máximo conforto, resistência e durabilidade.

    Mas, enquanto o colchão é para durar, a promoção está mesmo a acabar! Tenha-o já por 399€ (na medida 140×190 cm).

    Yin Sense: para quem está atento à sua saúde e à do ambiente.

    Ganhe um conforto hipoalergénico, sem substâncias nocivas para o corpo humano nem para o planeta.

    Chegou a hora de ter um sono saudável e rejuvenescedor, por apenas 399€ (na medida 140×190 cm).

    Tao Memosense: para quem sofre com o calor durante o sono.

    Os materiais deste colchão combinam uma boa firmeza com uma adequação perfeita à sua temperatura corporal.

    Durma sem acordar com variações de temperatura. Por apenas 479€ (na medida 140×190 cm), até 11 de dezembro.

    Tao Multisense: para quem procura adaptabilidade máxima.

    Esta é a opção que respeita as suas formas corporais ao milímetro! Tudo, sem comprometer as restantes zonas do colchão.

    Quer um modelo de descanso que se adapte totalmente ao seu corpo? São os últimos dias a 479€ (na medida 140×190 cm).

    Hatha Sensation: para quem dorme acompanhado.

    Com zonas de conforto independentes, a vibração das molas é reduzida ao mínimo. Assim, sempre que o seu parceiro se virar durante a noite, o seu sono não é perturbado.

    Está mesmo a precisar de uma noite de sono seguida? Agarre esta promoção! Só por 599€ (na medida 140×190 cm), neste Black Friday.

    Já escolheu o seu colchão? Passe por uma loja Molaflex® ou por um revendedor oficial perto de si. A Black Friday Bodhi Collection está mesmo a terminar! Por isso, se é para aproveitar, é agora ou já!

    Promoção válida de 7/11/2022 a 11/12/2022. Limitado ao stock existente. Consulte condições.

    3 de Dezembro, 2022

    Molaflex e Just a Change dão vida nova ao quarto de dois jovens institucionalizados

    O dia 26 de setembro amanheceu nublado. Mas, à medida que a motivação de todos crescia, também o sol, antes tímido, resolveu despontar em todo o seu esplendor.

    O pormenor, aparentemente insignificante, viria depois a revelar a sua importância, enquanto o calor dava o toque final ao trabalho feito e as fotografias de despedida guardavam para sempre aquele brilho especial.

    A missão: pintar o quarto do Gabriel e do Paulo, no Centro António Cândido, que acolhe irmãos até aos 25 anos.

    As equipas: a marca n.º 1 dos portugueses e a associação sem fins lucrativos Just a Change.

    O resultado: mais conforto, duas vidas transformadas e um dia de entreajuda e diversão.

    Mas nada disto, claro, se conseguiu sem muito trabalho.

    Primeiro, foi preciso tapar o chão com cartão, bem como usar fita-cola para isolar rodapés e interruptores. Depois, pintaram-se os tubos e falhas no cimento, o que demonstrou ser especialmente moroso. Por fim, entre retoques e mais retoques, limpou-se a área de intervenção e devolveram-se os móveis ao seu devido lugar.

    E tudo isto foi feito de uma assentada? Não! Alguns snacks, um almoço e queques (de sabor proporcionalmente inverso ao seu tamanho) deram um boost de energia sempre que foi preciso. Tanto para arregaçar as mangas, como para desfrutar ao máximo do trabalho em equipa.

    Afinal de contas, esta atividade insere-se nos programas de teambuilding corporativo do Just a Change – um modo de levar os colaboradores de uma empresa a gerar impacto social. E, desta vez, essa missão coube à Molaflex®, que já era parceira da associação.

    Este tornou-se, então, num dia marcante para a colaboração que, ao oferecer o melhor conforto, continua a dar passos na reconstrução de vidas. Independentemente da forma como o dia amanhece.

    30 de Novembro, 2022

    Tudo sobre sestas: 5 passos para recarregar energias

    A correria do mundo diz-nos que dormir seis horas é o suficiente. Já a ciência mantém-se firme quanto à necessidade de dedicarmos pelo menos 8h ao sono. A verdade é que o simples facto de nos recostarmos com os olhos fechados já diminui a tensão e reduz a ansiedade. Ainda assim, se o fizermos a meio do dia por mais de 30 minutos, o mais certo é acordarmos com uma sensação de entorpecimento.

    Então, afinal, qual é a forma correta de fazer uma sesta? Ficam os truques.

    Faça a sua sesta ao início da tarde.

    Seis a sete horas depois de acordar, é natural que sinta um decréscimo de energia. E essa sensação pode ser mesmo o seu corpo a pedir uma sesta. Por isso, o período após o almoço é uma boa altura para repousar. Como bónus, tem a vantagem de ainda faltar muito tempo para dormir, pelo que a sesta não interfere com o sono da noite.

    Escolha um ambiente escuro, confortável e livre de ruído.

    Um lugar assim reúne as condições mais adequadas para que adormeça mais rápido.

    Não durma nem muito nem pouco. Só o suficiente.

    Se o seu objetivo é melhorar o estado de alerta num dia normal, repousar 30 minutos ou menos é o ideal. Se, por outro lado, estiver a preparar-se para uma longa viagem e um fuso horário diferente, dormir durante 90 minutos tem um impacto mais duradouro. Contudo, recorde que, tal como dissemos no início deste artigo, as pausas mais longas causam, inicialmente, um período de sonolência, do qual é preciso recuperar antes de voltar às tarefas que o dia exige.

    Ative um alarme.

    No ponto 3, fica clara a importância deste passo. Afinal de contas, uma sesta que se queria reparadora pode tornar-se inimiga do seu trabalho, caso se deixe ficar mais do que o essencial.

    Surpresa! Beba um pouco de café antes da sesta.

    A cafeína liberta uma substância química chamada adenosina que provoca cansaço e demora 20 minutos a chegar ao cérebro. Ora, o sono limpa a adenosina. Se acordar depois desses 20 minutos, quando a cafeína já está a dar-lhe energia, há menos adenosina a entrar em competição. E, portanto, o estado de alerta sai a ganhar.

     

    Em suma, se quer começar a fazer sestas, há uma forma certa de levar esse hábito para a sua vida. E o melhor de tudo é que é grátis. Comece já esta semana a tirar a sua sesta da tarde e sinta os benefícios.

    26 de Novembro, 2022

    Trocar de colchão: quando e como?

    Já pensou em trocar de colchão hoje? Se tem sofrido de insónias ou acordado com dores de costas e de pescoço, talvez deva mesmo pensar nisso. Para avaliar a necessidade dessa troca, comece por levantar estas questões:

    1. O meu colchão tem 8 ou mais anos?
    2. Ao virar-me durante o sono, o colchão faz mais barulho do que antigamente?
    3. Nos últimos tempos, parece que durmo sempre melhor em casa de amigos ou em hotéis?
    4. As minhas alergias aumentam quando chega a hora de dormir?
    5. Quando olho para o colchão, deteto pontos desnivelados na superfície?

    Caso tenha respondido “sim” a todas estas questões ou, pelo menos, à sua maioria, é muito provável que tenha mesmo chegado a hora de trocar de colchão. Um colchão sem firmeza, deformado, com poeiras acumuladas ou fora de validade, pode bem ser o ponto de partida para noites mal dormidas e, consequentemente, mudanças de humor e falta de produtividade.

    Revê-se nesta descrição? Então, vamos para o passo seguinte: resolver o problema.

    Defina o tamanho e a altura do seu novo colchão.

    Para isso, deve anotar a sua altura e largura de ombros e somar 20 a 30 cm a cada medida. O resultado é o tamanho da zona de conforto ideal para si. Quanto à altura, uma opção com cerca de 21 cm não compromete o seu bem-estar.

    De mola ou espuma?

    Resumidamente, as molas são a melhor opção para quem sofre de calor durante o sono. Além disso, se forem ensacadas, oferecem zonas independentes de descanso para cada um dos membros do casal. Já em caso de alergia, considere as versões molas.

    Pense na densidade e na firmeza que mais se adequam a si.

    Maior densidade aguenta mais peso. Mais firmeza evita a sensação de que se está a afundar, o que é particularmente relevante para quem se mexe muito durante o sono.

    Mas, mesmo que prefira um colchão mais firme (duro), não esqueça a adaptabilidade. Dessa forma, evita dores corporais e eventuais sensações de dormência, que podem ocorrer quando o colchão faz demasiada pressão contra o corpo.

    Considere o seu orçamento e as oportunidades do momento.

    A compra de um colchão é um investimento que se quer duradouro. Por isso, o truque está em encontrar o equilíbrio entre a opção que lhe dará a maior qualidade de sono e o valor que está disposto e a investir.

    Para fazer a melhor compra possível, fique atento às oportunidades do mercado. Por exemplo, até 11 de dezembro, o colchão mais premiado de sempre está disponível a preços nunca antes vistos. Considere aproveitar esta promoção.

    Antes de decidir, experimente.

    É essencial ter em atenção o seu próprio gosto e avaliar as sensações que cada colchão lhe oferece. Por isso, aconselhamos que experimente e peça ajuda especializada. Os vendedores Molaflex® são as pessoas indicadas para orientar a sua decisão in loco.

    Então, está na hora de trocar de colchão? Encontre a loja Molaflex® mais perto de si e comece já hoje esse processo de mudança.

    22 de Novembro, 2022

    A importância do ambiente no nosso descanso pelo Dr. Javier Albares

    DR. JAVIER ALBARES O ambiente em que dormimos tem uma influência determinante sobre a qualidade do nosso sono. A forma como o quarto está disposto pode influenciar o número de horas de sono e a sua estrutura. Devemos tentar assegurar que o ambiente é favorável para nos ajudar a reconciliar e manter o nosso sono.

    Os fatores a que devemos prestar atenção a fim de melhorar o nosso descanso são:

    • Luz: É importante dormir na escuridão absoluta. Dormir com uma luz acesa pode causar sono superficial. Além disso, a exposição à luz artificial (por exemplo, de dispositivos eletrónicos) antes de dormir pode causar perturbações do sono, uma vez que interfere com a produção de melatonina, atrasando o tempo de adormecer.
    • Ruído: É necessário evitar o ruído para assegurar um sono perfeito. O ruído pode causar insónia e uma diminuição da quantidade de sono profundo. Se não estiver nas nossas mãos evitar o ruído, podemos tentar dormir com tampões auriculares que o isolam.
    • Temperatura ambiente: A temperatura corporal baixa quando se inicia o processo de sono. Para ajudar a esta descida de temperatura, é necessário que a temperatura do ambiente seja adequada. Por este motivo, recomenda-se que a sala fique entre os 18 e 21ºC. Temperaturas mais elevadas podem tornar mais difícil adormecer ou piorar a situação.
    • Cama: Uma boa escolha de colchão e almofadas, assim como conjuntos de lençóis de acordo com a época do ano, são essenciais para uma boa noite de sono.
    • Ordem e limpeza no quarto: Perceber o quarto como uma área de paz e descanso favorece a qualidade do descanso. É portanto muito útil manter o quarto arrumado e limpo, bem como evitar colocar elementos que possam alterar esta perceção, tais como televisões, rádios, telefones, etc.

    Cuidar do ambiente faz parte das medidas de higiene do sono que são implementadas para evitar futuras perturbações do sono ou para as melhorar se já estiverem presentes.

    Um ambiente bem cuidado ajuda a garantir um sono de qualidade.

    18 de Novembro, 2022

    Monstros debaixo da cama: como ajudar as crianças a ultrapassar o medo

    Os seus filhos têm medo de ficar no quarto com as luzes apagadas? Será que temem que haja monstros debaixo da cama, atrás da porta ou dentro do armário? Neste artigo damos-lhe algumas dicas sobre como ultrapassar este medo evolutivo, que é apenas mais uma etapa no desenvolvimento normal das crianças.

    Aproximadamente uma em cada três crianças, com idades compreendidas entre os três e os sete anos, têm medo do escuro. Este medo, segundo os especialistas, provém do facto de “a criança associar a luz à segurança transmitida pela mãe (luz-mãe-segurança) e relacionar a escuridão com o medo produzido pelos pesadelos (escuridão-noite-temor)”. Do mesmo modo, nas narrativas culturais (histórias, filmes, etc.), os acontecimentos negativos têm lugar à noite, o que agrava o medo.

    As crianças manifestam medo através de birras e ansiedade na hora de dormir. Por isso, a identificação precoce do problema evitará desconforto e uma interferência negativa nas suas próprias vidas e no ambiente.

    Medo do escuro

    Muitas crianças temem que, quando a luz é desligada, apareçam monstros, tal como acontece nos contos de fadas e nos filmes, que aparecem sempre no escuro.

    O envolvimento dos pais e o desenvolvimento de atividades lúdicas e de um ambiente agradável são fundamentais para reduzir e eliminar a fobia das crianças à escuridão.

    Pode começar com jogos como a cabra-cega, sombras chinesas ou jogar ao tesouro escondido de forma a que eles próprios tenham de inspecionar os espaços que mais receiam.

    Gradualmente, deverão ser desenvolvidas atividades lúdicas que envolvem um maior grau de escuridão, tais como entrar no seu quarto no escuro para procurar um brinquedo ou entrar num quarto onde o adulto está escondido e encontrá-lo sem ligar a luz. Para reforçar a eliminação da fobia, será necessário encorajar as crianças com sorrisos, piscadelas e um diálogo positivo que lhes digam como são corajosas quando ultrapassam cada nível.

    Mesmo que o seu filho não tenha ultrapassado o medo do escuro é importante lembrar a necessidade de estabelecer rotinas de relaxamento que facilitem o sono. Aprenda como pôr em prática essa rotina de forma a melhorar o sono do seu filho, neste artigo.

    8 de Novembro, 2022

    Black Friday Bodhi Collection: grande oportunidade na gama mais premiada de sempre

    Quando lançámos a gama Bodhi Collection, o descanso atingiu a plenitude. Agora que lançámos a Black Friday nesta linha de colchões, os preços atingiram mínimos irresistíveis. Esta é a sua oportunidade para ter um colchão inspirado na filosofia ancestral da meditação. Desde 399€, garanta o seu, antes que esgote.

    Yin. A partir de 399€.

    Disponível na versão Sense e Multi, é amigo do ambiente, da sua postura e, agora, ainda mais amigo do seu orçamento.

    Tao. Desde 479€.

    Grande firmeza na opção Memosense e alta adaptabilidade na versão Multisense. Aqui, pequeno, pequeno, só o preço.

    Hatha Sensation. Desde apenas 599€.

    Um colchão único, com zonas independentes de descanso. Tão especial que agora até o preço é sem igual.

    São preços que nunca viu! Não deixe escapar a Black Friday Bodhi Collection.

    Promoção válida de 7/11/2022 a 11/12/2022. Limitado ao stock existente. Consulte condições.

    2 de Novembro, 2022

    Porque é que ficamos com sono depois do almoço?

    Muitas pessoas sentem-se com sono depois do almoço. E isso pode ser um resultado natural dos padrões de digestão e dos ciclos de sono.

    Alguns tipos de alimentos também podem fazer com que as pessoas se sintam especialmente cansadas após uma refeição. A diminuição dos níveis de energia depois de comer é chamada de sonolência pós-prandial.

    Os investigadores têm diferentes teorias sobre a causa do cansaço após comer, mas geralmente concordam que se trata de uma resposta natural e não, normalmente, um motivo de preocupação.

    Porque é que nos sentimos cansados depois de comer?

    Sentir-se cansado, ou ter dificuldade em concentrar-se, depois de uma refeição, é relativamente comum. Uma pessoa pode sentir-se cansada, dependendo do que, quando, e quanto comeu.

    O tipo de comida que se come

    Alguns investigadores acreditam que uma pessoa se sente cansada depois de comer porque o seu corpo está a produzir mais serotonina. A serotonina é um químico que desempenha um papel na regulação dos ciclos do humor e do sono.

    Um aminoácido chamado triptofano, que está presente em muitos alimentos ricos em proteínas, ajuda o corpo a produzir a serotonina. Já os hidratos de carbono ajudam o corpo a absorver o triptofano.

    Por estas razões, comer uma refeição rica tanto em proteínas como em hidratos de carbono pode fazer uma pessoa sentir-se sonolenta.

    O triptofano está presente em alimentos ricos em proteínas, tais como:

    • Salmão
    • Aves de capoeira
    • Ovos
    • Espinafres
    • Sementes
    • Leite
    • Produtos de soja
    • Queijo

    Os alimentos que contêm níveis elevados de hidratos de carbono incluem:

    • Massa
    • Arroz
    • Pão branco e bolachas
    • Bolos, bolachas, donuts e muffins
    • Espigas de milho
    • Leite
    • Açúcar e bombons

    As pessoas comem frequentemente uma combinação de proteínas e hidratos de carbono antes de se deitarem, como os cereais com leite.

    A quantidade de comida que se come

    As pessoas que comem almoços maiores podem experienciar maior sonolência pós-prandial do que aquelas que comem menos ao meio-dia. Isto acontece porque a comida provoca o aumento do açúcar no sangue. O problema é que, a seguir a esse aumento, há uma descida acentuada na energia.

    Como deixar de se sentir cansado depois de comer?

    Sentir-se cansado após uma refeição pode ser frustrante, especialmente depois do almoço, quando uma pessoa pode precisar de estar alerta. Mas o sono de boa qualidade pode ajudar a prevenir o cansaço depois de comer.

    Uma queda de energia durante o dia pode ser particularmente perigosa para as pessoas que trabalham em condições de risco, tais como as que operam máquinas ou veículos.

    Para evitar que isso aconteça, partilhamos consigo algumas dicas:

    Coma pouco e frequentemente

    Em vez de comer grandes refeições, faça refeições mais pequenas e lanches de poucas em poucas horas para manter os níveis de energia. Uma peça de fruta ou um punhado de nozes deve ser suficiente para evitar uma quebra de energia.

    Dê um passeio

    Fazer exercício leve durante o dia, especialmente depois de comer, pode ajudar as pessoas a sentirem-se menos cansadas.

    Faça sesta curtas durante o dia

    Para se sentir com mais energia, faça sestas que não excedam os 20-25min de duração. Neste artigo, explicamos tudo o que precisa de saber para tirar o melhor partido das sestas.

    Evite beber álcool às refeições

    O álcool pode fazer as pessoas sentirem-se mais cansadas.

    Durma bem

    Uma pessoa que dorme o suficiente à noite tem menos probabilidades de experienciar sonolência pós-almoço.

    Na Molaflex, temos todo o conforto que precisa para ter uma noite de sono perfeita.

    Dia Mundial do Cinema: três filmes de 2022 para ver na cama

    Ainda é muito cedo para fazer as listas do ano? Nem por isso. Principalmente se sofre do famoso FOMO – Fear Of Missing Out – que significa algo como “o medo de perder algo ou ficar de fora”. Se é o seu caso, o Dia Mundial do Cinema torna-se na desculpa perfeita para pôr em dia os títulos da sétima arte que 2022 trouxe para a mira mediática.

    Portanto, este sábado, aqueça o chá, puxe as mantas e dê play a grandes emoções. Se são emoções de rir, chorar ou simplesmente testar quão mais rápido o coração pode bater, isso já fica à sua escolha.

    O filme mais top do ano é…

    “Top Gun: Maverick”. 34 anos depois do sucesso de bilheteira que arrecadou mais de 356 milhões de dólares, Tom Cruise veste de novo a pele de Pete Maverick Mitchell. O eterno piloto rebelde continua a desafiar a morte. Desta vez, num mundo em que a guerra também se faz com tecnologia. E Cruise está cá para salvar-nos a todos. Mas, para isso, primeiro tem de treinar jovens pilotos da academia Top Gun. Lição número 1: ter pipocas na cabeceira.

    Quem diz não a uma comédia romântica?

    2022 voltou a juntar George Clooney e Julia Roberts no grande ecrã. Em “Bilhete para o Paraíso”, estes queridinhos de Hollywood interpretam um ex-casal que é forçado a juntar-se numa missão quase impossível: impedir que a filha se case com um homem que acabou de conhecer. Resultado: a caneca do chá aquece as mãos, as trapalhadas aquecem as bochechas ao sorrir e o romance aquece o coração.

    É só ficção (científica)!

    “Tudo em todo o lado ao mesmo tempo” já é apontado como um futuro clássico da ficção científica. O filme protagonizado por Michelle Yeoh começa num departamento de finanças, mas depois mete universos paralelos e a possibilidade de aceder às memórias do “eu” nesses outros universos para conseguir ir buscar conhecimentos que são úteis no universo atual. Então, releu a última frase e só agora voltou aqui? É normal. Afinal de contas, isto é um filme que só visto! Na cama, claro, até porque tem 2h20.

    Gostou das nossas sugestões ou prefere celebrar com os clássicos? O que importa é que passe bons momentos no conforto do seu colchão Molaflex®. Bom sábado e bons filmes!

    19 de Outubro, 2022

    Substâncias naturais que facilitam o sono pelo Dr. Javier Albares

    DR. JAVIER ALBARES – A natureza fornece-nos plantas e sementes que nos podem ajudar a descansar melhor.

    É importante salientar que, embora sejam suplementos naturais que podemos obter sem receita médica, mesmo em supermercados, devem ser receitados por um profissional de saúde, uma vez que a maioria deles tem interações com outros medicamentos e outros não são recomendados em certas patologias (tensão alta, diabetes, etc.) ou circunstâncias da vida (gravidez, amamentação, etc.).

    Também recomendamos que se tomem os suplementos em forma de comprimidos. Se tomado como uma infusão, existe o risco de fragmentação do nosso sono devido ao seu efeito diurético.

    Entre as plantas que produzem um efeito sonorífero sobre o organismo, encontram-se:

    Espinheiro Branco: utilizado como relaxante suave, para reduzir as palpitações associadas ao stress ou insónia.

    Lúpulo: recomendado para problemas de insónia que podem surgir durante a fase de menopausa. Esta planta deve ser tomada em curtos períodos de tempo, nunca excedendo 2 semanas.

    Grifonia: as suas sementes contêm uma alta concentração de 5-HTP, uma molécula que nos ajuda a adormecer e reduz os despertares noturnos. É aconselhável tomar em conjunto com a Papoila da Califórnia quando queremos melhorar a reconciliação do sono em estados depressivos.

    Cidreira: tem propriedades relaxantes, tornando-o benéfico para as insónias.

    Passiflora: tem propriedades sedativas e antiespasmódicas. Reduz a ansiedade e promove o sono. Pode ser tomado em conjunto com espinheiro branco para melhorar o seu efeito.

    Valeriana: Provavelmente a mais conhecida por todos, a sua raiz tem propriedades sedativas, ansiolíticas e relaxantes. Ajuda-nos a adormecer e melhora a qualidade do sono. A valeriana também pode ser tomada em conjunto com a Papoila da Califórnia.

    Papoila da Califórnia: Conhecida como a planta para insónia e sono reparador, os seus alcalóides ajudam a melhorar a qualidade do sono e a reduzir os despertares noturnos.

    Os suplementos que ajudam a induzir o sono incluem:

    Melatonina: uma hormona encontrada naturalmente no nosso corpo, que nos ajuda a adormecer e é particularmente indicada em casos de distúrbios do ritmo circadiano, jet lag e ajuste do ciclo sono-vigília, ou em pessoas que trabalham por turnos. Os períodos de repouso devem ser estabelecidos entre as doses.

    Tryptophan e 5HTP: uma substância que aumenta os níveis cerebrais de serotonina.

    Vitaminas do complexo B: pode melhorar a insónia e os despertares precoces.

    Vem aí o 2º Eclipse Solar Parcial de 2022

    Na terça-feira, 25 de outubro de 2022, apenas seis dias antes do Halloween, a lua passará em frente ao sol criando um eclipse solar parcial. O sol aparecerá como se lhe tivesse sido retirada uma enorme mordidela, dependendo da localização dos observadores em todo o globo.

    O eclipse parcial será visível no hemisfério norte em África, Ásia, Europa e Guernsey no Reino Unido e estará no seu ponto mais extremo no pólo norte e na Rússia.

    Em Portugal, o fenómeno ocorre durante a manhã de 25 de outubro mas não será visível.

    Durante este eclipse, em parte alguma da Terra se poderá observar um eclipse solar total. Isto porque, durante o eclipse de 25 de outubro, a lua e o sol não estarão perfeitamente alinhados e, como resultado, a lua não cobrirá completamente o sol. Em vez disso, o sol irá parecer ter uma forma crescente, quase como se lhe tivesse sido retirada uma dentada.

    Os eclipses acontecem quando a lua passa entre a Terra e o sol e lança uma sombra sobre parte do planeta, bloqueando total ou parcialmente a luz do sol. Os eclipses solares nunca são visíveis em todo o planeta porque a lua é muito mais pequena do que a Terra e a sua sombra tem apenas algumas centenas de quilómetros de largura.

    A 25 de Outubro o ponto de eclipse central passará sobre o pólo norte, onde 82% do sol será eclipsado. Da Rússia até 80% do sol será eclipsado, esta proporção cai para 70% na China, 63% na Noruega, e 62% na Finlândia.

    Atenção, NUNCA olhe para o sol com binóculos, telescópio ou a olho nu sem proteção especial. Os astrofotógrafos e astrónomos usam filtros especiais para observar o sol com segurança durante eclipses solares ou outros fenómenos solares. Além disso, os óculos de sol regulares também não são suficientes durante a observação do sol.

    7 de Outubro, 2022

    Quer que o seu filho seja bem sucedido? Deixe-o dormir

    Einstein disse: “Há uma força motora mais poderosa do que o vapor, a eletricidade e a energia atómica: e essa é a vontade”.

    Era ótimo se quiséssemos sempre fazer tudo, mas há obrigações que, em certos momentos, nos parecem difíceis de cumprir. Sabemos que, a longo prazo, é bom para nós, que tem um benefício, mas o esforço necessário a curto prazo é maior. E a mesma coisa acontece aos nossos filhos. Fazer os trabalhos de casa ou estudar quando chegam a casa à noite e têm vontade de se sentar a ver televisão. Isto significa que eles têm de fazer um grande esforço que exige que as mães e os pais eduquem a sua força de vontade.

    “Educar a força de vontade e o esforço dos nossos filhos é fundamental para que eles saibam como se comprometer com objetivos importantes na vida. Porque normalmente, as coisas importantes na vida exigem grandes doses de esforço e dedicação”, diz a psicóloga Patricia Ramírez (conhecida nas redes sociais como Patri Psicóloga).

    Como é que treinamos a força de vontade dos nossos filhos?

    “A força de vontade está associada ao esforço necessário para atingir objetivos a curto prazo, que envolvem sacrifício, mas que nos beneficiam a longo prazo, define Patricia. Mas isto enfrenta dois problemas principais:

    • Renúncia. “É muito difícil pensar a longo prazo e desistir desse prazer imediato”, reconhece a especialista, e dá-nos o exemplo de quando se levanta meia hora mais cedo para correr. É um grande esforço desistir dessa meia hora de sono para ir correr, mas sabe que a longo prazo lhe dará um benefício.
    • Impaciência. Está intimamente relacionado com o anterior. “É quando sentimos o desejo de algo e queremos satisfazê-lo imediatamente”, diz Patricia, por exemplo, quando queremos chocolate e queremos satisfazer esse desejo nesse momento e nesse momento, não podemos esperar.

    O que podemos fazer para lidar com estes problemas e educar a força de vontade dos nossos filhos?

    Patri, a Psicóloga, dá-nos 8 orientações muito práticas:

    1. Ensine-os a esperar, parar, abrandar. “Trata-se apenas de atrasar o desejo, não de o reprimir”. A psicóloga acrescenta que, se o desejo for tão intenso, também o terá em 15 minutos ou meia hora.
    2. Ensine-os a priorizar. “Primeiro o dever, depois o prazer”.
    3. Habitue-o a esperar pela sua vez. Não responda a tudo imediatamente e não esteja disponível cada vez que telefonam, ensine-os a esperar pela sua vez. A psicóloga volta a salientar o conceito de espera, e que ensinar a esperar é vital. “Vivemos num mundo de imediatismo e os nossos filhos estão habituados a ter tudo quando querem, nesse instante, razão pela qual são tão impacientes.” Pedro García Aguado, num dos nossos eventos em Madrid, deu o exemplo do filme: “Antes de existirem câmaras digitais, quando tirávamos fotografias, tínhamos de esperar que o filme estivesse terminado (frequentemente de um verão para o outro), e depois uma semana ou dez dias até que a loja lhe desse as fotografias. Fomos ensinados a esperar. Agora as crianças não são. E nós temos de as ensinar!”
    4. Ensine-os a planear. “Quanto menos deixarmos à improvisação, menos obstáculos terão”, diz o Patri Psicóloga.
    5. Ensine-os a serem compassivos em relação aos erros. “O erro não tem solução”. Ramírez, diz-nos que não vale a pena culpabilizar quando se faz algo errado, porque isso não nos torna mais responsáveis. A responsabilidade é fazer o que se diz que se vai fazer, nada mais. Se cometeu um erro, tudo bem.
    6. Atribuir a todos as suas responsabilidades. “Todos temos de contribuir para o bem-estar geral, mesmo que nos apeteça mais deitarmo-nos no sofá.”
    7. Esqueça os prémios. “Não damos aos nossos filhos um subsídio para esvaziar a máquina de lavar loiça, mas os nossos filhos têm de se comprometer com as suas responsabilidades porque são deles, e não porque há um prémio por detrás deles.”
    8. Deixe-os descansar. “Se os nossos filhos não tiveram descanso suficiente, é muito difícil para eles fazer um esforço e ter força de vontade.”

    A força de vontade é alimentada pelo descanso

    O sono repousante ajuda os nossos neurotransmissores a trabalhar melhor. E o autocontrolo e a força de vontade estão intimamente relacionados com estes neurotransmissores. “Uma criança que não dormiu bem, está cansada, está triste, está irritável… É muito difícil para eles fazer um excesso de esforço de autocontrolo. É por isso que é vital que as nossas crianças durmam o suficiente e que o sono seja de boa qualidade”, diz a Patri Psicóloga.

    A força de vontade significa não ceder ao prazer imediato, tal como desistir de jogar o jogo para fazer os trabalhos de casa, por isso “quanto mais equilibrado for o nosso estado de espírito, melhor. Porque humores como a frustração, raiva ou ansiedade dificultam o autocontrolo. Porque quando estamos mal, o que procuramos é estar bem. E como estar bem tem muito a ver com prazer imediato, a nossa criança deixará os esquemas e voltar-se-á para o telemóvel”.

    Além disso, durante a noite, na última fase do sono, é quando reparamos os danos cognitivos. E funções cognitivas tais como concentração, memória, atenção, estão envolvidas em ser capazes de prestar atenção ao que queremos lutar por ou queremos controlar.

    A força de vontade não vai apenas obrigar os nossos filhos a fazer os seus trabalhos de casa. Também os fará “optar por comer algo mais saudável quando se sentem com vontade de comer um bolo, ou ir a atividades extracurriculares quando lhes apetece jogar consola, ou não responder a um professor com quem não concordam”. A força de vontade não é só para fazer, mas também para deixar de fazer (deixar o telemóvel, deixar a televisão…)”, recorda-nos Patri.

    Porque é que temos olheiras?

    As olheiras (nome médico: hiperpigmentação periorbital) aparecem claramente no rosto porque a pele à volta da zona dos olhos é a pele mais fina do corpo. Isto torna mais fácil ver os vasos sanguíneos. Pense num “olho negro” – é visto mais facilmente porque os vasos sanguíneos rompidos aparecem através dessa pele fina.

    As olheiras normalmente não são uma preocupação de saúde. Por vezes, basta uma boa noite de sono para remediar o problema. Mas há outras causas comuns para essas meias-luas escuras debaixo dos olhos. Entre elas, incluem-se:

    Pele mais fina

    A pele fina sob os olhos pode tornar-se ainda mais fina com a idade. Uma razão para isso é que o corpo deixa de produzir tanto colagénio (a segunda substância mais abundante no corpo depois da água). Com o envelhecimento, produzimos menos colagénio, o que torna a pele sob os olhos ainda mais fina. Por isso, os vasos sanguíneos escuros sob a superfície tornam-se mais óbvios.

    Alergias

    Se sofrer de alergias sazonais, estas podem desencadear histaminas no seu corpo – substâncias químicas libertadas pelo sistema imunitário para ajudar o organismo a livrar-se de algo prejudicial – tal como qualquer substância que esteja a causar a alergia. As histaminas podem provocar o inchaço dos vasos sanguíneos sob os olhos. Se isso acontecer, a pele fina pode fazer com que os vasos pareçam mais escuros do que o resto do rosto.

    Falta de sono

    A privação de sono não é o verdadeiro mau da fita quando se trata de olheiras. A falta de sono faz com que a pele do rosto se torne globalmente mais pálida. E é isso que torna os vasos sanguíneos próximos da superfície da pele mais visíveis, dando-lhe aquele aspecto “cansado”.

    Demasiado sol

    A exposição solar faz com que o seu corpo produza mais do pigmento chamado melanina, que é o que dá cor à pele. Quando se expõe demasiado sol na pele, está-se a promover a quebra do colagénio. Menos colagénio é igual a pele mais fina, o que torna as veias mais óbvias.

    Demasiado stress

    Os círculos escuros podem ser um reflexo do stress. Quando se está sob stress, o sangue vai para outras partes do corpo em vez de se fazer um fluxo normal no rosto. A falta de sangue fará com que o rosto fique pálido e com que os vasos sanguíneos sob os seus olhos se tornem mais óbvios.

    Pouca água

    Pode ficar desidratado se o seu corpo perder mais líquidos do que o que bebe. É uma razão comum para ter olheiras sob os olhos. Quando o corpo não tem água suficiente, a pele sob os olhos começa a parecer baça e os olhos parecem afundados. O resultado são sombras e vasos sanguíneos mais pronunciados.

    Genes

    Pode ser o ADN da sua família o responsável pelas olheiras sob os olhos. Em algumas famílias, os membros têm pigmentos mais escuros na pele inferior do olho do que em qualquer outro lugar do rosto e isso pode levar ao aparecimento de olheiras. É mais comum as famílias que têm tons de pele mais escuros terem olheiras. Se os olhos afundados correm na sua família, essa é outra razão pela qual as olheiras podem ser mais visíveis.

    E como podemos reduzir as olheiras?

    A melhor forma de evitar a formação de olheiras proeminentes é primeiro seguir medidas preventivas. Ações simples como melhorar o sono, usar protecção solar, encontrar formas saudáveis de reduzir o stress, beber menos álcool, deixar de fumar, escolher cuidadosamente a sua maquilhagem, e remover suavemente a maquilhagem irão reduzir as hipóteses de formar essas bolsas escuras nos olhos. Pode tentar usar mais almofadas para elevar a sua cabeça e assim evitar a acumulação de líquidos, usar uma compressa fria, reduzir a ingestão de alimentos salgados, e remover suavemente a maquilhagem cada vez que esta é aplicada.

    Dormir e saúde cognitiva pelo Dr. Javier Albares

    DR. JAVIER ALBARES – Todos nós, em algum momento das nossas vidas, já sentimos as consequências de não dormir o suficiente durante dias, semanas ou mesmo um único dia. Esta falta de sono diária causa, entre outras coisas, uma deterioração do funcionamento físico e cognitivo.

    Dormir ajuda o corpo a reparar-se a si próprio após a atividade diária. Parte desta reparação tem lugar através da regeneração de células e tecidos e da regulação dos sistemas imunitário e metabólico. Tudo isto é essencial para a manutenção de uma boa saúde.

    No que diz respeito à saúde cerebral, o sono de qualidade melhora a nossa capacidade de atenção, a consolidação da memória e a tomada de decisões. Graças ao sono, o nosso organismo é capaz de se restabelecer e começar o dia com energia. É também durante o sono que a aprendizagem que fizemos durante o dia é consolidada e fixada no nosso cérebro.

    A importância do sono

    Durante as fases de sono profundo, mecanismos (neuroprotectores, anti-inflamatórios e antioxidantes) que previnem a deterioração do cérebro são ativados.

    As perturbações do sono são um fator de risco para o desenvolvimento de uma deficiência cognitiva. Têm um impacto direto no estado de alerta e no estado de espírito.

    Vários estudos têm associado a privação do sono a um risco acrescido de doenças neurodegenerativas, tais como a doença de Alzheimer. Não se deve esquecer que durante o sono, as toxinas acumuladas durante o dia são eliminadas. Entre elas a proteína B-amilóide, que está diretamente envolvida no desenvolvimento da doença. Se dormirmos muito pouco, estas substâncias tóxicas para a nossa saúde não são eliminadas corretamente.

    O lado positivo é que o sono é um fator modificável nas nossas vidas.

    Quando surgem dificuldades de sono (início do sono, manutenção do sono ou despertar cedo), é necessário procurar a ajuda de um profissional de saúde.

    Porque é que bocejamos, e será mesmo contagioso?

    Só de pensar em bocejar, dá vontade de o fazer. É algo que acontece a toda a gente, incluindo os animais, e não se deve tentar evitá-lo porque, quando surge um bocejo, é quando o corpo mais precisa dele. É uma das ações mais contagiosas e incontroláveis do nosso corpo e vamos perceber porquê, neste artigo.

    Há muitas teorias sobre o porquê de as pessoas bocejarem. Uma teoria popular é que o bocejo ajuda o corpo a trazer mais oxigénio. Mas esta teoria tem sido, na sua maioria, desmascarada.

    Causas do bocejo, mesmo que não esteja cansado

    A teoria mais apoiada cientificamente sobre o porquê de bocejarmos é a regulação da temperatura do cérebro. Um estudo de 2014, publicado na revista Physiology & Behavior, analisou os hábitos de bocejo de 120 pessoas e descobriu que o bocejo ocorreu menos durante o inverno. Se a temperatura do cérebro se afastar demasiado da norma, a inalação de ar pode ajudar a arrefecê-lo. Mas existem outros motivos:

    • Boceja-se quando se está cansado porque o cérebro está a abrandar, fazendo com que a temperatura corporal desça.
    • Boceja-se quando se está aborrecido porque o cérebro não se sente estimulado e começa a abrandar, provocando uma queda de temperatura.
    • Boceja-se quando se vê outra pessoa bocejar porque se está no mesmo ambiente que ela, logo está exposto à mesma temperatura.
    • Outra razão para bocejar é porque o corpo quer acordar-se a si próprio. O movimento ajuda a esticar os pulmões e os seus tecidos, o que permite que o corpo flexione os músculos e articulações. Pode também forçar o sangue na direção do rosto e do cérebro para aumentar a atenção.

     

    O bocejar é contagioso?

    O bocejar é definitivamente contagioso. Mesmo ver vídeos de pessoas a fazê-lo pode desencadear uma sessão de bocejos. Experimente e teste por si próprio, assistindo a este vídeo, até ao fim, sem bocejar. Se não bocejar explicamos-lhe, a seguir, as razões.

    Se bocejou, então, de acordo com um estudo da Universidade de Baylor, é uma coisa boa: está a mostrar empatia e união.

    O estudo, publicado na revista Personalidade e Diferenças Individuais, analisava 135 estudantes universitários, as suas personalidades, e como reagiam a diferentes movimentos faciais. Os resultados mostraram que quanto menos empatia uma pessoa tivesse, menos provável seria que bocejasse depois de ver outra pessoa bocejar.

    É importante notar que estes resultados não podem ser generalizados. Se não bocejou, não há nada de errado consigo.

    Ficou com vontade de dormir? Não vá sem antes conhecer toda a gama de descanso de qualidade Molaflex.

    4 de Outubro, 2022

    Diga-nos como dorme, dir-lhe-emos qual a almofada Molaflex® ideal

    Na hora de ter um sono reparador, uma boa almofada é tão importante quanto um bom colchão. Em muitos casos, é até mesmo a escolha da almofada certa que vem aliviar dores nas articulações. Tudo, porque ao manter o tronco alinhado durante o sono, a almofada distribuiu a pressão dos vários pontos do corpo.

    Mas como garantir esse alinhamento? A resposta está na posição que assume durante o sono:

    • Se dorme de barriga para cima, opte por almofadas de espessura média.
    • Prefere dormir de lado? Escolha uma almofada mais firme e alta, que dê apoio ao ombro.
    • Por último, para quem não perde o hábito de dormir de barriga para baixo, há almofadas mais suaves e com firmeza baixa.

    Qualquer que seja o seu caso, a Molaflex® tem almofadas disponíveis, capazes de responder às suas necessidades de descanso. Esta oferta de produtos torna-se particularmente relevante agora mesmo, se a sua almofada apresentar manchas, rasgões, buracos, cheiros ou, ainda, se tiver ultrapassado o tempo de vida útil (normalmente entre 18 meses e 3 anos).

    Identifica-se com alguma destas situações? Chegou, então, o momento de conhecer as características diferenciadoras de cada uma das almofadas Molaflex® e encontrar aquela de que precisa. Vamos lá:

    Pluma

    • Firmeza média-baixa.
    • Com enchimento de penas, o que cria um efeito pluma.
    • Produto 100% natural, com capacidade de absorver humidade.

    Brasília

    • Firmeza alta.
    • Com bloco látex de alta precisão, que se adapta à anatomia do pescoço.
    • Oferece um ótimo controlo de temperatura, evitando despertares noturnos.

    Visco Prata

    • Firmeza média-alta.
    • Com enchimento viscoelástico para uma posição neutra da coluna.
    • Tecido com fio de prata, que favorece o relaxamento dos músculos e apresenta propriedades antimicrobianas.

    Thai

    • Firmeza média.
    • Com enchimento de microfibra, aliado a um toque de gel que garante um acolhimento suave.
    • Alto nível de respirabilidade, evitando mudanças de temperatura durante o sono.

    Natur

    • Firmeza alta.
    • Com enchimento de fibra oca siliconada reciclada, oferecendo boa circulação de ar.
    • Inclui bambu na capa exterior, de modo a obter um brilho extra e suavidade ao toque.

    Soft

    • Firmeza média.
    • Com enchimento de fibra oca siliconada reciclada, mantendo a qualidade da fibra virgem.
    • Capa de microsatén, que garante máximo conforto.

    Ecofiber

    • Firmeza média.
    • Com enchimento de fibra oca siliconada reciclada, tendo a mesma capacidade de recuperação que a fibra virgem.
    • Propriedades hipoalergénicas e tecido em microfibra para um efeito suave.

    Então, qual é a almofada Molaflex® ideal para si? Se ainda tem dúvidas, conte com a ajuda do revendedor oficial mais perto de si. E, para proteger a sua nova almofada, descubra também a Capa Molaflex® com Fecho.

    Afinal de contas, ter uma almofada de qualidade e bem conservada ultrapassa as ideias de conforto. É, na verdade, uma questão de saúde. E, na Molaflex®, temos tudo para que cuide bem do seu sono.

    Já que chegou até aqui, aproveite:

    Até 31 de outubro, na compra de um colchão Molaflex® do Catálogo Geral, recebe almofadas de oferta. Saiba mais.

    3 de Outubro, 2022

    Tratamento Silver Pro: afinal, de que se trata?

    Inovar, sem parar, durante mais de sete décadas, nem sempre é simples. Mas, com a motivação certa do nosso lado, tudo se torna mais fácil.

    É por isso que, a pensar no melhor descanso dos portugueses, a Molaflex® consegue voltar a surpreender o público. Desta vez, com a gama Vital e uma novidade que vale ouro: os nossos melhores colchões qualidade-preço são agora relançados com Tratamento Silver Pro, uma tecnologia à base de iões de prata.

    Descubra, abaixo, tudo o que esta alta tecnologia pode fazer pelas suas noites de sono.

    Barreira antimicrobiana

    Os iões de prata repelem bactérias, neutralizando os elementos que criam infeções cutâneas. Assim, os novos colchões Vital garantem-lhe um descanso mais higiénico.

    Proteção contra odores

    O odor a suor é causado pela proliferação excessiva de bactérias. Por isso, tendo em conta a vantagem anterior, torna-se claro que os iões de prata anulam os microrganismos responsáveis pelo aparecimento de cheiros no colchão.

    Controlo da temperatura

    Se sofre com noites quentes, o Tratamento Silver Pro pode vir a tornar-se no seu maior aliado. Como os iões de prata absorvem a humidade do exterior, o calor é dissipado mais facilmente.

    Fomos ainda mais longe, com a Nova Linha Vital.

    Para lhe oferecer condições de descanso muito mais à frente, combinámos o Tratamento Silver Pro a um acabamento inovador. Graças a essa finalização, a Nova Linha de colchões Vital favorece a circulação sanguínea, tendo propriedades anti-stress.

    Além disso, até 31 de outubro, há condições especiais de relançamento para aproveitar: desde preços baixos à oferta de almofadas.

    Vá lá, conheça de perto as vantagens do Tratamento Silver Pro, antes que a campanha termine. E relaxe.

    Descubra a nova LINHA VITAL

    23 de Setembro, 2022

    Como é que a cafeína afeta o nosso descanso? pelo Dr. Javier Albares

    Dr. JAVIER ALBARES – Espanha ocupa o 19º lugar no mundo no consumo de café. Os espanhóis bebem, em média, 4 cafés por dia. Assumindo um ano, dá a quantidade nada insignificante de 14.000 milhões de chávenas de café.

    O café é um poderoso estimulante do sistema nervoso central. Ele bloqueia os sinais que transmitem ao nosso cérebro que precisamos de dormir. Mantém-nos alerta e aumenta o ritmo cardíaco e a pressão sanguínea. A cafeína começa a atuar no espaço de 15 minutos e tem uma duração entre 5 e 12 horas (dependendo do metabolismo de cada pessoa). Após 6 horas de tomar um café, 50% da cafeína está ativa no cérebro e após 12 horas, ainda está ativa 25%.

    O que é que isto significa?

    Se tomarmos o nosso último café do dia às 14h30, às 23h30 ainda podemos ter cafeína no nosso corpo. Isto pode tornar difícil adormecer e manter o sono.

    O consumo de cafeína está também associado à divisão do sono e a uma redução do tempo total de sono. Beber mais café do que o recomendado tem um impacto na qualidade do sono, o que nos pode deixar cansados de manhã e fazer-nos sentir a necessidade de beber mais café para nos mantermos acordados.

    Isto pode ser um indicador de como está o nosso descanso. A sensação de necessidade de café para ficar acordado de manhã deve ser considerada como um sinal de aviso de privação de sono.

    O café descafeinado é uma boa alternativa?

    O café descafeinado contém pequenas doses de cafeína (cerca de 20% de um café). O abuso deste tipo de café, e dependendo da nossa sensibilidade à cafeína, também pode levar a dificuldades de sono.

    Para aqueles que gostam de apreciar café, a recomendação dos peritos é beber um café de manhã e, se quiser tomar outro ao meio-dia, este deve ser descafeinado.

    Beber água influencia a qualidade do sono?

    Uma vez que a água representa 60% do peso corporal, é inegável a importância que tem para a nossa sobrevivência. Beber água é essencial para manter o corpo a funcionar, mas também ajuda a melhorar a saúde cognitiva e emocional, e a dormir melhor.

    Beber muita água antes de se deitar pode fazer com que desperte várias vezes durante a noite para ir à casa de banho. Então, o ideal é bebê-la ao longo do dia. Conheça, a seguir, os benefícios da água na qualidade do sono:

    Baixa a tensão arterial e o ritmo cardíaco

    Um artigo publicado na Scientific Reports sugere que a água reduz a carga de trabalho cardíaca e tem um efeito perceptível no ritmo cardíaco e na pressão arterial. Indica ainda que a diminuição da pressão arterial e da frequência cardíaca pode ser em parte devido à ativação do sistema nervoso parassimpático, ao repouso do corpo, à digestão e ao estado de recuperação.

    Quando o ritmo cardíaco e a pressão sanguínea de uma pessoa são mais baixos, ela é mais capaz de relaxar, o que ajuda a adormecer mais rapidamente e a manter o sono contínuo toda a noite.

    Melhora o estado de espírito

    estudos que comprovam que a hidratação pode melhorar o humor, a calma, os sentimentos de satisfação e ainda ajuda a produzir outras emoções positivas, o que pode ajudar a criar a atmosfera certa para um descanso tranquilo. Outros estudos mostram também que a desidratação pode causar mau humor, irritabilidade, dificuldade de concentração, agitação, sonolência diurna e fadiga, o que pode dificultar o sono.

    Alivia os sintomas da dor de cabeça

    Por vezes, adormecer pode ser difícil por causa de uma dor de cabeça persistente. Se for o seu caso, tomar um copo de água antes de dormir pode ser o remédio para aliviar os sintomas.

    Previne a desidratação

    Quando desidratada, uma pessoa pode sentir sede, boca, lábios e olhos secos, aumento do ritmo cardíaco e da temperatura corporal, mau humor, cãibras musculares e irritabilidade. Estes sintomas podem ter impacto na capacidade de uma pessoa adormecer e de dormir sem interrupções.

    Beber um copo de água antes de dormir é uma forma de hidratar o corpo e ajudar a dormir melhor durante a noite, desde que tenha em consideração a hora e a quantidade.

    22 de Setembro, 2022

    5 benefícios do chá de camomila

    Há milhares de anos que as pessoas utilizam as ervas como medicina natural. Existe uma variedade enorme de chás de ervas e todos eles oferecem diferentes benefícios para a saúde. Muitos chás de ervas são ótimos para problemas digestivos, para estimular o sistema imunitário, reduzir a inflamação, e muito mais. Além disso, os chás de ervas tendem a ser isentos de cafeína, o que os torna uma opção suave e calmante para uma poção quente.

    Neste artigo, vamos focar-nos nos benefícios para a saúde do chá de camomila que o vão deixar com vontade de bebê-lo todos os dias. Então, afinal para que serve o chá de camomila? Aqui estão apenas alguns benefícios desta bebida.

    Melhora a digestão

    O chá de camomila contém compostos que estimulam a produção de enzimas digestivas pelo pâncreas, que são necessárias para decompor os alimentos. É por isso que desfrutar de uma boa chávena quente de camomila, depois do jantar, é uma excelente ideia.

    Controla a ansiedade

    Outro benefício do chá de camomila é o alívio dos sintomas normalmente associados à ansiedade. Estudos demonstraram que o consumo de extrato de camomila está associado à redução de sintomas de ansiedade. Embora não seja uma solução ou tratamento permanente, o chá de camomila é um óptimo calmante e relaxante.

    Beber chá de camomila antes de um exame pode ajudar a acalmar os nervos e reduzir a ansiedade. Este chá de ervas contém compostos naturais que têm um efeito calmante no corpo, promovendo relaxamento e reduzindo o estresse. Além disso, os alunos que precisam de ajuda com a redação podem considerar a contratação de um redator particular da Essayswriting e obter assistência e suporte personalizados, ajudando a melhorar suas habilidades de redação e alcançar o sucesso acadêmico.

    Ajuda a dormir melhor

    O chá de camomila é o chá perfeito para beber antes de dormir, por algumas razões. O sabor leve e agradável tem um efeito muito calmante que ajuda a relaxar e adormecer mais rapidamente. Além disso, a camomila contém um antioxidante chamado apigenina, que se pensa estar ligado aos receptores cerebrais e também ajuda a adormecer. Isto torna o chá de camomila uma grande alternativa natural aos comprimidos para dormir ou outras formas potencialmente nocivas.

    Reduz os sintomas de constipação

    Se estiver constipado, preparar uma chávena de chá de camomila pode ajudar a acalmar as vias respiratórias e digestivas, bem como a acalmar uma dor de garganta. Beber líquidos quentes é bom quando se está constipado e pode ajudar a estimular o seu sistema imunitário.

    Previne doenças cardíacas e diabetes

    Este chá de ervas contém antioxidantes que têm sido associados à capacidade de reduzir o colesterol e os níveis de gordura no sangue. Conhecidos como flavonas, estes antioxidantes podem também ajudar a reduzir a pressão sanguínea. A camomila também é capaz de controlar os níveis de açúcar no sangue. Embora sejam necessários mais estudos, certamente não faz mal incluir uma chávena de chá de camomila na sua rotina diária.

    Agora que sabe para que serve o chá de camomila, prepare uma boa chávena quente desta bebida e desfrute tranquilamente…

    19 de Setembro, 2022

    Novos colchões Vital: a melhor relação qualidade-preço do mercado

    Se ainda não conhece a nova linha de colchões Molaflex, é provável que fique a dormir sobre o assunto depois de ler este artigo. Este ano, a marca que mais inova na combinação de materiais de descanso, relança a Gama Vital. Composta por três colchões que incorporam um tratamento inovador, chega agora ao mercado com os preços mais atrativos.

    A grande novidade desta linha está na integração do Tratamento Silver Pro, uma inovação no universo do sono, aliado às tecnologias exclusivas Molaflex. Este tratamento antibacteriano e anti-stress, aplicado ao tecido dos colchões, promove um descanso mais higiénico e saudável, favorecendo o seu bem-estar e conforto em simultâneo.

    E, porque as pessoas têm as suas preferências pessoais, foram desenhados três modelos que vão ao encontro de diferentes necessidades. Conheça o que distingue os colchões Vital:

    Vital Pocket: o colchão de conforto adaptável com Mola Ensacada Pocket Spring Pro integrada.

    Vital Airvex: o colchão de conforto suave com Bloco Airvex®.

    Vital Multi: o colchão de conforto firme com Mola Contínua Multielástic®

    Até 31 de outubro, tem a oportunidade de desfrutar do descanso premium com a melhor qualidade-preço do mercado a preços especiais de relançamento. Oportunidades destas são um descanso e uma forma de levar as suas noites de sono a outro nível.

    Preço Vital Pocket (140×190): Antes: 649€ / Agora: 551€

    Preço Vital Airvex: Antes: 549€ / Agora: 466€

    Preço Vital Multi (140×190): Antes: 599€ / Agora: 499€

    Quem escolhe o conforto Molaflex sai sempre a ganhar. Não perca também a grande campanha de oferta de almofadas e receba almofadas ViscoGel grátis na compra de um colchão.

    15 de Setembro, 2022

    Como dormir melhor?

    Adormecer nem sempre é uma tarefa fácil, mas ter uma boa noite de descanso pode ser mais simples do que se pensa. Os especialistas do sono identificaram alguns hábitos benéficos de “higiene do sono” que ajudam a adormecer mais rapidamente. Aqui, estão cinco formas de garantir uma boa noite de descanso.

    Cumpra uma rotina de noite

    A National Sleep Foundation aconselha a ter uma rotina de noite e a manter-se fiel a ela – sim, mesmo aos fins de semana. Ser consistente condiciona o relógio interno do seu corpo e ajuda-o a adormecer mais rapidamente. Acordar à mesma hora todos os dias é a melhor forma de acertar este relógio interno.

    Evite a nicotina, a cafeína e o álcool

    A maioria dos consumidores de café estão conscientes de que a cafeína é um estimulante e pode mantê-lo acordado durante a noite. Se bebe bebidas com cafeína, evite fazê-lo quatro a seis horas antes de se deitar. Já os fumadores devem também abster-se de usar quaisquer produtos de tabaco demasiado perto da hora de deitar, pois a nicotina pode perturbar o ciclo do sono. Embora o álcool possa fazê-lo adormecer após algumas horas, atua como estimulante e pode aumentar o seu número de despertares durante a noite. Isto pode levar a uma má qualidade de sono durante toda a noite.

    Reduza as sestas

    Se estiver a ter dificuldades em dormir durante a noite, sestas longas durante o dia podem estar a interferir com o seu horário. Se tiver de dormir a sesta, tente limitá-la a 30 minutos e evite dormir a sesta depois das 17 horas.

    Crie um ambiente tranquilo

    Um ambiente fresco, calmo e escuro é o ideal para dormir. Evite ecrãs emissores de luz, como os de portáteis, telemóveis e televisores antes de dormir. Se a luz solar se tornar um problema, considere a utilização de cortinas de blackout ou de uma máscara ocular para bloquear a luz que o acorda.

    Faça exercício regularmente

    Incorporar atividade física pode ser uma parte importante para conseguir dormir melhor – basta ter a certeza que não faz exercício muito perto da hora de dormir. Se não tiver tempo para um treino completo, um exercício ligeiro é melhor do que nada.

    Finalmente, saiba quando é altura de contactar o seu médico. Quase toda a gente tem, ocasionalmente, uma noite sem dormir. Mas se tiver dificuldade em dormir regularmente, pode ser altura de informar o seu médico. Reconhecer e tratar quaisquer causas subjacentes pode ajudá-lo a conseguir o sono de que necessita regularmente.

    12 de Setembro, 2022

    Trocar de almofada não custa nada. Receba a sua grátis.

    Até 31 de outubro, estamos a oferecer uma almofada ViscoGel na compra de um colchão de solteiro. Caso escolha um colchão de casal, recebe duas. Para um descanso mais saudável e menos preocupações na carteira, agarre esta oportunidade de ter um colchão do Catálogo Geral Molaflex®. É mesmo para aproveitar, antes que esgote.

     

    As vantagens de ter almofadas ViscoGel

    Com um valor de mercado a rondar os 25-30€, estas almofadas são feitas com uma espuma viscoelástica, que inclui partículas de gel. E é precisamente este fator de frescura que as torna ideais para quem é sensível ao calor.

    Não é o seu caso? O ViscoGel apresenta uma série de outros benefícios que não o vão deixar indiferente:

    • Grande elasticidade e flexibilidade;
    • Descanso sem pressões;
    • Material hipoalergénico;
    • Adaptação perfeita à forma da cabeça e pescoço.

     

    “E se a minha almofada já tiver estas vantagens todas? Devo trocá-la na mesma?”

    Por norma, devido ao suor, cabelos e células mortas que vão sendo libertados durante o sono, as almofadas têm uma vida útil de 2 anos. Tudo junto, fica criado um ambiente propício ao aparecimento de ácaros. Assim, é fácil de entender que trocar de almofada é uma questão de saúde.

    Está em mudanças ou a renovar o quarto? Pense na sua saúde e aproveite esta campanha Molaflex®.

    Quem sabe escolher sai sempre a ganhar

    Para um descanso completo e revigorante, uma boa almofada é tão importante como um bom colchão. Por isso, já sabe: só até ao final de outubro, escolha descansar melhor com a Molaflex® e receba almofadas ViscoGel de oferta.

    9 de Setembro, 2022

    As aranhas também sonham?!

    Da próxima vez que avistar uma aranha pendurada de cabeça para baixo em sua casa, poderá estar a dormir um pouco como os humanos.

    A ecologista comportamental Daniela Rößler fez esta descoberta acidental quando observou aranhas saltadoras penduradas no seu laboratório pela primeira vez em 2020. Rößler e a sua equipa de investigação publicaram recentemente as suas descobertas na revista Proceedings of the National Academy of Sciences.

    Rößler, uma investigadora da Universidade de Konstanz na Alemanha, começou por estudar as interacções predador-presa em aranhas. Utilizou aranhas bebés para a sua experiência, e oportunisticamente filmou os animais durante a noite utilizando uma câmara de infravermelhos.

    As aranhas exibiam algo como movimentos rápidos dos olhos (REM), um comportamento que nós e muitos animais experimentamos frequentemente quando dormimos. Durante a REM, as atividades no corpo como o ritmo cardíaco aumentam, enquanto os olhos permanecem fechados e se movem rapidamente.

    Enquanto observava as aranhas, a equipa de investigação também observava os animais a contorcerem ocasionalmente os seus membros, outro comportamento REM clássico. Em conjunto, estas descobertas sugerem que poderia existir um estado sonhador, semelhante ao sono, nas aranhas. Já existem provas de que as moscas da fruta dormem. Mas esta é a primeira vez que o padrão REM foi documentado numa aranha saltadora, disse Rößler.

    Mas o que nos parece ser o sono pode ou não ser o sono em aranhas. Embora as descobertas da equipa de investigação sugiram muito que as aranhas dormem, as provas ainda não são certas, observou Rößler.

     “Se queremos realmente compreender a função do sono, precisamos de olhar para ela onde ela acontece”.

    Como uma extensão desta investigação, Rößler planeia realizar estudos do sono numa atmosfera de campo, em vez de capturar aranhas e estudá-las num ambiente artificial de laboratório. “Se queremos realmente compreender a função do sono, precisamos de olhar para ela onde ela acontece”, explicou ela.

    No entanto, o ambiente de laboratório ainda produziu resultados convincentes. É um estudo bem feito que documentou os tremores em aranhas, disse Mark Blumberg, um professor da Universidade de Iowa que investiga os tremores e o sono REM em ratos e bebés humanos. Blumberg não fez parte deste estudo recente.

    6 de Setembro, 2022

    O que acontece quando ficamos vários dias sem dormir

    Vivemos numa sociedade imersa em stress e pressa: estudo, trabalho, família, preocupações… É por isso que a grande maioria da população afirma ter sentido sintomas de privação do sono em algum momento das suas vidas.

    É claro que a privação ocasional do sono não é um problema grave, mas a privação contínua do sono pode ter um impacto na nossa vida diária e, em circunstâncias extremas, a privação do sono pode, em última análise, levar à morte.

    “O sono, a boa nutrição e o exercício frequente são a base da boa saúde”, segundo Terry Cralle, um educador clínico certificado em Fairfax, Virginia. Três pilares interligados que devem ser geridos de forma independente.

    Pode não o saber, mas durante o sono, os nossos corpos produzem hormonas que ajudam a controlar o apetite, o metabolismo e o processamento da glicose. O sono deficiente pode levar a um aumento da produção de cortisol pelo organismo, também conhecido como a hormona do stress. Além disso, a escumação durante o sono parece desestabilizar outras hormonas corporais. Liberta-se menos insulina após a ingestão, e isto, juntamente com o aumento do cortisol, pode levar a um excesso de glicose na corrente sanguínea e, assim, a um risco acrescido de diabetes tipo 2.

    O descanso adequado é importante, mas o que acontece ao nosso corpo quando passamos demasiadas horas sem dormir?

    ÀS 24 HORAS: COORDENAÇÃO, MEMÓRIA E JULGAMENTO PREJUDICADOS

    De acordo com um estudo publicado no International Journal of Occupational Medicine and Environmental Health, as consequências da falta de sono às 24 horas são comparáveis à deficiência cognitiva de uma pessoa com um teor de álcool no sangue de 0,10 por cento.

    “O julgamento é prejudicado, a memória é prejudicada, a tomada de decisões é prejudicada e a coordenação mãos-olhos é reduzida”, diz Cralle. “A emoção é maior, a atenção diminui, a audição deteriora-se e o risco de morte por um acidente fatal aumenta”.

    ÀS 36 HORAS: A SAÚDE FÍSICA COMEÇA A SER AFECTADA NEGATIVAMENTE

    É tempo de falar de riscos reais para a saúde. Com estas horas de privação do sono, são encontrados níveis elevados de marcadores inflamatórios na corrente sanguínea. Podem eventualmente conduzir a doenças cardiovasculares e a tensão arterial elevada.

    A atenção e a concentração são mínimas e o corpo vai para o que se chama piloto automático.

    ÀS 48 HORAS: MICROSSONOS E DESORIENTAÇÃO

    Depois de dois dias sem dormir, o corpo começa a compensar, fechando-se naquilo a que se chama microssonos. Episódios que duram meio segundo a meio minuto e são geralmente seguidos por um período de desorientação. “A pessoa que experimenta um microssono adormece independentemente da atividade em que está envolvida”, diz Cralle. Os microssonos são semelhantes aos blackouts, e uma pessoa que os experimenta desconhece que estão a ocorrer.

    Lembre-se de que o descanso é um pilar fundamental da nossa saúde.

    2 de Setembro, 2022

    Truques para entrar na rotina de Regresso às Aulas

    As férias destinam-se a ser divertidas e a dar um alívio na rotina monótona da vida quotidiana. Mas, como acontece com todas as coisas boas, as férias também chegam ao fim, e é tempo de tanto os pais, como os filhos voltarem à velha agenda aparentemente ocupada e monótona. No entanto, a maioria dos pais descobre que, de todas as coisas, fazer com que o seu filho volte à rotina não é tão fácil como parece. Neste artigo, vamos dar algumas dicas para o ajudar a cumprir com sucesso esta missão aparentemente impossível.

    Prepare com antecedência

    Comece a reiniciar a rotina de sono do seu filho pelo menos uma semana antes da reabertura da escola. Eduque-o sobre a importância do sono e o seu papel na manutenção do bem-estar geral. Faça-o tomar consciência dos efeitos nocivos de ir para a cama tarde, como a diminuição do nível de energia pela manhã. Um ciclo de sono regular manterá a criança calma, aliviando a ansiedade e o stress que ela experiencia de manhã enquanto se prepara para a escola.

    Incentive o seu filho a ser ativo

    Ver televisão, jogar videojogos ou outras atividades sedentárias deste tipo afetam negativamente o padrão de sono de uma criança. Assim, quando a criança regressa da escola, deve envolvê-la em atividades como brincadeiras com amigos, desporto, etc. Isto vai, primeiro, dar-lhe uma oportunidade de libertar o stress acumulado durante as horas escolares, e segundo, cansá-lo, o que o ajudará a adormecer. Pode também levá-lo a um parque próximo para um passeio se ele não gostar de brincar em casa.

    Evite comida de plástico e jantares tardios

    É normal que o seu filho se sinta com fome depois de um dia atarefado e cansativo na escola. Embora ele não resista a empanturrar-se de comida de plástico, como batatas fritas, depois de voltar para casa, é seu dever dar alternativas. Evite ter comidas pouco saudáveis em casa, e em vez disso, prepare uma tigela de legumes cozidos para se adequar ao seu paladar. Isto não só saciaria a sua fome, como também lhe proporcionaria a energia necessária para se envolver em atividades físicas. Também, para o jantar, prepare alimentos que sejam facilmente digeríveis.

    Crie um ambiente favorável ao sono

    É sempre uma boa ideia remover aparelhos com ecrãs do quarto do seu filho. Desligue a televisão, Wi-Fi, ligação móvel de dados, etc., para garantir que a hora do jantar seja livre de tecnologia. Isto daria aos membros da família a oportunidade de participar em conversas, onde todos os membros da família podem partilhar os acontecimentos do dia. Uma vez terminado o jantar, relaxar durante algum tempo e depois ir dormir. Demorará algum tempo para que todos na família se habituem ao tempo livre de tecnologia. Mas se explicar a razão da sua decisão, o seu filho compreenderá e cooperará. Quando o seu filho for dormir, certifique-se de que o seu quarto está escuro para o ajudar a adormecer facilmente. Para o acordar de manhã, utilize um despertador em vez de colocar o alarme no telemóvel.

    As crianças adaptam-se à mudança facilmente quando ela é implementada de forma planeada e gradual. Por isso, siga estas dicas para facilitar o regresso do seu filho à rotina escolar.

    30 de Agosto, 2022

    O sono e o rendimento escolar pelo Dr. Javier Albares

    JAVIER ALBARES – O sono desempenha um papel fundamental no rendimento escolar das nossas crianças. A falta de sono reduz a sua capacidade de aprender. Provoca mudanças de humor, irritabilidade, stress, ansiedade e, em geral, uma menor tolerância à frustração e uma atitude pessimista em relação à vida.

     

    Da mesma forma que ensinamos a importância da atividade física ou de uma dieta equilibrada, é essencial educar sobre o sono. Desta forma, evitaremos ter no futuro jovens cansados e desmotivados.

     

    DORMIR O SUFICIENTE

     

    Muitos estudos mostram que as crianças e os adolescentes não estão atualmente a dormir o suficiente. A razão para isto? Há vários fatores.

     

    – Horários sobrecarregados de tarefas que os fazem chegar tarde a casa.

    – Jantares tardios em família.

    – Utilização tardia, à noite, de dispositivos eletrónicos.

    – Ver televisão até tarde, etc.

     

    Tudo isto leva a um défice de sono irrecuperável que afeta diretamente a saúde física e mental das crianças.

     

    A falta de sono provoca uma diminuição de até 40% na capacidade de assimilação de conhecimentos. Além disso, a falta de rotinas e horários de sono irregulares leva a um empobrecimento das capacidades cognitivas a todos os níveis (verbal, de raciocínio e numérico).

     

    O sono na idade infanto-juvenil é da maior importância. O sono restabelece as ligações cerebrais, ajudando a consolidar a aprendizagem diurna e a consolidar a memória. Como resultado, melhora o desempenho académico. É também o melhor aliado para manter um controlo adequado das emoções, o que ajudará a gerir quaisquer contratempos que possam surgir durante o dia.

     

    Sensibilizar e explicar a importância do sono aos nossos filhos é fundamental para promover uma sociedade bem dormida desde os primeiros anos de vida.

    27 de Agosto, 2022

    Como conseguir um sono perfeito enquanto acampa numa tenda

    Acampar dá-nos a oportunidade única de estar mais perto da natureza. Mas isso não significa que, ao dormir numa tenda, tenha de renunciar ao conforto e a um bom descanso. Com o equipamento e preparação certos, podemos ter um sono perfeito, e ainda apreciar o céu estrelado e o ar fresco.

     

     

    Colchão de dormir

     

    Seja qual for o contexto, a qualidade do colchão é essencial para uma boa noite de sono. Existem três tipos de colchões de campismo, pelo que terá de decidir qual deles é o mais adequado para si. Algumas pessoas que fazem atividades ao ar livre e diferentes tipos de viagens podem possuir mais do que um colchão de campismo. Os três tipos principais de colchões de campismo são: colchões de ar, colchões auto-insufláveis e colchões de espuma. Cada colchão terá a sua utilização e ambiente previstos, pelo que é importante ter em conta essas especificações.

     

    Sacos-cama

     

    Um dos fatores mais importante a ter em conta na escolha de um saco-cama é a relação temperatura e peso. Isto é, ter em conta a temperatura que vai encontrar no sítio onde vai acampar e pernoitar, além das condições que tem para transportar o saco cama. Se for de carro, o peso não é um problema, mas se estiver a transportar a mochila às costas, deve optar por algo mais leve. A classificação de temperatura de um saco-cama identifica a temperatura mais baixa a que um saco foi concebido para manter a pessoa quente. Para começar, escolha um saco-cama com uma classificação de temperatura mais baixa do que a temperatura mais baixa que espera encontrar. Assim, pode sempre abrir o saco para arrefecer quando as condições são mais quentes.

     

    Almofadas

     

    Traga um de casa ou use uma pequena almofada de espuma ou almofada insuflável de acampamento. Alguns sacos-cama têm bolso para segurar uma almofada ou roupa dobrada, tal como um casaco para baixo ou uma camisola de lã. Para saber qual é a almofada ideal para si, consulte este artigo.

     

    Máscara para os olhos e tampões para os ouvidos

     

    As máscaras são especialmente úteis quando se acampa no verão ou em parques de campismo com luz ambiente. Os tampões auriculares bloqueiam, ou pelo menos amortecem, ruídos que vão desde o ressonar do seu companheiro de tenda a sons de barulho nos arbustos.

     

    Repita as rotinas

     

    Se escovar os dentes é a última coisa que faz antes de se deitar quando está em casa, faça o mesmo no acampamento. As rotinas despoletam uma sensação de normalidade mesmo num ambiente novo. Além disso, ter um item de cama familiar de casa é muitas vezes reconfortante para as crianças.

    23 de Agosto, 2022

    Apanhou um escaldão? Siga estas 8 dicas para dormir sem desconforto.

    Quando a pele fica demasiado tempo ao sol, sem proteção, pode queimar e consequentemente causar uma inflamação, tornando-a mais sensível. Se já apanhou uma queimadura solar, conhece bem o desconforto de vestir uma peça de roupa por cima da zona queimada e até a dificuldade em conseguir dormir.

     

    Evitar uma queimadura solar passa por aplicar protetor solar várias vezes ao dia, especialmente se estiver em contacto com a água, e evitar apanhar sol nas horas mais críticas (entre as 11h e as 14h). Mas, vendo-se na situação de ter uma queimadura solar, existem formas de reduzir o desconforto, ajudando-o a dormir melhor. Neste artigo, vamos debruçar-nos sobre o assunto e dar-lhe 8 dicas incríveis para ter uma noite mais reconfortante.

     

     

    Aplique compressas frias

     

    Refrescar a pele vai ajudá-lo a aliviar a dor e reduzir o inchaço. Pode usar compressas, um pano limpo ou uma toalha, mergulhando o tecido em água com gelo e aplicá-lo na zona queimada. Deixe atuar durante 5 minutos e repita o processo se sentir necessidade. Se quiser, pode também usar um saco de ervilhas congeladas, envolvido numa toalha. O importante é não deixar que o gelo entre em contacto direto com a pele, pois pode piorar a zona afetada.

     

    Tome duches frios

     

    No verão, não há nada melhor do que um duche frio. Não só ajuda a combater as altas temperaturas, como também alivia a sensação de queimadura do sol. Evite apenas tomar banho com água muito fria antes de ir para a cama, porque corre o risco de “despertar” antes de dormir.

     

     

    Use Aloe Vera

     

    Existem anti-inflamatórios naturais que pode aplicar na pele e que ajudam a hidratar, acalmar e arrefecer a pele inflamada, como é o caso do gel ou cremes de Aloe Vera. Um óptimo truque é manter um frasco no frigorífico para reforçar o efeito de frescura. Em caso de queimadura severa e necessidade de tomar medicamentos, deve consultar um profissional de saúde.

     

    Escolha a roupa certa

     

    Como já foi mencionado, até a roupa que vestimos pode tornar-se desconfortável quando se tem uma queimadura solar. Por isso, a escolha de um pijama leve e fresco é muito importante para que consiga dormir melhor. Opte por tecidos mais frescos como o linho ou seda e evite usar pijamas muito apertados.

     

     

    Hidrate bem a pele

     

    A recuperação de uma queimadura solar envolve também muita hidratação da pele. O ideal é usar cremes hidratantes, sem fragrâncias nem substâncias que irritem a pele, de forma a proporcionar uma maior sensação de alívio.

     

     

    Ande à sombra

     

    Se tem uma queimadura solar, é porque a pele já esteve demasiado tempo exposta aos raios solares. Evite agravar a situação e proteja a sua pele, optando por estar em espaços protegidos do sol.

     

     

    Beba água

     

    Apesar de se notar mais os efeitos nocivos do sol na pele, a verdade é que também se perdem muitos líquidos (como suor, por exemplo) durante a exposição solar. Tente repor esses líquidos bebendo água suficiente. Apenas preste atenção para não beber uma quantidade de água que o faça despertar durante a noite para ir à casa de banho.

     

    20 de Agosto, 2022

    Atividade física e sono pelo Dr. Javier Albares

    Os três pilares fundamentais para uma vida saudável são:

    1- Ter uma dieta equilibrada.

    2- Fazer exercício físico.

    3- Cuidar do nosso descanso da forma correta.

    Ao cuidar destes três aspectos, a nossa saúde pode melhorar consideravelmente.

     

    No artigo de hoje, vamos centrar-nos na atividade física e no descanso, dois pilares que têm uma relação bidireccional (dormimos melhor quando fazemos exercício físico e temos um melhor desempenho físico quando descansamos bem).

     

    ATIVIDADE FÍSICA E DESCANSO.

    Todos sabemos que a atividade física tem grandes benefícios para a nossa saúde. É essencial saber que, por muito exercício que façamos, se não cuidarmos do nosso descanso, o nosso trabalho não será plenamente reflectido, nem na nossa saúde nem no nosso físico.

     

    A massa muscular não se desenvolve durante o exercício, mas sim durante o repouso. Durante o período de sono, e graças à hormona de crescimento, as fibras e tecidos são reparados e os músculos regeneram-se.

     

    Além disso, durante as horas de sono, o nosso corpo recupera a energia que gastou durante o dia.

     

    Mas como é que a atividade física afeta o nosso descanso?

     

    Segundo a OMS, entre a longa lista de benefícios da atividade física, um deles é que melhora a qualidade e a duração do nosso sono.

     

    Um estudo conjunto entre a Universidade Bellarmine e a Universidade do Estado do Oregon, que envolveu mais de 2.600 pessoas, mostrou que: Os sujeitos que fizeram pelo menos 150 minutos de atividade física por semana melhoraram a sua qualidade de sono em 65% e melhoraram a sua capacidade de concentração em 45%.

     

    CONSEQUÊNCIAS DA PRÁTICA DE DESPORTO.

    A prática de desporto aumenta a sensação de bem-estar, devido à secreção de endorfinas. Além disso, a melhoria no nosso descanso faz-nos sentir mais energéticos durante o dia e mais dispostos a realizar atividades.

     

    É importante tentar não fazer exercício imediatamente antes de ir para a cama, pois isto pode dificultar-nos o adormecimento. É aconselhável fazer exercício de manhã ou, se tal não for possível, pelo menos duas ou três horas antes da hora de deitar.

     

    Todos devem fazer exercício regularmente. Adaptando-o à nossa idade e condição física (ir ao ginásio, dar um passeio, andar de bicicleta, etc.). Isto não só nos ajudará a descansar melhor, como também terá um impacto na nossa saúde física e mental.

    16 de Agosto, 2022

    APRENDA A CRIAR UM QUARTO DE HOTEL EM SUA CASA

    Quem nunca desejou poder teletransportar-se para o conforto de uma cama de hotel? Uma vez tendo a oportunidade de dormir num local em que tudo é pensado ao pormenor para proporcionar o melhor descanso aos hóspedes, é certo que vai voltar a sonhar com um sono tão reparador.

    Nos hotéis, o conforto é levado a sério e os quartos luxuosos são desenhados para criar o ambiente mais tranquilo e relaxante possível e assim criar essa sensação de ter chegado ao oásis do sono. Mas e se pudesse ter esse conforto de hotel, todos os dias do ano, na sua própria casa? Neste artigo, damos-lhe dicas preciosas para recriar o conforto luxuoso que tanto gosta sem ter de viajar.

    Escolha o colchão perfeito

    Não é possível dormir como se estivesse num hotel de 5 estrelas sem um colchão à altura. O colchão é a peça chave para um bom descanso e a escolha do colchão certo para si pode mudar completamente as suas noites. Na Molaflex®, os colchões são criados a pensar nas preferências e necessidades de cada pessoa. Por isso, temos uma gama variada de colchões que cumprem os requisitos de conforto dos portugueses para que tenham um descanso de qualidade nas suas casas.

    Use lençóis de qualidade

    Já se questionou sobre o porquê de a grande parte dos hotéis utilizarem lençóis brancos? Segundo especialistas em design, os lençóis brancos criam o efeito halo nas pessoas, isto é, dão a boa impressão de que o quarto está renovado, mesmo que só se tenha mudado os lençóis. Por isso, quando estiver a fazer a sua cama, procure utilizar lençóis brancos. Mas não é só a cor que importa, a qualidade dos tecidos também é um fator importante. Pode consultar o artigo sobre o que ter em consideração na compra de lençóis novos e ainda aprender dicas sobre como lavar os seus lençóis como nos hotéis de 5 estrelas.

    Troque a almofada

    Tal como o colchão, a escolha da almofada é uma das mais importantes na hora de reproduzir o conforto perfeito. Contudo, há quem prefira almofadas mais altas ou mais baixas, mais firmes ou mais macias. Tudo vai depender daquilo que procura e que funciona melhor para si. Leia o artigo que escrevemos para o ajudar a encontrar a almofada perfeita e saiba qual é o tempo de durabilidade de uma almofada e se está na hora de a substituir por uma nova.

    Regule a temperatura

    Dormir com calor pode dificultar o sono no momento de adormecer e até despertá-lo durante a noite se tiver de se levantar por estar com sede. Além disso, o nosso corpo tende a aumentar a temperatura enquanto dormimos. Portanto, o ideal é ter o quarto a uma temperatura baixa, preferencialmente até 18ºC no máximo, para que os picos de calor naturais do corpo não interfiram com o seu sono.

    10 de Agosto, 2022

    PORQUE NOS ESQUECEMOS DOS SONHOS?

    Todas as pessoas sonham. Umas lembram-se dos sonhos de forma bastante pormenorizada, outras têm uma vaga ideia dos acontecimentos dos seus sonhos e depois há quem, assim que abre os olhos, se esqueça completamente do que sonhou.

    Se não se lembra do que sonhou, não significa que não tenha sonhado de todo. Os sonhos ocorrem durante a fase REM (Rapid Eye Movement) do sono, que é responsável por armazenar as memórias e fixar a aprendizagem. Nesta etapa, a respiração, o batimento cardíaco e a pressão arterial aumentam. Ao mesmo tempo, a atividade cerebral também aumenta a um ponto que se assemelha a quando estamos despertos – e é aqui que se iniciam os sonhos.

    Em algumas situações, acordamos sobressaltados com algum sonho que estávamos a ter, mas assim que tentamos relembrar os detalhes dessa experiência inconsciente, não nos surge nenhuma informação relevante. É normal isso acontecer, porém, neste artigo, vamos debruçar-nos sobre os motivos que podem causar o esquecimento dos sonhos.

    Stress

    É sem dúvida alguma um dos piores inimigos dos sonhos. Há estudos que demonstram que o stress não só interfere e reduz o sono REM, como também aumenta o número de vigílias (estado desperto) durante a noite. É por isso que o sonho não está completo e permanece incompleto. Assim, torna-se muito mais provável o esquecimento dos sonhos.

    Alimentação

    A sua dieta não afeta apenas o seu corpo enquanto está acordado. Algumas pesquisas mostram que uma dieta rica em frutas e vegetais, fibras e óleo vegetal regrado ajuda a ter uma boa noite de sono e a fortalecer a memória.

    Trauma

    Pode pensar em trauma como stress, mas muito mais intenso. Isto pode causar insónia e, além disso, suprimir completamente a recordação dos sonhos para fazer esquecer os pesadelos mais dolorosos.

    Substâncias

    Más notícias para as pessoas que bebem um copo de vinho antes de se deitarem: é provável que (mesmo só um copo) interfira com o seu sono. O álcool e também a marijuana têm um efeito negativo no sono REM e na memória dos sonhos.

    Não está a prestar atenção

    Finalmente, a maioria dos especialistas em sonhos revelou que algumas pessoas estão mais interessadas em sonhar e estudar o mundo dos sonhos do que outras. Quanto mais precisa de se lembrar a si próprio, menos provável é que se esqueça dos sonhos depois de acordar.

    Se estiver interessado em melhorar a recordação dos seus sonhos, tente fazer uma simples mudança. Mantenha um diário dos sonhos. Esta é uma dica muito importante. Ao colocar uma caneta e um caderno na mesa de cabeceira, torna-se mais fácil escrever os seus sonhos, assim que abre os olhos, antes de eles terem tido a oportunidade de se desvanecer.

    20 de Julho, 2022

    COMO O SONO AFETA A PRÁTICA DESPORTIVA

    Que o sono apresenta vários benefícios para a saúde ninguém tem dúvidas. E para a prática desportiva? Qual será a relação de sono e desporto? É isso que hoje vamos explorar e abordar. Conheça neste artigo os diversos pontos que fazem com que ambos os conceitos estejam relacionados.

    Sono e desporto: uma boa noite de sono vai ajudar na prática desportiva?

    A resposta é sim. Ao mesmo tempo que o desporto melhora a qualidade do sono, o sono por sua vez, é de extrema importância para aumentar o rendimento no desporto

    Vantagens de uma boa noite de sono no desporto sono é indispensável para a prática desportiva. É responsável pela vitalidade e energia para o próximo treino. Contudo, não é só energia e recuperação que o sono “oferece” ao desporto. Fortalece o sistema imunológico, que nos torna mais resistentes; Repõe os nutrientes para construir e repor tecidos e células; Ajuda na libertação da hormona de crescimento (GH), a qual repara os músculos; Restabelece as energias para enfrentar o dia-a-dia. No entanto, para que tudo isto aconteça devemos ter hábitos de sono saudáveis e regulados. Ao falarmos de hábitos de sono, falamos no número de horas para dormir.

    Vantagens do uma boa noite de sono no desporto

    O sono é indispensável para a prática desportiva. É responsável pela vitalidade e energia para o próximo treino. Contudo, não é só energia e recuperação que o sono “oferece” ao desporto.

    • Fortalece o sistema imunológico, que nos torna mais resistentes;
    • Repõe os nutrientes para construir e repor tecidos e células;
    • Ajuda na libertação da hormona de crescimento (GH), a qual repara os músculos;
    • Restabelece as energias para enfrentar o dia-a-dia.

    No entanto, para que tudo isto aconteça devemos ter hábitos de sono saudáveis e regulados. Ao falarmos de hábitos de sono, falamos no número de horas para dormir.

    Quantas horas se deve dormir então para aumentar a performance da prática desportiva?

    Como é óbvio, não existem horas exatas que respondam a esta questão, tanto que, cada pessoa tem um ciclo de sono diferente. Contudo, e segundo estudos realizados, existem reações a determinado números de horas de sono.

    • 12 HORAS – Segundo um estudo da revista especializada em sono, “Sleep”, dormir 12H aumenta entre 25% a 35% a probabilidade de ficar obeso.
    • 10 HORAS – Um estudo da Universidade de Stantford (EUA), mostrou que dormir 10H melhora os reflexos e os sprints em 8%.
    • 8 HORAS – Este é o limite mínimo de número de horas que um desportista deve dormir para estar na plenitude das suas faculdades físicas.
    • 6 HORAS – Dormir 6 horas diárias não é suficiente, quem o faz, não recupera as suas energias, os músculos não crescem e para além disso, não ajuda a saúde.
    • 4 HORAS – Ficará com a resistência diminuída entre 15 a 40% e prejudica fortemente a recuperação muscular.

    Com efeito, o mais recomendado pelos especialistas serão sempre as 8H de sono, contudo, tudo vai depender do metabolismo e forma física de cada um. Se tiver um estilo de vida saudável, tem de seguir uma atividade física de preferência orientada, de forma a conseguir gerir da melhor forma o esforço e a recuperação. Caso contrário, não vai obter os resultados que tanto deseja. Analisadas as vantagens do sono no desporto, resta-nos abordar a situação inversa.

    E o inverso? Quais são as vantagens da prática desportiva para uma boa noite de sono?

    Praticar desporto pode ser bastante benéfico para relaxar, aliviar o stress ou evitar a ansiedade. Desportos e exercícios mais relaxados são a prática ideal para ajudar a dormir melhor e combater as insónias. No fundo, a atividade física é o veículo para reduzir as tensões do dia-a-dia e fazer com que se sinta bem com o seu corpo e mente na hora do descanso. De acordo com vários estudos, o desporto acentua a profundidade do sono mas os seus efeitos no ciclo do sono só são verificáveis se o desportista utilizar mais de 60% da sua capacidade respiratória durante a sua atividade.

    Além disso, o desporto praticado de forma intensiva prolonga o tempo de sono e altera a sua qualidade: o praticante de desporto adormece mais rapidamente, o sono lento profundo é mais longo, enquanto o sono paradoxal é encurtado.

    Melhor hora para praticar desporto

    Para tirar proveito das propriedades benéficas do desporto, os especialistas sugerem que as melhores alturas para treinar são: logo de manhã ou pelo menos 4 horas antes da hora de dormir. Referir por último, que o excesso de treino deve ser evitado pois provoca, frequentemente, distúrbios do sono.

    Comece já uma nova rotina!

    Agora que terminou a leitura deste nosso artigo, pronto treinar? Então hoje deite-se cedo e faça disso um hábito.

    P.S – Vai ver que se seguir uma rotina equilibrada, com a alimentação certa e foco, irá sentir resultados no corpo e na mente. Bons treinos e bom descanso!

    5 de Julho, 2022

    O VERÃO CHEGOU…

    A 21 de junho entramos naquela época do ano que tanto gostamos e que, ao mesmo tempo, tanto nos custa – o verão. Noites tardias, jantares abundantes, mudança de rotina, crianças fora da escola, são todas mudanças que nos afetam durante 2 meses do ano.

    Como adultos, queremos que as nossas férias sejam tempo de descanso e relaxamento, mas as crianças só querem divertir-se e fazer com que os dias sejam o mais longos possível.

    É importante que tentemos manter rotinas constantes para que as crianças compreendam que as férias não são para “sair dos eixos”, que ainda há ordem no verão.

    Tente levá-los para a cama a uma hora semelhante à que se vão deitar durante o ano, o seu relógio interno tenderá a acordar ao mesmo tempo que durante o resto do ano e, portanto, acordarão mais cedo do que o esperado e cansados. As crianças cansadas tendem a comportar-se pior e a gerar mais tensão em casa.

    Como adulto, deve também manter uma rotina, evitar noites tardias excessivas para descansar devidamente e repor as suas forças cada noite.

    A mudança de local no verão, para ir à praia ou às montanhas, gera muita expectativa e nervos nas crianças. Embora estejam ansiosos por isso, é um espaço diferente daquilo a que estão habituados e provavelmente precisarão de mais atenção nas primeiras noites até se habituarem ao novo local.

    Ajude-os a adormecer para que seja mais fácil. Este aspeto também afeta os adultos: colchão diferente, almofada diferente… Se sabe que dormir fora de casa torna mais difícil adormecer, tente levar a sua almofada de casa consigo. Pode ajudá-lo a dormir melhor e a ter uma sensação semelhante à de dormir em casa.

    A alimentação é um aspeto que também muda muito no verão, quer estejamos em casa ou de férias. Tendemos a comer produtos com mais açúcar, mais doces, mais gelados… Tente evitar estes alimentos à noite, pois não o ajudarão, nem aos seus filhos, a dormir. São alimentos que nos estimulam e, portanto, à noite, podem fazer-nos acordar.

    Aproveite o verão, mantenha algumas rotinas e verá que voltar à escola e ao trabalho será mais fácil.

    1 de Julho, 2022

    OLÁ CALOR, ADEUS DORMIR BEM?

    As temperaturas sobem e descem, não sabemos como será o tempo na próxima semana, não sabemos se devemos mudar a roupa do guarda-roupa e, mais importante ainda, se devemos retirar o edredão. Hesitamos em usar o pijama de verão ou continuar com aquele em que dormimos e duvidamos que dormir com a janela aberta nos ajude ou nos leve a ter frio durante a noite.

    Evitar acordar durante a noite é uma das chaves para acordar descansado e forte o suficiente para enfrentar o dia. No entanto, acordar com o calor ou suado pode causar insónia ocasional nesta altura do ano.

    Troque o seu edredão por um adequado para esta época do ano, o peso e o material do seu edredão define o calor que ele irá proporcionar. Certifique-se de que a sua roupa de cama é de algodão, uma vez que é respirável, irá ajudá-lo a manter o calor debaixo do edredão e irá captar o pouco suor que possa ter. O seu pijama também é importante, pijamas feitos de lycra ou tecidos grossos não o ajudam a manter uma temperatura constante, pois quando o seu corpo começa a suar, não removem o excesso de transpiração.

    Se tomar um duche frio antes de ir dormir, irá equilibrar a sua temperatura corporal quando for dormir. É importante ter a temperatura perfeita para adormecer adequadamente.

    Evite jantares pesados, pois o estômago gera calor se precisar de digerir refeições pesadas e, portanto, sentir-se-á mais quente na cama.

    Outro truque que o pode ajudar é fechar as persianas e abrir a janela, dessa forma, entrará um pouco de ar fresco da rua mas sem gerar correntes que o possam acordar ou dar-lhe uma dor de garganta.

    Se mesmo com estes truques ainda acordar, deixe um copo de água fria com gelo na mesa de cabeceira, e dê um pequeno golo se acordar sobreaquecido para o ajudar a voltar a dormir.

    Não desespere, o corpo precisa de tempo para se habituar às novas temperaturas, mas com estes truques, ajudar-te-á a facilitar a transição.

    28 de Junho, 2022

    O QUE É A PROCRASTINAÇÃO DE VINGANÇA DO SONO?

    Quem nunca ficou a fazer scroll nas redes sociais, ou a ver mais um episódio de uma série, sabendo perfeitamente que já passava da hora de dormir? Pior, é quando sabe que tem compromissos importantes no dia seguinte e, mesmo assim, decide arranjar mil e uma coisas mais interessantes para fazer do que descansar. A este cenário chamamos-lhe Procrastinação vingativa do sono.

    Este fenómeno descreve a decisão de sacrificar o sono pelo tempo de lazer que é motivado por um horário com pouco tempo livre.

    Para pessoas com empregos de grande stress e que ocupam a maior parte do dia, a procrastinação na hora de dormir é uma forma de encontrar algumas horas de entretenimento, mesmo que resulte num sono insuficiente.

    Embora a procrastinação por vingança na hora de dormir possa ser tentadora no momento, noites tardias seguidas de manhã madrugadoras podem levar diretamente a uma grave privação do sono. A redução do sono pode ter efeitos negativos significativos na saúde mental, física e emocional, com consequências a curto e longo prazo.

    A melhor forma de evitar a procrastinação do sono é a higiene saudável do sono, que envolve a criação de bons hábitos de sono e um ambiente propício ao sono. Lembre-se de que será necessário mais do que uma noite de sono para criar bons hábitos de sono.

    Ter rotinas definidas pode fazer com que os comportamentos se tornem quase automáticos. Por este motivo, uma rotina noturna pode reduzir o impulso de ficar acordado mais tarde em vez de ir para a cama.

    Outros hábitos saudáveis do sono podem passar por:

    1. – Manter uma hora consistente de dormir e de acordar, inclusive em dias de folga ou fins de semana;
    2. – Evitar o álcool ou a cafeína ao fim da tarde ou à noite;
    3. – Parar a utilização de dispositivos eletrónicos, incluindo telemóveis, durante pelo menos meia hora, e idealmente mais tempo, antes de dormir;
    4. – Desenvolver uma rotina estável a utilizar todas as noites para se preparar para dormir.

    Métodos de relaxamento, como a leitura de um livro, meditação, ou alongamentos suaves, podem fazer parte da sua rotina de dormir e ajudar a facilitar o sono. As técnicas de relaxamento podem também ajudar a diminuir o stress que causa a procrastinação na hora de dormir.

    Crie um ambiente convidativo para o seu quarto, que seja escuro e calmo, e tenha um colchão confortável. Desta forma, vai contrariar o desejo de sacrificar o sono por atividades de lazer.

    14 de Junho, 2022

    DORMIR, MAIS DO QUE UMA NECESSIDADE

    Todos sabemos que dormir é importante e quando não o fazemos o suficiente, pagamos por isso durante o dia. Contudo, de acordo com um estudo sobre o sono, apenas 59% dos espanhóis acordam com a sensação de terem tido uma noite de descanso realmente boa.

    Mas será que sabemos o que acontece quando dormimos? Normalmente, durante o sono, passamos por cinco fases. Um ciclo de sono completo dura uma média de 90 a 110 minutos. Mas quais são estas etapas por que passamos? A fase 1 é o sono leve, durante esta fase entramos e saímos facilmente do sono e algumas pessoas experienciam a sensação de adormecer. Durante a fase 2, o coração e as nossas ondas cerebrais abrandam e na fase 3 o nosso corpo inicia a transição para o sono profundo. Durante a fase 4, sono profundo, é muito difícil acordar e é quando o sonambulismo ou os terrores noturnos são frequentemente vividos.

    A fase 5 é também chamada sono REM e é a fase em que as ondas cerebrais, o ritmo cardíaco e a pressão sanguínea aumentam. Este é o momento em que os sonhos ocorrem. As crianças pequenas passam quase 50% do seu tempo em sono REM, enquanto que à medida que ficamos mais velhos este tempo diminui, e os adultos normalmente não passam mais de 20% do seu tempo em sono REM.

    A falta de sono tem efeitos físicos inegáveis. Por exemplo, uma pessoa que passa 24 horas sem dormir está num estado semelhante ao de alguém que tem 0,10% de álcool no sangue, o equivalente a beber dois copos de vinho. Os nossos reflexos e velocidade mental são significativamente reduzidos.

    Por outro lado, uma boa noite de sono tem um efeito positivo sobre nós. 87% dos espanhóis dizem que, após uma boa noite de sono, o seu humor melhora consideravelmente. Além disso, uma boa noite de sono é especialmente importante para as crianças em idade escolar, porque quando dormimos assimilamos tudo o que aprendemos durante o dia. Isto acontece porque os impulsos cerebrais relacionados com a aprendizagem se repetem durante a noite, pelo que continuamos a aprender e a sintetizar a informação enquanto dormimos.

    Não deixemos que a falta de sono abrande o nosso dia e a nossa mente.

    Está pronto para dormir melhor?

    12 de Junho, 2022

    COMO OS EXCESSOS NAS FESTAS POPULARES PODEM AFETAR O SEU SONO

    No mês de junho, começam as festas populares. E, depois de dois anos impedidos de celebrar como manda a tradição, a vontade de reunir a família e os amigos num churrasco ao ar livre é ainda maior. Além dos convívios caseiros, que por si só já costumam ser palco de muitos excessos de comida e bebida, há ainda as feiras populares e os entretenimentos, onde muitas pessoas não resistem a comer uma fartura ou outro petisco igualmente calórico.

    É importante, contudo, ter atenção aos excessos e evitar que possam interferir e prejudicar o seu sono. Deitar-se tarde e comer demasiado à noite pode fazê-lo sentir fadiga no dia seguinte, impedindo-o de realizar as tarefas diárias de forma tão eficiente como o faria se dormisse bem e tivesse uma alimentação saudável e equilibrada.

    Uma dieta rica em gorduras saturadas e açúcar pode levar a um sono menos repousante com despertares nocturnos mais frequentes que podem deixá-lo cansado na manhã seguinte. E embora o álcool seja um sedativo e possa fazer com que se sinta sonolento, também o torna mais suscetível a acordar a meio da noite.

    Para algumas pessoas, alimentos específicos interagem negativamente com o corpo. Comer alimentos altamente ácidos, tais como molho de tomate, pode resultar em refluxo ácido que o irá manter acordado muito depois da hora normal de dormir. Os alimentos picantes à hora do jantar também podem afetar a qualidade do sono se causarem indigestão durante a noite.

    Em geral, uma dieta saudável ajuda o seu corpo a manter os ritmos naturais que proporcionam um bom descanso. Por isso, evite os excessos e dê prioridade à inclusão de alimentos nutritivos que promovem o sono e podem melhorar ainda mais o seu descanso como, por exemplo, frutas, vegetais e cereais integrais.

    Aproveite as festividades e sinta-se no seu melhor, evitando os excessos típicos desta época. Verá que se vai divertir muito mais se estiver saudável e com o sono em dia. Boas festas!

    2 de Junho, 2022

    COMO ESCOLHER O ESTILO DE DECORAÇÃO IDEAL?

    Se está a pensar renovar a decoração da sua casa e não tem a certeza por onde começar, nós damos uma ajuda.

     

    Faça uma lista dos seus estilos preferidos

    Pesquise sobre os estilos de decoração e tendências do momento. Depois, faça uma lista das suas preferências em termos de móveis, tecidos, objetos, cores, materiais, etc.

     

    Estude as características de cada estilo

    Após escolher os estilos com que mais se identifica, comece a pensar nas possíveis combinações e em questões de orçamento.

     

    Inspire-se em catálogos e nas redes sociais

    Recorra a revistas de decoração e lifestyle, a plataformas como o Instagram e, especialmente, o Pinterest e reuna as suas ideias preferidas.

     

    Considere a funcionalidade do estilo no ambiente

    Uma parte muito importante de escolher o estilo é pensar se este será funcional e relativamente fácil de manter e atualizar. Escolha elementos estéticos mas práticos para o dia-a-dia e que sejam adequados ao ambiente em questão.

     

    No fim de tudo, é dar asas à criatividade e pôr mão à obra! Não tenha medo de arriscar e deixe-se surpreender.

    10 DICAS PARA QUE AS CRIANÇAS DURMAM MELHOR

    Sono, ou a falta dele, é uma das maiores preocupações dos pais com filhos pequenos, especialmente quando deixam de ser bebés. A principal queixa dos pais é que os filhos vão para a cama mais tarde do que gostariam, ou seja, têm dificuldade para adormecer e acordam muitas vezes à noite. Continue a ler para saber algumas dicas que podem ajudar o seu filho a dormir durante a noite ou pelo menos por mais tempo consecutivo.

    1.O quarto onde a criança dorme deve ser silencioso, melhor ainda se for escuro.

    Para as crianças com medo do escuro, uma luz de presença é aceitável para que, se acordarem no meio da noite, não seja motivo para despertarem totalmente.

    2. O quarto onde a criança dorme não deve ser usado, na medida do possível, para brincadeiras ou castigos.

    As crianças devem internalizar desde tenra idade que a cama e o quarto são para dormir e não brincar ou fazer qualquer outra atividade.

    3. Estabeleça um horário para as crianças irem dormir e acompanhe-a nas rotinas prévias.

    O corpo humano habitua-se a horários repetidos a cada 24 horas, por isso é apropriado que as crianças vão para a cama à mesma hora todos os dias. Além disso, se algumas horas antes de a criança dormir, fizermos rotinas tranquilas (jantar, banho, história para dormir), o seu corpo entenderá que chegou a hora de descansar e será mais fácil para ela adormecer.

    4. A cama das crianças deve ser confortável.

    Ao caírem na cama, o sono mais profundo deve invadir as crianças instantaneamente, por isso é importante escolher um colchão adequado para seu descanso para que possam recuperar à noite toda a energia gasta durante o dia. Pode consultar a gama de colchões para os mais novos da Molaflex, denominada de Molinhas Kids.

    5. Nos fins de semana, a hora de dormir e acordar deve ser semelhante à dos dias de escola, com no máximo uma hora de intervalo.

    Desta forma, será mais fácil voltar às rotinas dos dias úteis, e a criança sentir-se-á mais segura na hora de dormir quando chegar segunda-feira.

    6. As horas antes de dormir devem ser tranquilas.

    Atividades de alta energia devem ser evitadas antes de ir para a cama, como televisão, videojogos ou atividades altamente estimulantes.

    7. As crianças não devem ir para a cama com fome.

    Algo adequado é um pouco de leite ou fruta. As refeições pesadas devem ser evitadas por uma a duas horas antes de ir para a cama, pois podem interferir no sono saudável de uma criança.

    8. Evite bebidas que contenham cafeína como cola, chá ou chocolate antes de dormir.

    Não é aconselhável que uma bebida que tenha um estimulante seja a última coisa que uma criança bebe antes de adormecer.

    9. Durante o dia, as crianças devem brincar ao ar livre e fazer exercícios regularmente.

    Para que a melatonina, a hormona reguladora do sono, seja libertada de maneira adequada à noite, as crianças devem brincar à luz natural durante o dia. Se alguma atividade física regular acompanhar isso, o sucesso está garantido.

    10. Evite sestas longas e sestas que acontecem depois das cinco da tarde. 

    Até os dois anos, as crianças costumam tirar uma sesta duas vezes por dia (uma pela manhã e outra à tarde). A partir dessa idade, elas costumam dormir durante o dia até aos cinco anos. Nessa idade, as sestas podem influenciar negativamente o sono noturno.

     

    A grande maioria dessas dicas são aplicáveis ​​a partir dos 6 meses de idade, quando o ritmo circadiano das crianças é estabelecido e regulado, e elas começam a dormir melhor. É por isso que vale a pena começar a usá-las desde cedo. Contudo, não se esqueça de uma coisa: cada criança é diferente e responderá de forma diferente às medidas que lhe dissemos.

    28 de Maio, 2022

    10 DAS MELHORES APLICAÇÕES PARA O AJUDAR A DORMIR MELHOR

    É difícil adormecer? Existe uma aplicação para o ajudar! Na verdade, existem tantas aplicações de sono que prometem ajudá-lo a adormecer e permanecer a dormir que pode ser difícil descobrir quais valem a pena tentar, e é aí que a Molaflex está para o aconselhar.

    Colocar-se no espaço certo para relaxar na almofada e acalmar a mente não é uma tarefa fácil, e rotinas diferentes funcionam para pessoas diferentes. Alguns podem desfrutar de meditação guiada facilitada por especialistas; outros podem contar com atividades de áudio projetadas para aliviar a ansiedade no momento. As apps desta lista têm vários recursos que pretendem acalmá-lo antes de desligar o telemóvel à noite.

    Se quer adormecer com sons da natureza, ruído branco ou uma história de embalar, instale uma destas aplicações hoje para obter o sono que precisa. Bons sonhos!

    1. MUSE

    A aplicação Muse é como ter um assistente de sono a guiá-lo para um melhor sono. Pode usar a app por conta própria, com meditações guiadas disponíveis para acalmar a mente e deixá-la pronta para descansar.

    Custo: Grátis.

    Disponível para iOS e Android

    1. HEADSPACE

    A Headspace ganhou fama como uma aplicação de meditação, mas também é ótima para dormir. A versão gratuita tem “sleepcasts”, que são experiências de áudio de 45 a 55 minutos (como histórias de embalar para adultos) que ajudam a visualizar experiências calmantes, como um comboio em movimento lento ou uma caminhada por um jardim. Há novas histórias todas as noites, para que nunca fique entediado.

    Custo: Gratuito para conteúdo selecionado.

    Disponível para iOS e Android

    1. NOISLI

    Esta app é muito simples, permite que escolha entre vários sons diferentes (como trovão, vento, ruído branco e até mesmo o zumbido de uma cafeteria) para criar sua banda sonora ideal para dormir. Pode até combinar sons que adora e salvá-los na app para uso futuro

    Custo: 2.29€, o site é gratuito.

    Disponível para iOS e Android

    1. PZIZZ

    Com a Pzizz, pode definir um cronômetro para a duração de uma sessão de sono para que ela reproduza uma paisagem de sonho relaxante (leia-se: combinação de música, dobragens e efeitos sonoros) enquanto dorme; posteriormente, pode acordar com o alarme embutido.

    Custo: Gratuito para conteúdo selecionado.

    Disponível para iOS e Android

    1. SLUMBER

    Slumber oferece uma combinação de experiências para ajudá-lo a adormecer, seja focado em meditação, uma série de histórias para dormir em seis partes ou o som de uma jacuzzi quente. Também pode escolher um ruído de fundo (como chuva ou oceano) para tocar por até 10 horas após o fim da faixa principal.

    Custo: Gratuito para conteúdo selecionado.

    Disponível para iOS e Android

    1. CALM

    A aplicação Calm é super fácil de usar, e a seção Sleep Stories tem histórias para dormir (para crianças e adultos) lidas em voz alta por pessoas com vozes suaves, incluindo celebridades como Matthew McConaughey. Apenas algumas histórias estão incluídas gratuitamente, mas obter uma assinatura desbloqueia uma enorme biblioteca de meditações feitas especificamente para dormir – além de categorias como stress e ASMR!

    Custo: Gratuito para conteúdo selecionado.

    Disponível para iOS e Android

    1. SLEEP CYCLE

    Se quer saber como dormiu, a aplicação Sleep Cycle é para perfeita. Ela rastreia os seus padrões de sono e fornece dicas para otimizar seu tempo de soneca. Além disso, possui um despertador que o acorda suavemente quando está na fase mais leve do sono, para que acorde revigorado.

    Custo: Grátis.

    Disponível para iOS e Android

    1. TEN PERCENT HAPPIER

    Se ainda não encontrou uma aplicação de sono que funcione, vale a pena tentar Ten Percent Happier. Ela oferece uma ampla variedade de meditações – incluindo aquelas para dormir – que variam de três minutos a 45 minutos para ajudá-lo a relaxar e adormecer. Há também cursos de meditação que abrangem uma variedade de gêneros e a opção de enviar uma mensagem a um treinador para obter suporte extra.

    Custo: Gratuito para conteúdo selecionado.

    Disponível para iOS e Android

    1. REFLECLY

    Se deseja estabelecer uma rotina noturna que o ajude a relaxar a mente na hora de dormir, por que não tentar fazer um diário? Já nem precisa de um diário físico para fazer isso. Reflectly é um diário inteligente que faz perguntas orientadas e obriga-o a organize os seus pensamentos.

    Custo: Após uma avaliação gratuita, US$ 10/mês ou US$ 60/ano.

    Disponível para iOS e Android

    1. MOSHI

    Se as crianças (ou amantes de desenhos animados!) estão à procura de um livro de histórias ilustrado para folhear antes de dormir, este substituto digital, Moshi, dá vida a mundos fantásticos com estrelas da vida real. Goldie Hawn dobra uma faixa de Moshi destinada a reduzir a ansiedade das crianças em torno de germes e rotinas diárias durante a pandemia de COVID-19. A maioria das histórias dura entre 15 e 20 minutos para envolver as crianças enquanto elas se preparam para dormir, e pode baixá-las para casos em que o WiFi pode não estar disponível (por exemplo, viajar de avião!).

    Custo: Versão limitada gratuita ou uma assinatura premium com mais conteúdo custa US$ 60/ano (inclui uma avaliação gratuita de sete dias).

    Disponível para iOS e Android

    25 de Maio, 2022

    DESCANSO: O ALIADO DOS NOSSOS FILHOS EM ÉPOCA DE EXAMES

    O teste é amanhã. O nosso filho está nervoso. Ele diz-nos que tem a certeza de que alguma questão do tópico 10 sairá na prova. São 23h30 e ele tem a noite inteira pela frente. É melhor estudar ou dormir? Se perguntarmos a um especialista em neuroeducação, ele é claro: melhor dormir. “A memória funciona muito melhor depois de uma noite de descanso do que depois de um dia inteiro acordado”, diz o psicólogo Rafa Guerrero.

    Na verdade, tudo o que o nosso filho estuda na véspera de um exame só está consolidado e será arquivado de forma duradoura e estável quando ele for dormir. “Isso porque, enquanto dormimos, o que aprendemos durante o dia é transferido do hipocampo. O armazém temporário de informações do cérebro, para o córtex pré-frontal, com mais capacidade. Disso se deduz que, estudando 24 horas ininterruptamente, a nossa memória não pode ceder e desmorona”, conta Guerrero.

    Além disso, um estudo belga recente estimou que sete horas de sono são ideais. De facto, dormir seis horas ou menos reduz a pontuação em 1,7 pontos (para uma pontuação máxima de 20) em comparação com aqueles que descansam sete horas.

    O que os nossos filhos podem fazer para ter um melhor desempenho na época do exame?

    Agora que entendemos como funciona a memória e a relação que ela tem com o descanso, Guerrero dá-nos algumas dicas extras para que os nossos filhos tenham um melhor desempenho na hora do exame:

    1. UMA ÓTIMA RELAÇÃO ENTRE STRESS E DESEMPENHO

    Existe uma lei, a lei de Yerkes-Dodson, que relaciona stress e desempenho.

    Essa lei diz que para que o desempenho seja ótimo, precisamos ter uma ativação média (stress). Se a ativação for baixa, não haverá desempenho suficiente. Quando a ativação é muito alta, o desempenho também será baixo. O motivo é que, se eu tiver um mínimo de ativação, vou continuar, mas se não tiver um mínimo, isso não me incentivará a agir. Mas, por outro lado, se eu tiver ativação demais, não vou conseguir memorizar, aprender…

    A hormona do stress é o cortisol. Isso, como dissemos, em quantias justas não é mau, mas se ultrapassar, sim. A hormona oposta ao cortisol é a oxitocina (hormona calmante). Descanso e atividades de lazer prazerosas ativam a ocitocina.

    1. MANTENHA OS DISPOSITIVOS DE TECNOLOGIA À DISTÂNCIA

    Guerrero aconselha a não fazer uso abusivo dos aparelhos durante o dia. Pelo menos algumas horas antes de dormir, não tenha contacto com eles. O motivo é o efeito que a luz azul dos aparelhos produz no nosso cérebro, que envia uma mensagem de ativação e nos impede de adormecer. Além disso, todos nós sabemos que: “Vou ao Instagram por 5 minutos e depois desligo o telemóvel”, e depois olhamos para o relógio e já se passaram 2 horas. Na época de exames, devemos ser mais rígidos, se possível, para garantir que nossos filhos não levam o smartphones para a cama.

    1. MANTENHA O DESPORTO

    Outro erro que os nossos filhos cometem é parar de praticar desportos durante as semanas de provas para ter mais tempo para estudar. A razão é que submeter-se a um período de exames aumenta o stress. Sabemos que o desporto nos liberta de parte do stress. Portanto, para manter o equilíbrio desejável entre calma e stress, o desporto é um grande aliado, que também nos ajudará a descansar melhor.

    1. MANTENHA AS ROTINAS DE DESCANSO

    O cérebro precisa de rotinas de descanso. Certamente já ouviu falar que as horas de sono não se recuperam. E é assim, o que seus filhos não dormem hoje eles não recuperam. Portanto, não durma 5 horas na hora do exame a pensar que vai dormir o dobro quando o exame terminar. Eles devem manter a rotina de descanso, que também é essencial para um bom desempenho académico.

    1. DIETA EQUILIBRADA

    Na época do exame, os nossos filhos tendem a comer pior. Seja para não perder muito tempo a preparar uma refeição saudável ou por optarem por escolher alimentos pré-cozinhados. O stress e o facto de ficarem fechados por mais tempo leva-os a “deliciar-se com guloseimas não saudáveis” ou acabam por petiscar entre as refeições. No entanto, de acordo com o V Observatório sobre hábitos nutricionais e estilos de vida das famílias, existe uma relação direta entre alimentação e desempenho escolar. O percentual de destaque naquelas crianças que seguem uma alimentação equilibrada é 14% maior do que o daquelas que não o fazem. Além disso, eles estão significativamente mais satisfeitos com seus deveres de casa, as suas notas e 84% deles não lhes custa ir às aulas.

    1. CUIDADO COM BEBIDAS ENERGÉTICAS

    Tornou-se moda entre os adolescentes consumir bebidas energéticas em geral e especificamente nas épocas de exames para reduzir a fadiga e conseguir um melhor desempenho. Uma única lata de 250 ml desta bebida contém 80 miligramas de cafeína. Para referência, isso equivale a uma chávena e meia de café expresso. A dose máxima considerada segura de uma única ingestão é de 200mg. Além disso, contém níveis muito elevados de açúcar (metade da dose diária recomendada pela OMS) e taurina, substância que também estimula o Sistema Nervoso Central.

    “Se o meu filho me pedisse essa bebida para estudar, eu diria não da mesma forma que se ele me pedisse um charro para acalmar e relaxar”, conta Guerrero. Aposte no descanso, na alimentação equilibrada e no desporto como as melhores ferramentas para obter um ótimo desempenho durante o curso e, principalmente, durante as épocas de exames.

    5 DICAS SIMPLES PARA EVITAR RESSONAR

    Se ressona, ou dorme com alguém que ressona, sabe que pode ser algo bastante incomodativo. Não só porque interrompe o seu ciclo de sono, como também pode provocar sinais de cansaço e sonolência ao longo do dia. No entanto, este é um problema que afeta uma grande percentagem de pessoas de diferentes gerações.

    Quando se está a dormir, os músculos da garganta relaxam, a língua cai para trás e a garganta fica estreita e macia. Enquanto respiramos, as paredes da garganta vibram, e é aí que algumas pessoas fazem aquele som de “rrrrrrroooo”.

    Existem diferentes fatores que provocam o ressonar, como o envelhecimento, a obesidade, o consumo de álcool, a posição em que dorme e até mesmo doenças respiratória e alergias.

    Se tem um ressonar crónico deve consultar um médico especialista para se certificar de que não tem apneia obstrutiva do sono ou outro problema de saúde. Mas se apenas ressona em situação particulares, apresentamos-lhe algumas soluções simples e que pode fazer em casa para dar mais tranquilidade e conforto às suas noites e ao seu parceiro.

    Use um humidificador

    Ter ar condicionado, aquecedores e outras unidades de aquecimento em casa podem retirar a humidade do ar e deixá-lo bastante seco. Algumas pessoas, com narizes e gargantas mais sensíveis, podem ficar afetados. Para devolver a humidade ao ambiente, utilize um humidificador de ar de forma a tornar a respiração mais fácil e confortável. Pode até adicionar um óleo essencial ao seu humidificador com aroma de hortelã-pimenta ou eucalipto, que são ótimos para abrir os canais de respiração e aliviar o ronco.

    Tome banho antes de dormir

    O vapor quente e húmido do banho pode ajudá-lo a reduzir a congestão nasal e fazê-lo respirar mais facilmente. No entanto, sabemos que tomar banhos todos os dias antes de dormir pode não ser a maneira mais económica. Pode também optar por encher uma tigela com água a ferver e inclinar-se sobre ela para respirar os vapores durante 5 a 10 minutos. Para concentrar os vapores, utilize uma toalha para cobrir a cabeça e fazer um efeito de tenda. Pode ainda, aplicar umas gotas de óleo essencial na água para potenciar o efeito.

    Lubrifique as narinas

    A Ayurveda, um sistema de medicina alternativa indiana com mais de 5 mil anos, recomenda lubrificar as passagens nasais com óleo vegetal (côco, sésamo, etc) ou ghee para ajudar a silenciar o ronco. Ghee também é conhecido como manteiga clarificada. É usado em muitos remédios ayurvédicos pelas suas propriedades medicinais. Com as mãos limpas, utilize o dedo mindinho para lubrificar o interior das narinas com o óleo escolhido. Pressione gentilmente uma narina de cada vez e respire para lubrificar ainda mais o canal respiratório. Pode repetir o processo antes de ir dormir e ao acordar.

    Lubrifique a garganta

    Lubrificar a garganta vai ajudá-lo a reduzir a vibração que causa o ronco. O azeite é um forte agente anti-inflamatório e pode diminuir o inchaço nas vias respiratórias, além de também aliviar a dor. Tome 2 a 3 goles antes de ir para a cama. O mel, por sua vez, também é um ótimo aliado na redução das vibrações da garganta porque a reveste e ainda tem propriedades anti-inflamatórias. Basta colocar uma colher de mel no chá e bebê-lo entre o jantar e a hora de dormir.

    Durma de lado

    Dormir de costas pode fazer com que a língua se mova para a parte de trás da garganta e bloqueie o fluxo de ar, causando o ronco. Em vez disso, durma de lado para facilitar a passagem de ar. Enquanto está de lado, o ar flui mais facilmente, tornando esta a melhor posição de dormir e parar de ressonar.

    Dormir de lado exige que tenha uma almofada adequada para lhe dar o suporte necessário ao ombro que suporta o peso do resto do corpo.

    22 de Maio, 2022

    DIA DO AUTOR PORTUGUÊS: 7 OBRAS NACIONAIS QUE TODOS DEVIAM LER

    O dia 22 de maio é marcado pela celebração dos autores portugueses. E, em Portugal, não faltam motivos de orgulho para comemorar esta data. O nosso país tem uma grande variedade de escritores ilustres que nos deixaram obras de prestígio e reconhecimento mundial nas várias vertentes da literatura.

    Conhecer o legado dos escritores portugueses é conhecer também a riqueza cultural e a história de Portugal. Por isso, reunimos 10 obras nacionais que achamos que todos deviam ler. Desde prosa à poesia, neste artigo vai encontrar algum livro que lhe chame mais à atenção. Depois, é só levá-lo para a mesa de cabeceira e ler algumas páginas no conforto da sua cama, antes de dormir.

    O Ano da Morte de Ricardo Reis (José Saramago)

    Este livro é um romance escrito por José Saramago, o autor que recebeu o Prémio Nobel da Literatura em 1998, e que foi publicado em 1994. A história desenrola-se em torno do heterónimo Ricardo Reis, uma personagem fictícia criada por Fernando Pessoa. Nesta obra, Saramago utilizou os dados biográficos do personagem e construiu uma narrativa sobre um médico exilado no Brasil, desde 1919, por motivos políticos e que regressa a Portugal, em dezembro de 1935. O romance relata então os nove meses passados por Ricardo Reis em Lisboa até à data da sua morte, em 1936.

    Húmus (Raul Brandão)

    A obra mais conhecida de Raul Brandão (1867-1930), foi publicada em 1917, no ano da revolução soviética. Neste livro é possível encontrar temas importantes como a morte, num tom que era bastante inovador para a época em que foi lançado. É um misto de ficção e prosa que tem uma vila literária como “pano de fundo”, criada pelo próprio autor.

    A Sibila (Agustina Bessa-Luís)

    Nascida em 1992, Agustina Bessa-Luís conta como uma das maiores referências da literatura portuguesa. A sua obra de ficção contemporânea publicada em 1954, A Sibila, inaugura uma nova forma de escrita elitista, que caracteriza toda a obra da romancista. Entre as memórias das personagens, onde o passado legitima o presente e vice-versa, a autora foca o tema do livro no papel das mulheres, a importância da recordação e um discurso que se repete, mas acrescentando sempre novas informações. É um obra muito complexa mas que atribui uma grande originalidade à autora.

    A máquina de fazer espanhóis (Valter Hugo Mãe)

    António Jorge da Silva é um barbeiro de 84 anos que perdeu a esposa e viu-se na situação de ter de viver em asilo. Solitário e distante de tudo, vê-se obrigado a pensar em novas formas de seguir a sua vida. O livro, que tem o próprio António Jorge da Silva como narrador , fala sobre saudade e família, e sobre a luta de um homem para refazer a sua vida e até a própria identidade. Neste livro, Valter Hugo Mãe arriscou de forma sublime em falar de temas delicados como a velhice, o amor e a amizade.

    Obra Poética (Sophia de Mello Breyner)

    Nascida no Porto em 1919, Sophia de Mello Breyner Andresen escreveu poesia e ficção. Entre suas obras mais notáveis ​​estão seus contos infantis e livros de poesia. Andresen também foi reconhecida com alguns prémios de prestígio: foi a primeira mulher a receber o Prémio Camões em 1999, e também ganhou o prémio Rainha Sofia, em Espanha, em 2003. A contribuição de Andresen para a cultura portuguesa foi tão valorizada que, após a sua morte, ela foi enterrada no Panteão Nacional, a segunda mulher depois da fadista Amália Rodrigues.

     Os Lusíadas (Luís Vaz de Camões)

    O mais conhecido dos escritores foi Luís de Camões, nascido em meados da década de 1520. A sua vida foi um pouco misteriosa mas a sua poesia tornou-se conhecida em todo o mundo, atribuindo-lhe uma grande reputação literária. O seu livro de poesia, Os Lusíadas, é um dos mais famosos e a sua escrita tem sido comparada a Shakespeare e Homero.

    O Livro do desassossego (Fernando Pessoa)

    O escritor português mais conhecido da história pode ser o autor e poeta Fernando Pessoa. Nascido em Lisboa no final do século XIX, foi também filósofo e pioneiro do Modernismo Literário, o movimento filosófico da época. Durante a sua vida, que terminou aos 47 anos, Pessoa trabalhou também como tradutor, crítico e editor. A obra mais famosa de Fernando Pessoa pode ter sido O Livro do Desassossego, que infelizmente foi publicada após o seu falecimento. Uma coleção que se assemelha a um diário, escrita principalmente como um relato autorreflexivo de um de seus muitos pseudónimos, Bernardo Soares.

    18 de Maio, 2022

    DIA INTERNACIONAL DOS MUSEUS: 5 MUSEUS PARA VISITAR COM AS CRIANÇAS

    No dia 18 de maio, celebra-se o Dia Internacional dos Museus. Esta data que se comemora todos os anos, desde 1977, foi instituída pelo Conselho Internacional de Museus – ICOM com o objetivo de reforçar a importância dos museus no desenvolvimento da sociedade.

    Portugal é um país rico em cultura, história e arte, e os nossos museus refletem essa herança cultural na perfeição. Visitar museus do nosso país é uma excelente atividade para estimular a criatividade e abrir novos horizontes, tanto a adultos como a crianças.

    A nossa sugestão para comemorar este dia é que saia de casa e leve as crianças, explorando algum dos muitos museus disponíveis. E não se preocupe se as crianças vão ficar aborrecidas, porque temos uma lista de 5 museus que as crianças vão adorar. Além disso, neste dia comemorativo, muitos destes espaços organizam atividades lúdicas e divertidas para os mais pequenos.

    Museu Interativo da Fábrica do Chocolate (Viana do Castelo)

    Qual é a criança (e o adulto) que não adora chocolate? Neste museu vai poder fazer uma viagem pela história do cacau e do chocolate, e ainda ter acesso a experiências 3D diversificadas como sentir cheiros, vento, calor e muito mais. Pode também fazer o seu próprio chocolate, ao mesmo tempo que aprende os processos de transformação do cacau, e recolher no final a sua tablete com rótulo personalizado. Esta parece-nos ser uma experiência bem divertida e deliciosa para toda a família!

    Museu do Brinquedo (Seia)

    Um museu que tanto os miúdos como os graúdos vão adorar. Tem cerca de 8 mil brinquedos nacionais e internacionais expostos que contam com bonecas, carrinhos, triciclos… a lista é interminável. Vai sentir imensa nostalgia ao rever brinquedos da sua infância e mostrar aos mais novos como se brincava noutros tempos. É impossível visitar este museu sem ficar entusiasmado com esta coleção extraordinária.

    MAAT (Lisboa)

    Falar do MAAT é falar de diversidade! Com exposições para todo o tipo de público, este museu é considerado um dos mais completos e atrativos da capital. O Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia oferece visitas-diálogo, visitas-jogos, oficinas e workshops dinâmicos e criativos, de forma a que os visitantes ponham as mãos na “massa” e explorem as suas capacidades criativas e expressivas.

    World of Discoveries (Porto)

    Este museu no Porto vai fazer com que qualquer criança se sinta um verdadeiro explorador da época dos Descobrimentos. Aqui, aprendem de forma divertida tudo sobre esta época tão importante da História de Portugal , conhecer os povos e as culturas e até podem entrar numa nau do século XVII.

    Museu do Brinquedo (Funchal)

    Quem disse que, se estiver pelas ilhas, não pode divertir-se com as crianças no museu? Na Madeira, um edifício do século XVIII foi convertido num museu que acarreta uma exposição com cerca de 20 mil brinquedos. Lá vai poder encontrar uma coleção surpreendente de soldadinhos de chumbo, barcos a vapor, aviões e muito mais. Desde os finais do século XIX até aos dias de hoje, não faltam relíquias para ver e entreter toda a família.

    Seja qual for o museu que escolha visitar no Dia Internacional dos Museus, temos a certeza que será um dia diferente e muito divertido para todos. No final, todos aprenderam alguma coisa ou viram algo que nunca tinham visto antes. É essa a magia dos museus.

    13 de Maio, 2022

    COMO DORMIR MELHOR NA ÉPOCA DAS ALERGIAS?

    Maio pode ser um mês muito desconfortável para quem sofre de alergias. Se esse é o seu caso, saberá perfeitamente que os sintomas das alergias como espirrosnariz a pingar e tosse trazem grandes dificuldades quando está a tentar adormecer. Sofrer de alergias pode também refletir-se na dificuldade em respirar durante a noite, interrompendo o sono e impedindo-o de ter uma boa noite de descanso.

    Muitas pessoas recorrem a medicamentos para aliviar os sintomas das alergias, mas nem todos estão imunes aos efeitos colaterais negativos. Os tratamentos de alergias geralmente contêm descongestionantes que o mantém acordado ou anti-histamínicos que podem causar sonolência diurna. Não tendo dormido horas suficientes para um descanso de qualidade, pode ainda sofrer de dores de cabeça no dia seguinte, sentimentos de ansiedade ou depressão e até falta de concentração.

    Para o ajudar a aliviar os sintomas de alergias, reunimos algumas maneiras simples e práticas para tornar o seu quarto num ambiente mais antialérgico.

    Livre-se dos ácaros

    Todas as casas estão sujeitas a poeira e ácaros. É na cama e nas almofadas que eles mais gostam de se esconder, porque é lá que reside uma grande quantidade de células mortas da pele que são libertadas durante o sono. Por isso, é muito importante que lave com regularidade os lençóis, as fronhas das almofadas e o colchão. O ideal será também adicionar uma camada de proteção extra com um protetor de colchão.

    Tome banho antes de dormir

    Tomar banho antes de ir para a cama limpa o pólen do cabelo e remove as células mortas da pele. E não se esqueça de usar pijamas limpos. Além disso, os vapores do banho vão ajudá-lo a descongestionar as vias aéreas, facilitando a respiração durante o sono.

    Feche as janelas

    Deixar entrar ar fresco numa noite quente pode parecer tentador, mas uma janela aberta abre caminho para a entrada de pólen no quarto. Se procura ter uma noite de sono mais fresca, opte por trocar a roupa de cama e almofadas por tecidos mais frescos. Uma escolha diferente das fibras pode ajudar na circulação de ar perto do rosto e do corpo.

    Escolha o conforto hipoalergénico

    Na Molaflex, utilizamos fibras hipoalergénicas na composição dos nossos produtos para garantir a máxima higiene durante o seu descanso. Desde colchões, edredões, protetores de colchão e almofadas, todos eles foram pensados para garantir que tenha um sono saudável com todo o conforto que merece.

    As alergias não devem impedir que tenha um sono de qualidade. Siga estas dicas e poderá gerir melhor os sintomas das alergias e, consequentemente, dormir melhor.

    MOLAFLEX É A MARCA DE CONFIANÇA DE 2022

    Pelo 9º ano consecutivo, os consumidores portugueses voltaram a escolher a Molaflex como “Marca de Confiança”, na categoria “Colchões”.

    Desde 2014, que o prémio Marca de Confiança é atribuído à Molaflex. Os resultados baseiam-se num estudo anual elaborado pela revista Seleções do Reader’s Digest, que identifica as marcas em que os portugueses mais confiam e que resulta da votação direta de milhares de consumidores. A nomeação é feita pelos inquiridos através de uma pergunta aberta, transmitindo de forma transparente a preferência dos participantes, sem influências ou sugestões condicionadoras das respostas.

    Merecer a confiança dos portugueses pelo 9º ano consecutivo enche-nos de orgulho mas também nos incute um grande sentido de responsabilidade. Por isso, à excelência e ao conforto dos nossos colchões acrescentamos a nossa preocupação, que é a preocupação de todos: a sustentabilidade do planeta.

    O tecido da nova gama SEAQUAL é produzido a partir de plástico recolhido do oceano. Por cada colchão, retiramos 65 garrafas do mar, que serão transformadas em micropartículas para o seu conforto.

    Obrigado pela sua confiança. É ela que nos faz avançar.

    6 de Maio, 2022

    CONSELHOS PARA DORMIR BEM

    Às vezes, preocupações, stress, trabalho e muitos outros aspectos da vida não permitem que descanse o que precisa. É normal que uma noite ou outra não consiga dormir como gostaria, mas não se assuste, temos algumas dicas que podem ajudá-lo a descansar melhor e assim evitar a insónia ocasional.

    Ao chegar em casa, relaxe, tente não se irritar ou tratar de questões de trabalho pelo menos 2 horas antes de dormir. O stress e as preocupações não permitem deixar a mente livre e relaxada para começar a dormir. É importante cuidar da mente para garantir que no dia seguinte ela esteja descansada e com forças para enfrentar o dia. Existem muitas soluções para evitar distrações contraproducentes e permitir um bom descanso. Experimente ler livros em papel para relaxar e não pensar nas questões que o preocupam, converse com o seu parceiro, um amigo ou brinque com os seus filhos, experimente atividades que gerem momentos de felicidade e assim afastem os maus pensamentos.

    Antes de dormir, é aconselhável alongar-se para reduzir as dores nas costas, no pescoço e relaxar o corpo. Verifique com atenção se sofre de dores nas costas ou no pescoço ao acordar, se sim, seria bom analisar o estado do seu colchão e almofada.

    Um estado de relaxamento pleno pode ser alcançado através dos sentidos, tente adicionar algumas gotas de óleo de lavanda ou tea tree aos seus lençóis ou até óleos corporais com aroma de lavanda após um bom banho quente para relaxar os músculos.

    Outra opção é tentar remédios naturais como melatonina ou valeriana para ajudar o corpo a adormecer naturalmente. Coma mel, nozes ou laticínios, alimentos ricos em triptofanos que podem ajudá-lo a dormir.

    O mais importante para acalmar o corpo e entrar em estado de relaxamento é seguir uma rotina antes de dormir. Dessa forma, a mente sabe que a hora de abraçar Morfeu está a aproximar-se e relaxa aos poucos. Não existe uma rotina ideal que sirva a todos igualmente, cada pessoa deve criar os seus próprios rituais e momentos de relaxamento que mais os ajudem a adormecer e acordar com energia.

    3 de Maio, 2022

    COMO É QUE OS FRUTOS VERMELHOS BENEFICIAM O DESCANSO?

    Embora normalmente não reparemos, uma boa alimentação é a chave para ter um melhor descanso. Monitorizar o que comemos, em que quantidades e quando comemos, é algo que devemos ter em conta não só quando olhamos para a nossa saúde no geral, mas também a pensar no momento de nos deitarmos.

    Neste artigo, vamos falar sobre os benefícios dos frutos vermelhos, também conhecidos como bagas: mirtilos, framboesas, morangos, cerejas, groselhas, ameixas e amoras são os principais. Destacam-se pela sua cor intensa, mas muito mais pelo seu valor nutritivo e propriedades, tais como:

    Alto teor de antioxidantes: os frutos vermelhos possuem flavonóides, um dos mais conhecidos e eficazes neutralizadores de radicais livres (antioxidantes). Esses antioxidantes naturais retardam o processo de envelhecimento do corpo.

    Retardam o envelhecimento da pele: combatem os radicais livres responsáveis ​​pela geração das células.

    Mantêm o cérebro saudável: graças à sua capacidade de neutralizar os radicais livres, ajudam a melhorar a memória e a agilidade mental.

    Cuidam do coração: os frutos vermelhos contêm uma grande quantidade de polifenóis e antocianinas, componentes que contribuem para a saúde cardíaca e coronária.

    Então, se as bagas têm todos esses benefícios, como podemos aplicá-los para melhorar o nosso sono?

    Está comprovado que certos frutos vermelhos ajudam-nos a descansar. Por exemplo, os morangos, graças ao seu teor de triptofano, ajudam-nos a adormecer com mais tranquilidade. As cerejas também cumprem essa função na hora de dormir. Estes contêm uma quantidade de melatonina que ajuda a melhorar e regular os hábitos de sono. Além disso, todas as infusões que contêm essas frutas serão um aliado perfeito para conciliar um sono mais profundo e nos ajudar no nosso descanso.

    A essência de frutos vermelhos que é libertada proporciona um bem-estar adicional durante o sono.

    28 de Abril, 2022

    5 PRESENTES CONFORTÁVEIS PARA MÃES QUE MERECEM UM BOM DESCANSO

    Se leu um dos últimos artigos Molaflex sobre o sono da mulher, ficou a saber que as mulheres dormem menos e têm um sono mais pobre do que os homens. Grande parte disso deve-se às diferentes fases da vida de uma mulher e as alterações hormonais inerentes a cada uma delas.

    Basta aliarmos este facto biológico ao esforço que aplicam em cuidar dos filhos e às preocupações constantes de uma mãe, que percebemos facilmente a necessidade de uma boa dose de descanso.

    Preocupar-se com o bem-estar e saúde da sua mãe é uma grande demonstração de afeto e carinho que lhe pode fazer. Por isso, preparamos um guia de presentes com o máximo conforto para fazer as delícias das noites de sono:

    1. Máscara de olhos

    Uma máscara de olhos para dormir pode ajudar a bloquear a luz que perturba o sono e evocar uma sensação de segurança, conforto e relaxamento. Uma máscara de olhos composta por seda pode ajudar também a acalmar a pele mais delicada à volta dos olhos da mãe.

    1. Colchão SEAQUAL Molaflex

    Dormir num colchão de qualidade é meio caminho andado para uma noite de sono relaxada e plena. E como as nossas mães merecem o melhor dos melhores, a nossa sugestão de presente é o novo colchão SEAQUAL. Este colchão é um produto inovador que utiliza plásticos reciclados do oceano para serem posteriormente transformados em fibras de alta qualidade. Foi recentemente galardoado com o Prémio Cinco Estrelas 2022 com uma taxa de satisfação superior a 80%. Com o colchão SEAQUAL da Molaflex, estará a cuidar do bem-estar da sua mãe e da saúde da mãe natureza.

    1. Almofada

    Quem dorme com uma almofada de qualidade superior sabe que é impossível voltar às que usava anteriormente.  A partir do momento que a sua mãe dormir numa almofada adequada, que responda às suas necessidades e feita a partir de materiais premium, o seu descanso torna-se absolutamente fabuloso. Quem dorme com almofadas Molaflex sabe do que estamos a falar.

    1. Difusor de aromas

    Muitas vezes o problema não é o sono em si, mas a dificuldade em adormecer. Com tantas responsabilidades no dia-a-dia, é natural que as mães não consigam desligar do resto imediatamente quando vão para a cama. Um difusor de aromas no quarto, com os aromas certos, pode promover um sono melhor, ajudar a acordar melhor na manhã seguinte e até influenciar os sonhos e a formação da memória durante o sono. Existem aromas com propriedades específicas que promovem o descanso e o relaxamento. Saiba mais sobre a aromaterapia, neste artigo.

    1. Pijama

    Mime a sua mãe este ano com um novo pijama. Esta é uma ideia de presente bastante económica que demonstra atenção e cuidado. De pijamas estampados a lisos, com cores diversificadas ou a cor favorita da sua mãe, aos pijamas de seda mais luxuosos, este é o presente que não pode dar errado.

    O mais importante de tudo é demonstrar o quanto gostamos das nossas mães, ou de quem é como uma mãe para si, hoje e todos os dias. Até o simples e bonito gesto de lhe levar o pequeno-almoço à cama pode demonstrar o carinho que sente por ela.

    26 de Abril, 2022

    O PRIMEIRO ECLIPSE DO ANO ACONTECE ESTE MÊS!

    É já no final deste mês, dia 30 de abril, que vai ocorrer o primeiro Eclipse do ano. Este Eclipse será solar e parcial, e nem toda a gente terá a oportunidade de o observar.

    Um eclipse solar ocorre quando a lua passa entre a Terra e o Sol tapando parcialmente o Sol para os espectadores na Terra. Durante o Eclipse Solar Parcial deste mês, o sol vai ser escurecido pela lua até um máximo de 54%.

    Os eclipses solares são possíveis devido a um alinhamento casual entre a lua, a Terra e o sol. Como a lua varia a distância do nosso planeta, um eclipse ocorre quando ela passa à frente do sol num ponto em que ela está mais afastada da Terra do que o normal.

    Um eclipse solar parcial é quando ocorre apenas a penumbra, ou a sombra parcial. Portanto, uma parte do sol irá permanecer sempre à vista durante o eclipse.

    Os espectadores dentro da direção do eclipse irão ter a oportunidade de ver o fenómeno nitidamente. No entanto, aqueles que estão fora do alcance apenas perceberão ligeiras diferenças, quase imperceptíveis. Portanto, quanto mais próximo estiver da direção do eclipse, mais visível ele é.

    Este eclipse solar parcial vai ser possível ser visto no sul da América do Sul (Argentina, Chile, Uruguai, sul do Peru e Bolívia, oeste do Paraguai e uma pequena parte do Brasil), partes da Antártida, parte do sudeste do Oceano Pacífico e uma faixa muito fina no Oceano Atlântico perto da fronteira com a Argentina.

    Este ano, haverá ainda uma segunda oportunidade de ver um eclipse solar, no dia 25 de outubro, que será visível da maior parte da Europa, do Norte de África, do Médio Oriente e da Ásia Ocidental.

    Contudo, em Portugal não será possível observá-lo. Os sortudos desta vez serão os que estiverem em partes da Eurásia e poderão observar até 86% do Sol coberto. Algumas das cidades que vão conseguir observá-lo são: Estocolmo, Helsínquia, Moscovo, Bagdad, Cabul, Nova Deli, etc.

    CELEBRE O DIA DA TERRA COM O CONFORTO SUSTENTÁVEL MOLAFLEX

    No dia 22 de abril, comemora-se o Dia da Terra, uma celebração anual que se iniciou em 1970 para demonstrar apoio à proteção ambiental em todo o mundo. Embora os eventos comemorativos incluam todo o tipo de atividades, desde palestras a maratonas de plantio de árvores e festas, na Molaflex celebramos o planeta Terra todos os dias há 70 anos.

    A Molaflex assume um sólido compromisso com o bem estar das comunidades em que se integra, através de uma política ambiental responsável. Assumindo-se como uma indústria não poluente, 100% dos resíduos que cria durante o processo produtivo são reciclados. Além disso, é também aderente do Ponto Verde desde a primeira hora e mais de 95% dos componentes que incorpora nos seus produtos são de origem nacional.

    Mais recentemente, a Molaflex criou uma gama de colchões ecológicos e sustentáveis, inteiramente produzida a partir de plásticos recolhidos dos oceanos, a fim de reduzir o lixo dos oceanos, dando-lhes uma segunda vida e preservando a vida de milhares de espécies animais que sofrem com esta conjuntura.

    O Descanso Sustentável SEAQUAL

    Todos os anos, milhões de toneladas de plástico vão parar ao mar e mais 100,000 mamíferos marinhos e 1 milhão de aves morrem devido ao lixo que anda à deriva. No sentido de minimizar os danos que essa realidade causa ao nosso planeta, todos os dias, as equipas especializadas trazem esses plásticos para a terra.

    Para produzir cada colchão SEAQUAL, são retiradas 85 garrafas de plástico do mar.

    Esses plásticos são transformados em fibras sustentáveis de máxima qualidade, 100% recicladas, que utilizamos na produção dos nossos colchões para que possa desfrutar de uma boa noite de sono, com a consciência tranquila.

    SEAQUAL Pocket e SEAQUAL Multi

    Esta gama é composta por dois modelos de colchão: o Seaqual Pocket que encorpora um núcleo de molas ensacadas, que se adaptam ao corpo de forma independente, e pelo Seaqual Multi, com Mola Contínua Multielástic, uma tecnologia exclusiva Molaflex, que lhe oferece uma melhor resistência, durabilidade e respirabilidade.

    Já consegue imaginar o conforto das suas noites com um colchão amigo do ambiente e com a qualidade dos materiais da Molaflex? Se o que já foi dito até agora não o convenceu, apresentamos-lhe mais uma razão que vai tornar este colchão ainda mais irresistível.

    Aproveite esta oportunidade para renovar o seu colchão antigo, levando o máximo conforto para a sua casa. Celebre o Dia da Terra e aposte na gama SEAQUAL, que além de cuidar do nosso planeta, cuida de si.

    20 de Abril, 2022

    APRENDA A DORMIR BEM

    ritmo de vida da sociedade atual faz com que não durmamos mais o mesmo número de horas de alguns anos atrás e, embora saibamos que o sono ainda é importante, o tempo que passamos a descansar é cada vez menor. Por todos esses motivos, é ainda mais importante estar ciente da importância de saber dormir bem.

    Todos sabemos que precisamos dormir o suficiente, mas temos clareza sobre o quanto é suficiente?

    A resposta não é simples, depende, por exemplo, se somos homens ou mulheres ou até mesmo da nossa idade. Assim, uma criança pequena precisa de muito mais sono do que uma pessoa idosa e é comprovado fisiologicamente que as mulheres precisam de mais sono do que os homens.

    Mas se for preciso dar um número, diríamos que a margem é entre 7 e 9 horas de sono diário. Num estudo sobre o sono, foi estabelecido que os espanhóis estão dentro desses limites recomendados num nível geral, já que dormem uma média de 7,1 horas de segunda a sexta-feira. Embora seja preocupante que 35% declarem não chegar a dormir as 7 horas mínimas recomendadas.

    E o que nos impede de dormir bem? Embora as razões sejam múltiplas, sem dúvida o stress e as doenças são os mais frequentes e talvez também os mais complicados de gerir. No entanto, outros como o estado do colchão (causador de insónia em 22% dos casos) ou a temperatura do quarto (8% dos casos) podem ser resolvidos com mais facilidade.

    É aconselhável ter uma boa rotina na hora de dormir, o que tornará mais fácil para nós adormecermos melhor. Assim, hábitos como tomar banho quente antes de dormir, fazer exercícios de meditação ou ouvir música relaxante são atividades que predispõem o nosso corpo a dormir. Devemos diminuir nossa frequência cardíaca, desacelerar as nossas ondas cerebrais e preparar-nos para dormir em paz.

    Quando participa numa corrida, treina e aquece antes para fazê-lo bem. Vamos fazer o mesmo com o nosso descanso, vamos passar algum tempo a preparar o nosso corpo e mente para conseguir um sono verdadeiramente reparador.

    13 de Abril, 2022

    COMO MANTER O SONO REGULADO DURANTE AS FÉRIAS DA PÁSCOA

    A Páscoa é uma ótima ocasião para estar com familiares e amigos. As crianças ficam super entusiasmadas e adoram fazer atividades divertidas, principalmente as que incluem procurar ovos da Páscoa escondidos. Esta é uma época de alegria para miúdos e graúdos, mas também de alguns excessos.

    Quando mencionamos excessos, estamos a falar do açúcar, pois claro. E também do excesso de cansaço que pode acumular durante as festividades. Afinal, as férias servem para fazer uma pausa e relaxar. Neste artigo, vamos dar-lhe algumas dicas de como regular o sono durante as férias da Páscoa, sem deixar de aproveitar o melhor desta data.

    Mantenha uma rotina de sono regular

    É importante manter uma rotina de sono regular para evitar o cansaço, especialmente nas crianças. Os horários de sono regulares ajudam-nas a adormecer de forma mais fácil e rápida. Claro que, na noite de Páscoa, é quase inevitável que permaneça um pouco mais tempo acordado, mas é importante que saiba quais são as consequências de optar por o fazer.

    Nas crianças, quando elas estão cansadas e não vão dormir de imediato, o corpo delas liberta uma hormona chamada cortisol. Esta hormona atua como uma dose extra de adrenalina, que os tornará mais ativos e irrequietos. Se já viu uma criança a ficar repentinamente energética e excitada antes de ir dormir, deve saber exatamente o que estamos a falar.

    Pense nisso quando começar a notar sinais de cansaço nas crianças e mantenha uma rotina de sono regular para evitar o cansaço.

    Evite o excesso de açúcar

    Uma Páscoa sem um docinho não seria nada divertido! Mas a quantidade de açúcar que deixa as crianças consumirem pode ser controlada. Lembre-se que o açúcar não está presente apenas nos chocolates e amêndoas da Páscoa.

    O açúcar pode ser encontrado em alimentos como o pão, os cereais, os sumos de frutamassaarroz e até nos molhos como o ketchup. Se este tipo de alimentos já estão presentes durante as refeições, é importante que haja um limite da quantidade de doces e guloseimas ingeridas.

    Além de fazer mal à saúde, como causar cáries nos dentes, promover a obesidade e diabetes, o açúcar também prejudica o sono das crianças. Quanto maior for a quantidade ingerida durante o dia, maior será a quantidade de vezes que a criança poderá acordar durante a noite. Isto acontece devido aos picos de açúcar no sangue, que vão interromper o sono durante a noite e fazer com que se sintam cansados no dia seguinte.

    Recomece na segunda-feira a seguir à Páscoa

    Não deixe que nenhum hábito de férias se torne a nova norma, especialmente quando se trata de dormir. Defina um limite e volte aos eixos com a sua rotina de dormir o mais rápido possível. Dê também aos seus filhos a oportunidade de terem um tempo tranquilo para recarregar se tiverem tido um período bastante agitado. Lembre-se que dias tranquilos levarão a noites tranquilas.

    Aproveite as férias da Páscoa para descansar, estar com quem lhe é mais próximo e viver momentos felizes. Desejamos-lhe uma excelente Páscoa!

    12 de Abril, 2022

    O IMPACTO DAS TECNOLOGIAS NO SONO

    Em muitas ocasiões, acreditamos que assistir televisão, usando o telemóvel ou qualquer outro dispositivo, nos ajuda a adormecer. É um momento para nós em que aparentemente relaxamos, mas será que o nosso cérebro também relaxa com o uso da tecnologia?

    cérebro precisa de perceber, 2 horas antes de dormir, que deve realmente desligar e relaxar (ou seja, livre de estímulos como os gerados pelas tecnologias). Rotinas como escovar os dentes, ler um livro ou beber chá ajudam a desacelerar a atividade cerebral. 61% dos adultos espanhóis assistem televisão por uma média de 1,9 horas e as crianças cerca de 1 hora entre jantar e dormir. Ajudar as crianças a adormecer é importante também para garantir o descanso adequado para os pais. Saber que 41% dos espanhóis acordam com a sensação de não terem descansado adequadamente é um dado relevante para entender que o sono não é apenas as horas que passamos na cama, mas também uma combinação de horas e qualidade do sono.

    Em comunidades autónomas como Andaluzia, quase não usam aparelhos eletrónicos antes de dormir e apenas 16% os usam já na cama. Esta comunidade autónoma dá grande importância ao sono, 92% dos andaluzes afirmam que dormir bem afeta o seu humor e são os que menos abusam das novas tecnologias antes de dormir.

    Os canários são os que mais usam dispositivos eletrónicos antes de dormir e, de facto, apenas 45% conseguem dormir toda a noite sem interrupções. Os valencianos são os que mais usam aparelhos eletrónicos na cama, o que pode causar problemas de sono.

    78% dos espanhóis têm problemas em adormecer, mas se criarmos e mantivermos uma rotina correta podemos melhorar a conciliação do sono bem como a sua qualidade.

    7 de Abril, 2022

    DE QUE FORMA NOS AFETA A PRIMAVERA?

    A primavera costuma ser uma estação que nos anima, as temperaturas sobem, os dias são mais longos e a vida social ao ar livre volta a ser possível.

    Muitas pessoas não sentem essa mudança de estação tão bem quanto deveria. Essas pessoas sofrem de um tipo de depressão chamada astenia da primavera, que também ocorre no outono, mas é chamada de depressão pós-férias.

    Alguns sintomas desse tipo de depressão são tristeza, cansaço, falta de energia e apatia. O corpo deve adaptar-se à nova estação, com as correspondentes mudanças de temperatura e humidade do ambiente, e cada indivíduo reage de forma diferente.

    Com as mudanças das estações, o nosso ritmo circadiano, o nosso relógio interno, é afetado e o corpo precisa de tempo para se adaptar a novas situações. Como os dias são mais longos e claros, a nossa produção de melatonina é afetada, o que pode causar distúrbios do sono até que o corpo se adapte definitivamente à estação.

    Dormir mal durante a fase de adaptação aumenta os sintomas da astenia. Por esta razão, recomendamos que vá para a cama um pouco mais cedo e feche completamente a cortina para ficar no escuro durante algum tempo e assim relaxar o corpo. Tente tornar a sua rotina de sono menos flexível durante esse período para facilitar o ajuste do seu corpo.

    Por outro lado, há pessoas que sentem um entusiasmo maior nesta época do ano, querendo sair mais, usar cores mais vivas e desfrutar o ar livre. Se isso acontece consigo, tente não mudar muito as suas rotinas de sono para que, quando o excesso de excitação causado pela mudança de estação diminuir, você não sofra de insónia ocasional.

    A primavera afeta-nos, é verdade, mas nem sempre é da mesma forma em todas as pessoas.

    5 de Abril, 2022

    SONO DE BELEZA

    Dormir bem influencia a forma como percebemos a beleza, tanto a nossa como a dos outros. Quando não dorme o suficiente, os vasos sanguíneos dilatam-se, criando papos de cores mais escuras debaixo dos olhos, conhecidos como olheiras. A nossa produção natural de colagénio diminui, então a pele não fica tensa e parece sem brilho. O corpo fica inchado e retém mais líquidos, e o sistema imunológico também é afetado. O sono é essencial para a regeneração da pele, se não dormirmos o suficiente, aparecem rugas prematuras.

    Melhorar o sono de beleza é simples, mas requer seguir certas diretrizes para garantir um sono reparador.

    1. Durma as horas necessárias. Os adultos devem dormir entre 7 e 8 horas por dia.
    2. Evite comer cereais e açúcares à noite, pois são excitantes e dificultam o sono.
    3. Beba água durante o dia, evitando beber água à noite e tendo despertares desnecessários.
    4. Use roupas de cama respiráveis ​​e naturais, como algodão.
    5. Lave a roupa de cama regularmente, evitando o uso de produtos químicos.

    49% das pessoas declaram que dormem mal devido ao stress, por isso tente acalmar-se, fazendo 5 minutos de meditação por dia para acalmar a ansiedade. Apenas 0,2% dos espanhóis realizam esses exercícios benéficos.

    O stress pode causar grandes estragos na sua beleza e saúde, causando alterações hormonais que causam acne, rugas e falta de brilho no rosto.

    A barreira protetora da pele pode ser afetada e, portanto, pode retardar a cicatrização de feridas e, consequentemente, criar marcas na pele.

    falta de sono e o stresse também estão relacionados ao aparecimento de cabelos grisalhos e queda de cabelo. O stress interrompe o ciclo de crescimento do cabelo e faz com que ele caia.

    Tente dormir as horas necessárias, ficará com melhor aspecto e verá os outros também melhor, além de o ajudar a manter o stress sob controlo.

    29 de Março, 2022

    ESTE É O COLCHÃO QUE PRECISA E AINDA NÃO SABE!

    No encerramento do ano, em 2021, a Molaflex quis fechar o ano em grande com uma novidade surpreendente. Um novo produto, irreverente e inovador, capaz de se afirmar no mercado dos colchões. Assim que foi anunciado, entrou a concurso, com a confiança que se iria destacar dos produtos concorrentes.

    A Molaflex é a única marca do ramo que conquistou todos os prémios atribuídos pelos consumidores e, por isso, é considerada a marca mais premiada pelos portugueses. Um dos prémios que ganhou recentemente foi o Prémio Cinco Estrelas e este ano, com a nova gama SEAQUAL a concurso, não foi excepção.

    O novo colchão sustentável, foi destacado dos restantes na categoria Cuidado e Conforto do Lar 2022 do Prémio Cinco Estrelas, com uma taxa de satisfação de 81,10%. Este reconhecimento foi atribuído à marca noutros anos, mas este ano teve um fator diferenciador pelo facto de ter concorrido com a primeira gama de colchões sustentáveis e eco-friendly.

    Estes colchões têm um conforto de qualidade garantido e premiado, são sustentáveis e amigos do planeta.

    Conheça a Gama SEAQUAL e aproveite esta oportunidade para adquirir o colchão que precisava mas ainda não sabia! 🙂

    28 de Março, 2022

    4 FORMAS DE SE ADAPTAR À MUDANÇA DE HORA (HORÁRIO DE VERÃO)

    No mês de março, assinala-se o início da primavera (20 março) e também a mudança de hora para o horário de verão. Se já começava a notar os dias mais longos (isto é, a escurecerem mais tarde), com a mudança de hora essa alteração ficará ainda mais acentuada.

    A mudança de horário de inverno para o de verão acontece sempre no último domingo de março e este aconteceu no dia 27 de março de 2022. Durante a madrugada de sábado para domingo, os relógios foram adiantados uma hora, das 01h00 para as 02h00, em Portugal Continental e Madeira. Já no Arquipélago dos Açores, a hora foi mudada à 00h00 para as 01h00 da mesma madrugada.

    O nosso relógio biológico não sincroniza automaticamente com o fuso horário ou as mudanças no horário oficial, como os relógios dos nossos telemóveis. É por isso que a mudança de hora pode atrapalhar o horário de sono. E, num contexto em que a privação do sono é cada vez mais comum, não precisamos de mais um obstáculo para um descanso de qualidade. A seguir, apresentamos-lhe algumas formas de se adaptar ao novo horário de verão.

    Exponha-se à luz natural

    No início, os efeitos negativos do horário de verão têm a ver com o ciclo inato de 24 horas do seu corpo com base no padrão do sol. Ao obter mais luz natural mais cedo e com frequência (certifique-se de proteger a pele), ajuda a ajustar o seu ritmo circadiano.

    Crie uma rotina noturna relaxante

    Existem alguns passos que podem ajudá-lo a evitar perder o sono à noite, como: evitar a ingestão de álcool 3-4 horas antes de dormir; cortar a cafeína 6 horas antes de dormir; evitar refeições pesadas dentro de 4 horas antes de deitar; reduzir lentamente a exposição a todas as formas de luz à medida que a noite avança; eliminar a exposição a todas as formas de luz azul nos últimos 60 minutos (ecrãs, lâmpadas LED) do seu dia, acalmando a mente com momentos mais relaxantes.

    Concentre-se na qualidade do sono

    Ter um sono de qualidade requer uma série de comportamentos promotores do sono. E os seus comportamentos diários podem ajudar ou prejudicar a qualidade do sono. Como? Por exemplo, fazendo atividade física regular, ter um equilíbrio nutricional saudável, ter um horário ideal de refeições, evitar a exposição noturna à luz azul e ter um ambiente no quarto que promova o sono são apenas algumas das coisas que pode modificar para promover um sono mais repousante.

    Faça sestas

    Fazer sestas curtas, até 25 minutos, pode ajudar a aliviar a sonolência diurna no período após a mudança de horário. A melhor hora para uma sesta é no início da tarde, uma hora em que seu corpo naturalmente tem uma diminuição de energia. Esse momento também evita um efeito negativo no seu sono nessa noite.

    Ter atenção a estes pequenos passos antes da transição para o horário de verão, pode fazer toda a diferença na qualidade do seu sono. Enquanto dorme, passa por diferentes fases do sono e todas têm um papel essencial para a saúde física e mental.

    HYGGE: O MÉTODO DINAMARQUÊS PARA SER FELIZ E DORMIR MELHOR

    Sabia que a Dinamarca é considerada um dos países mais felizes do mundo? É tão importante para os dinamarqueses serem felizes que até existe um Instituto de Pesquisa sobre a Felicidade! Eles têm até uma palavra própria para um tipo de felicidade bem específica que é impossível traduzir à letra noutras línguas: o Hygge.

    “Hygge” descreve uma experiência muito própria de intimidadeconfortofamiliaridadesegurança e bem-estar. É a sensação que temos quando estamos rodeados por entre queridos, em que todos estão felizes e relaxados em torno de uma lareira, a beber um bom chocolate quente… Está a ver a sensação de que estamos a falar?

    Na Dinamarca, onde os invernos são longos e os dias são curtos, o hygge tornou-se quase uma filosofia nacional. O hygge começou a ficar tão conhecido que muitos canais de comunicação não se cansam de o mencionar, desde o The New York Times a uma série de livros destinados a ajudar todos a viver a vida hygge, não importa onde morem.

    Este método tem tudo a ver com relaxar e encontrar paz e satisfação no nosso quotidiano. O hygge pode ajudar a dormir melhor, relaxando melhor. Até porque uma das maneiras mais eficazes de adormecer mais rápido é começar a relaxar bem antes de ir para a cama. Então, como pode praticar o hygge de forma a sentir-se mais feliz e relaxado e até a dormir melhor? Em seguida, falamos de 5 maneiras de aplicar o método dinamarquês na sua rotina.

    Faça do Hygge um hábito

    Trazer momentos aconchegantes para o nosso dia a dia não deve ser só em ocasiões especiais, mas sim um hábito. Ao criar uma rotina de noite relaxante, transmite ao seu corpo que é hora de relaxar, o que o ajudará a adormecer mais rápido.

    Acenda uma vela

    Um dos conselhos do Hygge é aproveitar a luz aconchegante das velas. Dessa forma estará a reduzir a luz forte das lâmpadas e a criar um ambiente relaxante para poder dormir melhor. Ao diminuir gradualmente a exposição à luz, mantém o ciclo do sono regulado e indica ao seu corpo que está preparado para dormir. Assim, conseguirá dormecer mais facilmente.

    Aproveite mais a natureza

    O hygge vai além de estar dentro do conforto do lar. É desfrutar a natureza e o tempo passado ao ar livre como, por exemplo, fazer uma caminhada ou andar de bicicleta.

    Hygge não é apenas ser aconchegante por dentro, é também curtir a natureza e passar o tempo ao ar livre. Isso pode ser tão simples quanto caminhar ou andar de bicicleta. Passar tempo ao ar livre também o ajuda a dormir melhor, uma vez que põe o corpo em movimento e exposto à luz solar, ajudando a regular os ciclos de sono.

    Leia mais livros

    Troque o portátil e a televisão por um bom livro e aconchegue-se no sofá. Ao evitar trabalhar pouco antes de ir para a cama, pode ter certeza de que deixa as preocupações de parte e sentir-se-á muito mais relaxado.

    Desligue-se da tecnologia

    Deixe de lado o telemóvel porque nem sempre precisa de estar conectável ou de saber as últimas notícias. Ao desligar-se algumas horas dos dispositivos eletrónicos antes de dormir, está a contribuir para se sintonizar com o momento. Nos artigos da Molaflex, já falámos várias vezes sobre os benefícios de se desconectar antes da hora de dormir. E se estiver interessado, por ler o artigo sobre como a luz azul afeta o sono.

    E porque dormir uma boa noite de sono não se faz apenas com Hygge, mas principalmente com conforto de qualidade, veja também como escolher o colchão Molaflex ideal para si, neste artigo.

    26 de Março, 2022

    5 TENDÊNCIAS DE DECORAÇÃO PARA A PRIMAVERA 2022

    Não sente que, nos últimos dois anos, tem mais vontade de fazer mudanças na sua casa? O tempo que passámos nela e a nova realidade do trabalho remoto a partir de casa, podem ter sido os responsáveis por nos preocuparmos mais pelo aspeto e a sensação que queremos que a nossa casa transmita.

    A chegada da primavera é a altura perfeita para ceder a essa vontade de mudança. Os dias começam a ficar mais longos, as temperaturas começam a subir e a alegria da estação reflete-se no exterior mas também no interior das casas.

    De jardins internos sonhadores a espaços abertos e inspirados na natureza, as tendências da primavera para 2022 têm opções para todos.

    Leve o jardim para dentro de casa

    Quem é que não teve, durante a pandemia, uma inesperada vontade de estar em contacto com a natureza? Em muitas pessoas, começou a florescer um gosto especial por jardinagem e a levar as suas plantas favoritas para o interior das casas. Nesta primavera de 2022, os jardins interiores são uma das maiores tendências.

    Os jardins verticais (paredes com vegetação) estão super em voga e têm o poder de animar qualquer espaço. Outras opções incluem converter os peitoris das janelas em mini jardins ou criar pequenas áreas externas em vasos no pátio ou na entrada da casa.

    Entre na era do design biofílico

    Definido como um tipo de design que enfatiza a adaptação humana ao mundo natural, trata-se de um design que faz a simbiose da sua casa com espaços ao ar livre e naturais. Se tem a sorte de morar numa área onde tem fácil acesso à natureza, pode ser tão simples quanto projetar a casa para deixar entrar muita luz natural e vegetação visual.

    Como? Com janelas do chão ao teto em certos compartimentos (como o escritório ou a sala de estar) por exemplo. Se mora na cidade, pode ser um pouco mais difícil adaptar-se aos caminhos da natureza, mas não é impossível.

    Algo tão simples como cultivar trepadeiras floridas nas grades da varanda ou usar mantas, tapetes e capas de almofadas com muitas fibras naturais atrai a natureza, de forma elegante e subtil.

    Abra espaço e organize-o

    Dar vida aos espaços abertos tem sido uma tendência nos últimos dois anos, especialmente com espaços compartilhados, como as áreas de estar, jantar e cozinha. Mas com a primavera vem também aquele impulso de limpar e arrumar. Além do tratamento do pó e da limpeza da casa no geral, as tendências de 2022 apontam para casas mais abertas e organizadas.

    “Menos é mais”, não é verdade? Este ano, os espaços tendem a ser mais amplos e limpos, e com apontamentos de itens valiosos e luxuosos que são exibidos de forma intencional. Prateleiras flutuantes, mesas conversíveis e espaços multiusos estão no topo da lista de itens obrigatórios para a decoração deste ano.

    Aceite as curvas

    Quanto ao conforto da casa, as tendências de decoração de interiores estão a passar por uma transformação que abraça curvas arredondadas e bordas suaves. De sofás e cadeiras de jantar a molduras e espelhos, as bordas arredondadas estão a tornar-se cada vez mais populares.

    A tendência indica um abrandamento das preferências arquitetónicas e de design que agora adotam uma sensação mais natural para a casa. As curvas parecem ter uma certa empatia por natureza, ao contrário das linhas retas e bordas “duras”.

    Flores, cores pastel e padrões

    Como já é comum na primavera, não faltam flores, cores pastel e padrões. Existem muito poucas coisas que o fazem sentir-se mais primaveril do que flores frescas. Para além do toque de cor que proporcionam, também refrescam o espaço com os seus aromas. Almofadas, cortinas e tapetes em tons pastel também trazem uma nova energia, assim como papéis de parede divertidos e padrões têxteis.

    Este é o momento perfeito para brincar com novos padrões e cores, por isso, inspire-se nestas dicas e deixe-se levar pela alegria da primavera!

    21 de Março, 2022

    5 VANTAGENS DE TER UMA BASE REBATÍVEL (SOMMIER) PARA A SUA CAMA

    Quem vive em casas pequenas, ou com pouco espaço de arrumação, sabe que nem sempre é fácil guardar e arrumar alguns itens mais volumosos, como cobertores, edredons, lençóis, mantas e almofadas.

    As bases rebatíveis (ou sommiers) são estruturas de cama perfeitas para conseguir aproveitar todo o espaço ocupado pela sua cama e armazenar todo o tipo de coisas que precisa, desde os têxteis da cama ao calçado.

    Estas estruturas são práticas, elegantes e uma mais-valia para a vida do seu colchão. Quer saber como? Continue a ler o artigo e descubra 5 vantagens de ter uma base rebatível (sommier).

    Permite limpar melhor e sem esforço

    A grande maioria das pessoas faz as próprias limpezas domésticas da sua casa. Por isso, não será novidade para ninguém quando lhe falamos sobre a dificuldade que é perder coisas debaixo da cama e só encontrá-las na altura das limpezas. Além disso, limpar debaixo da cama pode ser um verdadeiro desafio que requer muito engenho e energia.

    Com uma base rebatível, dificilmente perderá coisas debaixo da cama. Pode simplesmente colocar o que pretende arrumar devidamente num espaço de armazenamento definido. E ainda torna o quarto mais limpo e fácil de limpar, pois bloqueia a acumulação de “perdidos e achados” debaixo da cama.

    Aumenta o armário

    Um dos maiores desafios de viver numa casa pequena, com espaço reduzido, é ter espaço de armazenamento limitado. Em tais situações, investir numa base rebatível é uma das melhores maneiras de aumentar o espaço de arrumação para armazenar mais itens além do armário e das gavetas. Ao ganhar espaço extra para guardar as roupas e outros pertences, o quarto torna-se mais agradável e harmonioso.

    Dá mais estabilidade ao colchão

    A cama convencional sem estrutura traz problemas de instabilidade que têm sido associados a acidentes sem precedentes no quarto. Muitas vezes, as pessoas são apanhadas de surpresa quando o suporte do colchão cede durante o sono. Uma base rebatível com um colchão de espuma de memória proporciona-lhe muito mais suporte durante o sono. E, além disso, vai prolongar o tempo de vida do seu colchão.

    Torna o quarto mais elegante

    Existem muitas maneiras de tornar o quarto mais elegante, independentemente do estilo com o qual mais se identifica. Uma base rebatível com um bom design e materiais de qualidades é uma das melhores opções para adicionar um toque de estilo ao seu quarto. E, verdade seja dita, elas cumprem uma função ainda mais importante porque, além de bonitas, são extremamente úteis.

    Ajuda a controlar a desordem

    Se precisa de controlar a desordem, ter um espaço extra no quarto pode ser uma maneira eficaz de resolver o problema. Também pode usar o espaço extra durante uma situação de emergência, quando a casa não está totalmente limpa, mas precisa de fazer uma limpeza completa no menor tempo possível. Embora esse benefício seja temporário, é incrivelmente conveniente quando precisa.

    Se mora numa casa com espaço limitado e espaços de armazenamento ainda menores, as bases rebatíveis são a escolha certa para si. Na Molaflex, temos sommiers de diferentes designs, tamanhos e divisões de armazenamento, pensados para se adaptar às suas necessidades.

    20 de Março, 2022

    DORME A NOITE TODA SEGUIDA?

    Estima-se que 44% da população não consegue dormir durante toda a noite e, dependendo de onde mora e como se sente, a sua maneira de dormir pode estar a ajudá-lo ou prejudicá-lo.

    Os homens dormem mais tempo seguido do que as mulheres, os ciclos noturnos não são os mesmos e as mulheres, precisando de mais horas de sono, podem acordar com mais frequência ao longo da noite. Os solteiros dormem melhor do que os divorciados, separados e viúvos, não só porque tendem a ter menos preocupações, mas também porque tendem a ser mais jovens, o que ajuda a ter um sono mais estável à noite.

    É normal que a partir dos 25 anos notemos uma mudança nos nossos hábitos de sono, começamos a acordar com mais frequência, mas isso não significa que seja insónia, simplesmente os ciclos de sono são alterados e há mais despertares noturnos.

    Dormir com animais de estimação prejudica a qualidade do sono, pois o animal mexe-se e emite calor, podendo acordar-nos e dificultar o sono.

    alimentação saudável e a prática de exercício físico ajudam a adormecer e evitar acordar, mas evite praticar desporto no final da tarde, pois será mais difícil adormecer.

    Se acordar durante a noite não se desespere, não é considerado insónia, pois se voltar a dormir, inicia um novo ciclo de sono. Se não conseguir voltar a dormir, não fique nervoso, tome um copo de leite ou tome um banho quente. Tente evitar aparelhos eletrónicos que dificultam o processo de adormecer.

    15 de Março, 2022

    5 DICAS PARA ACORDAR SEM DESPERTADOR

    Algumas pessoas têm a sorte de não precisarem de um alarme para as ajudar a sair do sono profundo de manhã. Essas pessoas são muitas vezes chamadas de madrugadoras e conseguem acordar sem despertador naturalmente, algumas com a luz do dia às 5h30 da madrugada ou através de um relógio biológico super confiável que está, de alguma forma, pronto para começar o dia às 8h15 em ponto.

    Para outros, o conceito de poder acordar por conta própria todos os dias, a uma hora razoável – uma hora antes pode ser o suficiente para comparecer às responsabilidades diárias – é completamente estranho, até mesmo inconcebível. Para estas pessoas, um despertador é um mal necessário, pelo menos durante a semana – e acordar naturalmente a tempo do trabalho, do ginásio ou do autocarro escolar das crianças está simplesmente fora de questão.

    Contudo, existem algumas formas que podem ajudá-lo a regular os seus horários de sono e os ritmos circadianos de forma a conseguir acordar à hora desejada sem precisar de um despertador. Neste artigo, vai encontrar dicas preciosas para alcançar esse objetivo.

    Reduza as hormonas de stress noturno

    Melatonina e cortisol dizem-lhe alguma coisa? A primeira, é mais conhecida por ser a hormona do sono e muitos a associam imediatamente ao relaxamento. Ela regula o sono e determina quando é hora de dormir e de acordar. No entanto, muitas pessoas não sabem que a melatonina funciona simultaneamente com a hormona do stress, chamada cortisol. Desta forma, durante a manhã, os níveis de melatonina devem baixar à medida que o cortisol aumenta. Este pico de cortisol matinal é a chave para o desenvolvimento de um despertador interno.

    Para garantir que o cortisol aumenta no início da manhã, deve-se preocupar com a sintonia entre cortisol e melatonina à noite. Por exemplo, ao fazer atividades relaxantes algumas horas de se deitar, afastar-se de dispositivos eletrónicos que emitem luz azul a partir das 19h ou 20h. Assim, estará a aumentar as probabilidades de conseguir despertar cedo naturalmente.

    Use a compressão do sono

    Esta é uma técnica utilizada para ajustar horários de sono de forma a treinar a sua mente e o seu corpo a despertar naturalmente. Durante uma semana, acorde um pouco mais cedo – até 30 minutos por dia. No sétimo dia, pode dormir apenas cerca de cinco ou seis horas, portanto, não dirija ou opere máquinas perto do final dessa semana. Vai notar que esta compressão do sono de curto prazo vai começar a deixá-lo cansado muito mais cedo do que o normal.

    Em seguida, pode adicionar estrategicamente metade do tempo noturno que subtraiu nas semanas 2 e 3 em cada extremidade, na hora de dormir e acordar. Por exemplo, adicione de volta 15 minutos de sono todas as noites se subtraiu 30 minutos de sono noturno na primeira semana. Até o final da terceira semana, essas duas vezes devem, idealmente, ter 8,5 horas de intervalo – o que permite ter 30 minutos sem stress para adormecer.

    Apanhe luz matinal

    Lembre-se: a luz natural do início da manhã é muito mais potente do que a luz da tarde para alinhar os ciclos de sono e diminuir os níveis de melatonina. Faça uma caminhada rápida ou tome um café perto de uma janela voltada para o sol. A luz da manhã pode ajudar a reprogramar os ritmos circadianos de qualquer pessoa.

    Mantenha o tempo desperto regulado

    A consistência é fundamental. Se acorda às 5h durante a semana, não deve acordar às 8h durante o fim de semana. Se o seu horário de acordar ao fim de semana for mais tarde do que os dias da semana, vai ter jetlag social – e isso silenciará o despertador interno matinal que está a tentar desenvolver. Mantenha os seus horários de sono estáveis durante sete dias por semana.

    Seja paciente

    Ao longo das próximas semanas, vai poder perceber que está a acordar pouco antes do despertador. Alguns meses depois, pode nem precisar desse despertador. Aprecie a tranquilidade das primeiras horas e, em seguida, aproveite todos os preciosos e produtivos minutos da manhã.

    Agora que já sabe algumas dicas valiosas para conseguir acordar sem despertador, vai poder finalmente fazer os horários de sono com que sempre sonhou. No entanto, nem sempre será fácil adormecer de imediato, principalmente em dias mais agitados. Para o ajudar a adormecer rapidamente nessas situações, leia o artigo com dicas que o vão ajudar a cair num sono profundo.

    11 de Março, 2022

    PORQUE DORMIR É TÃO IMPORTANTE?

    Dormir o tempo suficiente é fundamental para ajudar a manter a saúde da mente e do corpo. E desengane-se se pensa que dormir é meramente um capricho, pois o sono tem um papel tão importante para a saúde como a prática de exercício físico ou uma alimentação equilibrada.

    Durante o sono, acontecem várias mudanças fisiológicas no nosso corpo. A temperatura, a frequência cardíaca e a atividade cerebral alteram durante todo aquele tempo em que estamos de olhos fechados. E, à medida que passamos pelos vários estágios do sono, o corpo recupera das atividades diárias, cognitiva e fisicamente. Por exemplo, as células sintetizam proteínas, os tecidos recuperam-se e as hormonas de crescimento são libertadas. Tudo isto enquanto dormimos.

    O sono também ajuda o cérebro a reorganizar e reter memórias. Enquanto está acordado, o cérebro recebe muitas informações e imagens que, durante o sono, o cérebro pode reproduzir e organizar, incluindo os eventos, memórias e informações do dia.

    A partir do que acabou de ler, já consegue perceber por linhas gerais a importância que o sono tem na nossa vida. De seguida, vamos explicar-lhe, de forma mais pormenorizada, por que deve passar mais tempo a dormir no conforto da sua cama.

    Maior produtividade e concentração

    Várias pesquisas associaram dormir o suficiente a uma melhor concentração, produtividade e cognição. E ainda houve vários estudos, que os cientistas fizeram no início dos anos 2000, que analisaram os efeitos da privação do sono. O que os investigadores concluíram é que o sono tem ligações com várias funções cerebrais, incluindo: concentração, produtividade e conhecimento. Os padrões de sono das crianças podem também ter um impacto direto no seu comportamento e rendimento escolar.

    Menor risco de aumento de peso

    A ligação entre o aumento de peso ou obesidade a padrões de sono curtos não é completamente clara. Um estudo mais recente na revista Sleep MedicineTrusted Source, conclui que não há ligação entre excesso de peso e privação de sono. No entanto, a falta de sono pode afetar o desejo ou a capacidade de uma pessoa manter um estilo de vida saudável, contribuindo diretamente para o aumento de peso.

    Da mesma forma que o aumento de peso, há evidências que sugerem que uma boa noite de sono pode ajudar uma pessoa a consumir menos calorias durante o dia. Por exemplo, um estudo no Proceedings of the National Academy of Sciences of the United States of America diz que os padrões de sono afetam as hormonas responsáveis ​​pelo apetite.

    Quando uma pessoa não dorme o suficiente, isso pode interferir na capacidade do corpo de regular a ingestão de alimentos corretamente.

    Maior inteligência social e emocional

    O sono tem ligações com a inteligência emocional e social das pessoas. Alguém que não dorme adequadamente tem maior probabilidade de ter problemas em reconhecer as emoções e expressões de outras pessoas.

    Por exemplo, um estudo no Journal of Sleep Research Trusted Source analisou as respostas das pessoas a estímulos emocionais. Os investigadores concluíram, de forma semelhante a muitos estudos anteriores, que a empatia emocional de uma pessoa é menor quando ela não dorme adequadamente.

    Sistema imunológico mais forte

    O sono ajuda o corpo a reparar, regenerar e recuperar. O sistema imunológico não é exceção a essa relação. Algumas pesquisas mostram como uma melhor qualidade do sono pode ajudar o corpo também a combater infecções.

    As necessidades de sono variam de pessoa para pessoa, dependendo de diferentes fatores. Consulte este artigo para ficar a saber quanto tempo devemos dormir e dedique mais tempo ao seu sono.

    8 de Março, 2022

    CHÁS PARA DORMIR MELHOR

    estas noites de frio nada é mais confortável que um chazinho na cama, com o cobertor em cima das pernas e um bom livro a fazer-nos companhia. Para além de todo o bem-estar que nos proporciona, o chá também pode ter propriedades que contribuem para uma boa noite de sono. Descubra quais os chás para dormir mais eficazes nessa missão.

     

    Camomila, valeriana e cidreira

    Provavelmente dos mais comuns. Temos, pelo menos, um destes sempre à mão. Estão no topo dos mais relaxantes pelas suas propriedades calmantes, excelentes para reduzir os níveis de stress e combater as nunca desejadas insónias.

     

    Passiflora

    O nome pode ser incomum, mas estamos apenas a referir-nos à flor do maracujá. Encontra facilmente em ervanárias e para além dos efeitos relaxantes, é muito recomendada para reduzir os níveis de ansiedade.

     

    Chá de alface

    Como assim, chá de alface? Pois, é verdade. Estamos mais habituados a utilizá-las nas saladas, mas este chá é um relaxante perfeito para bebés com mais de seis meses e até mesmo para grávidas. Nunca mais vai olhar para uma alface da mesma maneira.

     

    Lavanda

    A todo-poderosa lavanda. As suas propriedades relaxantes são mais do que evidentes e há até quem use os seus óleos em difusores para preparar o quarto para dormir. Para além de ajudar a desacelerar o ritmo do quotidiano e ajudar a adormecer, ajuda a prevenir problemas de estômago e respiratórios.

     

    Para além dos chás, também opte por:

    1. Fazer refeições leves à noite;
    2. Dormir num quarto completamente escuro;
    3. Reduzir o consumo diário de cafeína;
    4. Deitar-se sempre às mesmas horas.

    São muitos os chás para dormir com as propriedades calmantes que o ajudam a ter uma boa noite de sono. É uma questão de escolher o sabor que mais gosta ou de ir variando. Já bebeu o seu chazinho, hoje? Então deite-se e tenha uma boa noite.

    SONO NA MULHER PELO DR. JAVIER ALBARES

    DR. JAVIER ALBARES – Há cada vez mais evidências científicas que mostram que o sono das mulheres é diferente do dos homens, principalmente após a adolescência. As alterações hormonais (ciclo menstrual, gravidez, pós-parto e menopausa) têm muito a ver com essas diferenças.

    Conhecer melhor o efeito que as hormonas como o estrogénio e a progesterona têm no sono, bem como a sua interação com fatores ambientais e estilo de vida, ajuda-nos muito a melhorar o sono das mulheres.

    1. Os estrogénios, presentes em níveis mais elevados durante a fase folicular (primeira metade do ciclo menstrual), estão relacionados com o aumento do sono REM.
    2. A progesterona, que aumenta durante a fase lútea (segunda metade do ciclo), tem efeito hipnótico e está associada ao aumento do sono não REM e à diminuição do sono REM.

    É comum que as mulheres que sofrem de síndrome pré-menstrual aguda ou dor menstrual significativa tenham pior qualidade de sono nos dias anteriores e durante a menstruação. Dormindo melhor o resto dos dias do ciclo. Algumas mulheres também apresentam alterações no seu ritmo circadiano.

    Comparadas aos homens, as mulheres dormem em média 11 minutos a mais. Apesar disso, as suas necessidades de sono são maiores, pois a qualidade do sono é pior. Uma das causas que pode justificar a má qualidade do sono, além das alterações a nível hormonal, é acordar durante a noite para atender crianças ou idosos sob os seus cuidados.

    O SONO DA MULHER DURANTE A GRAVIDEZ

    Durante a gravidez, os distúrbios do sono são comuns. No entanto, não é comum perguntar às mulheres como estão a dormir durante o período de gestação. Muitos delas não explicam os problemas que têm nessa fase, assumindo que são “queixas típicas da sua condição”. Existem evidências científicas que mostram uma associação entre distúrbios do sono e riscos durante a gravidez (diabetes gestacional, pré-eclâmpsia ou hipertensão induzida pela gravidez). É por isso que deve ser incluído como rotina um questionário que permita um diagnóstico precoce das patologias mais frequentes que podem ser sofridas nesta fase. Especialmente durante o terceiro trimestre (insónia, apneia obstrutiva do sono e síndrome das pernas inquietas).

    O tratamento dos distúrbios do sono durante a gravidez deve ter como objetivo educar as mulheres sobre a importância do sono. É importante estar ciente do valor da higiene do sono e das opções não farmacológicas como primeira linha de tratamento, bem como a provável natureza temporária dos distúrbios do sono durante a gravidez.

    Durante o pós-parto os padrões de sono alteram bastante, principalmente nos primeiros meses. Algo que leva à sonolência diurna e fadiga nas mulheres que, se não tratadas adequadamente, podem predispor à depressão pós-parto.

    O SONO DA MULHER DURANTE A MENOPAUSA

    No período da menopausa (que começa vários anos antes da cessação completa da menstruação e continua por vários anos depois), a prevalência de distúrbios do sono aumenta consideravelmente. A principal queixa das mulheres nessa fase é a dificuldade em manter o sono, apresentando sono fragmentado, superficial e cansaço no dia seguinte.

    Outro distúrbio do sono que aumenta após a menopausa é o distúrbio respiratório (apneia obstrutiva do sono). Relacionado ao ganho de peso e/ou alterações na disposição do tecido adiposo no corpo da mulher.

    O sonho de uma mulher é um pilar básico para o seu bem-estar, tanto físico quanto mental. Sempre que ocorrem distúrbios do sono, a possível relação com o ciclo hormonal deve ser estudada e abordada com o tratamento adequado dependendo da fase da vida da mulher.

    7 HÁBITOS MATINAIS QUE VÃO MELHORAR A SUA VIDA

    O início do ano é a altura perfeita para refletir sobre as coisas que gostaria de mudar na sua rotina. Por exemplo, conseguir acordar mais cedo ou ser mais proativa pela manhã. Sabemos que muitas pessoas têm pequenas batalhas com o despertador, dificuldade em sair do quentinho da cama ou ter bom humor matinal.

    E, por isso, vamos partilhar consigo alguns hábitos matinais que não só vão mudar as suas manhãs, como também vão melhorar a sua vida.

    Adotar uma rotina matinal tem muitos benefícios, principalmente porque ao fazê-lo está a promover o autocuidado mental e fisicamente. Ao estipular hábitos matinais, está a definir o “tom” na forma como lida com todas as outras coisas ao longo do dia e até mesmo da semana. Vamos, então, falar de pequenos comportamentos que pode começar a introduzir nas suas manhãs.

    Lembre-se que para criar um hábito é preciso tempo de adaptação. Não esperamos que consiga mudar radicalmente da noite para o dia, pelo que deve ir tentando e habituar-se aos poucos.

     

    1. Faça a cama

    Pode parecer uma tarefa aborrecida, mas acredite que este é um pequeno truque simples que vai fazê-lo sentir-se muito melhor. Fazer a cama ajuda muito a tornar o seu quarto e a sua mente menos confusos e não só. Essa também é uma forma de incentivar uma boa higiene do sono, pois não terá vontade de voltar para a cama assim que esta estiver feita.

     

    2. Tenha um passo-a-passo

    Toda a gente tem uma série de pequenas tarefas que faz de manhã. Coisas como lavar os dentes, tomar banho, arranjar o cabelo, vestir-se, etc., mas que provavelmente não têm uma ordem exata. Se definir uma ordem de passo-a-passo para essas tarefas da manhã, evita aquelas pequenas decisões como “o que fazer a seguir?”.

    Quanto melhor definido tiver esse passo-a-passo, mais fácil será agilizar o seu tempo e manter-se organizado de manhã.

     

    3. Deixe o telemóvel e lado

    Sempre que verifica o seu telemóvel, especialmente depois de um longo período de tempo (como quando está a dormir), está a convidar um monte de estímulos para o seu cérebro. Ler as notícias, ver as notificações ou até consultar o saldo bancário são coisas que podem ficar para depois.

    Evite que estes catalisadores de stress interfiram na sua rotina matinal e prolongue um estado de tranquilidade e foco no momento. Além disso, pegar no telemóvel é, muitas vezes, um caminho sem volta. Quem nunca abriu o Instagram e acabou por passar horas nisso?

     

    4. Alongue o corpo

     

    Existem dois tipos de pessoa: as que gostam de fazer exercício de manhã e as que não gostam. Mas isso não o impede de fazer uns bons alongamentos pela manhã. Não precisa ser uma rotina de yoga completa ou ter o objetivo de um treino HIIT. Pode ser simplesmente uma maneira de fazer o seu sangue circular e aproveitar aquela sensação boa de esticar o corpo. Inspire-se nestes 5 exercícios que deve fazer ao acordar.

     

    5. Beba um copo de água

     

    São inegáveis os poderes da água. E até pode beber bastante água ao longo do dia, mas um copo de água logo pela manhã ajuda-o em todo o processo. Primeiro, porque passou praticamente 8 horas sem se hidratar, enquanto dormia. Segundo, porque é natural que às vezes se esqueça de beber água no resto da manhã e se o fizer ao acordar, está a garantir que alguma água foi reposta.

    Há quem prefira deixar um copo de água na mesinha de cabeceira para não se esquecer de beber na manhã seguinte.

     

    6. Escreva num caderno

    Escrever de manhã pode ser uma prática muito boa para quem quer viver de forma mais criativa ou envolver-se mais na auto-reflexão. Oficialmente, escrever páginas matinais foi uma criação de Julia Cameron, autora de Guia Prático para a Criatividade: O Caminho do Artista.

    Ela incentiva as pessoas a começarem o dia com três páginas de escrita – “qualquer coisa que passe pela sua cabeça” – e afirma que melhora a sua vida em geral, porque através disso, expressa as suas emoções.

     

    7. Faça uma lista de tarefas

    Para algumas pessoas, escrever uma lista de tarefas resulta muito bem porque, quando dedicam tempo a escrever ou a rever os seus planos para o dia, estão a antecipar-se a tomar decisões com base no humor. O planeamento é ótimo para a produtividade mas também é importante numa escala maior.

     

    Ficou motivado com estes hábitos matinais? Tente introduzi-los aos poucos na rotina e verá que vão fazer toda a diferença ao longo do dia, e até na sua vida.

    3 de Março, 2022

    SONO NA INFÂNCIA POR DR. JAVIER ALBARES

    RECÉM NASCIDO

    O recém-nascido dorme muito, mas não continuamente. Eles seguem um ritmo ultradiano. A cada 3-4 horas é repetido um ciclo de sono-vigília, alimentação e interação. O início do sono do recém-nascido é chamado de sono ativo, o bebé parece inquieto, respira irregularmente, movimenta-se e faz barulhos. Não devemos interrompê-lo, pois interromperíamos o seu sono normal e atrapalharíamos o seu crescimento. Após 30 a 40 minutos de sono ativo, o bebé entra em sono profundo, conhecido como sono tranquilo, no qual fica completamente relaxado e respira suave e profundamente.

    SEIS MESES

    Por volta dos 6 meses, a necessidade de se alimentar frequentemente desaparece. A toma noturna torna-se menos necessária, o que favorece o amadurecimento do sono. A partir dessa idade, ocorre a mudança de um ritmo ultradiano de sono para um ritmo circadiano, que se repete a cada 24 horas.

    Nessa fase, é importante começar a incorporar rotinas pré-sono, que vão ajudar nesse amadurecimento cerebral. Um bom hábito é colocar a criança na cama sonolenta, mas acordada, para que ela aprenda a adormecer sozinha e, assim, evitar que os pais se tornem um elemento externo do seu sono.

    A partir desta fase é muito importante separar a alimentação do sono, evitando que o bebé adormeça enquanto come, e que ele associe a comida ao ato de dormir. A partir de um ano de idade, o período de sono noturno prolongado deve ser estabelecido e o bebé não deve comer durante a noite.

    SEIS E DOZE MESES

    Os despertares noturnos em bebés entre 6 e 12 meses são geralmente frequentes. Nesses casos, devemos confortar a criança, embora não seja recomendado tirá-la do berço, para evitar que ela se habitue.

    A partir de 12 meses, continuaremos a manter as rotinas pré-sono e a regularidade nos horários. Nessa idade as birras começam antes de ir para a cama, por isso é importante trabalhar o apego seguro e agir sempre da mesma forma, estabelecendo limites.

    Duas horas antes de ir para a cama, evite atividades que ativem a criança. A partir dos dois anos, o bebé passará de duas sestas para apenas uma. Caso surjam problemas de sono, vamos acompanhá-lo e acalmá-lo até que esteja tranquilo.

    SEIS ANOS

    A partir dos 6 anos, as crianças devem dormir naturalmente cerca de 10 a 11 horas, sem resistir a ir para a cama. Eles também devem ser capazes de adormecer sem ajuda no caso de existirem despertares noturnos.

    É importante manter bons hábitos durante toda a infância e adolescência, para garantir o melhor sono possível. O sono na infância é essencial para uma boa saúde física e mental.

    Crianças que dormem mal são crianças mais tristes, mais irritáveis, com pior desempenho escolar e maior propensão a diversas doenças.

    Garantir as horas necessárias de sono na infância deve ser uma prioridade para todas as famílias.

    28 de Fevereiro, 2022

    PORQUE EXISTEM PESSOAS SONÂMBULAS?

    Durante um episódio de sonambulismo, o cérebro está parcialmente acordado – o suficiente para fazer uma pessoa andar e fazer outras coisas – e parcialmente adormecido. O que coloca uma pessoa nesse estado ainda é desconhecido. Mas as evidências sugerem que pode ser uma condição hereditária.

    56,6% dos participantes de um estudo de 2013 que explorou a qualidade do sono e o funcionamento diurno em pessoas com sonambulismo tinham histórico familiar de sonambulismo. Um estudo de 2015 descobriu que as crianças são três vezes mais propensas a serem sonâmbulas se um dos pais tiver um histórico de sonambulismo. A probabilidade é sete vezes maior se ambos os pais tiverem histórico de sonambulismo.

    Existem ainda outros fatores que podem influenciar uma pessoa a ter episódios de sonambulismo:

    Medicamentos

    Alguns medicamentos, como drogas indutoras do sono, podem desencadear um episódio de sonambulismo. Um artigo publicado na Sleep Medicine Reviews identificou quatro classes de medicamentos que podem induzir o sonambulismo. Essas classes de medicamentos são:

    – Agonistas do receptor de benzodiazepina e outros moduladores de ácidos gama-aminobutírico (GABA) (como Xanax, Valium ou Ambien).

    – Antidepressivos e outras drogas serotoninérgicas

    – Antipsicóticos

    – Bloqueadores beta

    Stress

    Exaustão física, ansiedade e outras formas de sofrimento emocional podem desencadear o sonambulismo. Geralmente, o stress afeta o sono e algumas pesquisas sugerem que também contribui para o sonambulismo.

    Privação do sono

    Não dormir o suficiente também pode colocá-lo em risco de sonambulismo. De acordo com um estudo, o sono insuficiente pode desencadear episódios de sonambulismo em pessoas predispostas ao sonambulismo. Da mesma forma, os resultados de ressonância magnética de outro estudo de neuroimagem que fez a análise dos cérebros de dez sonâmbulos adultos, descobriram que eles exibem atividade cerebral diurna anormal quando privados de sono, o que pode aumentar o risco de episódios de sonambulismo.

    Apneia obstrutiva do sono

    A apneia obstrutiva do sono é um distúrbio do sono que ocorre quando a via respiratória superior interrompe a respiração em diferentes intervalos durante o sono.

    É um distúrbio respiratório comum relacionado ao sono e também está associado ao sonambulismo.

    Lesão cerebral

    De acordo com um estudo de 2015, 30% a 70% das pessoas podem experimentar várias formas de distúrbios do sono após uma lesão na cabeça.

    O estudo sugere que a lesão cerebral pode desencadear parassonias, incluindo terrores noturnos, sonambulismo e distúrbio comportamental do sono com movimentos rápidos dos olhos.

    Febre

    Febre ou temperatura corporal alta também podem desencadear sonambulismo e terrores noturnos (medo e pânico intensos, geralmente seguidos de gritos e choro durante o estágio 3), especialmente em crianças.

    Neste artigo, ficou a saber que não existe, portanto, um motivo concreto para o sonambulismo, mas um conjunto de fatores que podem contribuir para isso. Sendo que a privação do sono é uma delas, tenha em consideração a importância que o sono tem na sua saúde e descubra quantas horas devemos dormir por noite.

    25 de Fevereiro, 2022

    COMO EXPERIMENTAR UM COLCHÃO

    Se está à procura de um novo colchão, recomendamos-lhe que procure lojas especializadas em descanso. Aí, poderá ser aconselhado por profissionais e experimentar diferentes tipos de colchões.

    Explique ao profissional quais são as suas necessidades, se dorme sozinho ou acompanhado e o seu peso, se é para a residência habitual ou para a de férias, o tipo de base que tem em casa ou qualquer outro dado que seja relevante para si na hora de dormir.

    Damos-lhe alguns passos simples para acertar na escolha do seu colchão:

    1. Experimente todos os lados do colchão. Experimente as posições em que dorme habitualmente.
    2. Levar roupa cómoda e tirar os sapatos vai ajudá-lo a recriar o momento de ir dormir. Experimente a almofada com liberdade e tente pedir uma similar à que tem em casa.
    3. Não tenha vergonha de experimentar o colchão por muito tempo. Trata-se de garantir a sua escolha, então o tempo que estiver deitado em diferentes posições, irá ajudá-lo a escolher com mais segurança.
    4. Se compartilha a cama, experimente o colchão com o/a parceiro/a. Os gostos são diferentes e é importante que ambos estejam confortáveis ​​e tenham espaço suficiente para se movimentar.
    5. O colchão tem que se adaptar a si. A sua coluna deve manter-se reta na posição lateral e em forma de S quando estiver deitado de costas. É importante verificar, tentando colocar o braço entre a região lombar e o colchão, se não há espaço entre ambos.

    Lembre-se que o tempo limite para trocar um colchão é de 10 anos, não compre um colchão de ânimo leve, pois passamos mais de um terço das nossas vidas a dormir e o nosso desempenho diário depende da qualidade do sono que temos em cada noite.

    18 de Fevereiro, 2022

    QUAIS SÃO OS MELHORES AROMAS PARA DORMIR?

    Quando se pensa no sono e na sua relação com os sentidos, poucas pessoas o associam imediatamente ao olfato. Normalmente, a visão, o som e o toque vêm em primeiro lugar devido às formas como a luz, o ruído e o conforto podem afetar o sono. No entanto, os aromas podem afetar diretamente a forma de dormir.

    aromaterapia com aromas distintos pode promover um sono melhor, ajudá-lo a acordar melhor de manhã e até mesmo influenciar os sonhos e a formação da memória durante o sono. Os ritmos circadianos, que são parte do relógio biológico, ajudam a regular o sono e influenciam o olfato também.

    Para quem deseja relaxar, a aromaterapia promove relaxamento e uma boa noite de sono. Em pesquisas, a aromaterapia provou benefícios na redução do stresse, diminuição da ansiedade, redução da depressão e a melhorar a qualidade do sono.

    Aqui, estão alguns dos melhores óleos essenciais conhecidos por fragrâncias que promovem o relaxamento:

    Lavanda

    A lavanda é usada há centenas de anos em perfumes, sabonetes, aromatizantes e medicamentos. Um grande número de pesquisas confirma as propriedades calmantes e indutoras do sono dos óleos essenciais da lavanda. Demonstrou-se que a lavanda reduz os níveis de stresse e a intensidade da dor, melhora o humor e até aumenta a qualidade do sono. Além disso, também é considerado um dos melhores óleos essenciais para reduzir a ansiedade.

    Rosa

    Rose tem dois papéis muito interessantes na hora de dormir. As pesquisas comprovam que o perfume das rosas é naturalmente relaxante e potencialmente útil para aliviar os níveis de stresse. Sugerem ainda que o perfume de rosas pode ajudar a melhorar a aprendizagem enquanto se está a dormir. Então, pode considerar manter um bouquet de rosas perto da sua cama na noite anterior, digamos, a uma grande apresentação de trabalho para ajudá-lo a memorizar melhor e também acalmar os nervos enquanto dorme.

    Camomila

    A camomila, um membro da família das margaridas, é uma das ervas medicinais mais comuns usadas nos dias de hoje. A camomila é uma erva incrivelmente versátil, usada em tudo, desde chás e cerveja até loções e óleos essenciais. Em algumas pesquisas, a camomila demonstrou uma infinidade de benefícios, incluindo melhoramentos na qualidade do sono e na redução da ansiedade. Vários estudos mostraram que a aromaterapia com óleos essenciais de camomila reduzem a ansiedade durante o parto.

    Gerânio

    O gerânio é um arbusto nativo da África do Sul, com uma longa história de uso em perfumes, sabões e detergentes. O óleo essencial derivado do gerânio tem um aroma doce e floral e às vezes é usado comercialmente como substituto do perfume de rosas mais caro. O óleo de gerânio pode ser usado para aliviar a ansiedade e a depressão e também pode atuar como sedativo e anti-inflamatório.

    Jasmim

    O óleo essencial de jasmim é derivado das flores perfumadas do arbusto de jasmim. A planta do jasmim é um membro da família das oliveiras e tem uma longa história de uso como perfume e chá. Na aromaterapia, o jasmim é usado como antidepressivo e afrodisíaco.

    Agora que já sabe quais são os melhores aromas para dormir, experimente colocar o seu aroma favorito num infusor para espalhar a fragrância pelo quarto e usufruir de um sono profundo e reparador.

    14 de Fevereiro, 2022

    5 IDEIAS DE DECORAÇÃO PARA O DIA DOS NAMORADOS

    Pode celebrar o amor com o seu parceiro, com amigos ou sozinha. No final das contas, este também é um mês de celebrar o amor próprio. E as vantagens de levar as celebrações para sua casa com uma decoração à altura são muitas! Para além de poder fazê-lo quando lhe apetecer, estará mais à vontade e poderá dar o seu toque pessoal à casa. De certeza que a sua cara metade vai apreciar cada pormenor e admirar a sua dedicação. Passemos, então, a algumas dicas de decoração para o Dia dos Namorados que a vão ajudar a deixar a sua casa mais amorosa.

    Encha a casa de flores e velas

    Flores ficam bem na decoração da casa em qualquer altura do ano mas, nesta altura em concreto, ganham um toque ainda mais especial. Coloque flores em jarras em diferentes compartimentos, podem ser flores verdadeiras ou artificiais, compradas ou apanhadas por si. Se quiser algo um pouco mais extravagante, pode fazer uma grinalda de flores em forma de coração e colocá-la na parede ou no centro da mesa de jantar. Para ajudar a complementar a decoração e a tornar o ambiente mais romântico, coloque também algumas velas espalhadas pela casa, de preferência com um aroma agradável.

    Vermelho é a cor da paixão

    Quando pensamos no Dia dos Namorados, o vermelho é a cor que nos surge imediatamente no pensamento. E por isso, sugerimos que troque os têxteis da sua casa para esta cor. Pode ser os lençóis, o edredão ou as capas das almofadas. Desde a toalha de mesa às de banho, toda a casa pode ter uma pitada de amor. Se quiser variar um pouco, pode também substituir por cor de rosa ou até misturar as duas cores na decoração.

    Louça especial para a ocasião

    Sabe aquela louça que tem guardada no armário à espera do momento certo para ver a luz do dia? Esta é uma ótima altura para finalmente lhe dar uso. Uma louça bonita com talheres e copos a condizer, vão logo dar um ar mais requintado ao seu jantar romântico. Mesmo que celebre sozinha, permita-se ter um jantar com tudo a que tem direito. Complemente a mesa com as dicas anteriores e terá uma mesa perfeita para a ocasião.

    Uma boa iluminação é a chave

    Com as velas, o ambiente ficará mais convidativo, com sombras e reflexos misteriosos, ideais para uma atmosfera mais intimista. Além das velas, pode jogar também com candeeiros em locais estratégicos para provocar essas sombras. Recomendamos que utilize lâmpadas de luz mais alaranjada para dar a sensação de conforto e calor que vão fazer toda a diferença no aspecto da sua casa.

    Seja criativa até no banho

    E porque um dia dedicado a quem mais gosta (e a si própria) merece um momento de relaxamento à altura, porque não transformar a sua banheira num autêntico spa? Não há quem resista a uma banheira cheia de espuma! Decore a sua casa de banho com algumas pétalas de rosa, velas ou até flores e ficará com um cenário digno de filme.

    Gostou destas sugestões? Esperamos que com estas ideias tenha ficado inspirada para pôr mãos à obra e começar a preparar a decoração do Dia dos Namorados em sua casa. Quando algo é preparado com muito amor e carinho, não tem como falhar! De certeza que o seu parceiro ficará muito sensibilizado com toda a atenção que colocou em cada detalhe.

    13 de Fevereiro, 2022

    PRESENTES CHEIOS DE CONFORTO PARA O DIA DOS NAMORADOS

    O mês de janeiro parece sempre durar uma vida mas, assim que entramos em fevereiro, basta um abrir e fechar de olhos que já estamos no Dia dos Namorados. É verdade, chegou o mês do romance e, com ele, as dúvidas sobre o que oferecer àquela pessoa especial. Se quer oferecer o presente perfeito ao seu amado ou à sua amada, deve começar os preparativos o mais cedo possível. Esperar até ao último minuto pode significar não conseguir ter os melhores presentes para o Dia dos Namorados, incluindo os presentes mais confortáveis.

    Oferecer conforto significa que não só gosta dessa pessoa, como também se preocupa com a saúde e o bem-estar dela. Existe algo mais amoroso do que isso? Enquanto que as flores murcham, os chocolates são comidos e os vouchers só podem ser utilizados uma vez, o conforto é o presente que vai estar sempre ao lado da pessoa que gosta. Faça o seu parceiro adormecer mais rapidamente, dormir profundamente e ele irá acordar revigorado todas as manhãs. Como? Com as sugestões de presentes cheios de conforto que a Molaflex preparou para si, numa seleção de produtos que vão deixar o seu amado a sentir-se nas nuvens. E existe ainda a mais valia de poder usufruir também do presente em conjunto com a sua pessoa especial.

    Almofada

    Quer oferecer um presente que vai melhorar drasticamente o sono do seu parceiro? Comece por uma almofada. Quem dorme com uma almofada de qualidade, feita a partir de materiais premium e adequada às suas necessidades específicas, sabe que as noites passam a ser muito mais reparadoras e, em alguns casos, pode até melhorar problemas de coluna e de postura. Na Molaflex, existe uma vasta gama de almofadas perfeitas para o sono de cada pessoa. Para o ajudar a escolher, leia também o artigo sobre como escolher a almofada ideal.

    Sobre-colchão

    Se a pessoa de quem gosta se tem queixado ultimamente do colchão onde dorme, mas não está a pensar investir num colchão novo por enquanto, o sobre-colchão é a prenda perfeita. Muitos não sabem, mas o sobre-colchão resolve muitas vezes problemas de desconforto causados pelo seu velho colchão. Se a pessoa se queixa que o colchão atual é demasiado duro, poderá oferecer um sobre-colchão que lhe dê mais maciez e adaptabilidade, ou se, pelo contrário, o problema for o colchão ser demasiado mole, também pode resolver a situação com um sobre-colchão mais firme. Além de colmatar essas falhas do colchão principal, o sobre-colchão também ajuda a proteger e prolongar a vida do atual colchão. Ofereça um sobre-colchão ao seu parceiro e veja-o emanar boa disposição após as noites de sono mais confortáveis e reparadoras.

    Edredão

    Dormir bem também significa dormir na temperatura ideal. Tem um parceiro muito friorento? Ou passa demasiado calor durante a noite? Um edredão com as características certas pode proporcionar um sono muito mais tranquilo e sereno ao seu parceiro. Afinal de contas, dormir com frio ou calor pode tornar-se muito desconfortável e até perturbar o descanso da pessoa.

    Aqui estão! Três ideias para oferecer como presentes de Dia dos Namorados, super amorosas e acima de tudo confortáveis! O seu dorminhoco favorito vai saltar de alegria depois de receber qualquer um destes presentes.

    9 de Fevereiro, 2022

    JOURNALING: A ESCRITA QUE TRAZ BENEFÍCIOS PARA O SEU BEM-ESTAR

    Quem nunca teve um diário quando era criança? Lembra-se de sair da escola e chegar a casa, no fim do dia, cheio de coisas para escrever naquele pequeno caderno? Contavam-se as aventuras mais divertidas do dia, falava-se dos amigos que se fizeram e até alguns segredos ficavam eternizados naquelas páginas. Alguns, tinham até um cadeado para ser fechado a sete chaves e não ser lido pelos mais curiosos. Tudo isto, embora lhe possa parecer antiquado, está a ressurgir nos dias de hoje, agora com o nome de journaling.

    O journaling é cada vez mais usado por pessoas mais velhas. É uma atividade simples que tem um retorno gigante quando praticada regularmente e demonstrou ter benefícios significativos para a saúde mental e física, além de melhorar a qualidade de vida geral de uma pessoa. Em seguida, iremos examinar cada um desses benefícios para o seu bem-estar.

    Acalma e relaxa a mente

    Às vezes, os pensamentos e as emoções negativas podem ser bastante persistentes na nossa mente. Isso pode causar stress quando está a lidar com uma situação desafiadora e até influenciar a sua atitude no momento. Mas se fizer uma pausa e colocar as suas emoções no papel, isso pode ajudá-lo a libertar esses pensamentos negativos da sua mente. O stress é prejudicial à saúde a nível físico, mental e emocional. Um estudo, comprovou que escrever por apenas 15 a 20 minutos por dia, três a cinco vezes ao longo de um período de quatro meses, foi o suficiente para reduzir a pressão arterial e melhorar a funcionalidade do fígado. Ao escrever, pode até encontrar uma solução na qual não tinha pensado antes e ajudar a gerir melhor as experiências stressantes de maneira saudável. Tente estabelecer um diário como um hábito de meditação antes de dormir para ajudá-lo a acalmar e a relaxar.

    Fortalece o sistema imunitário

    No estudo que falámos anteriormente, os investigadores Karen A. Baikie e Kay Wilhelm repararam que as pessoas que escreveram 20 minutos por dia, em determinadas ocasiões, sentiram os seguintes benefícios:

    1. Fizeram menos visitas ao médico relacionadas com stress;
    2. Melhoraram o funcionamento do sistema imunológico
    3. Reduziram a pressão arterial
    4. Melhoraram a função pulmonar e a função hepática

    E de que forma é que o journaling contribuiu para isso? Simplesmente porque, ao escrever, coloca os eventos da vida numa perspectiva mais simplificada que faz com que permita pensar de forma mais positiva e segura de si próprio em relação ao mundo. Isso faz com que esteja menos exposto a problemas de depressão e ansiedade que podem causar graves problemas na sua saúde física.

    Aumenta a memória

    Quando está a praticar o journaling, está a gravar e processar os eventos de um determinado período de tempo. Assim, lembra-se e reflete sobre os detalhes desses eventos, o que o ajuda a reter essas memórias por um período de tempo significativamente maior. Além disso, o registo no diário permite analisar eventos passados e encontrar padrões. Ao olhar para o seu diário ao longo do tempo, vai poder começar a ver padrões particulares, seja no seu próprio comportamento ou no comportamento dos outros. Depois de identificar esses padrões, já conseguirá responder adequadamente.

    Algumas figuras importantes como Albert Einstein, Marie Curie, Frida Kahlo e Leonardo da Vinci, também praticavam o journaling. Eles mantinham um diário onde registavam as experiências, pensamentos e emoções. Faça também como eles e comece já a praticar o journaling e a beneficiar de todas as vantagens desta prática de autocuidado.

    VAI FICAR SURPREENDIDO COM OS BENEFÍCIOS DAS SESTAS!

    Quem é capaz de recusar uma sesta? Ninguém. Mas quantas vezes não acordamos com sono e má disposição depois de termos parado para dormir? Neste artigo, vamos debruçar-nos sobre os benefícios das sestas e como devem ser feitas de forma a tirar o melhor partido delas.

    As sestas são ótimas para o nosso corpo: reduzem a pressão arterial, diminuem o risco de problemas cardiovasculares e aumentam a capacidade de concentração. E desde que sejam apenas pequenas interrupções, são totalmente recomendadas.

    No entanto, se estas pausas forem muito longas, o nosso corpo entra num estado de relaxamento total. Quando uma sesta excede os 20-25 minutos, entramos em sono profundo e deixamos de conseguir despertar rapidamente – acordamos sem força e com má disposição.

    Uma boa forma de evitar esta sensação é controlar o tempo da sua sesta e tomar um café antes de se deitar. Pode até parecer estranho, mas o efeito do café não é automático e a cafeína vai começar a atuar quando terminar a sua sesta. Desta forma terá um despertar mais fácil e ativo.

    FAZER SESTAS DIMINUI O STRESS

    Ao dormir uma pequena sesta, está a diminuir os níveis de hormonas de stress. Esta alteração hormonal verifica-se não só nas pessoas que fazem sestas como também nas que praticam atividades físicas e de relaxamento. Desta forma ficará mais descontraído a lidar com a tensão do trabalho ao mesmo tempo que aumenta os seus níveis de concentração.

    AJUDA-O A SER MAIS PRODUTIVO

    Fazer sestas que não ultrapassam os 20 minutos vão ajudá-lo a acordar com mais energia. Logo, essa energia vai contribuir para que dê um avanço às suas tarefas diárias, quer no trabalho ou compromissos pessoais.

    MELHORA A MEMÓRIA E A APRENDIZAGEM

    Quem tinha razão eram os “nuestros hermanos” que fazem a siesta religiosamente. Segundo estudos realizados por universitários, as sestas aumentam a capacidade cognitiva de armazenar informação. Isto acontece porque ao fazê-lo está a proteger a utilização excessiva dos circuitos neurais até que consolide a informação que recebeu num momento concreto.

    APRIMORA O FUNCIONAMENTO COGNITIVO

    Pois é, quem diria que dormir podia ser sinal de mais inteligência… Esta afirmação foi confirmada por investigadores da NASA através de um estudo, realizado a mil pessoas, concluindo que as pessoas que dormiram a sesta tiveram um aumento de 40% nas faculdades cognitivas. Em contrapartida, aqueles que descansavam menos, mostraram resultados insatisfatórios não só a nível cognitivo como também na realização de tarefas profissionais e capacidade de memorização. No entanto, esses mesmo estudos também comprovaram que uma sesta demasiado longa, de 45 minutos, perde os efeitos benéficos da mesma.

    Por isso já sabe: aposte em sestas curtas e que não excedam os 20 minutos. Alie-se ao café para garantir que não se arrepende de ir dormir e continue o seu dia cheio de energia e boa disposição graças aos benefícios das sestas. Nalguns países, como no Japão, há algum tempo que é permitido dormir uma sesta no trabalho. A Google é um grande exemplo das empresas vanguardistas que implementaram as sestas no escritório em prol do bem estar dos funcionários, criando cabines próprias para o efeito.

    8 de Fevereiro, 2022

    7 DICAS PARA ACORDAR CEDO NO INVERNO

    Imagine-se no quentinho da sua cama. Agora, imagine que o despertador acabou de tocar e tem de sair da sua bolha de conforto para se entregar às rotinas do dia-a-dia.

    A vontade é nenhuma ou muito pouca, certo? Principalmente, no inverno. Ainda está escuro lá fora, os dias estão mais frios e a vontade de ficar debaixo do edredão é maior. Por isso, vamos deixar-lhe 7 dicas para acordar cedo, mesmo nesta estação onde o frio se faz sentir mais.

     

    1. 3,2,1… sair da cama!

    É difícil resistir a uma cama quentinha? Sim, bastante. Então, a nossa sugestão é que não pense muito. Levante-se ao primeiro alarme, desligue o despertador e assuma uma atitude positiva para enfrentar o dia. Vai ser que assim custa menos.

     

    2. Do quentinho para o quentinho

     

    Nem tudo é uma grande tragédia, só porque tem de acordar cedo e o termómetro marca dez graus. A ideia é muito simples. Deixe o cobertor e entre no chuveiro.

    Um banho bem quente vai ajudar a despertar, para além de ativar melhor a sua circulação sanguínea. E ainda tem a vantagem de começar o dia com aquele seu cheirinho a gel de banho.

     

    3. Ar fresco no quarto

    Ter o quarto arejado pode ser uma dica importante para que se sinta leve e confortável logo quando acorda. Apesar disso, no inverno, as janelas estão sempre fechadas por causa do frio.

    Para estas situações, recomendamos um purificador de ar, já que é bastante silencioso e ajuda a melhorar a qualidade do ar enquanto dorme. Assim, até apetece acordar cedo para respirar ar de qualidade.

     

    4. Prepare a sua manhã

    Antecipa tarefas da manhã seguinte na noite anterior. Escolha a roupa, programe a máquina de lavar loiça ou pense antecipadamente no seu pequeno-almoço. São tarefas simples, mas que, se planeadas com calma, vão permitir-lhe ter uma manhã mais confortável e um despertar mais tranquilo.

     

    5. Desperte com aromas no pensamento

    Não dispensa o seu café forte para começar o dia? Pense nele logo ao acordar e vai ficar com vontade de sair da cama só para o saborear. Melhor só mesmo se alguém o fizer por si e estiver pronto a beber assim que despertar.

    E quem diz café, diz cereais, smoothies ou a sua proteína para treinar. Ou então aquele topping de chocolate para as panquecas a que ninguém resiste.

     

    6. Durma o suficiente

    Parece uma dica simples, mas faz toda a diferença, porque dormir bem é fundamental que se sinta com energia assim que acorda. Deite-se cedo e tente descansar o número de horas recomendado, que, normalmente, está entre as sete e as nove.

    Contudo, nem todos necessitamos de dormir este número de horas. O importante é que durma o suficiente para acordar revigorado e pronto para os desafios do dia que acaba de começar.8

     

    7. Onde está o despertador?

    É um velho truque, mas ainda funciona. Coloque o despertador ou o seu smartphone longe da cama. Não demasiado longe para o não conseguir ouvir, não demasiado perto para não o alcançar a partir da cama. O objetivo é que se tenha de levantar para o desligar. Depois, já sabe, é ter aquela força de vontade para não se voltar a deitar.

     

    Esperamos que agora, com estas nossas 7 dicas, seja mais fácil acordar cedo e sair da cama, mesmo que tenha a chuva a bater-lhe na janela e os termómetros a mostrar temperadoras baixas.

    3 de Fevereiro, 2022

    QUANTAS HORAS DORMEM OS GATOS?

    Quem nunca desejou poder ser um gato por um dia? Ficar o dia todo deitado na cama ou no sofá a dormir tranquilamente sem pensar nas responsabilidades. Se tem este animal de estimação, de certeza que já reparou que dormir é provavelmente o que eles mais gostam de fazer. E isso levou-nos a refletir sobre esta questão: Quantas horas dormem os gatos?

    Ainda que acreditemos que ser fofo a toda a hora seja uma tarefa bastante cansativa, existem outras razões que justificam o motivo para estes pequenos bichinhos dormirem tanto tempo. Neste artigo, vamos revelar as razões pelas quais os gatos parecem ter um estilo de vida muito semelhante aos bebés recém nascidos.

    Por norma, os gatos precisam de cerca de 15 horas de sono diárias, mas isso pode variar consoante a idade e a saúde deles. Os gatos mais bebés e os gatos mais idosos tendem a dormir mais do que os restantes, chegando mesmo a dormir 20 horas por dia. No entanto, os gatos mais ativos podem dormir apenas 12 horas. Na maioria das vezes, os gatos passam apenas por um sono ligeiro ou a tão conhecida sesta. Esta sesta é um sono de ondas lentas em que, durante a mesma, o nariz e as orelhas estão em modo alerta e o corpo numa postura que lhes permite fugir instantaneamente assim que sentirem qualquer perigo. Uma sesta destes felinos dura entre 15 a 30 minutos.

    Pelo menos entre 12 a 14 horas de sono são necessárias para os gatos fazerem o sono REM (ou sono profundo) e o sono leve. Ambos são importantes para a sua saúde, porque um bom sono garante uma melhor conservação de energia, reparo muscular, uma boa imunidade e bem-estar geral dos gatos. A dieta dos gatos consiste principalmente de proteínas (carne, peixe, leite, etc), portanto, o sono adequado também é necessário para a digestão completa da ingestão de proteínas.

    No entanto, no que diz respeito ao horário do sono, não há um horário fixo em que todos os gatos prefiram dormir durante o dia. Os gatos têm a capacidade de definir as suas horas de sono de acordo com o seu padrão de alimentação, e há pesquisas que revelam que alguns gatos ajustam o seu horário de sono de acordo com a atividade dos donos.

    Ainda que possa parecer que o seu gato não faz outra coisa que não seja dormir, é importante perceber que isso possa fazer parte dos padrões de sono naturais dele. Contudo, se reparar que ultimamente o seu gato está a dormir mais (ou menos) do que o habitual, deve procurar a ajuda de um especialista e levá-lo a um médico veterinário. Muitas vezes as alterações de sono dos gatos podem ter a ver com alterações do tempo lá fora ou simplesmente porque teve alguma alteração de humor ou disposição. Se reparar que o seu gato teve alguma mudança na rotina de sono, fique atento aos sinais que indiquem problemas de saúde mais preocupantes.

    Agora que já sabe quantas horas dormem os gatos, e os motivos por trás disso, certamente já não vai pensar no assunto com tanta estranheza. Aproveite a companhia destes pequenos dorminhocos, puxe uma mantinha e faça como eles!

    28 de Janeiro, 2022

    DICAS QUE VÃO MELHORAR O SONO DO BEBÉ

    Para quem é pai, mãe ou conhece alguém que teve um filho recentemente, sabe que os bebés podem ter horários de sono bem imprevisíveis. Quando os bebés não têm um sono de qualidade durante a noite, isso não só influencia o desenvolvimento do próprio bebé, como também o descanso dos pais. Por isso, preparamos este artigo para o ajudar a melhorar o sono do bebé com algumas dicas preciosas.

    Antes de nos debruçarmos sobre o assunto, é importante perceber como a rotina noturna do bebé influencia a qualidade de sono do mesmo. A partir dos 2 ou 4 meses, os bebés já começam a associar a luz do dia a atividades mais ativas e o escuro com o relaxamento. No entanto, para que essa associação seja feita de forma mais instantânea, é preciso estimulá-lo com atividades durante o dia e uma boa rotina de relaxamento noturna à hora de deitar. Isso não quer dizer que não possa aplicar estas rotinas em bebés recém-nascidos, muito pelo contrário.

    Criar uma rotina de sono ajuda o bebé de diversas formas. Ele vai sentir-se mais seguro se souber que tipo de eventos vêm a seguir, vai ficar mais relaxado, ajudando-o a dormir melhor, promove comportamentos positivos e ainda fortalece os laços e cria oportunidades de aprendizagem.

    Crie um ambiente confortável

    É importante que o berço seja sempre o lugar escolhido para pôr o bebé a dormir de noite, pois ele irá fazer associação do lugar com a hora de deitar. Além disso, vai sentir-se mais seguro e confortável a dormir num colchão adequado. Regule a temperatura do quarto de forma a estar confortável para ele e se for usar o ar condicionado, certifique-se que o fluxo do ar não bate diretamente no bebé. Ao final do dia, comece a baixar as luzes da casa para meia-luz, dando preferência às luzes amarelas do que às brancas, pois têm um efeito mais relaxante. Idealmente, deve deixar uma luz de presença para que o bebé não se assuste com a escuridão. Feche também a porta e as janelas para impedir que o sono seja afetado com barulhos sonoros externos.

    Faça uma massagem relaxante

    Massajar as coxas e as costas do bebé antes de dormir vão deixá-lo mais relaxado e sonolento. Desta forma, ele vai adormecer mais rapidamente e dormir melhor a noite toda. Evite apenas fazer a massagem se o bebé estiver com fome, porque pode deixá-lo irritado, ou a seguir de lhe dar de mamar, pois pode criar refluxo. Além disso, alimentar o bebé só para o fazer adormecer mais rápido pode ser um erro, uma vez que poderá criar um hábito e ter de o repetir sempre que quiser que ele volte a cair no sono.

    Dê um banho quentinho

    Se este truque resulta com adultos, com os bebés é infalível. Nada vai deixar o seu bebé mais relaxado do que um bom banho no final do dia. Pode também colocar algumas gotas de óleo essencial de lavanda no chão da banheira para potenciar ainda mais o relaxamento.

    Conte uma história de adormecer

    Os bebés ficam mais relaxados quando ouvem uma voz familiar. Deite o seu bebé quando ele estiver sonolento (mas ainda acordado) e veja-o adormecer ao som de uma bela história. É importante que os bebés criem independência e adormeçam sozinhos, para que aprendam a acalmar-se, sem precisarem de ajuda, se acordarem a meio da noite.

    Independentemente das atividades que escolher para a rotina de sono do bebé, tente ser consistente e manter uma sequência e horário todos os dias. Estas dicas vão certamente ajudar a melhorar o sono dos mais pequeninos mas se eles não estiverem confortáveis com o colchão, isso pode afetar o sono e a saúde deles. Para garantir que escolhe o conforto mais apropriado, aprenda a escolher um colchão infantil neste artigo.

    25 de Janeiro, 2022

    SEAQUAL: O COLCHÃO DO ANO É MOLAFLEX E É SUSTENTÁVEL

    Como já vem sendo habitual, a Molaflex é premiada todos os anos em diferentes concursos e em diferentes categorias dentro do sector do conforto. É a única marca do ramo que conquistou todos os prémios atribuídos pelos consumidores e, por isso, é considerada a marca mais premiada pelos portugueses. Um dos prémios que ganha frequentemente é o Prémio Cinco Estrelas e este ano, com a nova gama SEAQUAL a concurso, não foi excepção. O “Prémio Cinco Estrelas” avalia as 5 principais variáveis que influenciam os consumidores nas suas decisões de compra: Satisfação pela experimentação, relação Preço-qualidade, Intenção de compra ou recomendação, Confiança na marca e Inovação. Avalia também mais 5 características específicas de cada candidato na sua categoria de consumo.

    O novo colchão sustentável, foi destacado dos restantes na categoria Cuidado e Conforto do Lar 2022 do Prémio Cinco Estrelas, com uma taxa de satisfação de 81,10%. Este reconhecimento foi atribuído à marca noutros anos, mas este ano teve um fator diferenciador pelo facto de ter concorrido com a primeira gama de colchões sustentáveis e eco-friendly.

    O Descanso Sustentável SEAQUAL

    SEAQUAL é a gama de colchões feitos a partir de materiais reciclados do oceano, desenvolvida a pensar na saúde do planeta e também na sua. Todos os anos, milhões de toneladas de plástico vão parar ao mar e mais 100,000 mamíferos marinhos e 1 milhão de aves morrem devido ao lixo que anda à deriva. No sentido de minimizar os danos que essa realidade causa ao nosso planeta, todos os dias, as equipas especializadas trazem esses plásticos para a terra.

    Para produzir cada colchão SEAQUAL, são retiradas 85 garrafas de plástico do mar.

    Esses plásticos são transformados em fibras sustentáveis de máxima qualidade, 100% recicladas, que utilizamos na produção dos nossos colchões para que possa desfrutar de uma boa noite de sono, com a consciência limpa.

    SEAQUAL Pocket e SEAQUAL Multi

    Esta gama é composta por dois modelos de colchão: o Seaqual Pocket que encorpora um núcleo de molas ensacadas, que se adaptam ao corpo de forma independente, e pelo Seaqual Multi, com Mola Contínua Multielástic, uma tecnologia exclusiva Molaflex, que lhe oferece uma melhor resistência, durabilidade e respirabilidade.

    Já consegue imaginar o conforto das suas noites com um colchão amigo do ambiente e com a qualidade dos materiais da Molaflex?

    Aproveite esta oportunidade para renovar o seu colchão antigo, levando o máximo conforto para a sua casa. Livre-se das dores de costas e de pescoço, das noites mal dormidas e do cansaço que isso causa. Com um bom colchão, não só estará a melhorar a sua saúde como a sua disposição, o seu humor e produtividade. Aposte na gama SEAQUAL, que além de prometer cuidar do nosso planeta, promete cuidar de si.

    21 de Janeiro, 2022

    ESTES 6 SINAIS INDICAM QUE ESTÁ NA ALTURA DE TROCAR DE COLCHÃO

    Nos artigos da Molaflex, já mencionámos várias vezes que o colchão tem validade e deve ser trocado com a devida frequência. A duração vai depender de muitos factores mas, regra geral, os colchões de espuma duram em média 5 anos e os de mola até 10 anos.

    Acontece que existe a possibilidade do seu colchão ser afetado por outras razões ou até deixar de ser aquilo que você necessita no momento. Quando isso acontece, é um sinal de que está na altura de trocar de colchão.

    Pode estar a ter dificuldades em adormecer ou acordar com a sensação de ter passado uma noite mal dormida. Em vez de se perguntar se há algo com que se deva preocupar, verifique primeiro o estado do seu colchão. Para o ajudar a identificar o problema, deixamos-lhe alguns dos aspetos que indicam que está a precisar de trocar o seu colchão.

     

    Tem falta de firmeza

    Em tempos, o seu colchão era mais firme? Um dos sinais mais comuns de que o seu colchão já não está em bom estado é a perda de firmeza. Com o passar do tempo, os materiais vão-se deteriorando. Pode acontecer em qualquer tipo de colchão: no de molas quando começam a partir, no colchão de espuma quando deixa de retomar à forma original ou mesmo devido à compressão das fibras.

    Se o colchão perdeu a firmeza, não irá suportar o peso do corpo adequadamente e poderá provocar desconforto ao dormir.

     

    Mantém a forma do corpo por muito tempo

     

    Este indicador poderá ocorrer principalmente nos colchões viscoelásticos ou com memory foam (espuma de memória). E é tão natural para este tipo de colchões que “memorizem” a forma do seu corpo, como recuperem a forma original de seguida. Quando isso não acontece, é porque a espuma começou a amolecer e a sua capacidade de retomar à forma original diminui.

    Se o colchão não consegue recuperar a forma, também não conseguirá proporcionar o apoio necessário ao seu corpo. Por isso, se tem um destes colchões e lhe acontece o mesmo ou ele está a afundar demasiado, saiba que é hora de trocar de colchão.

     

    Acorda com dores

     

    Dormir é essencial para recuperar de todos os esforços que fez ao longo do dia. Sem um repouso adequado, continuará cansado, stressado e não poderá aliviar a tensão dos músculos. Se acorda mais cansado do que estava quando se deitou na noite anterior, deve colocar a possibilidade de trocar o colchão por um novo.

     

    Está desnivelado

     

    Pode nem ter reparado a olho nú que o seu colchão tem pontos mais altos numas zonas do que outras. Mas se sente esse desnivelamento nas suas costas quando se deita, é porque o colchão perdeu estrutura. É algo que acontece naturalmente com o uso mas que pode afetar gravemente a sua saúde, criando pontos de pressão que afetam a qualidade do seu sono.

     

    Tem alergias

     

    Na hora de se deitar, começa a espirrar, a ficar com comichão nos olhos ou com o nariz a pingar? Se tem este tipo de sintomas mesmo com roupa de cama e o quarto impecavelmente limpos, é porque talvez o seu colchão tenha chegado ao limite. Mesmo cumprindo uma boa higienização do colchão, eles naturalmente acumulam ácaros, poeiras e bactérias que poderão ser as responsáveis pelos seus sintomas alérgicos.

     

    Passou a validade

     

    Tal como referimos no início deste artigo, os colchões não são eternos. Além de se defender que um colchão de espuma deve ser trocado de 3 a 5 anos e o de molas de 5 a 10, as estimativas de duração de um colchão variam muito de caso para caso. Faça algumas contas mentais para se lembrar há quanto tempo adquiriu o seu colchão e se está perto da validade ou se está mesmo ultrapassado.

    No caso de ainda não ter cumprido o prazo de validade mas estar a dar sinais de desgaste, a solução será sempre trocar por um novo.

     

    Se identificar algum destes sinais no seu atual colchão, deve pensar seriamente em trocar de colchão. No caso de se confirmar e estiver à procura de um substituto no seu descanso, informe-se sobre se deve escolher um novo colchão de molas ou de espuma com as nossas dicas.

    6 IDEIAS DE PEQUENOS-ALMOÇOS SAUDÁVEIS

    Certamente já ouviu dizer que o pequeno-almoço é a refeição mais importante do dia. Mas porque é que se diz isso? Quais são os benefícios de um pequeno-almoço saudável? E o que se deve comer? Esta é a refeição que para muitos é indispensável e até é bastante popular nas redes sociais.

    Neste artigo, respondemos-lhe a todas essas questões e ainda lhe deixamos algumas ideias de pequenos-almoços que poderá começar a fazer.

    Porque deve tomar o pequeno-almoço?

     

    O pequeno-almoço é a refeição que vai interromper o jejum prolongado que dura toda a noite (cerca de 8 horas). Ao saltar esta refeição estará a prolongar o jejum, que como consequência terá a descida de glicose no sangue (hipoglicemia), que pode manifestar-se através de sintomas como: suores frios, desmaio, fraqueza ou até coma hipoglicémio em casos mais extremos.

    Além disso, tantas horas sem comer também pode causar má-disposição, irritação, agressividade, dores de cabeça e baixo rendimento físico e intelectual, entre outros.

     

    Quais são os benefícios do pequeno-almoço?

     

    Depois de tantas horas sem nada no estômago, o pequeno-almoço repõe os níveis de energia necessários. Comece a manhã com uma refeição que o vai ajudar a melhorar o rendimento intelectual, a memória e a concentração. Além disso, se escolher os ingredientes certos para uma refeição saudável, estará a contribuir para manter um peso adequado. Promove ainda um bom humor e a adoção de hábitos saudáveis que contribuem para uma boa distribuição alimentar ao longo do dia.

    Se é o tipo de pessoa que não consegue comer nada de manhã, tente contrariar esse hábito introduzindo aos poucos alimentos saudáveis mais leves e em menor quantidade.

    Os alunos que têm pouco tempo, mesmo para preparar o café da manhã, podem se beneficiar da contratação de redatores. Esses profissionais podem cuidar das tarefas de redação acadêmica, permitindo que os alunos se concentrem em outras atividades importantes. Com a ajuda de serviços de redação como este https://buyessayfriend.com/, os alunos podem enviar redações de alta qualidade no prazo, reduzir o estresse e melhorar suas notas sem sacrificar seu tempo pessoal.

    O que se deve comer?

     

    Um pequeno-almoço saudável deve incluir 20 a 25% do valor energético total diário. Devem ser incluídos laticínios, cereais e derivados, fruta e um copo de água. Para que o seu pequeno-almoço seja mesmo completo, 10 a 15% deve ser constituído por proteína que poderá encontrar no leite e derivados como iogurte líquido ou sólido, fatias de queijo, queijo fresco e requeijão.

    E agora que já respondemos a todas as questões e já sabe qual é a importância do pequeno-almoço e os seus benefícios, está na hora de arregaçar as mangas e começar a preparar a sua refeição da manhã. Para isso, reunimos algumas receitas deliciosas e saudáveis que lhe vão abrir o apetite.

     

    1. Iogurte com granola caseira e frutos vermelhos

     

    Prepare a sua granola caseira em casa misturando numa tigela flocos de aveia, frutos secos, côco ralado, sementes de chia, girassol e linhaça com canela em pó, mel e óleo de côco. Coloque a mistura num tabuleiro de ir ao forno e espalhe bem. Leve ao forno previamente aquecido a 170°C por 20 minutos e vá mexendo para não queimar. Uma vez a granola pronta, retire do forno, deixe arrefecer completamente e armazene num frasco de vidro. No final, sirva com iogurte natural e fruta fresca.

     

    2. Panquecas de banana saudáveis

     

    Junte uma banana descascada, um ovo e 3 colheres de sopa de aveia. Triture tudo e verta a mistura em pequenas quantidades para uma frigideira untada com óleo de côco. Sirva as panquecas com frutos vermelhos.

     

    3. Papas de aveia

     

    Na noite anterior, misture a canela e 100ml de água (ou leite) na sua aveia com uma pitada de sal. No dia seguinte, solte com um pouco mais de água (ou leite), se necessário. Cubra com o iogurte, frutas vermelhas, um fio de mel e nozes.

     

    4. Sumo verde

     

    160g de morangos maduros, descascados

    160g de espinafre baby

    1 abacate pequeno, cortado ao meio e a polpa retirada

    150ml de iogurte biológico de pote

    2 laranjas pequenas, espremidas, mais ½ colher de chá de raspas finas

    Coloque todos os ingredientes no liquidificador e bata até ficar completamente homogéneo. Se estiver um pouco grosso, adicione uma gota de água e triture novamente. Despeje em copos e beba imediatamente.

     

    5. Leite dourado

     

    350ml de leite de amêndoas (ou outro leite da sua preferência)

    ¼ colher de chá de açafrão moído

    ¼ colher de chá de canela em pó

    ¼ colher de chá de gengibre em pó

    1 colher de chá de mel

    um pouco de pimenta preta moída

    Coloque todos os ingredientes numa panela e mexa constantemente em lume brando, de preferência com um batedor de leite, se tiver um. Quando estiver quente, despeje em canecas e polvilhe com um pouco mais de canela para servir.

     

    6. Tosta de ovo mexido com fruta

     

    Unte uma frigideira com azeite (retirando o excesso) e deite um ovo batido temperado ao seu gosto. Deixe cozinhar em lume brando e mexa até ficar com uma consistência a gosto. Torre o pão, coloque o fiambre e o ovo por cima. Lamine manga ou papaia ou abacaxi/ananás para acompanhar.

     

    Ficou com água na boca? Guarde estas ideias para saber sempre como pode preparar o seu pequeno-almoço saudável de forma fácil. Partilhe com a família e ponha toda a gente lá em casa a fazer a refeição mais importante do dia de forma saudável.

    14 de Janeiro, 2022

    5 AUDIOLIVROS EM PORTUGUÊS PARA OUVIR ANTES DE DORMIR

    Já toda a gente chegou à cama ao final do dia sem conseguir dormir de imediato. Ter dificuldades em adormecer é um problema muito comum e existem várias soluções que o ajudam a sentir-se relaxado e adormecer mais rapidamente.

    Beber chá, tomar um banho quente, meditar ou ler um livro são opções muito eficazes para promover o sono antes de dormir, mas pode não resultar com todas as pessoas. Ler, por exemplo, é um hábito muito saudável que nem todos gostam particularmente.

    Os audiolivros em português são excelentes para quem se identifica com esse problema ou para quem quer, simplesmente, experimentar uma nova forma de cair no sono facilmente.

     

    O surgimento dos audiolivros e a tendência em Portugal

    Os audiolivros foram criados nos anos 30, nos Estados Unidos, com o objetivo de disponibilizar obras literárias aos invisuais. Contudo, com a mudança dos tempos e o ritmo acelerado com que vivemos as nossas vidas, a falta de tempo para ler está a dar popularidade a este formato de livro narrado em voz alta. Agora, existem cada vez mais títulos e obras disponíveis em diferentes plataformas e aplicações.

    Esta é uma tendência que está a contagiar fãs de todo o mundo a grande velocidade e Portugal começa a acompanhar o crescimento deste novo formato.

    No setor editorial português, destacamos o lançamento do mais recente romance “Margarida Espantada” do pivô da SIC, Rodrigo Guedes de Carvalho, cujo audiolivro e Ebook ficou disponível antes da chegada do livro físico às livrarias. Este lançamento resultou de uma parceria entre a Leya e a aplicação de livros Ebooks Rakuten Kobo, e é o próprio autor que narra a história.

    Embora que, no nosso país, o número de audiolivros e adeptos ainda esteja a dar os primeiros passos, existe já uma grande diversidade de audiolivros em português disponível em plataformas como a Kobo.

    Depois das sugestões que preparámos para si, basta abrir a aplicação, escolher o livro que mais lhe agrada e deixar-se envolver pela história enquanto começa a relaxar e o sono a surgir.

     

    1. Margarida Espantada, de Rodrigo Guedes de Carvalho

    Claro que íamos adicionar este à lista, não fosse ele um exemplo da distribuição de audiolivros em português no mercado editorial em Portugal. Por ter a particularidade de ser narrado pelo próprio autor, torna-se ainda mais apelativo ouvir quando é narrado por uma voz “familiar”.

    Encontre-o aqui: https://www.kobo.com/pt/en/audiobook/margarida-espantada-3

     

    2. Amor de Perdição, de Camilo Castelo Branco

     

    Uma história de amor, inspirada numa das maiores histórias de amor, Romeu e Julieta, para adormecer com o coração mais quentinho.

    Encontre-o aqui: https://www.kobo.com/pt/en/audiobook/amor-de-perdicao-31

     

    3. A arte da Guerra, de Sun Tsu

    Esta obra, escrita por um general chinês Sun Tzu, é um clássico para quem procura aprender a ser mais competitivo e destacar-se no mundo do trabalho. Não é por acaso que é o livro de cabeceira de muitos profissionais de renome das mais diversas áreas.

    Encontre-o aqui: https://www.kobo.com/pt/en/audiobook/a-arte-da-guerra-37

     

    4. O livro que você gostaria que seus pais tivessem lido, de Philippa Perry

    A obra de Philippa Perry é um guia valioso para quem é pai ou para quem um dia será. A psicóloga dá dicas de ouro na forma como nos devemos relacionar e quais os comportamentos a evitar quando lidamos com filhos.

    Encontre-o aqui: https://www.kobo.com/pt/en/audiobook/o-livro-que-voce-gostaria-que-seus-pais-tivessem-lido-2

     

    5. Sapiens (Nova Edição), de Yuval Noah Harari

     

    Um dos livros mais vendidos em 2021, que fala sobre a magnífica evolução da espécie humana de diferentes pontos de vista, na perspetiva de um dos mais brilhantes pensadores da atualidade.

     

    Agora que já conhece alguns audiolivros em português, já pode deitar-se relaxado, colocar os phones e adormecer mais rapidamente. Ouça entre 10 a 30 minutos do audiolivro que mais gosta todas as noites e sinta o seu sono melhorar progressivamente.

    12 de Janeiro, 2022

    COLCHÃO DE MOLAS OU DE ESPUMA: QUAL ESCOLHER?

    Existe alguém no mundo que não queira dormir bem e confortável? Podemos afirmar com toda a certeza que não. Todos querem sentir que tiveram uma boa noite de sono e acordar revitalizados e cheios de energia para mais um dia.

    No entanto, na hora de escolher o colchão ideal, as dúvidas começam a surgir. A prova disso é que uma das perguntas mais colocadas quando se pretende adquirir um colchão é, precisamente, que tipo de colchão escolher. Neste artigo, respondemos à dúvida que é colocada por 5 a cada 10 consumidores: se devem optar por um colchão de mola ou espuma e quais as diferenças entre eles.

     

    Colchão de mola ou espuma – Qual deles é o melhor?

     

    Na prática, a resposta não é assim tão linear. Seria injusto ter de escolher o melhor entre o colchão de mola ou de espuma, uma vez que, consoante o tipo de material utilizado, cada um tem um diferente desempenho e satisfaz diferentes tipos de necessidades.

    É importante sim, conhecer os diferentes materiais utilizados nos colchões e as suas vantagens. Por isso, preparámos um guia prático dos diferentes materiais utilizados nos colchões Molaflex para facilitar a escolha do seu novo colchão.

     

    Colchão de espuma

     

    Regra geral, o colchão de espuma deve ser escolhido pela densidade e pelo tipo de espuma. É mais resistente e firme do que o de mola, sendo por isso o mais indicado para as pessoas que têm problemas de postura ou dor nas costas. No entanto, tem uma durabilidade inferior, cerca de 3 a 5 anos.

     

    Densidade

     

    Quando falamos de densidade, não nos referimos ao peso do colchão de espuma, mas à distribuição do peso da pessoa por toda a estrutura do colchão. Conforme a densidade da espuma aumenta, o peso suportado também aumenta. Veja os seguintes valores de densidade e o peso suportado correspondente:

    D23 – suporta até 60kg

    D28 – suporta até 80kg

    D33 – suporta até 100kg

    D45 – suporta até 150kg

     

    Espuma HR

     

    A popularidade da espuma HR deve-se à sua elasticidade perfeitamente aliada ao conforto quando comparada com outras espumas convencionais. Este tipo de espuma apresenta uma enorme flexibilidade e maciez sem perder resistência.

    Por isso, esta espuma recupera a sua forma original mais rapidamente do que as outras e é essa característica que lhe confere uma maior durabilidade.

     

    Espuma AirVex

     

    A particularidade desta espuma é aliar na sua composição as qualidades da viscoelástica às partículas de gel. Ou seja, molda-se perfeitamente aos contornos do corpo e volta à sua forma original com facilidade, como uma espuma viscoelástica, mas com a particularidade de promover uma sensação de frescura, uma vez que o calor não fica concentrado.

     

    Colchão de Mola

     

    colchão de mola deve ser escolhido de acordo com o tipo de mola e é reconhecido por proporcionar maior conforto e maciez. Existem muitos tipos de molas, por exemplo, a mola ensacada que é indicada para casais, pois o peso e os movimentos de uma pessoa durante o sono não afetam a outra. Este tipo de colchão é o que apresenta maior durabilidade, de 5 a 10 anos.

    É importante frisar que mesmo sendo um colchão de mola, é muito comum utilizar outras camadas de materiais diferentes para isolar, estofar e revestir as molas. Por isso, é normal utilizar camadas de espuma nos colchões de mola para essas finalidades.

     

    Mola Ensacada

     

    As molas ensacadas, tal como o nome indica, são ensacadas uma a uma para oferecer suporte e resistência a pessoas com fisionomias distintas, uma vez que a pressão exercida numa mola não irá interferir nas demais. Com esta independência de movimentos, se um dos elementos do casal se mexer muito durante a noite, a outra pessoa poderá continuar a dormir um sono tranquilo porque não irá sentir.

     

    Mola Contínua Multielástic

     

    As molas multielástic são um sistema exclusivo dos colchões Molaflex, onde as molas se cruzam interiormente, tornando o colchão extremamente resistente. Oferece o melhor desempenho em termos de resistência, durabilidade e respirabilidade.

     

    Agora que sabe as diferenças entre o colchão de mola e espuma, esperamos que a tarefa de escolher o colchão que vai mudar as suas noites de sono se torne muito mais simples.

    11 de Janeiro, 2022

    COR DO ANO 2022: DESCUBRA QUAL É E COMO USÁ-LA NA DECORAÇÃO

    Todos os anos, o Pantone Color Institute, revela qual vai ser a cor do ano. Para os entusiastas da cor, profissionais da indústria da moda e para quem gosta de acompanhar as tendências no geral, este é um momento muito empolgante.

    A Pantone é a principal empresa de cores no mundo e o Sistema Pantone é, hoje, o padrão na indústria gráfica e têxtil para especificação e controlo da cor. Por isso, não se admire se a nova cor do ano 2022 começar a aparecer-lhe várias vezes em diferentes contextos.

     

    A Cor do Ano 2022: Very Peri

     

    A cor do ano é um esperançoso violeta que a Pantone chamou de “Very Peri” (PANTONE 17-3938). No comunicado, a empresa explica que a cor representa um sinal dos novos tempos que vivemos globalmente, a transição após um longo período de isolamento que culminou numa transformação das nossas noções e padrões.

    Esta cor transmite “uma atitude despreocupada e uma curiosidade instigante, que anima o nosso espírito criativo” e que, dessa forma “ajuda-nos a abraçar este cenário alterado de possibilidades, abrindo-nos para uma nova visão para reescrevermos as nossas vidas.”

    Além do poder de reinvenção pessoal e estímulo da nossa criatividade, este violeta azulado pretende ainda refletir os hábitos adquiridos durante os últimos tempos, representados pela fusão entre o mundo físico e o mundo digital, que expande um novo leque de caminhos a explorar e novas possibilidades.

    A empresa refere ainda que “com as tendências nos jogos, a crescente popularidade do metaverso e a crescente comunidade artística no espaço digital, PANTONE 17-3938 Very Peri, ilustra a fusão da vida moderna e como as tendências das cores no mundo digital estão a manifestar-se no mundo físico e vice-versa.”

     

    Desde os anos 2000 a divulgar a cor do ano

     

    A Pantone começou a divulgar a cor do ano no ano 2000 e desde aí que nos surpreende sempre com novas cores cheias de simbolismo e significado. No entanto, a cor do ano 2022 consegue ser ainda mais surpreendente, sendo a primeira cor a ser criada do zero pelo programa educacional de cores da Pantone.

    “Enquanto a sociedade continua a reconhecer a cor como uma forma crítica de comunicação e como uma forma de expressar e afetar ideias e emoções, de se envolver e se conectar, a complexidade deste novo tom de azul com notas vermelho-violeta aponta para as possibilidades expansivas que estão diante de nós.”

     

    Como decorar a casa com a cor do ano 2022?

     

    Assim que nos deparamos com esta cor tão versátil, começamos logo a imaginar este tom violeta aplicado em diferentes tipos de decoração da casa. Leve o espírito inovador e criativo da cor do ano 2022 para diferentes espaços da sua casa com as próximas sugestões que temos para si.

    Elementos decorativos com a cor Very Peri, da Pantone, que vão dar um toque especial à decoração da sua casa:

    • Conjunto de almofadas
    • Manta
    • Puff
    • Jarro
    • Cadeira retro
    • Conjunto de toalhas
    • Tapete
    • Guardanapos de pano
    • Toalha de mesa

     

    De certeza que estes elementos decorativos com a cor do ano Pantone vão ficar perfeitos na sua casa. Se gosta de ler dicas e conteúdos relacionados com decoração, aconselhamos também o artigo com dicas preciosas de decoração de inverno.

    7 de Janeiro, 2022

    COMO ESCOLHER UM COLCHÃO DE CASAL?

    Está à procura de um colchão maior? Precisa de trocar o seu colchão de casal? Sabia que ao comprar um colchão, está a tomar uma decisão, em média, para os próximos dez anos?

    Por isso, é importante ter em consideração alguns fatores. Espreite as nossas recomendações ao longo deste artigo.

     

    O tamanho do colchão

     

    Quando dorme, o seu corpo deve estar relaxado sem nunca atingir os limites do colchão. Por isso, é importante que tenha vinte a trinta centímetros a mais do que a estrutura do seu corpo. Desta forma, para um colchão de casal é recomendado que tenha entre 1,40 metros e 1,70 metros.

    No que diz respeito ao comprimento, este deve variar entre os 1,90 metros e os 2 metros.

     

    A postura corporal

     

    O seu colchão de casal deve ajustar-se à curvatura natural do corpo, distribuindo a pressão de uma forma uniforme. Por norma, os colchões de casal são para ser usados por duas pessoas. Então, escolha um com uma densidade que beneficie a curvatura das duas pessoas, permitindo uma postura corporal confortável durante o sono.

     

    A Tecnologia dos colchões

     

    Se já não compra um colchão há uma década, vai ficar surpreendido com aquilo que o seu colchão pode fazer pelo seu conforto. Atualmente, até os modelos mais simples possuem inovações que vão maximizar o seu bem-estar durante o sono.

    Entre estas inovações, podemos encontrar as fibras hipoalergénicas, os blocos de alta densidade e a Mola Contínua Multielastic®, tecnologia exclusiva Molaflex que permite ótimos desempenhos em termos de resistência, durabilidade e respirabilidade.

     

    Materiais para todos os gostos

     

    Não falta diversidade no que toca aos materiais. Blocos de espuma, mola ensacada ou Multielastic são as opções mais comuns. Entre numa loja e descubra aquela que se ajusta mais à sua posição de descanso. Aqui o truque é mesmo sentir-se confortável.

     

    Relação preço/qualidade

     

    Naturalmente, que vai desejar ter em casa o melhor colchão de todos. Para além disso, lembre-se de que está a investir no seu sono e, por consequência, na sua qualidade de vida. Tendo isto em conta, tente fazê-lo sempre dentro do seu orçamento.

     

    Faça um test-drive do colchão

     

    Ver o que vai comprar é algo importante quando está prestes a fazer um investimento. E se pudesse experimentar também o seu colchão de casal? Neste caso, melhor ainda, seria se pudessem experimentar as duas pessoas que o vão utilizar. Conheça as texturas, a resistência e peça informações acerca dos materiais. No final, deite-se sobre ele para tirar as conclusões finais.

     

    Características especiais

     

    Tenha especial cuidado no momento da escolha, caso tenha problemas respiratórios. Alguns modelos são propositadamente desenhados para pessoas com complicações de saúde. Fique com esta recomendação extra: manter o quarto arejado durante todo o ano, até mesmo no inverno, evita a acumulação de ácaros e bactérias.

     

    Assim e em jeito de conclusão, deixamos-lhe uma lista com todos os critérios necessários para a escolha do seu colchão de casal:

    • Tenha atenção ao tamanho;
    • Escolha os materiais que melhor se adaptam a si;
    • Tenha atenção ao orçamento;
    • Experimente antes de comprar;

    6 de Janeiro, 2022

    DIA DO FESTIVAL DO SONO: SAIBA O QUE É E COMO SE CELEBRA

    Se já está a imaginar o cenário de um grande recinto ao ar livre, cheio de camas espalhadas, com pessoas deitadas a dormir um sono profundo… Esqueça. O Dia do Festival do Sono não é nenhum festival de verão, mas sim uma data comemorativa. Em inglês é conhecida por Festival of Sleep Day e é assinalada em diferentes lugares, um pouco por todo o mundo.

    O que é o Dia do Festival do Sono?

    O Dia do Festival do Sono é uma celebração moderna que ninguém sabe muito bem como começou e foi, supostamente, inventada para nos ajudar a recarregar as baterias de todo o sono perdido durante a época festiva entre o Natal e Passagem de Ano. Esta data lembra-nos de praticar o autocuidado no próximo ano e aproveitar os inúmeros benefícios de uma boa noite de sono. Deixamos-lhe, assim, alguns motivos pelos quais é tão importante celebrar esta data.

    Entre em 2022 cheio de energia

    Um novo ano significa novas resoluções, desejos e objetivos para o futuro. Além disso, começa também um novo ciclo no trabalho e na escola. Para que tenha a energia necessária para cumprir todas as suas metas, é importante descansar bem e recuperar toda a energia gasta nos últimos dias de 2021.

    Durma bem todo o ano

    Esta data serve, acima de tudo, para nos lembrar de dormir as horas necessárias não só durante esta altura como também ao longo de todo o ano. É recomendado aos adultos que durmam entre 6 a 8 horas diárias, mas nem sempre é assim tão linear, tal como explicamos neste artigo. Dormir pouco pode causar inúmeras consequências negativas para a saúde e não só. O rendimento profissional e intelectual também depende muito de um bom descanso. Por isso, inclua dormir bem nas suas resoluções de ano novo.

    Perca peso a dormir

    O Natal e a Passagem de Ano já são épocas difíceis para manter uma alimentação saudável. Mais ainda se passar muitas horas acordado, pois o corpo terá necessidade de compensar essas falhas energéticas através da ingestão de comida muito calórica. Ao dormir, está a recuperar essa energia sem ter necessidade de compensar com comida.

    Sabia que…

    Na época da Grécia Antiga, acreditava-se que o sono resultava da falta de circulação, que fazia com que o corpo ficasse inconsciente durante algumas horas, tornando a restabelecer-se mais tarde. Nessa altura, o sono era dividido em duas fases: o primeiro e o segundo sono do dia. Só na Revolução Industrial e após a invenção da luz artificial é que se começou a juntar os dois sonos habituais. Esta mudança resultou da acumulação de horas de trabalho para 8 horas diárias, 40 horas semanais, permitindo que as pessoas fossem para a cama a horas.

    Celebrar o Dia do Festival do Sono não tem nada que saber. É tão simples como fechar os olhos e deixar-se relaxar. Pode deitar-se na cama ou no sofá, puxar uma mantinha e beber um chá quente que sabe tão bem nestes dias frios de inverno. O final, o importante é que se sinta recuperado e pronto para um 2022 em grande.

    COMO ORGANIZAR O ESPAÇO DE TRABALHO EM CASA

    Em 2020, toda a gente que se viu na situação de ter de trabalhar em casa, devido à pandemia, percebeu de imediato a importância de ter um espaço em casa, dedicado exclusivamente ao trabalho.

    Neste novo retorno ao teletrabalho, não deixa de ser diferente. E apesar de muitos já conhecerem alguns truques para se tornarem mais produtivos remotamente, deixamos-lhe dicas preciosas de como organizar o espaço de trabalho em sua casa.

    Quem nunca se deparou com fios no meio do caminho? Ou entornou uma chávena de café que estava a encher demasiado a mesa de trabalho? São situações que acontecem mas que pode evitar se souber organizar o espaço de trabalho corretamente.

    Torne-se mais focado, produtivo e organizado com as próximas dicas que preparámos para si.

     

    Encontre o lugar ideal

     

    Tem um sítio favorito da casa? Um lugar virado para a janela onde consiga ter uma boa vista, ou junto a uma parede com anotações importantes, tudo vai depender do seu gosto na escolha do lugar ideal para instalar o seu escritório em casa. De certeza que será muito mais produtivo se trabalhar num cantinho onde gosta mesmo de estar.

     

    Conforto em primeiro lugar

     

    Escolhido o lugar perfeito, chega a altura de dar atenção ao mais importante de tudo: o seu conforto. Uma vez que vai passar muitas horas seguidas sentado, em frente ao computador, é essencial que tenha uma cadeira confortável e, de preferência, ergonómica.

    Prioritize a sua saúde e evite problemas na coluna, ombros e no pescoço. Deve também manter o ecrã do computador à altura dos olhos, mantendo a postura correta das costas e da cabeça.

     

    Dê preferência à luz natural

     

    Uma vez que se encontra fora do escritório do trabalho, aproveite as vantagens de estar em casa e abra as cortinas para deixar o sol entrar. Desta forma, não só está a poupar na conta da luz, como também repõe os níveis de Vitamina D e descansa a vista da luz artificial durante as pausas.

     

    Tire os fios do caminho

     

    Ainda que sejam imprescindíveis para a realização do seu trabalho, as tomadas, extensões e cabos USB podem causar muita confusão visual e a sensação de desorganização no espaço de trabalho em casa.

    Deve, portanto, escondê-los ao máximo de forma a tornar o ambiente mais aprazível. Longe da vista, longe do coração.

     

    Organize a secretária

     

    É muito fácil deixarmos acumular coisas em cima da secretária. O segredo é evitar ao máximo a acumulação de documentos e objetos que não são necessários para a realização do trabalho. Mantenha apenas aquilo que vai realmente precisar durante as suas tarefas e guarde os documentos nas gavetas.

    Além disso, não caia no erro de acumular muitos itens de decoração em cima da mesa. Mais importante do que ter uma secretária cheia de personalidade é que ela seja realmente prática. Antes de começar o trabalho, tire alguns momentos para organizar o que está em cima da secretária e até limpar o pó acumulado do dia anterior.

     

    Saiba desligar-se do trabalho

     

    Mais importante do que organizar a secretária, é ter a cabeça organizada. Só porque está em casa, não significa que não tenha disciplina no cumprimento do horário de trabalho.

    Apresente-se no trabalho a horas e organize as suas tarefas ao longo do dia, mas não abdique das pausas nem permaneça mais tempo no trabalho só porque está em casa.

    Saber separar a vida pessoal do trabalho não depende do sítio onde está, mas da forma como se organiza.

     

    Agora que já sabe como organizar o espaço de trabalho em casa, vai poder ser mais produtivo e trabalhar de forma mais agradável. Não se esqueça que para trabalhar bem é preciso ter hábitos de sono saudáveis.

    31 de Dezembro, 2021

    PASSAGEM DE ANO: 6 IDEIAS PARA CELEBRAR EM CASA

    E quando pensávamos que as passagens de ano voltariam, finalmente, à normalidade, surge uma reviravolta que nos mudou os planos a pouco tempo de terminar o ano. Para muitos, a solução às medidas de controlo da pandemia, vai ser passar o ano novo em casa, junto da família ou com um grupo pequeno de amigos. E não há nada de mal nisso. Aproveite o momento para fortalecer os laços, para se divertir e começar 2022 na companhia daqueles que lhe são mais queridos.

    Para que a sua passagem de ano novo em casa seja inesquecível para si e para todos os convidados, reunimos algumas ideias diferentes e divertidas que o vão ajudar a tornar o início do novo ano ainda mais especial.

     

    Escolha um tema e vista-se a rigor

    Quando olhamos para as fotografias antigas dos nossos pais e avós, todos eles se vestiam com grande cuidado para ocasiões importantes. Tente recriar o estilo de uma época específica que goste e leve-a para a sua passagem de ano com a família ou os amigos. Certamente que, durante alguns momentos, todos esquecerão o motivo de estarem a festejar em casa.

     

    Bebidas para todos

    Em Portugal é muito comum que as celebrações de ano novo tenham muitos brindes à mistura. E se preparasse bebidas sem álcool para os mais pequenos para que possam brindar com os adultos? Sumos de fruta, o famoso champomy ou até chocolate quente, são todos opções muito apelativas para os mais pequenos. Sirva em copos de champanhe de plástico ou outros recipientes “de adultos” para as crianças se sentirem especiais.

     

    Crie um cenário fotográfico de Passagem de Ano

    Só precisa de uma parede de fundo com alguns acessórios para montar um cenário original com o tema de Passagem de Ano. Na decoração, use e abuse do prateado e dourado, com balões, bandeirolas, adereços para os convidados… Encha o cenário de brilho e divirta-se a registar esses momentos.

     

    Celebre a meia-noite de diferentes fusos horários

    Sabemos que manter as crianças acordadas até à meia-noite – especialmente se forem crianças pequenas – pode ser uma tarefa muito difícil. Contudo, pode festejar a meia-noite com eles em diferentes fusos horários como, por exemplo, o de Nova Iorque (menos 5 horas), da Atenas (menos 2 horas) ou de Paris (menos uma hora). É uma forma muito divertida de incluir os mais novos nas celebrações de ano novo antes de chegar a hora de ficarem com sono.

     

    Faça jogos em família

    Tenha em mente alguns jogos de tabuleiro, de cartas ou na consola, que pode fazer com os seus convidados. Este tipo de atividades são ótimas para manter toda a gente divertida durante a noite. De certeza que vão ficar tão entretidos que a espera pela meia-noite nem se vai fazer notar.

     

    Sem energia para a PDA? Faça uma festa do pijama

    Toda esta conversa de escolher o vestuário e montar cenários bonitos deixaram-no cansado? Nesse caso, uma festa do pijama é a opção perfeita para si. A única coisa que todos têm de fazer é, claramente, vestir o pijama. Com toda a gente confortável, só resta escolher um bom filme ou uma série divertida para passar um serão muito agradável.

     

    Com estas sugestões, esperamos ter ajudado com ideias originais nos preparativos da festa de ano novo em casa. Já fez as suas resoluções de ano novo? Inspire-se nestas resoluções para dormir melhor

    29 de Dezembro, 2021

    EDREDÃO NÓRDICO: TUDO O QUE PRECISA SABER

    hegou janeiro e com ele vem o entusiasmo por entrarmos num novo ano. Como se costuma dizer “Ano Novo, vida nova”, mas neste caso é mais “Ano novo, o frio do costume”, porque o inverno ainda demora a passar.

    Então, como nos podemos proteger do frio e dormir no quentinho? Já conhece o edredão nórdico? Os edredões nórdicos são muito mais práticos e leves do que os restantes, mantêm uma temperatura constante e são mais respiráveis. Hoje em dia, existe uma enorme variedade de edredões nórdicos e escolher um torna-se ainda mais difícil.

    Por isso, neste artigo, contamos-lhe tudo o que precisa de saber sobre o edredão nórdico e como cuidar dele.

     

    O que é um edredão nórdico?

    Um colchão nódico pode ser de enchimento natural ou sintético mas, normalmente, um edredão nórdico possui enchimento de penas de ganso ou pato, sendo estes edredões mais competentes do que um edredão convencional no que toca a conservar o calor. Assim, não precisamos da cama com mantas, cobertores e mais cobertores. É mais fácil dormirmos quentes e leves.

     

    Como lavar um edredão nórdico?

    Pode fazê-lo na sua máquina de lavar roupa. Não se esqueça de consultar a etiqueta antes de escolher o programa de lavagem. Não use lixívia e coloque uma bola de ténis no tambor. Este pequeno truque fará com que as penas não se aglomerem. No que toca à secagem, escolha, se possível, fazê-lo na máquina de secar roupa. Uma secagem rápida evita o acumular de bactérias em tecidos molhados.

     

    Já conhece os edredões nórdicos Molaflex?

    O nosso edredão nórdico de fibra Duna Allerban é suave, leve, respirável e hipoalergénico. Tem tudo o que é necessário para um ótimo conforto e um sono saudável. O seu enchimento é composto por Fibra oca siliconada Quallofil® Allerban®, de Dacron® anti-ácaros, anti-bactérias e anti-fungos. Está disponível em diversos tamanhos de forma a adaptar-se a qualquer tipo de cama.

    Se sofre de alergias ou tem alguém alérgico na família, recomendamos o edredão nórdico Eco Anti-ácaros para pessoas com alergias: um produto muito saudável com tratamento anti-ácaros, antibácterias e antifungos.

     

    Desfrute das noites quentes!

    Já se está a imaginar a dormir quente e aconchegada? Hum… o frio que está lá fora não tem autorização para entrar na sua cama. Difícil vai ser encontrar coragem para se levantar.

     

    O inverno chegou ao fim?

    Não, o inverno ainda não chegou ao fim, mas vamos deixar algumas recomendações para quando a primavera chegar e tiver de guardar o seu edredão nórdico. O volume que ocupa, depois de dobrado, pode ser um problema. Guarde-o numa capa ou num saco de vácuo para evitar os ácaros e as bactérias, guarde no armário sem nada por cima para não amassar e diga-lhe adeus até ao próximo inverno.

     

    As noites quentes não têm de ser exclusivas do verão. Agora que já sabe tudo sobre o colchão nórdico, até dá vontade de ir já para a cama a pensar no quentinho que vai lá estar.

    24 de Dezembro, 2021

    JOGOS DE NATAL

    Hoje é a véspera de Natal e as famílias juntam-se à volta da mesa para jantar e partilhar histórias e presentes. A animação não pode faltar. Para isso, deixamos algumas recomendações de jogos para fazer em família.

     

    Comece pelos clássicos

    Com a família sentada à volta da mesa, fica fácil abrir o tabuleiro e distribuir as peças. O Party&Co e o Pictionary são talvez dois dos maiores exemplos, mas a oferta é muito mais variada. Vai uma Jenga depois do bolo-rei? E um Quatro-em-linha antes dos chocolatinhos?

     

    Versões portuguesas

    E já que estamos a falar de jogos de tabuleiro, pode divertir-se muito com dois criados por portugueses. O Caminho do Humor, do Salvador Martinha, e o Jogo dO Homem Que Mordeu o Cão, do Nuno Markl. Dizem que quem ri por último, ri melhor… mas neste caso vão rir todos e muito.

     

    Bingo de Natal

    Use o seu bom velho Bingo, mas faça ligeiras alterações para que fique mais enquadrado com a época. Grite “presente” sempre que fizer linha e “Natal” sempre que fizer Bingo. Aos seus lugares que os números vão começar a sair…

     

    À roda dos presentes

    Cinco presentes ao centro, seis pessoas a dançar à volta ao som de uma música de Natal. Onde é que já viu isto? Sim, é o Jogo das Cadeiras adaptado à época das rabanadas. Assim fica mais fácil perceber como funciona. Sempre que a música parar, agarra-se a um presente. Quem ficar sem presente, sai fora. Agora é só colocar a Mariah Carey a tocar.

     

    Jogar ao Desembrulha

    É um daqueles jogos que leva tempo a preparar, mas que garante a diversão de toda a família. Embrulhe presentes dentro de presentes dentro de presentes dentro de presentes. Só o último é que tem uns chocolatinhos ou o que bem quiser embrulhar. Hora de jogar! Como é que funciona? Jogadores à volta da mesa, todos com meias de Natal calçadas… nas mãos. Cada jogador, à vez, lança o dado e só pode tentar desembrulhar o presente quando lançar dois dados e sair dois números iguais. Quando o minuto terminar, passa a vez. Quem conseguirá desembrulhar o último presente?

    São apenas algumas sugestões para uma noite de véspera de Natal mais animada. Sentimo-nos felizes por poder contribuir para a sua felicidade. Tenha um ótimo Natal!

    22 de Dezembro, 2021

    COMO MANTER A CASA AQUECIDA NO INVERNO

    Se as temperaturas já o faziam anunciar, hoje não restam mais dúvidas: chegou oficialmente o Inverno. Quando saímos para a rua, sabemos que várias camadas de roupa são necessárias para ultrapassar o frio. Mas, muitas vezes, ele também se faz sentir dentro das nossas casas. Se já tentou deixar um compartimento da casa mais quente mas sem sucesso, está a ler o artigo certo. Aqui, deixamos-lhe algumas dicas sobre como deixar a casa aquecida no Inverno.

    Algumas casas sofrem com problemas de isolamento, obrigando a que se utilizem outras fontes de calor para a manter aquecida. O problema é que nem sempre sabemos tirar o maior partido dessas fontes de calor e até da própria casa. Por isso, reunimos algumas dicas práticas e económicas para se manter quentinho em casa neste Inverno.

     

    Use as janelas

    Deixe o sol entrar pela casa adentro. A luz solar vai aquecer a sua casa e não vai cobrar nada por isso. Quando os raios do sol incidirem sobre algum compartimento da casa, aproveite-o ao máximo. E quando estiver escuro, feche as persianas e as cortinas novamente. Desta forma, está a criar uma camada de isolamento, evitando que o ar quente que se infiltrou em casa saia, e impede que o ar frio entre. Pode optar também por colocar umas persianas próprias para isolamento.

     

    Isole bem o calor

    Ter os canos de água quente e os canos dos radiadores bem isolados, especialmente em zonas da casa onde não costuma estar gente, vai ajudá-lo a evitar perdas de calor desnecessárias. Pode, por exemplo, revestí-los com fita-cola para os isolar. Além disso, manter as portas fechadas dos sítios que não vão ser utilizados, ajuda também a que o calor não se dissipe para essas partes. Se tiver chaminé, deve também certificar-se que esta está bem fechada, pois pode sugar o calor da casa.

     

    Coloque tapetes

    O chão é responsável por parte das perdas de calor. Por isso, coloque tapetes pela casa e nas zonas que pretende manter aquecidas por mais tempo. O material têxtil dos tapetes é isolante e ajuda a manter o calor.

     

    Substitua a caldeira

    Se a sua caldeira tem mais de 10 anos, pode estar na hora de substituí-la por um modelo novo e mais eficiente. Dependendo do tipo de caldeira e da casa, pode poupar bastante dinheiro com uma nova caldeira de condensação de classificação A – que usa menos energia para produzir a mesma quantidade de calor. Além disso, se for nova, é menos provável que tenha problemas durante o inverno.

     

    Use refletores de calor

    Para quem tem radiadores em casa, é muito fácil tirar melhor proveito desta fonte de calor. Os painéis para o radiador são relativamente baratos, fáceis de instalar e garantem que o calor aqueça o ambiente e não as paredes. Eles vão refletir o calor de volta para a sala. Outra solução ainda mais em conta, é colocar papel de alumínio entre os radiadores e as paredes, pois funciona como um excelente refletor de calor.

     

    Tenha atenção à decoração

    Colocar os móveis encostados às paredes externas da casa, pode ser uma boa solução para mantê-la quente. Contudo, os móveis de uso mais frequente como a cama e o sofá, devem ficar mais perto das divisões internas, pois estas absorvem mais calor. Em relação ao sofá, poderá estar a usá-lo muito próximo do radiador ou de outra fonte de calor. Ainda que saiba bem estar sentado perto do quentinho, isso pode estar a “roubar” calor que podia ser distribuído por todo o compartimento. Ao afastar o sofá das fontes de calor, está a permitir que o ar quente circule livremente por toda a parte.

     

    Agora que já sabe como manter a casa aquecida no Inverno, já pode manter-se a si e à sua família mais confortáveis nesta estação fria. Fique em casa relaxado e quentinho, com um bom chocolate quente a acompanhar.

    21 de Dezembro, 2021

    3 BENEFÍCIOS DA HIGIENIZAÇÃO DO COLCHÃO

    A maioria das pessoas limpa a casa ou lava o carro, pelo menos, uma vez por semana. Mas sabia que nem toda a gente faz a higienização do colchão? A diferença entre a atenção e cuidado dados ao colchão, comparativamente a outras áreas da casa, é muito grande, principalmente se pensarmos que nele passamos uma média de 7 a 8 horas diárias.

    Por mais que mantenha sempre os lençóis e edredons limpos, na verdade, apenas está a manter a superfície do colchão limpa. O colchão é conhecido por conter a maior quantidade de partículas de poeira e ácaros do pó doméstico em casa.

    Não é uma descoberta muito agradável, pois não? Num artigo que publicamos anteriormente, explicamos-lhe como limpar o seu colchão passo a passo. Mas aqui, vamos focar-nos na importância da higienização do colchão e os benefícios que traz para a sua saúde.

     

    Mantém a qualidade do ar dentro do quarto

    Sempre que nos deitamos e nos mexemos na cama, finas partículas de poeira são lançadas no ar, que inconscientemente respiramos enquanto dormimos. A má qualidade do ar interno foi apontada por estudos como principal responsável por muitos problemas de saúde, desde irritação nos olhos e garganta até doenças respiratórias, causando sintomas comuns como espirros, lacrimejamento, congestão respiratória, fadiga, etc.

     

    É uma prática recomendada na prevenção de alergias

    Os ácaros e os excrementos são um dos gatilhos mais comuns para doenças alérgicas comuns, como asma, rinite e eczema. Como os ácaros do pó doméstico são encontrados principalmente no colchão, é importante garantir que a poeira e os ácaros sejam removidos completamente do colchão para os manter a níveis mais baixos. Os médicos recomendam veemente que os pacientes com alergia limpem o colchão regularmente, pois é comum que tenham os seus piores ataques à noite enquanto dormem, porque os corpos estão a reagir à poeira e aos ácaros do colchão. Assim, ao minimizar o contacto com esses alérgenos, terá menos impulsionadores de alergias que podem causar problemas de saúde graves.

     

    Proporciona um sono mais tranquilo

    Dormir num colchão limpo e higienizado proporciona uma paz de espírito inigualável na hora de descansar à noite, especialmente depois de saber que dorme num colchão cheio de quilos de pedacinhos de pele morta e partículas de poeira, juntamente com milhões de ácaros do pó doméstico no colchão todas as noites!

    Uma boa qualidade de sono é importante para começar bem o dia. Na verdade, estudos mostraram que um bom sono é importante para ajudar a melhorar nossa saúde física e bem-estar emocional, o que equivale a todo o nosso bem-estar.

     

    Edição Especial Saúde Molaflex

    A nossa vontade de garantir que as pessoas tenham sempre o descanso mais saudável, faz com que a Molaflex esteja sempre na vanguarda das tecnologias inovadoras para permitir que tenha o melhor descanso. Por isso, desenvolvemos uma coleção inovadora de produtos destinados a alcançar uma higiene completa para um descanso saudável. Na Edição Especial Saúde da Molaflex está integrada uma grande diversidade de produtos de descanso como colchões, almofadas, protetores de colchão e edredons. De forma a aliar estes produtos a uma higiene cuidada, integramos em todos eles a tecnologia HeiQ Viroblock que tem uma eficácia acrescida e testada.

     

    TECNOLOGIAS HEIQ VIROBLOCK E SILVER & VESICLE TECHNOLOGY

    Esta tecnologia de tecido, protege os produtos de micróbios e germes. Contém ainda um biocida* à base de sal de prata reciclado. Esta tecnologia é integrada nos tecidos, que marca um antes e um depois na higiene da sua cama.

    Os tecidos dos colchões da Edição Especial Saúde Molaflex, tratados com a tecnologia HeiQ Viroblock mostram uma redução de 99,999% na atividade bacteriana, certificada pelo laboratório Microbe Investigations AG – MIS (Suíça) em junho de 2020, de acordo com a norma ISO 20743:20131)

    *Princípio ativo: massa de reação de dióxido de titânio e cloreto de prata.

     

    Embora os produtos da Edição Especial Saúde estejam cientificamente comprovados que ajudam a tornar o seu descanso mais saudável, não deve prescindir da frequente higienização do colchão.

    Melhore as suas noites de sono com produtos eficientes e boas práticas de limpeza de todos os elementos que complementam a sua cama.

    POR QUE COMEMOS MAIS NO INVERNO?

    É provável que já tenha reparado que nos meses mais frios do ano, tem sempre mais apetite do que é costume. Os anúncios de chocolates e doces de Natal não ajudaram muito a evitar que isso acontecesse, mas não é esse o motivo que explica o porquê de não parar de pensar em comida. Se já parou para pensar no assunto e tem curiosidade em perceber por que comemos mais no inverno, continue a ler o artigo e descubra todas as razões e a solução para cada uma delas.

    Está com frio

    O corpo está geneticamente mais disposto a comer em demasia e armazenar mais gordura durante os meses frios. E isto acontece porque quando a temperatura interna do corpo cai, o organismo gasta mais calorias a tentar combater o frio. Claro que depois há sempre a tendência de se refugiar em comida de conforto ou de beber um chocolate quente, como forma de se refugiar do desconforto causado pelas baixas temperaturas.

    A melhor forma de continuar a comer sem ingerir uma enorme quantidade de açúcar, é optar por beber chás quentes, de preferência mais picantes, como forma de se aquecer internamente. As sopas de legumes também são refeições ótimas para esta altura do ano com a vantagem de serem muito saudáveis. O café pode também ajudar nessa tarefa, pois a cafeína acelera o metabolismo e aquece o corpo de dentro para fora.

    Anda menos ativo

    No inverno, os dias são mais curtos e as temperaturas (bastante) mais baixas, contribuindo para que reduza a sua disposição e vontade de praticar desporto ao ar livre ou simplesmente caminhar com a mesma regularidade. A diminuição da atividade física leva muitas vezes a que preencha esse vazio, comendo mais.

    Embora a prática de exercício seja recomendada mesmo nos meses mais frios, sabemos que até o simples facto de ter de mudar de roupa para vestir um fato de treino pode ser bem desagradável. Contudo, pode contornar a falta de exercício com outras alternativas que vão fazê-lo mover-se mais. Pode, por exemplo, optar pelo caminho mais longo quando estiver a ir para casa, subir escadas em vez de chamar o elevador ou até mesmo levantar a comida que encomendou em vez de escolher a opção de entrega em casa.

    Precisa de água

    Ainda que seja difícil de acreditar, o corpo soa tanto no inverno como em qualquer outra altura do ano. Ou porque passa muito tempo junto aos aquecedores, ou porque usa várias camadas de roupa, ambas contribuem para a perda de líquidos do organismo. Para o corpo, a desidratação é muitas vezes confundida com fome, daí resultar a sensação de estar com mais apetite.

    A melhor solução para evitar a desidratação é mesmo tentar beber 8 copos de água por dia. Ou então beber mais chás quentes e sopas para compensar a perda de água e ao mesmo tempo regular a temperatura do corpo.

    Sente-se mais triste

    É inevitável para a grande maioria das pessoas não estarem um pouco mais embaixo depois das festividades do Natal e do Ano Novo. E, como é bastante comum, há sempre a tendência de comer mais quando nos sentimos mais tristes.

    Para evitar que coma todos esses sentimentos, pode começar a praticar desporto ou outras atividades que liberam endorfinas (hormonas que nos deixam de melhor humor e mais felizes). Além disso, pode também começar a planear melhor as suas refeições e monitorizar a ingestão de alimentos de forma a perceber quando é que está a ser mais descuidado com a sua alimentação. Tenha atenção se notar sinais de depressão, como alteração nos seus padrões de sono e o sentimento de falta de esperança, consulte imediatamente ajuda especializada.

    Já percebe agora por que comemos mais no inverno? Com cuidado e algum esforço pode evitar comer em demasia ou alimentos que lhe fazem mal. Para o ajudar naquelas noites em que só lhe apetece assaltar o frigorífico, pode ler também o artigo sobre os melhores alimentos para comer antes de dormir.

    19 de Dezembro, 2021

    MELHORES FILMES DE NATAL PARA VER EM FAMÍLIA

    Natal que é Natal, tem de ter uma boa maratona de clássicos do cinema, apropriados para esta época festiva. Por isso, reunimos alguns dos melhores de filmes de Natal para crianças e adultos. Junte a família no sofá e prepare-se para um serão muito divertido com estas sugestões.

     

    Sozinho em Casa (1990)

    O que mais poderia uma criança amar do que um filme sobre outra criança a enganar os adultos e ainda ser recompensada por isso? Até mesmo o seu cão ficará entretido com as travessuras de Kevin McCallister, enquanto ele protege a sua casa dos ladrões mais trapalhões, Joe Pesci e Daniel Stern, após ser acidentalmente deixado sozinho em casa, pela família, nas férias.

     

    Feliz Natal, Charlie Brown (1965)

    Com o início das festividades, o Charlie Brown sente-se um pouco em baixo. Sendo a Lucy a amiga incrível que é, sugere que o Charlie faça uma peça de Natal para entrar no espírito natalício, mas tudo desaba para o pobre Chuck quando a sua peça central, uma pequena árvore quase nua e de aparência infeliz, é ridicularizada por todos ao seu redor.

    Mas, graças à combinação imparável de um discurso comovente de Linus sobre o significado do Natal e o poder inegável da música jazz cativante, o desastre de Natal de Charlie tem um final tão feliz que você e sua família vão ficar contagiados.

     

    Grinch (2000)

    Embora existam várias versões no cinema do livro como o mesmo nome, de 1957, do Dr. Seuss, é a versão de 2000 que talvez deixe a maior marca nos nossos corações. Visualmente, no mínimo, tudo é inesquecível, tanto que o filme até ganhou o Óscar de Melhor Maquilhagem na 73ª cerimónia dos Óscares.

    Outra coisa inesquecível é a atuação de Jim Carrey, que protagoniza a personagem do Grinch, por quem de alguma forma simpatizamos e torcemos, embora ele odeie o Natal e tente arruiná-lo a todas as pessoas de Whoville. Felizmente, o Grinch tem a adorável menina Cindy Lou Who e o cãozinho Max para esclarecê-lo e dar-lhe uma pista sobre o verdadeiro significado do Natal.

     

    Elf – O Falso Duende (2003)

    O elenco? Irreal. A comédia? Eterna. O cenário de Nova York? Imaculado. Elf é um tesouro pelo qual todos, desde crianças a avós, podem-se apaixonar. Buddy, o Elfo, entrou no saco de brinquedos do Pai Natal quando era bebé, levando-o de um orfanato até ao Pólo Norte, onde foi adotado pelo Pai Elfo e criado junto com o resto dos elfos do Pai Natal, embora ele nunca tenha realmente sentido que pertencia ali.

    Buddy acha que vai encontrar esse sentimento de pertença, encontrando o seu pai biológico, Walter Hobbs, e então decide ir a pé até Manhattan apenas para encontrá-lo. Walter é um idiota mesquinho, mas não é o suficiente para deter Buddy, e é difícil para os outros personagens (e para nós) não sermos seduzidos tanto pelo seu otimismo implacável, como pela paixão pelo Natal.

    Deixe-se seduzir (e à sua família) por este filme delicioso.

     

    O Expresso Polar (2004)

    É véspera de Natal em Michigan no ano de 1956 e Tom Hanks está em todo o lado. Essa é a essência deste filme de aventura musical animado, em que um menino duvida da existência do Pai Natal e, seguidamente, embarca na jornada da sua vida ao lado de outras crianças a bordo do Expresso Polar.

    Este filme vai fazê-lo desejar chocolate quente, ter medo de fantoches e certificar-se que o Tom Hanks não está debaixo da sua cama antes de ir dormir (a sério, ele desempenha um milhão de papéis neste filme). Mesmo assim, essas são apenas algumas das coisas que tornam O Expresso Polar tão icónico.

     

    Arthur Christmas (2011)

    Quem nunca se questionou sobre como é que o Pai Natal consegue entregar todos os presentes em apenas uma noite? A resposta está num lugar escondido no Pólo Norte, e Arthur vai desvendar o mistério, descobrindo um sistema ultra-high-tech de entrega de prendas que cumpre a tarefa com a maior brevidade e distinção.

     

    Klaus (2019)

    Não é com frequência que um filme de Natal é indicado ao Óscar, mas Klaus encaixa na perfeição nesse cenário, e por um bom motivo. Este filme animado oferece uma visão altamente original da famosa lenda do Pai Natal, em que o carteiro Jesper Johansson é forçado a crescer depois de ser designado a ir trabalhar para a aterrorizante cidade de Smeerensburg.

    Numa tentativa desesperada para crescer um negócio de postais, ele junta-se a Klaus, um lenhador, que por acaso é um profissional na fabricação de brinquedos (e tem um fraquinho por ajudar crianças necessitadas).

    Este é definitivamente um filme que vai divertir e cativar pessoas de todas as idades, então certifique-se de lhe dar uma oportunidade este Natal.

     

    Depois destas sugestões, não lhe vão faltar ideias de filmes de Natal para crianças na sua lista de atividades para fazer em família.

    17 de Dezembro, 2021

    10 FACTOS INTERESSANTES SOBRE O PAI NATAL

    Chegou a altura preferida do ano para muita gente: o Natal. Nesta época, o tema Pai Natal é muito recorrente e ouvem-se as melhores histórias sobre esta personagem do imaginário coletivo que tantas pessoas adoram. Tradicionalmente conhecido como Pai Natal, na cultura portuguesa, ele é um senhor de barbas brancas, rechonchudo, que veste um fato vermelho e distribui presentes por todas as crianças do mundo na noite de 24 de dezembro.

    Adora beber o seu copo de leite, com bolachinhas a acompanhar, e conduz um trenó puxado por várias renas, enquanto grita Ho ho ho! para anunciar a sua chegada. Isto é o que a maioria de nós sabe sobre ele, mas existem muitas outras curiosidades engraçadas.

    Neste artigo, contamos-lhe 10 factos sobre o Pai Natal muito interessantes que talvez não conheça.

     

    1 – A figura do Pai Natal foi inspirada num bispo

    A personagem do Pai Natal foi inspirada na história de São Nicolau, que era um bispo de Mira, na Anatólia, que pertence à Turquia. Ele costumava ajudar anonimamente as pessoas mais carenciadas, deixando um saco com moedas de ouro na chaminé das casas. Mais tarde, foi declarado santo e tornou-se um símbolo de Natal na Alemanha, lugar onde teve início, e a lenda percorreu o mundo todo.

     

    2 – O fato do Pai Natal original não é vermelho

    E se lhe dissermos que o Pai Natal originalmente se vestia de… verde? Sim, um longo casaco verde. No entanto, ele hoje é conhecido por vestir um fato vermelho com punhos e bainhas brancas, com um cinto e botas de couro preto. Ainda que muitos digam que essa imagem popularizou depois de um anúncio da Coca-Cola, existem pinturas que já retratavam o Pai Natal com roupa vermelha antes desse momento.

     

    3 – O nome do Pai Natal não é igual para todos

     

    Nem todos os países tratam o Pai Natal pelo mesmo nome que nós. Saint Nicholas (São Nicolau), St Nick, Papai Noel, Kris Kringle, Père Noël, La Befana, SinterKlaas, Babbo Natale, Viejito Pascuero, Djed Mraz, Pai Nadal ou Joulupukki – estes são alguns dos nomes que são usados à volta do mundo para chamar o Pai Natal.

     

    4 – O Pai Natal tem duas casas

    Embora nos tenham contado que o Pai Natal vive no Pólo Norte, no Alasca, existem duas cidades diferentes que dizem ser a casa do Pai Natal. A cidade de Rovaniemi, na Lapónia, localizada numa província no norte da Finlândia, também é considerada por muito a verdadeira casa do Pai Natal.

     

    5 – O Pai Natal é casado

    Até 1949, o Pai Natal era solteiro. Só a partir desse ano, depois do escritor James Ree escrever o conto A Christmas Legend, (em português Uma Lenda de Natal), é que foi mencionada a esposa do Pai Natal, a Mãe Natal ou Mrs Claus.

     

    6 – A última rena a juntar-se ao Pai Natal foi a mais conhecida

    Os nomes das renas foram mencionados pela primeira vez num poema de 1823, A Visit from St. Nicholas, referindo apenas 8 renas: Corredora, Dançarina, Empinadora, Raposa, Cometa, Cupido, Trovão e Relâmpago. Só mais tarde, já em 1939, é que foi integrada a 9ª rena, Rudolfo, devido à popularidade da canção Rudolph, the Red-Nosed Reindeer.

     

    7 – O Pai Natal tem carta de condução e passaporte

    O último dos factos sobre o Pai Natal é que ele recebeu oficialmente uma licença de piloto do governo dos EUA em 1927. Além disso tem também passaporte canadiano. Tanto o Pai Natal como a Sra. Claus receberam os seus próprios passaportes eletrónicos em 2013 – do Canadá. Durante uma cerimónia especial em Toronto, o Ministro da Imigração Chris Alexander disse: Como tantos cidadãos canadenses que gostam de longas viagens ao redor do mundo, o Claus ficou emocionado ao receber os seus passaportes eletrónicos – que estão entre os documentos de viagem mais seguros do mundo… se viajar de carro, de barco ou com uma equipa de renas voadoras.

     

    8 – O Pai Natal conduz em excesso de velocidade

    Ainda dentro do tema condução, há o facto de o Pai Natal não ser um condutor como outro qualquer. Devido ao fuso horário, o Pai Natal tem 31 horas para entregar os presentes a todas as crianças do mundo. Nesse período de tempo, ele tem de percorrer 510.000.000 km, que significa ter de viajar a mais de 15.000 km por hora, isto é, cerca de 4500 km por segundo!

     

    9 – O Pai Natal recebe cartas no correio

    Embora se pense que as cartas são enviadas para o Pólo Norte, a verdade é que o código postal do Pai Natal é do Canadá. Foi-lhe atribuído o código postal H0H 0H0 onde recebe, todos os anos, cartas de crianças de todo o mundo.

     

    10 – A maioria das cartas são enviadas da França

     

    Todos os anos, milhões de crianças escrevem uma carta ao Pai Natal, mas é da França que ele  recebe mais cartas. De acordo com um estudo, 1,700,000 cartas ao Pai Natal são enviadas por crianças francesas.

     

    Conhecia algum destes 10 factos sobre o Pai Natal? Partilhe estas curiosidades com outras pessoas e veja qual é a reação delas. Desejamos-lhe um Natal cheio de alegria!

    16 de Dezembro, 2021

    PASSATEMPO 70 ANOS MOLAFLEX: SAIBA QUEM FORAM OS VENCEDORES

    o âmbito da celebração dos 70 anos da Molaflex, realizámos um passatempo no site www.molaflex.pt para sortear 4 produtos a diferentes vencedores. A participação consistiu na visualização do vídeo de celebração dos 70 anos da marca e posteriormente a realização de um Quizz, no menor espaço de tempo, sobre a história da Molaflex. Com esta atividade, foram apurados 4 vencedores que levaram mais conforto para suas casas, recebendo os seguintes produtos Molaflex:

    1º PRÉMIO – COLCHÃO SAÚDE CARE MULTISENSE: ARNALDO MONTEIRO

    2º PRÉMIO – EDREDÃO SAÚDE: FÁBIO RICO

    3º PRÉMIO – PROTETOR DE COLCHÃO SAÚDE: RUI MIRANDA

    4º PRÉMIO – ALMOFADA VISCO SAÚDE: MARIA ASSUNÇÃO VALENTE MARTINS

    Esperamos que os vencedores possam usufruir do melhor do conforto graças a estes prémios. Fique atento ao nosso website e redes sociais e mantenha-se a par das novidades e passatempos Molaflex

    Foi nos anos 90 que o mercado dos colchões passou por um momento revolucionário graças a uma grande descoberta – a espuma viscoelástica.

    Criada nos laboratórios da NASA, este material foi produzido com o objetivo de criar equipamentos espaciais. Nesse momento, estavam longe de imaginar a popularidade que esse material tem hoje, principalmente no mercado de colchões.

    Na década de 90 foi quando se introduziu o material no sector do descanso ao ser utilizado em hospitais. Como não causava pressão no corpo, os doentes que passavam muito tempo em recuperação podiam ficar deitados por longos períodos de tempo sem se sentirem desconfortáveis. Hoje, o colchão viscoelástico é considerado a estrela do conforto e o material de eleição de muitas pessoas.

     

    O que é uma espuma viscoelástica?

    A espuma viscoelástica, também conhecida por espuma de memória, é um polímero criado durante uma reação química entre o poliol e o diisocianato (dois produtos químicos criados a partir de compostos orgânicos).

    A proporção de poliol para diisocianato é de 2: 1 para formar poliuretano (PU), embora possa haver outros compostos que são adicionados para criar a quantidade certa de elasticidade e densidade para cada pedaço de espuma.

    Quando a reação química ocorre na presença de água com catalisadores como estanho e aminas, um novo líquido viscoso é formado. Essa mistura quente é então colocada numa forma, seca, arrefecida e cortada para ser usada em almofadas e colchões.

    Para a maioria dos fabricantes de espuma, esse processo de ponta a ponta de catalisar a espuma para prendê-la num colchão dura cerca de 8 horas.

    De certeza que já viu em anúncios o material macio que, por norma, demonstram colocando uma mão apoiada num colchão e, quando retirada, a forma da mão permanece. Isto prova a adaptabilidade do material ao peso a que foi submetido.

     

    Quais são as vantagens?

    A grande diferença entre a espuma viscoelástica e os outros tipos de espuma nos colchões é a capacidade de “afundamento”, isto é, a forma lenta como responde ao peso do corpo, evitando que o colchão balance sempre que faz um movimento. Além disso, a sua maciez adapta-se e contorna totalmente o corpo. De todas as vantagens de um colchão viscoelástico, destacamos as seguintes:

    • Permite que durma mais firme, tornando-se ideal para pessoas que sofrem de dores de costas e na lombar;
    • Não causam pressão nos pontos de pressão, aliviando as dores nas articulações;
    • Evita movimentos bruscos durante a noite, impedindo que interrompa o sono se dormir com um parceiro;
    • Permanecem confortáveis por mais tempo do que os colchões de outras espumas.

    No entanto, há alguns aspectos que podem ser desvantagens dependendo do tipo de pessoa que o for utilizar. Por norma, os colchões viscoelásticos tendem a ser mais quentes que os restantes. Há pessoas que preferem essa característica, mas outras não. Além disso, também costuma ser mais pesado do que as outros, tornando-se mais difícil para algumas pessoas levantar o colchão.

     

    Como se usa a espuma viscoelástica?

    Geralmente, é utilizada no acolchoamento dos colchões, para que esteja em contacto direto com o corpo da pessoa. Por isso, os colchões viscoelásticos podem ter outros núcleos de espuma na sua composição. No caso da gama Bodhi Collection da Molaflex, a maioria dos colchões vem equipado com uma camada de viscoelástica para tornar a adaptabilidade e conforto perfeitos para si.

     

    Na Molaflex sabemos que o mais importante é o seu conforto, independentemente do tipo de material que escolha. Seja um colchão viscoelástico, com espuma ou gel, o factor primordial é que cumpra os requisitos que vão de encontro às suas necessidades.

    11 de Dezembro, 2021

    DECORAÇÕES DE NATAL: 6 IDEIAS SIMPLES

    As luzes ornamentam as ruas, as músicas ouvem-se em todo o lado e os rostos são contagiados por uma alegria genuína. Perfeito era trazer a magia do Natal para dentro de casa, certo? Deixamos algumas sugestões simples para que tenha um Natal mais quentinho e confortável.

    Acenda umas velas

    Um toque simples, mas que faz toda a diferença. Opte pelas cores quentes como o vermelho ou o dourado. Altas, baixas, redondas ou quadradas? Todos os formatos contam. Para dar um aspeto mais temático, escolha copos decorados com motivos natalícios para as colocar e espalhe-as pela casa. Da mesa da sala à estante com livros, nunca esquecendo a mesa-de-cabeceira. A sua casa vai ficar com um ambiente quente e aconchegante.

    Let it snow!

    Não sente que é Natal no lado oposto da sala? Encher o velho aquário com as bolas vermelhas que sobraram da árvore pode ser uma opção muito natalícia. Quer dar um toque de magia extra? Junte folhas de azevinho e algodão ou esferovite para parecer que nevou.

    O brilho das luzinhas

    No Natal nunca é verdadeiramente de noite. Há sempre luzes que refletem o brilho diretamente nos nossos olhos. Coloque-as em frascos e prateleiras e deixe-as ligadas durante a noite. Já sente um brilhozinho nos olhos?

    Mostre que é Natal

    Escolhe uma bonita coroa de Natal e pendure na porta. É a melhor maneira de desejar um “Feliz Natal” a todos os vizinhos.

    Troque as almofadas

    Faça do seu sofá um sítio mais natalício. Escolha almofadas novas com cores fortes e padrões leves, como estrelas, azevinho ou flocos de neve. Se preferir uma opção mais prática, escolha fronhas para as almofadas que já tem.

    Centros e mesa

    Provavelmente das decorações mais populares, não só nesta altura, mas ao longo de todo o ano. Sobraram bolas da árvore? Coloque numa grande taça com ramos de pinheiro. Para um toque extra pode juntar outros elementos como pinhas, frutos secos e velas. Fácil, não é?

    Há quem prefira decorar a casa toda, há quem goste de ter a decoração apenas numa zona. O importante é deixar tudo mais aconchegante para sentir o conforto do Natal dentro da sua casa.

    10 de Dezembro, 2021

    PRESENTES DE NATAL PARA QUEM GOSTA DE DORMIR

    É certo que toda a gente – sim, mesmo quem é madrugador – gosta de dormir. Somos suspeitos, mas podemos afirmar com grande certeza que dormir é uma das melhores coisas da vida. Além de nos deixar relaxados, e com energia para um novo dia, é essencial para a nossa saúde física e mental. Ainda assim, todos temos aquele amigo ou conhecemos aquela pessoa que tem um gosto especial por fazer sestas, passando grande parte do tempo a dormir, certo? Com a chegada da época natalícia e as dúvidas sobre o que oferecer, achámos que fazia todo o sentido fazer um guia de presentes de Natal para quem gosta de dormir. Vamos a isto?

     

    Almofada

    Pode não ser o presente mais comum, mas de certeza que quem gosta de dormir vai adorar receber este mimo. Há alguma coisa melhor do que dormir confortavelmente com uma almofada adequada às suas necessidades e ao tipo de posição em que dorme? As almofadas Molaflex vão de encontro a diferentes propósitos, desde o tipo de enchimento e a posição de dormir, até às almofadas adequadas a bebés ou para quem faz longas viagens. Para o ajudar a escolher a almofada perfeita, pode consultar o artigo onde lhe contamos tudo o que precisa de saber.

     

    Colchão de qualidade

    Acordar depois de um sono revitalizante, sem dores na coluna nem no pescoço, parece um sonho tornado realidade. E oferecer um colchão de qualidade e adequado à fisionomia da pessoa, pode ser um presente dispendioso, mas que vai mudar, sem sombra de dúvidas, a vida de quem o recebe. Esta é a melhor forma de mostrar que gosta da pessoa e que se preocupa com o seu bem-estar. No entanto, existe muita variedade de colchões com diferentes enchimentos e tecnologias. Para o ajudar a escolher o colchão ideal, pode consultar este artigo.

     

    Edredão

    Se o dorminhoco a quem quer oferecer um presente já está equipado com uma boa almofada e um colchão confortável, um edredão é a sua carta na manga para o surpreender. Dormir bem passa também por estar à temperatura ideal, para que não se sinta desconfortável nem durante o sono, nem no dia seguinte quando acorda. Além da temperatura de um edredão, há uma série de outros fatores que deve ter em conta na hora de escolher o edredão.

     

    Sobre-colchão

    Sabemos que nem todos podem oferecer um colchão novo como presente de Natal. Mas, se procura uma solução eficaz para o conforto de alguém, sem querer gastar o valor de um colchão, o sobre-colchão é a solução perfeita. Colocado por cima do colchão atual, ele devolve firmeza ou suavidade consoante o objetivo pretendido. Além disso, pode prolongar a vida do colchão, uma vez que serve como barreira e evita o seu desgaste. Tem um amigo que se queixa constantemente que o colchão é muito duro? Ofereça-lhe um sobre-colchão mais suave, como o Topper Duo. Se a pessoa que quer presentear tem outro tipo de necessidades, preparamos um artigo inteiramente dedicado a ajudá-lo a escolher um sobre-colchão.

     

    Já consegue imaginar a reação do dorminhoco que vai receber uma prenda destas? De certeza que a felicidade vai ser muita, e o momento ficará registado na memória como o ano em que recebeu um dos melhores presentes de Natal de sempre.

    9 de Dezembro, 2021

    COMO ESCOLHER UM COLCHÃO INFANTIL?

    Para as nossas crianças, queremos sempre o melhor do mundo. E o sono não é exceção. As crianças precisam de dormir bem, muito mais do que os adultos, pois é durante a fase de crescimento – e principalmente durante a noite – que elas se desenvolvem física e mentalmente. Enquanto dormem, o cérebro assimila tudo o que aprenderam ao longo do dia e ocorrem alterações nos ossos, nas hormonas e na composição química do cérebro. É por isso que é tão importante que durmam confortáveis e acordem com muita energia de manhã para aprender e brincar. Mas sabe como escolher um colchão infantil? Neste artigo, vamos ajudá-lo a saber o que ter em conta na hora de escolher o escolher. Vamos a isso?

     

    Quando escolhe um colchão infantil, é importante considerar os seguintes fatores:

    FIRMEZA

    A coluna vertebral das crianças está constantemente a crescer. Por isso, é vital que mantenham uma postura neutra da coluna quando dormem. Um colchão demasiado mole pode provocar desvios na coluna, daí ser recomendado um colchão com firmeza média-alta a elevada. Firmeza essa que pode ser encontrada em colchões de molas ou núcleos de espuma firmes.

    SUAVIDADE

    À firmeza do colchão, deve aliar a suavidade e conforto do acolchoamento. Este deve ser adaptável e evitar pontos de pressão no corpo dos mais pequenos.

     

    FRESCURA

    Na grande maioria das crianças, um colchão viscoelástico com bloco de espuma respirável é o suficiente para uma noite de sono à temperatura ideal. No entanto, há crianças que transpiram mais do que outras e têm outros “incidentes”. Nesses casos, um colchão de molas com acolchoamento viscoelástico será o ideal.

     

    HIGIENE

    É muito importante que o colchão leve um tratamento anti ácaros e anti bactérias para garantir à criança um sono saudável.

     

    A idade das crianças

    Além dos fatores que já referimos, é essencial que escolha o colhão infantil de acordo com a idade da criança:

     

    DOS 0 AOS 2 ANOS

    Nestas idades, os bebés precisam de um tipo de conforto particular e em que passam mais tempo a dormir. É então necessário que o colchão seja firme e confortável, mas que não exerça demasiada pressão em nenhuma parte do corpo, pois pode prejudicar o desenvolvimento.

     

    DOS 2 AOS 8 ANOS

    Quando eles começam a crescer e ganham uma maior autonomia a dormir, é importante ter em conta a sua atividade física e fisionomia. Ainda que a necessidade de um descanso firme, respirável e higiénico se mantenha, poderá começar a introduzir outros materiais ao colchão, como a viscoelástica. Tenha em conta que quanto maior o peso for, mais firme deve ser o colchão.

     

    DOS 8 AOS 15 ANOS

    Durante esta fase, os corpos das crianças tornam-se mais pesados, aumentando a necessidade de introduzir um colchão com material mais adaptável nas suas vidas. Opte por um colchão viscoelástico firme para garantir uma postura correta, mas confortável.

     

    MAIORES DE 16 ANOS

    Aqui, as crianças começam a deixar de ser crianças e as suas necessidades assemelham-se às de um adulto. É então necessário tomar a decisão de adquirir um colchão de adulto, com características que vão de encontro às suas necessidades e gostos. Dormir bem é essencial para ter rendimento escolar, bom humor e para um desenvolvimento físico, e sistema de imunitário, saudáveis.

     

    Colchões infantis Molaflex

    Na Molafex, dispomos de uma gama pensada especialmente para proporcionar o melhor conforto às crianças conforme as suas necessidades e crescimento.

     

    JÚNIOR SENSE

    Para dormir suavemente num descanso adaptável e acordar com as baterias recarregadas. É constituído por um bloco HR de espuma de alta densidade com ótima distribuição de pressão. E ainda, o tecido e enchimento hipoalergénico para evitar e prevenir reações alérgicas.

     

    JÚNIOR SPRING

    Para dormir com estabilidade e crescer com uma postura sempre correta, graças à Mola Contínua Multielástic. A espuma Reciclável proporciona uma adaptabilidade adequada e a mola independente baixa garante um ótimo comportamento do colchão, conferindo-lhe firmeza e elasticidade.

     

    BABY AIRCARE

    Proteja o sono do seu bebé com a ajuda do sistema anti-sufoco com ótima estabilidade e suporte individual para cada zona corporal. Tem ainda a superfície viscoelástica para uma perfeita adaptação ao corpo e distribuição da pressão. Além disso, a capa é facilmente removível, graças ao seu fecho central facilitando a limpeza e arejamento do colchão.

     

    KIDS ALLERBAN

    Para uma maior proteção dos incidentes que podem ocorrer durante a noite, opte por esta proteção acolchoada impermeável. Com tecido exterior 100% algodão com tratamento Teflon® contra as manchas e barreira anti ácaros para a proteção ideal nos primeiros meses do bebé.

     

    Como podemos ver, saber como escolher um colchão infantil pode ter um grande impacto positivo na vida dos seus filhos, física e mentalmente. Dê o conforto que eles merecem para que cresçam felizes e saudáveis com Molaflex.

    CHOCOLATE QUENTE: 3 RECEITAS PERFEITAS PARA O INVERNO

    O inverno está a chegar e o frio já se faz sentir. É certo que existem diferentes formas de nos aquecermos, mas umas são mais saborosas do que outras. A pensar nisso, deixamos 3 receitas de chocolate quente que vão encher de felicidade os mais gulosos. Escolha a que lhe parecer mais apetitosa ou experimente todas durante esta estação.

     

    Um sabor com história

    Os maias foram os primeiros a preparar uma bebida a partir do cacau, mas só os sacerdotes a podiam degustar em cerimónias religiosas. Felizmente, foi importada para a Europa e, hoje em dia, é muito apreciada em todos os países. Depois disto, é necessário fazer esta pergunta: porque é que uma bebida com 600 anos de história continua a estar no topo das preferências de pessoas de todo o mundo? A resposta é muito simples: porque é absolutamente deliciosa.

     

    A combinação perfeita para os dias frios

    Encoste-se à almofada e enrole-se numa manta bem quente. Escolha um bom filme ou aproveite para espreitar aquela série que acabou de sair. Apagou a luz e está pronta para fazer play com o comando da televisão. A sua bolha de conforto está quase perfeita. Olhe para a sua mão. Não sente que só falta mesmo uma caneca de chocolate quente? Vamos então às receitas.

     

    Receita de chocolate quente clássico

    • 200g de chocolate
    • 2 colheres de sopa de maisena
    • 1 litros de leite de vaca

    Comece por picar muito bem o chocolate. Dissolva a maisena num pouco de leite. Em lume médio, aqueça o leite todo, junte a maisena dissolvida e o chocolate picado. Mexa continuamente com uma vara de arames até ficar com uma consistência homogénea e cremosa. Desligue o lume e sirva imediatamente.

     

    Receita de chocolate quente com canela e noz

    • 1 litros de leite de vaca
    • 1 lata de leite condensado
    • 3 colheres de sopa de açúcar
    • 1 pacote de natas
    • 2 chávenas de chá de chocolate em pó
    • canela em pó e noz-moscada a gosto

    No liquidificador, bata o leite, o leite condensado, o açúcar, as natas e o chocolate em pó até obter uma mistura homogénea. Verta para uma panela e deixe ferver durante 3 minutos ou até engrossar levemente. Acrescente a canela e a noz-moscada já fora do fogão. Por fim, leve ao lume por mais um minuto e está pronto a servir.

     

    Receita de chocolate quente vegan

    • 1 chávena de leite de aveia
    • 3 colheres de sopa de açúcar mascavado
    • 1/2 colher de sopa de cacau em pó
    • 1/4 colher de chá de essência de baunilha
    • uma pitada de sal

    Coloque todos os ingredientes numa panela e misture até o cacau se dissolver. Este processo pode demorar alguns minutos. Quando conseguir uma mistura homogénea, mexe por mais 3 minutos para engrossar. Depois é só servir.

     

    Experimente e recomenda uma receita de chocolate quente com os amigos. Lembre-se de que partilhar é o conforto é muito importante. Quanto a nós, resta-nos brindar ao seu bem-estar, saborear esta bebida saborosa e ficar com as marcas do chocolate nos lábios. Txim Txim!

    3 de Dezembro, 2021

    BOLO DE BOLACHA: RECEITA PARA FAZER EM FAMÍLIA

    Jé em clima de Natal, no dia 4 de dezembro celebra-se o Dia da Bolacha. Como bons gulosos que somos, não podíamos ficar indiferentes. Vamos partilhar, passo a passo, uma receita muito saborosa daquele que é um dos bolos mais apreciados por todos, dos miúdos aos crescidos. Óbvio que estamos a falar do bolo de bolacha. Já cresce água na boca? Então esperem até estar à vossa frente, prontinho a comer.

     

    Viagem à infância

    Este bolo é um clássico em casa dos pais e dos avós. Há sempre alguém na família que tem aquela receita que é desejada por todos. Pois bem, vai poder fazer esta receita junto com as crianças para a ceia de Natal. Vai ver que ninguém resiste a tirar mais uma fatia.

     

    Mãos à obra?

    Vamos começar com os ingredientes. Prepare-os todos nas medidas certas e disponha-os no balcão. Esta mise en place vai facilitar-lhe muito quando estiver a preparar a sobremesa. Esta é a lista com tudo o que precisa:

    • Bolacha Maria ou Tostada (400 gramas)
    • Café quente e bem forte, expresso ou instantâneo (500 mililitros)
    • Gema de ovo (1 gema)
    • Açúcar em pó (200 gramas)
    • Manteiga (200 gramas)

     

    Vamos começar?

    Bata a manteiga até ficar cremosa. Use a batedeira para poupar tempo e conseguir uma textura mais uniforme. É muito importante que a manteiga esteja à temperatura ambiente. Caso se tenha esquecido de tirar do frigorífico com antecedência, coloque numa taça e leve alguns segundos ao micro-ondas, mas com muito cuidado para não derreter.

     

    Vá juntando

    Diminua a velocidade da batedeira e adicione o açúcar, lentamente. Tenha muito cuidado por causa dos salpicos. Quando tiver adicionado o açúcar todo, volte a aumentar a velocidade da batedeira e continue o processo. Quando o creme estiver leve e foto, adicione duas colheres de café e a gema e bata mais um pouco.

     

    As bolachas entram em cena

    É aqui que o seu bolo vai começar a ganhar forma. Coloque café num prato de sopa e vá ensopando as bolachas, dos dois lados. Disponha-as em camadas no prato, no formato que desejar. Quadrado? Retangular? Com a forma de uma flor? A escolha é sua. Para além disso, não tem mal se a mão lhe fugir e for comendo uma bolachinha, de vez em quando.

     

    Camadas e mais camadas

    Depois de ter alinhado as bolachas na base, barre o topo com o creme que preparou previamente. Alise com uma espátula e repita o processo. Primeiro bolachas, depois o creme… Quando terminarem as bolachas, barre o creme no topo e nas laterais para ficar com um aspeto ainda mais delicioso. Reserve no frio até estar pronto a servir.

     

    Dicas importantes

    • Para uma textura perfeita é importante que a manteiga esteja à temperatura ambiente;
    • Se gostar de sentir um sabor intenso a café, opte por utilizar o expresso;
    • É muito importante que o seu bolo repouse antes de comer. O ideal é que fique, pelo menos, três horas no frigorífico. O nosso conselho é que o faça no dia anterior.

     

    Dê um toque pessoal

    Chama os miúdos para personalizar o seu bolo com uma decoração especial de Natal. Raspas de chocolate e morangos são sempre uma boa opção. Ou então bombons para dar um aspeto ainda mais docinho. Faça o que fizer, lembre-se que a imaginação não tem limites e que os olhos também comem.

     

    Agora que o seu bolo de bolacha está pronto para o Natal, corte em fatias e surpreenda a sua família. Junte-os todos, de prato na mão, a saborear esta deliciosa sobremesa.

    2 de Dezembro, 2021

    TENDÊNCIAS DE DECORAÇÃO DE NATAL 2021

    A pandemia fez com que o Natal passado fosse mais triste e solitário, longe de quem mais gostamos, devido às restrições. No entanto, este ano, o Natal deixa-nos mais entusiasmados por podermos, finalmente, reunir com familiares e amigos. E dá-nos também aquela motivação extra para nos esmerarmos um pouco mais na decoração de Natal da nossa casa e tornar o momento ainda mais especial.

    Desde a árvore, passando pela iluminação, até à mesa de jantar, todos os pormenores contam na hora de trazer o espírito natalício para dentro de casa, preparando o mood para uma das noites mais aguardadas do ano. É importante que todos os elementos estejam alinhados com as festividades, mas também é importante mantermo-nos a par das tendências de decoração deste ano.

     

    Árvore: Menos é mais

    Este ano, conte ver muitas árvores assimétricas, com pouca folhagem ou em led. Tal como acontece muitas vezes na natureza, nem tudo é completamente simétrico. Os ramos mais dispersos e “despidos”, realçam a iluminação e os enfeites da árvore. Para aqueles que adoram o estilo mais minimalista e moderno, este género de árvore ajusta-se na perfeição.

    Nota: Se estiver a pensar comprar uma árvore artificial, certifique-se que a guarda de forma correta para que dure muitos Natais.

     

    O roxo é o novo vermelho

    Esqueça os tradicionais vermelhos, verdes e dourados. O Natal deste ano ganhou uma nova tonalidade e está mais inclinada para tons de framboesa, ameixa e uva. Combine estas cores com dourado para um toque dramático, mas sofisticado, nas suas decorações.

     

    Um Natal ao natural

    Se no ano passado já começámos a ver elementos decorativos feitos a partir de materiais naturais, este ano essa tendência veio mesmo para ficar. Madeira, pinhas, penas e até fruta desidratada são algumas das possibilidades que pode utilizar para fazer os enfeites para a árvore, marcadores nos lugares da mesa de jantar e muito mais. Não há limites para a imaginação, principalmente se optar por fazer DIY (Faça Você Mesma), também muito popular nos últimos tempos e capaz de dar um toque único e original às suas criações.

     

    Brilhe como antigamente

    Não há Natal mais reconfortante do que aquele em que há luzinhas a piscar toda a noite, que nos faz viajar no tempo e nos traz memórias da nossa infância. Nostalgia é um dos sentimentos mais predominantes nesta altura e a palavra-chave para as tendências de iluminação de 2021. Procure naquele velho caixote as luzes com estilo retro e vintage e traga-as de volta para a sua árvore de Natal, para as janelas e para os móveis de casa.

     

    Embrulhos ecológicos

    A sustentabilidade é um dos temas mais mencionados nos últimos tempos e a preocupação em adotar comportamentos mais sustentáveis tem crescido gradualmente. Quando toca a embrulhar presentes e enviar cartões festivos, é importante que dê preferência ao reaproveitamento do que já tem em casa. O antigo papel de embrulho, as caixas de encomendas que guardou “para o caso de ser preciso” e até antigos jornais e revistas, tudo pode ser reutilizado para fazer novos embrulhos para as prendas deste ano serem mais conscientes e originais.

     

    Com estas sugestões de decoração de Natal, vai puder levar o espírito natalício e o conforto característico desta época para a sua casa. Assim que todos se instalarem, chega a hora de aproveitar ao máximo o tempo em famílial.

    1 de Dezembro, 2021

    5 VANTAGENS DE LER ANTES DE DORMIR

    Se tem dificuldades em adormecer, ler um livro durante alguns minutos, antes de dormir, pode ajudar. É um clássico no que toca a deixar as pessoas descontraídas e relaxadas que caiu em desuso, por conta do aumento do uso de dispositivos eletrónicos. Tire o pó aos velhos livros da estante e traga-os de volta para a sua rotina de noite. Nós explicamos-lhe quais são os benefícios em se tornar um librocularista (pessoa que lê antes de dormir):

     

    Afasta os ecrãs

    Os tablets, smartphones e televisões emitem uma luz azul que interfere com o sono e mantém o cérebro alerta na hora de adormecer. Enquanto os livros, por outro lado, podem ser lidos apenas com o auxílio de uma luz quente do candeeiro ao lado da cama.

     

    Reduz o stress

    Passamos demasiado tempo a pensar em preocupações e tarefas que temos de fazer durante o dia. E quando finalmente chega a hora de ir para cama, é normal que esses pensamentos surjam novamente, impedindo-nos de relaxar. Ao ler antes de dormir, está a ocupar os seus pensamentos com algo que o afasta desse estado e que o deixa entretido. O conteúdo do livro não é o mais importante, desde que seja interessante para si.

     

    Melhora a qualidade do sono

    Após alguns minutos a ler um livro, o corpo começa a entrar num estado de relaxamento tão profundo que é capaz de induzir o sono. Isto vai fazer com que adormeça de forma mais natural e que acorde a sentir-se revigorado.

     

    Expande a memória

    Estudos comprovam que ler melhora a memória. Se ganhar o hábito de ler antes de dormir, a sua memória vai melhorando ao longo do tempo e irá trazer-lhe grandes recompensas.

     

    Aumenta a empatia

    Todos temos os neurónios espelho, ou células espelho, que disparam quando temos determinado comportamento ou quando observamos alguém a ter determinado comportamento. Essa é a prova neurocientífica da Empatia. Ora, quando lemos um livro, é muito natural termos tendência para nos colocarmos na posição dos protagonistas, aumentando o nosso grau de empatia gradualmente.

    30 de Novembro, 2021

    SOBRE-COLCHÃO: O QUE É E COMO ESCOLHER?

    Está cansado de dormir mal e acordar com dores de costas por causa do estado do seu colchão? Os especialistas sabem que um bom colchão é essencial para se sentir confortável e ter uma boa noite de sono. Mas, se a compra de um novo colchão está fora das suas opções, talvez possa considerar o investimento num s